Anda di halaman 1dari 4

da extenso, da seqencialidade, da contaminao ou da consequencialidade TIPIFICAO- art.

573, 1 CPP APLICABILIDADE- invalidao do atos conexos STF- concluiu que tal mcula acarretaria a nulidade por derivao Ex: citao nula- invivel reaproveitamento de prova testemunhal

reverso do princpio da causalidade TIPIFICAO- art. 248, CPC REGRA: a parte invlida de determinado ato processual no prejudica as outras partes vlidas do mesmo ato EXCEO: tribunal do jri- objeto no constante nos exibido aos jurados, em face de indivisibilidade e incomunicabilidade dos jurados

APLICABILIDADE- nenhuma das partes pode argir nulidade a que haja dado causa, ou para a qual tenha concorrido ( m-f/dolo ou culpa) TIPIFICAO art.565,1CPP -EX: art. 212 CPP: as perguntas so efetuadas pelas partes- caso o juiz indague quanto a possibilidade de o prprio efetuar as indagaes e as partes concordem, no podero argir a nulidade relativa ao ato, por inobservncia do referido dispositivo.

PRINCPIO DA CONVALIDAO
DO APROVEITAMENTO OU DA PROTEO, no se declara a

nulidade quando for possvel suprir o defeito SIGNIFICADO remover defeito, remediar falha, sanear o vcio FINALIDADE- ato processual imperfeito possa ser considerado vlido CAUSAS DE CONVALIDAO: SUPRIMENTO- eventuais omisses podero ser supridas. ex: pea acusatria (art. 569, CPP). RETIFICAO- uma parte do ato processual defeituoso pode ser corrigido. RATIFICAO- ex: falta de legitimidade processual de menor de 18 anos efetuar queixa-crime, pode ser ratificado por representante legal ( art. 568 CPP).