Anda di halaman 1dari 1

"O riso to importante para nossa vida quanto a inteligncia ou a criatividade"

Rir nos torna mais inteligentes, criativos e saudveis, segundo o neurocientista c


ognitivo Scott Weems. Nesta entrevista, ele conta como isso acontece e explica d
e que maneira algumas gargalhadas revelam crenas e preconceitos e oferecem solues i
nditas para nossos problemas
Rita Loiola
Para o pesquisador americano Scott Weems, rir um dos mecanismos essenciais para
nossa evoluo e sobrevivncia (Laura Hartline )
Assim que o Instituto de Pesquisa Econmica e Aplicada (Ipea) admitiu o erro de su
a pesquisa que dizia que os brasileiros apoiavam ataques a mulheres, a reao foi in
stantnea: uma enxurrada de piadas. Bastaram poucos segundos para que, no ltimo dia
4, as redes sociais fossem invadidas por anedotas zombando da porcentagem que m
ostrava que 26% e no 65% concordam com a frase "mulheres que usam roupas que most
ram o corpo merecem ser atacadas". Para o neurocientista cognitivo americano Sco
tt Weems, s mesmo sonoras gargalhadas seriam capazes de resolver o conflito entre
o equvoco grosseiro, as reaes exaltadas, o machismo e a realidade do episdio. O hum
or nica forma que nosso crebro encontra para lidar com diversas informaes contraditri
as ao mesmo tempo, segundo ele.