Anda di halaman 1dari 15

As Ligaes Perigosas

Citao da conversa entre a Madame


Marie de Tourvel e a Madame de
Rosemonde

Sobre a histria
As Ligaes Perigosas baseado em livro
homnimo de Chordelos de Laclos, de 1782.
A obra contada atravs da reproduo das
escandalosas correspondncias trocadas entre os
personagens, sendo que o autor afirma que a histria
real e que essas cartas lhe foram passadas para
publicao e instruo das pessoas sobre os
relacionamentos amorosos.
Diversas adaptaes da trama j foram feitas para o
teatro, cinema e televiso, sendo entre elas a mais
consagrada a dirigida em 1988 por Stephen Frears,
ganhadora de 3 Oscars, que conta com Glenn Close,
John Malkovich, Michelle Pfeiffer, Keanu Reeves e Uma
Thurman no elenco.

Sinopse do filme

O galanteador Visconte de Valmont (John Malkovich) junto


Marquesa de Merteuil (Glenn Close) envolvem a Madame
Marie de Tourvel (Michelle Pfeiffer) e a jovem Cecile de
Volange (Uma Thurman) em um jogo de seduo que visa a
difamao de ambas.

CENA EM QUESTO

Uma vez tendo Valmont conseguido seduzir Tourvel, que a ele


se entrega desesperadamente
apaixonada (confiante na
reciprocidade do sentimento), o galanteador a recusa de modo
humilhante.
Ainda na mesma noite, Tourvel conversa com Madame de
Rosemonde (tia de Valmont, e personagem secundria do filme)
sobre seus sentimentos. O dilogo o seguinte:

Madame Marie de Tourvell: Sente-se


comigo por um instante.

Madame Marie de Tourvel: Devo deixar


esta casa. Estou desesperadamente
apaixonada. A ltima coisa que quero
partir, mas prefiro morrer a viver com
culpa.

Madame de Rosemonde: Nada disso me


surpreende. O que me surpreende
quo pouco o mundo muda.

Madame Marie de Tourvel: O que me


aconselha?

Madame de Rosemonde: Se bem me


lembro qualquer conselho intil.

Madame Marie de Tourvel: Nunca me


senti to infeliz.

Madame de Rosemonde: Sinto muito,


mas, aqueles que mais merecem amor
nunca sero felizes com ele.

Madame Marie de Tourvel: Mas por que?


Por que tem de ser assim?

Madame de Rosemonde: Voc ainda


acha que os homens amam do mesmo
jeito que ns amamos?

Madame de Rosemonde: No. Os


homens desfrutam a felicidade que
sentem. Ns apenas podemos saborear
a felicidade que damos. Eles no so
capazes de se dedicar a uma pessoa s.

Madame de Rosemonde: Ento esperar


tornar-se feliz com o amor uma causa
certa de sofrimento.

AS
LIGAES
PERIGOSAS