Anda di halaman 1dari 1

objetividade x subjetividade Real x imaginrio. Sociologia do conhecimento questiona profundamente essas dicotomias. Sendo assim, assista.

E diga no que ele pode ajudar a pensar essas questes. 5 a ! linhas "nlise do documentrio sobre #anuel de $arros %S& de' por cento ( mentira). #anoel de $arros a todo tempo est sujeito a certo tipo de metaf*sica, que aplica em sua poesia, o %dualismo existencial). + o Ser e o ,-o Ser ao mesmo tempo, ( o ser Real e o ser .maginrio. Ele transporta a realidade que observa para o seu imaginrio e l ele a transcreve, transforma ou reinventa. /uando di' que ( necessrio transver o mundo, ele di' que ( necessrio que o real concreto e objetivo seja transformado pelo imaginrio em sua vers-o subjetiva, assim como ele fa'. Ele se permite visuali'ar as coisas, seres e lugares e inverter ou subverter seus significados objetivos em descri0es subjetivas, coisifica o ser ou humanifica a coisa. ,-o fa' quest-o de ser entendido, n-o fa' quest-o de explicar ou detalhar a poesia pautada na racionalidade por que a poesia para ele n-o ( algo que possa ser entendido pela ra'-o, mas sim, captado pelo sentimento e sentido pelo poder abstrato da imagina0-o. 1 que ele nos ensina ( que nem tudo pode ou precisa ser interpretado objetivamente, mas tamb(m, atrav(s da dicotomia entre o real, objetivo, subjetivo e a fantasia da abstra0-o.