Anda di halaman 1dari 1

Artigos sobre namoro e relacionamento.

DR- Possibilidades de renovação

Artigos sobre namoro e relacionamento. DR- Possibilidades de renovação Por diversas razões os ajustes necessários entre

Por diversas razões os ajustes necessários entre um casal ganharam socialmente a alcunha de DR- discutir a relação. Uma forma de brincar com uma situação que faz parte da vida de qualquer casal sendo também um apelido carregado de certa ironia combinada com medos e receios.

Para as mulheres é um movimento bastante natural e necessário, enquanto para os homens podem significar momentos de angústia. Entretanto, sabemos que, o fato de ser necessário não o torna obrigatório a todo o momento sendo fundamental que se tenha muita clareza do que realmente se trata o termo discutir a relação. Saber discernir entre sérias e irrelevantes as questões que surgem no dia a dia do casal é importante para frear o impulso de falar e conversar a toda e qualquer hora.

Convidar o parceiro para uma conversa exige maturidade e momentos de reflexão de forma que não se inicie o assunto com raiva, irritação ou frustração. Não pode ser confundido com briga ou cobrança, é um tempo que o casal se permite para trocar e se escutar. Queixas, reclamações e críticas roubam o tom agradável da conversa que logo se transforma em acusações que podem caminhar para o oposto do que se planejava.

Já que a mulher sente mais necessidade de falar sobre o que sente e sobre o que percebe, ela precisa também saber peneirar e eleger melhor o que deve ser trazido para dentro da conversa e o que pode ser deixado fora. Nem tudo será útil e relevante de ser falado, sendo fundamental que se tenha em mente que o objetivo final de uma DR é levar o casal a experiências de renovação, de crescimento, de conhecimento maior sobre o mundo interno de cada um e não à mais brigas e ressentimentos.

Conhecer muito bem a si mesma e ao seu parceiro evitará o desperdício desse intervalo de troca. Isso significa saber que certas atitudes que são esperadas do parceiro dificilmente serão atendidas uma vez que podem estar relacionadas a dificuldades emocionais que não cabem ao parceiro resolver (em certos casos uma ajuda profissional pode ser importante) e sim à própria pessoa. Como exemplo, podemos citar aqueles muito carentes, muito frágeis ou que trazem marcas profundas de relações passadas e esperam (mesmo sem que percebam) resolver tudo isso no relacionamento. Assim como você o parceiro também terá sua própria natureza, jeito e forma de ser na vida, com isso não assumimos ser impossível uma mudança ou ajuste para melhorar à relação, mudanças são fundamentais, mas ainda assim é escolha de cada um quem se elege para ter ao lado.

Bom senso e discernimento ajudarão a todos, homens e mulheres, quando houver a necessidade de uma DR. Eleger pontos certos, falar com calma, largar acusações e evitar jogar mágoas ou ressentimentos são atitudes saudáveis e importantes. A escolha de um parceiro que aceite e aprecie conversar também será fundamental na longevidade de uma relação, afinal o diálogo precisa existir em todos os momentos da vida juntos.

Um abraço,

Juliana