Anda di halaman 1dari 6

TEMA BÍBLICO: O SENHOR TEM FEITO GRANDES

COISAS

TEXTO BÍBLICO: Joel 2.18-27

ICT: Deus responde entusiasticamente a súplica


de seu povo.

OBJ GERAL: PASTORAL

OBJ ESP.: O avivamento passa por um coração


quebrantado, um espírito reto e um coração
alegre.

Data: 10 de junho
INTRODUÇÃO

A nação estava prestes a ser destruída pela


desobediência, arrogância e dureza de coração. O
povo havia perdido o foco, a visão em Deus.
Buscavam coisas frívolas, imorais que insultava a
santidade do Todo Poderoso. Deus usa uma
mensagem profética para alertar o povo da sua
eminente destruição caso não se convertam do
seu mau caminho.
1. NÃO TEMAS!

Ó terra, não temas! É a afirmação que


encontramos no texto profético de Joel 2.21 ao
povo que abandonou o pecado, rasgou o coração
(kartia), o centro da vida física, emocional e
espiritual, para um retorno aos braços do Pai.
Após a declaração profética de destruição
eminente caso não se arrependesse o povo ainda
sentia as ameaças da morte como conseqüência
do pecado. Isto é, após a tempestade, avaliamos
os estragos tudo que foi destruído e o quanto
teremos que trabalhar para reconstruir tudo de
novo. Parece fácil reconstruir, mas não é tão
simples assim. Quando pensamos em algo físico,
concreto basta disposição e vigor para botar as
mãos na massa e recomeçar, mas quando
pensamos em algo emocional e espiritual, não é
como preparar a masseira, levantar as paredes,
chumbar as vigas, é um processo de restauração,
isto é devolver aquilo que foi retirado, ou de
curar aquilo que foi ferido. O pecado trás sempre
conseqüências, e uma delas é o sentimento de
culpa que ainda se aloja dentro do nosso coração
que precisa ser extirpado, retirado, posto para
fora antes que consiga trazer feridas, mágoas e
luto a alma.
O medo, temor que acompanha sempre quando
estamos diante da santidade de Deus, nos
restringe a conquistar e a celebrar os feitos
poderosos de Deus em nossa vida (Isaías 61.1).
Deus está dizendo literalmente, tirem o medo de
seus corações, não há mais razão para o temor,
para se sentirem culpados, podem se achegar,
pois eu me acheguei a vocês (Tiago 4.8).
2.ALEGRIA

Regozija-te, alegra-te! Tal entusiasmo no texto


profético me faz lembrar o Salmo 30.5 “o choro
pode durar uma noite, mas a alegria vem pela
manhã". Há um motivo para tanto entusiasmo,
regozijo, alegria, Deus está presente, e mais do
que isso está contente, feliz, alegre,
entusiasmado com o seu povo que abandonou o
pecado e se converteu de seu mau caminho.
Agora não há mais luto, choro, pranto,
destruição, o pecado foi retirado, há apenas
alegria, celebração, vitória. O significa hebraico
para o termo rānan, literalmente traduz a idéia
de uma alegria esfuziante, gritos de alegria, uma
celebração festiva. É exatamente isso que Deus
deseja, após uma noite sombria e fria, onde o
silêncio era nossa maior angústia e a horas nossa
tortura, o sol volta a brilhar, trazendo alegria em
seus raios, iluminando, trazendo vida e vida em
abundância. Deus está dizendo para o seu povo,
eu sou a sua alegria. Não há motivo maior para o
crente do que o Senhor ser a sua alegria. Aprenda
uma coisa aqui, Deus está dizendo que não existe
nenhum outro motivo para o homem do que
alegrar-se nEle. O povo havia descoberto alegria
momentâneas, passageiras, mas Deus está
dizendo a minha alegria é eterna, entre na minha
alegria (Mateus 5.21). Alegria aqui é sinônimo de
prazer, vontade realizar. Por isso que a alegria do
Senhor é a nossa força (Neemias 8.10).
3. GRANDES COISAS

Há um motivo para tanta alegria, entusiasmo,


paixão. “O Senhor tem feito grandes coisas” v21.
Deus em nenhum momento, mesmo com o
perigo eminente de destruição por causa do
pecado, abandona o seu povo, Ele dá as
diretrizes, alternativas, as possibilidades para que
o homem se converta e volte a tê-lo como único
Senhor de sua vida. O termo ergon, aqui possui o
sentido de criar, formar, talhar. Literalmente,
Deus está criando, formando, talhando uma
grande obra, como um vaso na mão do hábil
oleiro, é Deus com a sua obra prima, coroa da
criação (Salmo 8.1-9). O próprio Jesus vai
declarar que o Pai trabalha sem parar. Ele não
pára nunca, esta a todo o momento, criando
possibilidades para que ninguém se perca (João
5.17; Ezequiel 33.11).

CONCLUSÃO
O avivamento passa por um coração
quebrantado, um espírito reto e um coração
alegre. Acredite você tem motivos para celebrar a
Deus por tudo que ele continua realizando em
sua vida.
REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

Bíblia. Português. Bíblia de referência Thompson.


Tradução João Ferreira de Almeida. São Paulo:
Vida, 1993.

BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada edição


pastoral. Tradução do Centro Bíblico Católico.
São Paulo: Edições Paulinas, 1993.

BÍBLIA. Português. Bíblia sagrada século 21.


Tradução João Ferreira de Almeida. São Paulo:
Vida Nova, 2008.

Bíblia. Português. Bíblia Shedd. Tradução João


Ferreira de Almeida. 2 ed. São Paulo: Vida Nova,
1997.

BROW, Colin. O novo dicionário internacional de


teologia do Novo Testamento. São Paulo: Vida
Nova, 1983.

ELWELL, Walter A. Enciclopédia histórico-


teológica da igreja cristã. São Paulo: Vida Nova,
1992.

GOWER, Ralph. Uso e costumes dos tempos


bíblicos. São Paulo: CPAD, 1992.

MOUNCE, William D. The analytical lexicon to


the greek New Testament. Michigan: Zondervan
Publishing House, 1992.