Anda di halaman 1dari 1

VAMOS QUEIMAR NOSSA ATMOSFERA?

Francisco Antonio Romanelli


Quem assistiu ao filme Matrix, viu que o nosso planeta, depois de
ter sua atmosfera queimada pelos seres humanos, passou a viver em um inferno
glacial (perdoem-me a aparente contradio dos termos). E o filme muito nos
chocou. Revelou e denunciou chagas profundas que ocultamos em detrimento de
interesses particulares, como quando um dos agentes da Matrix diz que o ser
humano no se comporta como um mamfero, mas sim como um vrus: uma forma
de vida danosa a seu hospedeiro, e que pode destru-lo.
Fico parte, ns estamos, literal e velozmente, queimando nossa
atmosfera. O que mais se v entre abril e outubro - poca que antigamente era
caracterizada pelo famoso cu azul-anil so densos e grossos novelos de fumaa
em todos os cantos das cidades e ao longo das estradas, como se estivssemos
cercados por uma infinidade de vulces ativos com suas esfaimadas e destrutivas
bocas prontas a nos engolir. Essa fumaa est envenenando nosso ar. De muitas
maneiras isso acontece, seja pela deposio de gases txicos, provocando inmeras
doenas e prejuzos ecolgicos, seja pelo aumento da concentrao de gs
carbnico, que acelera o famoso efeito estufa, aquecendo desmesurada e
irregularmente o planeta. No temos mais o cu azul-anil de antigamente. Os olhos
de meus filhos no puderam, nem podero ver o profundo azul, tpico dessa poca,
que meus olhos de jovem, um dia tiveram o privilgio de admirar. Meus netos,
provavelmente nem mais vero o azul plido e anmico dos dias de hoje. Se
conseguirem sobreviver s catstrofes ecolgicas iminentes. A comparao com
uma infestao virtica do planeta foi bem colocada no filme.
E o que pior: no estamos vivendo em um mundo de fico, mas
na mais dura e crua realidade.