Anda di halaman 1dari 9

Valor lgico de proposies

PQ (Disjuno), verdadeira (V) se pelo menos uma das


proposies for verdadeira. Caso contrrio, falsa (F).
PQ (Conjuno), verdadeira se as duas proposies
forem verdadadeiras. Caso contrrio falsa.
P (Negao), verdadeira se P for falsa. Se P for falsa, a
proposio verdadeira
PQ (Implicao), verdadeira se, sempre que P
verdadeira, Q tambm o .
Exerccios
1) Sejam as proposies P: est frio e Q: est chovendo. Traduzir para a
linguagem corrente as seguintes proposies:
(a) P: no est frio
(b) PQ: est frio e est chovendo
(c) PQ: est frio ou est chovendo
(d) QP: se est chovendo ento est frio
(e) PQ: se est frio ento est chovendo
(f) PQ: est frio ou no est chovendo
(g) P Q: no est frio e no est chovendo
(h) Q P: se no est chovendo ento est frio
(i) (P Q) P: se est frio e no est chovendo ento est frio

Exerccios
2) Simbolize as seguintes proposies e determine o valor lgico de cada
uma no domnio da matemtica:
(a) Se [3 + 2 = 6] (P) ento [4 + 4 =9] (Q)
PQ: Verdadeira, pois P falsa
(b) Se [0<1] (P) ento [RaizQuadrada(2) irracional] (Q)
PQ: Verdadeira, pois ambas P e Q so verdadeiras
(c) Se [RaizQuadrada (3) > 1] (P) ento [-1 < -2] (Q)
PQ: Falsa, pois P verdadeira e Q falsa
(d) Se [|-1| = 0] (P) ento [sen30
o
= 1/2] (Q)
PQ: Verdadeira, pois P falsa
(e) Se [>4] (P) ento [3 > RaizQuadrada(5)] (Q)
PQ: Verdadeira, pois P falsa
Tabelas-verdade
Uma tabela verdade um esquema grfico para verificar os possveis
valores lgicos de proposies. Nessa tabela todas as possveis
combinaes de valores lgicos das proposies atmicas so escritos.
Com base nesses valores e nos operadores lgicos usados em cada
caso, escreve-se o valor lgico para a proposio composta.
Exemplo: Construa uma tabela-verdade para a proposio
(PQ)(Q P)



Tautologia
Definio: Chama-se tautologia toda
proposio composta cujo valor lgico
sempre verdade (V).
Exemplo: PP

Contradio
Definio: Chama-se contradio a toda
proposio composta cujo valor lgico
sempre falso (F).
Exemplo: PP

Definio: Chama-se contingncia a toda
proposio composta cujo valor lgico s
vezes falso (F) e s vezes verdadeiro (V).
Exemplo: PQ


Contingncia
Equivalncia lgica
Definio: Diz-se que uma proposio
logicamente equivalente a uma proposio se os
valores lgicos das duas so iguais para as
mesmas combinaes de suas proposies
atmicas. A equivalncia lgica o mesmo que a
implicao nos dois sentidos.
Exemplo: (PQ)(PQ)

Equivalncia lgica
(PQ)(PQ)