Anda di halaman 1dari 1

1

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE CINCIAS HUMANAS E SOCIAIS DISCENTE: Brbara Regina Lopes Peinado Brian Muryllo Ferreira Pires (3 ano) Sarah Milanez Prof. Dr. Samuel Alves Soares Teoria das Relaes Internacionais I Relaes Internacionais 2 ano (Noturno)

DOCENTE: DISCIPLINA: CURSO:

Ao se relacionar a Teoria Poltica Internacional, caso a ltima no se conforme Teoria, qual a soluo proposta por Morgenthau1?

Para Hans Morgenthau a diferena entre a realidade, no texto tida como Poltica Internacional, e uma Teoria racional assemelha-se distino que existe entre uma fotografia e um retrato pintado. [Segundo o autor] a foto revela tudo o que pode ser percebido pelo olho nu. J o retrato pintado pode no mostrar tudo que for visvel pelo olho, mas indica, ou pelo menos procura indicar, algo que no pode ser observado pelo olho, a saber, a essncia humana da pessoa retratada. (MORGENTHAU, 2003, p.15) O realismo de Morgenthau aprecia a construo racional da poltica externa, mas reconhece que tal experincia jamais poderia ser completamente alcanada. Reconhece tambm que tal poltica externa seria a nica capaz de minimizar os riscos e maximizar as vantagens. Para o autor, a Teoria (Realismo) seria o retrato pintado e a Realidade (Poltica Internacional) seria o retrato fotogrfico. A teoria espera sempre que a fotografia se assemelhe pintura, visto que o realismo, para os simpatizantes, seria a melhor maneira de se conduzir um Estado em direo prosperidade, evidenciado no trecho consciente da separao inevitvel que existe entre a poltica externa boa - isto , racional - e a poltica externa como ela realmente, o realismo poltico sustenta no somente que a teoria tem de ser focalizada sobre os elementos racionais da realidade poltica, mas tambm que a poltica externa tem de ser racional em vista de seus propsitos morais e prticos. (MORGENTHAU, 2003, p.16) Portanto, para o autor, no se deve considerar o fato de a poltica internacional efetiva no conseguir se equiparar teoria. Deve-se entender que a realidade uma tentativa de aproximao de um sistema ideal de equilbrio de poder e no o contrrio. A teoria realista no surgiu para explicar a realidade e sim, para que a realidade a tome como exemplo.
1

MORGENTHAU, Hans. A Poltica entre as Naes. Braslia: Editora da Universidade de Braslia, 2003, p. 3-45.