Anda di halaman 1dari 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAR NCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZNICOS MESTRADO EM GESTO PBLICA PARA O DESENVOLVIMENTO

Disciplina: Oramento Finanas e Contabilidade Pblica Municipais Aluna: Aerlen Clssia Freitas da Silva

OLIVEIRA, Jos Antnio Puppim de. Desafios do planejamento em polticas pblicas: diferentes vises e prticas. RAP, Rio de Janeiro 40 (1):273-88, Mar./Abr. 2006.

O texto de Oliveira (2006) prope-se a analisar os principais problemas relacionados ao planejamento nos pases em desenvolvimento. De incio, o autor j adianta que esses problemas esto relacionados ao tecnicismo e burocracia de formulao, previso e controle dessas aes, enfatizando que o planejamento deve ser visto como um processo, uma construo, e no apenas como um produto tcnico dissociado da ao. No decorrer do texto so mostradas as diferentes maneiras que o planejamento era tratado por diferentes escolas evidenciando seus problemas. No incio, o planejamento era visto to somente como uma atividade de fazer planos, envolvendo reunies, mapas detalhados entre outras aes, assim, se o projeto estava bem elaborado e com o oramento aprovado, o planejamento havia cumprido a sua funo. Nesse tipo de planejamento, no se pensava na execuo ou no corpo tcnico. Um a viso um pouco mais moderna de planejamento, inclua mecanismos de monitoramento, auditorias e reunies tcnicas de acompanhamento, porm, ainda assim, muitas vezes o resultado era insatisfatrio, pois as condies iniciais mudavam com o tempo. Nesse sentido, a discusso atual acerca do planejamento gira em torno do processo de direcionamento e fluxo de decises. H o grupo que defende o processo top down, isto , as decises so tomadas por autoridades que tm um certo controle sobre o processo. Por outro lado, h o grupo que defende o processo bottom up, ou seja, de baixo para

cima, em que leva-se em considerao no fluxo de processo, aquele que so diretamente afetados pela poltica.