Anda di halaman 1dari 4

Treinamento de professores 01

"Tema: barco, usando a escritura I Nèfi, sobre Néfi sendo chamado pelo Senhor para
construir um barco.

"Todas as mãos no convés": fizemos com que os professores escolhessem entre vários
materiais alguns para construir um barco e fizemos uma relação disso com nossos
chamados. Todas as coisas são possíveis para o Senhor. Se tivermos fé e o desejo de
sermos guiados por Ele, podemos fazer qualquer coisa, particularmente atingir os Filhos
do Pai Celestial pelos quais somos responsáveis. Tratamos de metas para as
responsabilidades como professores.

"Instrumentos de navegação": um barco possui coisas como Âncora, equipamento de


segurança, bússola etc. para ajudar na navegação e assegurar uma ótima experiência.
Relacionamos isto com as lições para nos assegurarmos de que os professores e os
alunos tenham uma boa experiência.
Pegamos uma lição futura do manual dos valorosos e a expandimos. Demos idéias sobre
como envolvermos as crianças etc. Também demos 3 idéias que podem ser adaptadas
para qualquer lição (cada professor recebeu estas 3 idéias prontas para usar em sala de
aula. Por exemplo, dados e números de 1-12).
Ensinamos 3 estratégias para manejo da sala de aula e 3 estratégias para disciplina na
sala de aula.

"Homem ao mar!": esta parte foi dedicada à reativação. Foram usadas ótimas citações
de Autoridades Gerais e coisas que todos nós poderíamos fazer para ajudar a chegar nas
crianças usando os canais apropriados.

"SOS" - esta foi uma oportunidade para os professores levantarem quaisquer problemas
que tivessem e oportunidade para outras pessoas compartilharem como lidam com esses
assuntos.

Demos para cada professor um "kit de sobrevivência da Primária"

Treinamento 02 - "Apascentai Minhas Ovelhas" (João 21:15)

Usamos a gravura que está na capa da New Era de abril (Jesus segurando uma ovelha).
Nós a colocamos em convites e tínhamos uma gravura em moldura na mesa da
atividade. Outra parte da exposição era uma mesa cheia de itens que os professores
podem usar para "apascentar" suas classes durante as lições (manuais de lição, vídeos,
manual "Ensino: não há maior chamado", hinário, canções para crianças, A LIAHONA,
O AMIGO, etc.).
Decidimos quais assuntos cruciais queríamos discutir com nossos professores e então
designamos estes temas (discursos de 2-3 minutos) para os professores debaterem.
Fomos capazes de incluir quase todo mundo:
a) pensamentos sobre o discurso de conferência da Sister Menlove de abril;
b) como elas trazem reverência para suas classes e durante o Tempo de
Compartilhar;
c) disciplina na classe e durante o Tempo de Compartilhar;
d) trazer o Evangelho para o entendimento da criança;
e) ensinar tolerância, aceitação de outros e segurança na Primária.

Como Presidência, falamos sobre alguns pequenos assuntos sobre os quais queríamos
que nossos professores estivessem mais atentos. Também lhes perguntamos se havia
algo que poderíamos fazer para ajudá-los. Encerramos dizendo-lhes o quanto elas nos
são valiosas e que não poderíamos cumprir nossos chamados sem elas. Demos-lhe uma
pequena planta, com um cartão escrito João 21:15.

Treinamento de professores # 03

Como usar materiais aprovados pela Igreja (sugestões de Elaine, na Califórnia)

1. verificar com antecedência as lições futuras e encontrar um vídeo curto que a


complemente. Dê-lhes uma sugestão de lição e depois mostre o vídeo;

2. mostre-lhes como fazer uso das gravuras dos manuais ou do pacote de gravuras d
Igreja, colocando-as em protetres cm imãs no verso;

3. as gravras podem ser "baixadas" do site da Igreja e ter o tamanho alterado. Pode-se,
por exemplo, imprimir duas em uma folha de papel e fazer um jogo de memória para a
aula.

4. pode-se montar um quebra-cabeça por cima da gravura e mostrar como fazer com que
as crianças escolham as peças e respondem perguntas relativas à aula para revelar a
gravura ao invés de somente segurar a gravura para que as crianças vejam;

5. use os livros de histórias das escrituras ilustradas para mostrar como pode ser
divertido contar histórias das escrituras para as crianças mais jovens (Muitas podem ser
impressas em capítulos na revista O AMIGO);

6. mostre como incorporar mais música nas lições, não apenas cantando, mas também
fazendo jogos musicais como dança da cadeira etc. Pode-se usar um cd ou baixar as
músicas da página da Igreja;

7. Há muitas atividades no Livreto FÉ EM DEUS para ensinar princípios do Evangelho,


como batismo e oração;

8. Fale dos recursos das revistas da Igreja;

9. o manual de recursos para a Noite Familiar também fornece idéias e lições para
professores e pais para ajudar as crianças a entenderem e aplicarem princípios do
Evangelho;

10. não se esqueça de falar do Manual "Ensino: não há maior chamado". Todo professor
da Ala dever ter um exemplar.
Treinamento professores #04

Qual o objetivo dos manuais

Ajudar as jovens a compreenderem melhor o plano do Senhor para elas, tornado-se mais
fácil basear suas escolhas e comportamento pessoal em princípios do evangelho.

Todo membro da igreja é um professor


O élder M. Russel Ballard aconselhou:“ Os professores fariam bem em estudar
cuidadosamente as escrituras e seus livros e lições, antes de lançarem mão dos materiais
suplementares. Grande número de professores parece desviar-se dos materiais
curriculares aprovados sem examiná-los devidamente. Se um professor julgar
necessário usar material suplementar além das escrituras e livro de lições na
apresentação de uma aula, deve primeiro recorrer às revistas da Igreja.”

Aprendemos por meio de repetições


Todos os anos as aulas curriculares são repetitivas, pois é somente assim que
aprendemos e colocamos em prática. Mas se isso é feito de maneira diferente,
inspiradora, as vezes divertida e interessante, torna as aulas mais agradáveis e menos
cansativas.

Avaliar necessidades
As aulas são desenvolvidas como um todo, mas ao ministrarmos devemos avaliar as
necessidades de cada jovem. Pergunte a si mesma:
- Que problemas elas estão enfrentando?
- Que lições tiveram anteriormente sobre o assunto?
- O que já sabem sobre o Assunto?
- Quais destas aulas atendem melhor as suas necessidades?

Assim será muito mais fácil, proveitoso e atingirá bem mais os objetivos das lições. O
curso ficará mais completo e bem equilibrado.

Fontes e Recursos
Incentive as alunas a levarem para a aula semanalmente as obras-padrão, pois todas as
lições são baseadas nas escrituras.
Caso as aulas sejam extensas demais, selecione aquelas referências que causem maior
efeito. Por meio de sua preparação, elas poderão tornar-se um poderoso instrumento
didático. Prepare-se estudando, orando e meditando a respeito das passagens que espera
que as jovens consultem durante a aula.
Outro recurso importante é o manual Ensino Não Há Maior Chamado – contém
sugestões para a preparação das aulas, preparação espiritual e técnicas didáticas.
A Liahona – utilizem os artigos e histórias que enriquecem o material da aula.
Juntamente com a liahona de Conferência de Nov/05 vem um apanhado com os temas
das aulas e os artigos que podem e devem ser utilizados nas lições.

Lembrem-se:
Você está ensinando as moças, não apenas ensinando lições! Ore pedindo inspiração
para ajudá-las a aprender e alcançar seu pleno potencial como filhas de Deus.
O ensino eficiente inclui conhecer cada uma das alunas, seus pais e sua família.
Procure ver cada jovem como o Pai Celestial as vê.
Aceite cada uma em seu próprio nível e ajude-as a crescer no evangelho.
Pergunte a si mesma, quais são seus interesses, desejos, talentos e metas?
Em que ambiente tem vivido e quais têm sido suas experiências em casa, na Igreja , na
escola, no trabalho ou com sua turma.
Quais são suas necessidades e como poderia ajudá-la.

O Pres. Marion g. Romney aconselhou: “ Aprender o evangelho pela palavra escrita,


entretanto, não é o suficiente. O evangelho precisa ser vivido. Na verdade, conhecer o
evangelho e vive-lo são coisas interdependentes. Andam de mãos dadas. Ninguém pode
aprender o evangelho em sua plenitude sem vivê-lo. Seu conhecimento é adquirido aos
poucos: a pessoa aprende um pouco e obedece àquilo que aprendeu; aprende um pouco
mais e obedece àquela parte. Este ciclo forma um círculo interminável. É desta forma
que se pode chegar ao conhecimento pleno do evangelho.”

Treinamento Professores # 05
"em uma reunião de liderança a presidência veio com esta idéia – não sei quem é o autor
da citação, mas cada uma de nós recebeu uma bela toalha de mão/rosto, enrolada em
amarrada com sisal, com os seguintes dizeres:
Á primeira vista, alguém vai olhar para a toalha e pensar 'legal, uma
toalha. Eu precisava de uma nova. As antigas com certeza estão ficando velhas'. Já
paramos para pensar que por anos, mesmo por milhares de anos, a toalha não foi usada
somente para secar mãos e faces, porém para muitos outros propósitos. Tome por
exemplo a mãe que seca as lágrimas de uma criancinha para abrandar a dor física e
emocional; a mulher em seu lar secando as mãos enquanto ela sai de uma tarefa para
outra. Talvez o uso mais significante da toalha foi há aproximadamente dois mil anos
atrás quando Jesus tomou uma toalha comum em Suas mãos e secou os pés de Seus
discípulos umas poucas horas antes de Sua crucificação. Sim, a toalha é um item
acessível com uma multitude de usos, mas ela também tem um profundo significado
simbólico vista nas mãos do Salvador praticando atos de bondade por Seus amigos. Por
favor, aceite esta toalha, sabendo que ela é dada com amor, e continue a praticar atos de
bondade com ela, da mesma forma que o Salvador praticou com a Sua, há tantos anos
atrás.' Obrigada por todo amor e serviço dedicados às crianças da Primária neste ano.