Anda di halaman 1dari 1

Pontifcia Universidade Catlica do Rio de Janeiro PUC-Rio Questes atuais de Antropologia Teolgica 1o se estre!

e!"##$ Prof% Alfonso &arcia Ru'io Aluno ()rgio &on*alves +endes

Reao obra Ponto de Mutao de F. Capra


,esta o'ra -rit.of Capra analisa as ra/es da crise pela 0ual passa nossa civili/a*1o ocidental e encontra na tradi*1o c2inesa u a possi'ilidade de resgatar u 2olstico% (egundo nosso autor3 as atuais trag)dias 0ue aflige tipos de ra/1o% Cada concep*1o de ser 2u ano encontrada na 2istria da 2u anidade ) direta ente influenciada pelo te po e pelo espa*o no 0ual se situa% Co autoco preende e fa/ alguns anos3 5a sua rela*1o co tudo 0ue o cerca% ,u a efeito3 o ser 2u ano se odernidade 0ue .4 anunciou3 resultado da a'soluti/a*1o da ra/1o t)cnico-cientfica e cartesiana e pensa ento ais o a 2u anidade seria

detri ento de outros

orte do su.eito6 n1o nos surpreende a dificuldade conte por7nea da

constitui*1o e afir a*1o da prpria identidade% Talve/ co o nunca na 2istria da 2u anidade o ser 2u ano se encontre3 2o.e3 perple8o e rendido ante a pergunta pela prpria e8ist9ncia% Contudo3 ) a partir desse su.eito e teolgica parecia nutrir-se 'usca da prpria identidade 0ue se a're novas possi'ilidades para a antropologia teolgica% Aps u longo perodo no 0ual a antropologia ais

ais da filosofia de corte escol4stico do 0ue das (agradas futuro 0ue .4 se anuncia ve.a os final ente a

:scrituras3 descortina-se3 2o.e3 a possi'ilidade de u a recupera*1o da antropologia das genunas fontes da f) crist1% Talve/ nu

supera*1o de u a vis1o do 2u ano redu/ido ; ra/1o e ; li'erdade3 ou ainda3 ao corpo e ; al a% Pode contri'uir para essa supera*1o o fato de o ser 2u ano entendido co o ra/1o e li'erdade ter entrado e pela crise e n1o ais ser capa/ de dar conta dos desafios apresentados odelos antropolgicos co o esse da ra/1o uitos conte8tos eclesiais3 especial ente vis1o ais 2olstica do odernidade% : 'ora .4 desde o Conclio se.a possvel constatar a renova*1o da a operar dentro de

antropologia teolgica3 n1o se pode negar 0ue os e da li'erdade ainda continua nos novos (e por u ovi entos reacion4rios%

lado o pensa ento c2in9s pode condu/ir a u

undo3 fa/-se necess4rio ta ')

recon2ecer 0ue u a 'oa 2er en9utica ''lica nos revela a

0ue o privil)gio de u a vis1o de totalidade foi igual ente co partil2ado pela tradi*1o do povo de <srael% =etal2es co o a cria*1o do ser 2u ano a partir dos ele entos 0ue for a consci9ncia da necessidade de pro over a pa/ e a .usti*a no sensi'ilidade 2olstica uito necess4ria atual ente% undo3 etc% aponta terra >e o prprio universo?@3 o louvor das criaturas presente nos sal os3 a crescente para u a