Anda di halaman 1dari 1

PLANO DE AULA

EMENTA:
Construção de saberes básicos sobre a história eclesiástica no período compreendido entre os séculos I, com o
início da caminhada cristã, e XV, com alguns antecedentes do Cisma Protestante, enfatizando alguns dos
principais personagens, processos e acontecimentos históricos.
OBJETIVO:
- Construir uma leitura crítica sobre os principais personagens, processos de transição e acontecimentos da
história da igreja;
- Entender as relações de influência entre sociedade e igreja em cada período histórico;
- Estabelecer um diálogo entre questões do passado e alguns problemas atuais; e
- Problematizar posicionamentos teológicos e eclesiásticos exigidos pela contemporaneidade.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
FEVEREIRO
03/02 - Conversa informal com apresentação pessoal por docente e discentes (quem eu sou, motivo e objetivo
para a escolha do curso - 1º trabalho redigido); apresentação do plano de aula, da metodologia de ensino e dos
critérios de avaliação e produções acadêmicas; e fixação democrática de regras.
06/02 - Introdução à história eclesiástica.
10/02 - Império Romano na época do nascimento de Jesus.
13/02 - Situação religiosa no Império Romano.
17/02 - Palestina e Judaísmo palestino.
20/02 - Plenitude do tempo.
MARÇO
03/03 - O comprometimento ideológico e a subjetividade da história.
06/03 - Comunidade de Jerusalém; e De Jerusalém a Roma.
10/03 - Comunidades gentílico-cristãs posteriores a Paulo.
13/03 - Heresia e catolicidade.
24/03 - Formação do cânone neotestamentário e a mulher na igreja antiga.
27/03 - Fé cristã e filosofia.
31/03 - O imperador e os cristãos - Igreja imperial.
ABRIL
03/04 - BAUMAN, Zygmunt. Modernidade e Ambivalência. Sobre o amigo, o inimigo e a marginalização do
“estranho”.
07/04 - Doutrina e vida da igreja.
14/04 - Temática da riqueza e da pobreza na igreja antiga.
24/04 - Final da história da igreja antiga.
28/04 - Idade Média: caracterização de um período.

METODOLOGIA:
- Leitura prévia de textos;
- Debates;
- Produção de textos;
- Palestras; e
- Seminários.
AVALIAÇÃO:
- Frequência e participação em sala de aula (10 pontos);
- Avaliação escrita e aberta (10 pontos); e
- Resenha crítica sobre o Jesus histórico em Schweitzer, Bultmann e Crossan, fazendo a correlação entre os
referidos autores, observando as normas acadêmicas e a exigência mínima de cinco laudas (10 pontos).
BIBLIOGRAFIA BÁSICA:
- WALKER, Williston. História da Igreja Cristã. Rio de Janeiro e São Paulo: JUERP/ASTE, 1981.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:
- RICHARD, Pablo. O Movimento de Jesus Depois da Ressurreição: Uma interpretação libertadora dos Atos
dos Apóstolos. São Paulo: Paulinas, 2001.