Anda di halaman 1dari 4

Universidade Federal de Pernambuco – UFPE

Liberalismo e Educação

Introdução a Educação
Aluno: Carlos Frederico Santos Martins
Turma: “5Q” Turno: Noturno
Curso: Quimica Licanciatura
Não podemos falar de liberalismo sem antes lembrar de feudalismo,
tempos que a propiedade privada era somente para alguns que tinham nome ,
titulos e igreja, podemos tabem lembrar de alguns não liberais que serviram de
inspiração para esta nova forma de gerenciamento. No caso vamos lembrar um
pouco de Lutero, padre alemão que defendia a ideia da igreja não dominar tanto,
acreditava na separação da igreja do controle do estado.
Em meio a revolução industrial uma casta social , a burguesia, defendia
alguns ideais de propiedade privada, a separação da igreja da escola, e tambem
do controle do estado em nescessidades para o ser humano, no caso eles
acreditavam que o estado nem a igreja deveria controlar sistemas de
nescessidades do ser humano, como educação , saude saneamento basico entre
outros. Esses ideais surgiram na Inglaterra e tabem na França e Alemanha.
Esses liberais não acreditavam que o estado ou a Igreja seriam incapazes
de controlar estas coisas, lembrando que o sistema liberal e uma forma de
gerenciamento que pode ser ultilizada dentro de uma repulblica , parlamento e
monarquia, tendo exemplos hoje de liberalismo nas tres formas diferentes de
governo. Em todos relatos liberais existentes falam muito na criação da escola
moderna, baseado na educação medieval no qual o cidadão aprenderia materias
nescessarias para um ser jugar e defender qualquer coisa, mas na realidade e
um pouco diferente. Para o liberalismo cada ser e diferente do outro , com
capacidades e nescessidades diferentes, descree um pouco de filosofos e
educadores como Piaget e Wallon já que não explicitamente discorda da
mudança do homem pelo meio. Uma parte boa desse ideal e que a familia e
muito importante , mas entra um paradoxo já que pra eles educação se aprende
em casa não sendo responsabilidade da escola ensinar isso, com isso fica em
cargo somente da familia isso, mas como eles mesmo dizem, cada um tem
nescessidades diferentes e apitidões diferentes, no mundo moderno de hoje os
pais ficam tempos ausentes de seus filhos, assim fica meio perigoso o tal educar
como metodo de conduta , etica e disciplina, fica meio vago assim tomando
espaço a isso orkut, tv, internet e outros veiculos mais interessantes para o
homem.
Até o momento não vi algo que fale sobre a escola pulblica , ou que vi foi
algo que a sucateava demais, na verdade se fala muito em ensino privado e
bolsas para quem não pode pagar, mas nesta forma a educação para todos fica
tabem vago, bolsas de estudo somente seria pra quem “merecer”, já no outro
sistemas educação e direito do cidadão e dever do estado, temos que encarar
uma realidade que nem todos tem capacidade de ter informaçoes para aquisição
de bolsas, e com cada vez mais pessoas inseridos a educação mais dificil fica
entrar a escola ou passar para um nivel a mais de educação, alias já temos
reflexos disso hoje que e o caso dos vestibulares, cada vez mais competitivos,
(alias meio ridiculo essa ideia de competição para algo que é direito de todos)
em que colocamos a maior nota como o aluno mais inteligente , uma inverdade
já que o vestibular não e o educar, mas a porta de entrada, muitos destas boas
notas não comcluem o curso.
Um outro ideal de educação liberal e o ensino a distancia, com o mundo
moderno crecendo evoluindo e espandindo , há a nescessidade de mao de obra
com isso “vai pro espaço” a ideia de educação para jugar e destinguir, podemos
ver que logo após um governo em parte liberal se cresceu muito ensinos a
distancia , ensino privado e sucateamento de escolas publicas. Na verdade so
troca de mão o controle, beneficia a poucos e não ve a situação da maioria.
Uma parte boa destes pensamentos foi que antes a educação era
totalmente catolica, não dando abertura a pessoas de outras religiões , um
exemplo de distanciamento da escola da igreja e o Colegio Andrews , desde
1920 ele vem tendo um ensino diferente pelo fato de não existir a ideia de
religião somente ensino.
Saindo um pouco da educação e voltando ao sistema, lembremos que eles
são contra o controle pelo estado, assim entra a idéia de privatização, com isso
fica em mãos o controle pela empresa que a privatiza, como num estado
democrático quem manda e o povo, não fica tão justo ao povo já que o povo não
tem abertura a reclamações sendo incapaz do estado regula-los, nosso sistema
atual tem estes problemas, mas temos agencias reguladoras que o sistema
(neo)liberal cria que na verdade só serve mesmo pra constar reclamações ,
mesmo com estas a empresa e autónoma sendo incapaz da “democracia”
regular, a única forma e estatizando estas empresas. Falando em democracia no
liberalismo ela é representativa, umas das falhas que pra haver votação tem que
ter corum, na maioria das decisões importantes o corum não exigem nem sequer
50% dos votantes presentes, fora que nem sempre a maioria decide o melhor,
um exemplo disto e que se agente por um acaso decidisse qual seria o melhor
ritmo para representar o estado de Pernambuco com certeza não seria o frevo ou
maracatu mas algum ritmo de pouca cultura que não dependesse tanto de
quisito intelectual, comcerteza seria algo bem sexista.
Enfim neste sistema o meio não seria muito bom pra alguns, quem já
nascesse com vantagens já teria sua vaga garantida como cidadões , teria um
bom emprego , uma boa educação, para o resto seriam vitimas de situações que
não podem pagar para evitar, com isso igual para todos seria utópico, quem
pagar mais terá mais vantagens, somente modificou quem não tem títulos ou
nome para quem mais possuísse recursos.
Referencias:

Alguns documentos da Universidade da França


Adam Smith – Vários trechos de suas obras
Vivencia pessoal