Anda di halaman 1dari 116

1

A P R E S E N TA Ç Ã O
APRESENTAÇÃO

S empre inovando e servindo de modelo para o mercado tecnológico, a FURUKAWA vem construindo no Brasil uma história de
pioneirismo e liderança, promovendo o progresso através de Sistemas de Comunicação e Informação.
Desde a sua chegada ao País, em 1974, ligada a dois poderosos grupos japoneses – Furukawa Electric Co. e Mitsui Co., o futuro da
FURUKAWA já havia sido traçado com o desafio de desenvolver tecnologia em um território ainda jovem e com grande carência de SOLUÇÕES
investimentos e recursos em comunicação.
Transmissão de um volume maior de informações em alta velocidade.
Para atender a essa exigência das redes corporativas e principalmente às necessidades e expectativas de seus clientes, a FURUKAWA
PRODUTOS
desenvolveu o FCS – Furukawa Cabling System, uma linha completa de soluções e produtos para cabeamento estruturado.
Uma geração completa de cabos e componentes que garantem a instalação de um cabeamento estruturado avançado e eficiente.
As soluções FCS não se restringem somente ao fornecimento da infra-estrutura de redes locais, mas também coloca à disposição uma
completa rede de Distribuidores Autorizados e Instaladores Credenciados, em todas as regiões do Brasil, para melhor atendê-lo.
O cliente pode contar com um suporte de serviços que envolve desde a certificação e o planejamento da rede, passando por todos os TECNOLOGIA
produtos e instalação, até a etapa de testes e a manutenção com a garantia da marca FURUKAWA.
Para assegurar a qualidade dos serviços, os profissionais que integram o FCS passam
por treinamentos que são ministrados através dos Centros Educacionais
Credenciados. Trata-se do FCP – Furukawa Certified Professional – o mais NORMAS
completo Programa de Formação Profissional em cabeamento estruturado do Brasil
e o único reconhecido pela BICSI, na América do Sul. Neste catálogo você irá
conhecer, em detalhes, o FCS – Furukawa Cabling System e comprovar porque a
marca FURUKAWA vai estar presente no seu futuro, oferecendo o que há de mais
moderno em tecnologias de redes..
AJUDA SAIR

Unidade Curitiba
2
QUALIDADE T
TOO TA L
APRESENTAÇÃO
Certificação Internacional da Qualidade

O s produtos FURUKAWA são dirigidos a um mercado composto por


clientes exigentes, que fazem da qualidade um requisito fundamental
na escolha de seus fornecedores. E isto não é à toa: as aplicações da SOLUÇÕES

extensa linha de produtos para comunicação e informação FURUKAWA são


responsáveis pelo desempenho perfeito e sucesso do funcionamento de
sistemas, muitas vezes vitais para indivíduos, empresas, organizações e
comunidades. PRODUTOS
A FURUKAWA mantém um compromisso inflexível com a manutenção de
controles da qualidade total em seus processos de fabricação, na garantia
da uniformidade de seus produtos e dos serviços que presta.
Um compromisso que está expresso na obtenção dos mais importantes TECNOLOGIA
A Maior Garantia da Nossa Qualidade
Certificados Internacionais da Qualidade para produtos e serviços, entre os
é a Satisfação Total de Nossos Clientes. quais ISO 9001:2000 e TL9000 conferidos pela UL - Underwriters
Laboratories, e os certificados CSA - Canadian Standards, UL Underwriters
Laboratories e Anatel, para o cabo Multi-Lan. ®. NORMAS
E dentro das preocupações de uma empresa comprometida com a preservação e com o respeito ao meio ambiente em que se
insere suas atividades, a FURUKAWA recebeu a certificação ISO 14001, através da
UL - Underwriters Laboratories. Essa é mais uma prova de que a Qualidade
FURUKAWA está sempre em evolução.

POLÍTICA DA QUALIDADE FURUKAWA: AJUDA SAIR


“Buscar e Manter a Excelência em Gestão Empresarial, Atendendo as
Necessidades e Expectativas dos Clientes e Aplicando Melhoria Contínua.”
3
GARANTIA ESTENDIDA - 25 ANOS
APRESENTAÇÃO

A FURUKAWA mostra seu PROGRAMA DE GARANTIA ESTENDIDA FCS – 25 ANOS, para sistemas de transmissão de
dados, voz e imagens construídos com a linha FCS - Furukawa Cabling System.
O objetivo desse programa é levar ao mercado as garantias comerciais e tecnológicas para redes de telecomunicações
construídas de acordo com a normalização existente para Sistemas de Cabeamento Estruturado, que utilizem os materiais SOLUÇÕES
fornecidos pela FURUKAWA, pertencentes à família de produtos FCS – Furukawa Cabling System .
A garantia comercial assegura ao cliente a confiabilidade e a qualidade dos materiais empregados, para os quais a FURUKAWA
oferece garantia de 25 anos, bem como a qualidade dos serviços de instalação
prestados por seus Instaladores Credenciados FCS – 25 Anos. PRODUTOS
A garantia tecnológica assegura a compatibilidade do sistema fornecido com
todas as aplicações previstas para os Sistemas Categoria 5e e Categoria 6.
Com isso, oferece-se a garantia de performance do sistema, que é compatível
com TODAS as aplicações existentes para sistemas Categoria 5e e TODAS TECNOLOGIA
aplicações previstas para operarem em sistemas Categoria 5e e Categoria 6.
Dessa forma, a FURUKAWA assegura a seus clientes a proteção do investimento, pelo
fornecimento de uma solução garantida por 25 anos.
NORMAS
Para obter maiores informações sobre o programa, entre em contato
com a FURUKA
FURUKAWWA pelo telefone 0800 41-2100 (Ligação Gratuita).

Com esta garantia inovadora, a FURUKAWA demonstra, mais uma vez, seu comprometimento com a satisfação de seus clientes,
buscando superar cada vez mais suas expectativas de qualidade.

AJUDA SAIR
4

APRESENTAÇÃO

Soluções
• Cabeamento Secundário Metálico (Horizontal) SOLUÇÕES
– Piso Falso ........................................................... 5
– Aparente ........................................................... 6
– Embutido ........................................................... 7
• Cabeamento Secundário Metálico com Ponto de
Consolidação (Horizontal) PRODUTOS
– Forro Falso ......................................................... 8
– Piso Falso ........................................................... 9
• Cabeamento Secundário Óptico (Horizontal)
– Aparente .......................................................... 10
– Embutido .......................................................... 11 TECNOLOGIA
– Piso Falso .......................................................... 12
• Opções de Cabeamento Primário (Backbone) ................. 13
• Fiber To The Desk – Diretrizes TSB 72
– Caixa Aparente Multimídia ..................................... 14
• Integração com Voz ............................................... 15 NORMAS
• Solução Integrada SOHO (Small Office - Home Office) ...... 16

AJUDA SAIR
5
CABEAMENTO SECUNDÁRIO METÁLICO
(Horizontal) - Piso Falso
APRESENTAÇÃO
Patch Cable
- Categoria 5 Enhanced Patch Panel Adapter Cable
- Categoria 6 - Categoria 5 Enhanced - Categoria 5 Enhanced
- Categoria 5 Blindado - Categoria 6 - Categoria 6
- Categoria 5 Blindado - Categoria 5 Blindado
SOLUÇÕES

PRODUTOS

TECNOLOGIA

NORMAS

Tomada Aparente

Piso Falso

Cabo Horizontal Conector M8v


- Multi-Lan Categoria 5 Enhanced - Categoria 5 Enhanced
- Fast-Lan 6 Categoria 6 - Categoria 6 AJUDA SAIR
- Multi-Lan FTP Categoria 5 Blindado - Categoria 5 Blindado
6
CABEAMENTO SECUNDÁRIO METÁLICO
(Horizontal) - Aparente

Caixa para Espelho APRESENTAÇÃO

Cabo Horizontal Espelho para Conector M8v


- Multi-Lan Categoria 5 Enhanced
- Fast-Lan 6 Categoria 6
Conectores - Categoria 5 Enhanced
e Adaptadores - Categoria 6
- Multi-Lan FTP Categoria 5 Blindado
- Categoria 5 Blindado
SOLUÇÕES

PRODUTOS
Tomada Aparente

TECNOLOGIA

NORMAS

Patch Panel Patch Cable


- Categoria 5 Enhanced Adapter Cable
- Categoria 5 Enhanced - Categoria 5 Enhanced
- Categoria 6 - Categoria 6 - Categoria 6
AJUDA SAIR
- Categoria 5 Blindado - Categoria 5 Blindado - Categoria 5 Blindado
7
CABEAMENTO SECUNDÁRIO METÁLICO
(Horizontal) - Embutido
APRESENTAÇÃO
Espelho para
Patch Panel Patch Cable Adapter Cable Conectores
- Categoria 5 Enhanced - Categoria 5 Enhanced - Categoria 5 Enhanced e Adaptadores
- Categoria 6 - Categoria 6 - Categoria 6
- Categoria 5 Blindado - Categoria 5 Blindado - Categoria 5 Blindado
SOLUÇÕES

PRODUTOS

TECNOLOGIA

NORMAS

Cabo Horizontal Conector M8v


- Multi-Lan Categoria 5 Enhanced - Categoria 5 Enhanced AJUDA SAIR
- Fast-Lan 6 Categoria 6 - Categoria 6
- Multi-Lan Categoria 5 Blindado - Categoria 5 Blindado
Espelho de Piso
8 CABEAMENTO SECUNDÁRIO METÁLICO
COM PONTO DE CONSOLIDAÇÃO
(Horizontal) - Forro Falso
APRESENTAÇÃO

Cabo Horizontal
- Multi-Lan Categoria 5 Enhanced - Bloco de Conexão 110 IDC
- Fast-Lan 6 Categoria 6 - Caixa Aparente Multimídia
- Multi-Lan FTP Categoria 5 Blindado
SOLUÇÕES

PRODUTOS

TECNOLOGIA

NORMAS
Espelho para
Mobiliário

Conector M8v
Patch Cable - Categoria 5 Enhanced AJUDA SAIR
Patch Panel
- Categoria 5 Enhanced - Categoria 6
- Categoria 5 Enhanced
- Categoria 6 - Categoria 5 Blindado
- Categoria 6
- Categoria 5 Blindado - Categoria 5 Blindado
9 CABEAMENTO SECUNDÁRIO METÁLICO
COM PONTO DE CONSOLIDAÇÃO
(Horizontal) - Piso Falso
APRESENTAÇÃO
Espelho para
Patch Panel Conectores
- Categoria 5 Enhanced
Patch Cable
- Categoria 5 Enhanced Caixa para Espelho e Adaptadores
- Categoria 6
- Categoria 6
- Categoria 5 Blindado
- Categoria 5 Blindado
SOLUÇÕES

PRODUTOS

TECNOLOGIA
Adapter Cable
- Categoria 5 Enhanced
- Categoria 6
- Categoria 5 Blindado

NORMAS

Piso Falso

Cabo Horizontal
- Multi-Lan Categoria 5 Enhanced
- Fast-Lan 6 Categoria 6
AJUDA SAIR
- Multi-Lan Categoria 5 Blindado - Bloco de Conexão 110 IDC
- Caixa Aparente Multimídia
10
CABEAMENTO SECUNDÁRIO ÓPTICO
(Horizontal) - Aparente
APRESENTAÇÃO

Cordão Óptico Adaptador Óptico


Caixa Aparente - ST
Multimídia - SC Duplex

SOLUÇÕES

Cordão Óptico
PRODUTOS

TECNOLOGIA

NORMAS

Distribuidor Interno Cabo Fiber-Lan


Óptico para Rack 19” Indoor/Outdoor AJUDA SAIR
- A270
- A280
11
CABEAMENTO SECUNDÁRIO ÓPTICO
(Horizontal) - Embutido
APRESENTAÇÃO
Distribuidor Interno Tomada
Adaptador Óptico
Óptico para Rack 19” - ST
Aparente FTTD
- A270 - SC Duplex
- A280

SOLUÇÕES

PRODUTOS

TECNOLOGIA

NORMAS

Cordão Óptico

AJUDA SAIR

Cabo Fiber-Lan Indoor/Outdoor


12
CABEAMENTO SECUNDÁRIO ÓPTICO
(Horizontal) - Piso Falso
APRESENTAÇÃO
Distribuidor Interno Cordão Óptico
Óptico para Rack 19”
Caixa para
- A270
- A280 Espelho

SOLUÇÕES

PRODUTOS

Espelho para
Conectores e
Adaptadores TECNOLOGIA

NORMAS

Piso Falso

Adaptador Óptico
- SC Duplex Caixa Aparente AJUDA SAIR
- ST Multimídia
Cabo Fiber-Lan Indoor/Outdoor
13
OPÇÕES DE CABEAMENTO PRIMÁRIO
(Backbone)
APRESENTAÇÃO
Distribuidor Interno
Óptico para Parede
- A115
- A145
- A146
- A147 SOLUÇÕES
Distribuidor Interno
Óptico para Parede
Cabo Fiber-Lan - A115
Indoor/Outdoor - A145
- A146 PRODUTOS
- A147

TECNOLOGIA

Distribuidor Interno
Óptico para Rack 19”
- A270
- A280 NORMAS

Cabo Óptico Externo


- Fiber-Lan Indoor/
Distribuidor Interno Outdoor
Óptico para Parede - Fis-Optic - DG
- A115 - Fis-Optic - AS AJUDA SAIR
- A145 - Optic-Lan
- A146
- A147
14
FIBER TO THE DESK - DIRETRIZES TSB 72
(Caixa Aparente Multimídia com Terminação Óptica em Campo)

APRESENTAÇÃO
Cabo Fiber-Lan Cordão Óptico
Indoor/Outdoor
Tomada
Aparente FTTD
SOLUÇÕES

PRODUTOS

TECNOLOGIA

NORMAS

Distribuidor
Interno Óptico
- A145
Distribuidor Interno
- A146
Óptico para Rack 19” - A147
- A270 AJUDA SAIR
- A280
Caixa Aparente
Multimídia
15
INTEGRAÇÃO COM VOZ

APRESENTAÇÃO
Painel de Conexão 110
IDC para Rack 19”

SOLUÇÕES

Adaptador Y
- Modular
- Voz
- 10BaseT
PRODUTOS

Telefone Fax

TECNOLOGIA

Adaptador Y PABX
- Modular
- Voz
- 10BaseT
NORMAS

Telefone Fax

AJUDA SAIR
Backboard para Sistemas
Patch Cable 110 IDC
110 IDC
16
SOLUÇÃO INTEGRADA SOHO
(Small Office - Home Office)

APRESENTAÇÃO

Tomada
Aparente FTTD

SOLUÇÕES

Cabo
Multi-Lan

PRODUTOS

TECNOLOGIA

Cabo Ener-Lan

NORMAS

Solução Residencial
Integrada
- Tomadas
- Espelhos
- Interruptores - Simples/Combinado Centro de AJUDA SAIR
- Interruptor de Ajuste Manual Conectividade Cabo Fiber-Lan
de Intensidade Indoor/Outdoor
- Tomada Americana 2P+T Universal
17
PRODUTOS
APRESENTAÇÃO

Conectividade Metálica Categoria 5e SOLUÇÕES

Conectividade Metálica Categoria 6


PRODUTOS

Conectividade Metálica Categoria 5 - Blindado


TECNOLOGIA

Conectividade Óptica / FTTD (Fiber To The Desk)


NORMAS
Administração e Distribuição do Cabeamento

Gerenciamento de Cabos, Acessórios e Ferramentas


AJUDA SAIR
18

APRESENTAÇÃO
Conectividade
Metálica
Categoria 5e SOLUÇÕES

• Cabo Multi-Lan® Categoria 5 Enhanced ........................ 19


• Cabo Multi-Lan® 25 Pares Categoria 5 Enhanced ............. 20
• Conector M8v Categoria 5 Enhanced ........................... 21 PRODUTOS
• Patch Panel 24, 48 e 96 Posições
Categoria 5 Enhanced ............................................. 22
• Patch Panel SOHO 12 Posições Descarregado - E220 ............ 23
• Adapter Cable M8v Categoria 5 Enhanced ..................... 24
• Patch Cable M8v Categoria 5 Enhanced ........................ 25 TECNOLOGIA
• Bloco de Conexão 110 IDC 100 e 300 Pares
Categoria 5 Enhanced ............................................. 26
• Painel de Conexão 110 IDC para Rack 19” 100 e 200 Pares
Categoria 5 Enhanced ............................................. 27
• Patch Cable 110 IDC ............................................... 28 NORMAS
• Ícones de Identificação ........................................... 29

AJUDA SAIR
19
CABO MULTI-LAN®
CATEGORIA 5 ENHANCED
APRESENTAÇÃO
Aplicação Principais Características Elétricas em TTransmissões
ransmissões de Alta VVelocidade
elocidade
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados ATENUAÇÃO NEXT PS NEXT ACR PS ACR ELFEXT PS ELFEXT RL
FREQÜÊNCIA
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2, (MHz)
(dB/100m) PIOR CASO (dB) (dB) (dB) (dB) PIOR CASO (dB) (dB) (dB)

Categoria 5e, para cabeamento horizontal ou secundário entre TÍPICO MÍNIMO TÍPICO MÍNIMO TÍPICO * ** TÍPICO MÍNIMO TÍPICO MÍNIMO TÍPICO MÍNIMO

os painéis de distribuição (Patch Panels) e os conectores nas 1 1,8 65,3 79,0 62,3 75,0 63,3 77,0 60,3 73,0 63,8 74,0 60,8 71,0 20,0
áreas de trabalho. 4 3,6 56,3 70,0 53,3 66,0 52,2 66,0 49,2 62,0 51,7 62,0 48,7 60,0 23,1
8 5,1 51,8 62,0 48,8 58,0 46,0 57,0 43,0 53,0 45,7 55,0 42,7 54,0 24,5 SOLUÇÕES
10 5,7 50,3 61,0 47,3 57,0 43,8 54,0 40,8 51,0 43,8 49,0 40,8 48,0 25,0
Descrição
16 7,3 47,3 59,0 44,3 55,0 39,0 52,0 36,0 48,0 39,7 47,0 36,7 46,0 25,0
• Cabo de pares trançados compostos de condutores sólidos de 20 8,2 45,8 57,0 42,8 53,0 36,5 49,0 33,5 45,0 37,7 45,0 34,7 44,0 25,0
cobre nu, 24 AWG, isolados em composto especial. 25 9,3 44,3 55,0 41,3 51,0 33,9 46,0 30,9 42,0 35,8 43,0 32,8 41,0 24,3
• Capa externa em PVC não propagante à chama, na cor azul, nas 31,25 10,4 42,9 54,0 39,9 50,0 31,2 43,0 28,2 40,0 33,9 41,0 30,9 40,0 23,6
opções CM e CMR. 62,5 15,0 38,4 52,0 35,4 48,0 21,4 37,0 18,4 33,0 27,8 39,0 24,8 36,0 21,5
• Marcação sequencial métrica decrescente (300 - 0 m) na 100 19,2 35,3 48,0 32,3 44,0 13,3 29,0 10,3 25,0 23,8 36,0 20,8 31,0 20,1 PRODUTOS
embalagem FASTBOX, com gravação de dia/mês/ano - hora de 155 23,7 32,5 46,0 29,5 42,0 4,4 22,0 1,4 18,0 19,9 33,0 16,9 27,0 18,8
fabricação, proporcionando rastreamento do lote. 200 27,5 30,8 43,0 27,8 39,0 - 15,0 - 12,0 17,7 30,0 14,7 25,0 18,0
250 31,1 29,3 40,0 26,3 36,0 - 9,0 - 5,0 15,8 28,0 12,8 23,0 17,3
Nota:
350 37,4 27,2 37,0 24,2 33,0 - - - - 12,9 24,0 9,9 20,0 16,3
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
completa da solução FCS.
Valores não especificados na Norma ANSI/TIA/EIA-568A:
* ACR (dB) = NEXT Mín - Atenuação Máxima em 100 m.
** PS ACR (dB) = PS NEXT Mín - Atenuação Máxima em 100 m. TECNOLOGIA
Especificação PT - 0635

Características Elétricas Básicas


CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR
Resistência elétrica máxima do condutor em C.C. a 20ºC Ω/km 93,8
Capacitância mútua máxima a 20ºC pF/m 56 NORMAS
Impedância característica nominal de 1 a 350 MHz Ω 100 ± 15%
Tensão aplicada entre condutores VDC/3s 1500
Atraso de propagação máximo a 10 MHz ns/100 m 545
Variação do atraso de propagação – valor típico ns/100 m 15
Velocidade de propagação nominal % 68

Códigos do Produto
CÓDIGO PRODUTO
23200070 Multi-Lan® – CM

Características Gerais 23200005 Multi-Lan® – CMR


AJUDA SAIR
Produtos com Certificados de Homologação
NÚMERO DIÂMETRO EXTERNO MASSA LÍQÜIDA LANCE PADRÃO (m) ANATEL 0067-02-0256
ANATEL
DE PARES NOMINAL (mm) NOMINAL (kg/km) (embalagem)
Multi-Lan ® Categoria 5 Enhanced UL - Underwriters Laboratories
4 5,2 31 300 (FASTBOX)
Performance elétrica estável até 350 MHz ETL
20
CABO MULTI-LAN® 25 PARES
CATEGORIA 5 ENHANCED
APRESENTAÇÃO
Aplicação Principais Características Elétricas em TTransmissões
ransmissões de Alta VVelocidade
elocidade
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados ATENUAÇÃO NEXT PS NEXT ACR* PS ACR** ELFEXT PS ELFEXT RL
FREQÜÊNCIA
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2, (MHz)
( dB/100m ) PIOR CASO (dB) (dB) (dB) (dB) PIOR CASO (dB) (dB) (dB)

(Categoria 5e), para cabeamento vertical ou primário MÁXIMO MÍNIMO MÍNIMO MÍNIMO MÍNIMO MÍNIMO MÍNIMO MÍNIMO

(backbones) entre blocos de conexão de alta capacidade, 1 2,0 65,3 62,3 63,3 60,3 63,8 60,8 20,0
localizados nas salas ou armários de telecomunicações. 4 4,1 56,3 53,3 52,2 49,2 51,7 48,7 23,0
8 5,8 51,8 48,8 46,0 43,0 45,7 42,7 24,5 SOLUÇÕES
10 6,5 50,3 47,3 43,8 40,8 43,8 40,8 25,0
Descrição
16 8,2 47,3 44,3 39,1 36,0 39,7 36,7 25,0
• Cabo de pares trançados compostos de condutores sólidos de 20 9,3 45,8 42,8 36,5 33,5 37,7 34,7 25,0
cobre nu, 24 AWG, isolados em composto especial. Capa 25 10,4 44,3 41,3 33,9 30,9 35,8 32,8 24,3
externa em PVC não propagante à chama, na cor azul, nas 31,25 11,7 42,9 39,9 31,2 28,2 33,9 30,9 23,6
opções CM e CMR. 62,5 17,0 38,4 35,4 21,4 18,4 27,8 24,8 21,5
100 22,0 35,3 32,3 13,3 10,3 23,8 20,8 20,1 PRODUTOS
Nota:
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha Valores não especificados na Norma ANSI/TIA/EIA-568B.2:
completa da solução FCS. * ACR (dB) = NEXT Mín - Atenuação Máxima em 100 m.
** PS ACR (dB) = PS NEXT Mín - Atenuação Máxima em 100 m.

Características Elétricas Básicas


Especificação PT - 1264 CARACTERÍSTICAS
Resistência elétrica máxima do condutor em C.C. a 20ºC
UNIDADE
Ω/km
VALOR
93,8
TECNOLOGIA
Capacitância mútua máxima a 20ºC pF/m 56
Impedância característica nominal de 1 a 350 MHz Ω 100 ± 15%
Tensão aplicada entre condutores VDC/3s 1500
Atraso de propagação máximo a 10 MHz ns/100 m 545
Variação do atraso de propagação ns/100 m 45
Velocidade de propagação nominal % 68
NORMAS
Características Gerais
NÚMERO DIÂMETRO EXTERNO MASSA LÍQÜIDA LANCE PADRÃO (m)
DE PARES NOMINAL (mm ) NOMINAL ( kg/km) (embalagem)
25 13,5 200 500 (bobina)

Códigos do Produto AJUDA SAIR


Produtos com Certificados de Homologação
CÓDIGO PRODUTO
Multi-Lan® 25 Pares – CM ANATEL DNFI-098399-XXX0256
ANATEL
23200012
UL - Underwriters Laboratories
23450003 Multi-Lan® 25 Pares – CMR
ETL
Multi-Lan® 25 Pares Categoria 5 Enhanced
21
CONECTOR M8V
CATEGORIA 5 ENHANCED
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Fornecido com capa traseira e tampa de proteção frontal Esquema de Conexão
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados articulada.
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2 • Disponível em pinagem T568A/B.
(Balanced Twisted Pair Cabling Components), para cabeamento • Fornecido nas cores bege, cinza, branco e preto.
horizontal ou secundário, uso interno, em ponto
Características
de acesso na área de trabalho para tomadas de serviços em SOLUÇÕES
sistemas de cabeamento estruturado. • Tamanho compacto.
• Compatível com todos os patch panels descarregados, espelhos T568A T568B
Descrição e tomadas da solução 5e.
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante à • Produto integrante do sistema cat5e homologado pela ETL
chama (UL 94 V-0). (ETL Verified Cat5e - 3 Connector Channel). Código de Cores
• Vias de contato, produzidas em níquel de 2,54 µm, com PAR 1 AZUL/AZUL CLARO
camada de 1,27µm de ouro . PAR 2 LARANJA/BRANCO PRODUTOS
• Montado em placa de circuito impresso dupla face. Nota: PAR 3 VERDE/VERDE CLARO
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
• Terminais de conexão em bronze fosforoso estanhado, padrão PAR 4 MARROM/MARROM CLARO
completa da solução FCS.
110 IDC, para condutores de 22 a 26 AWG.

Dimensões (mm) TECNOLOGIA

VISTA FRONTAL

16,1
VISTA LATERAL
NORMAS
14,5
18,3 Códigos do Produto
VISTA POSTERIOR EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO PINAGEM COR
20,5 (caixa)
35050040 Conector M8v Branco
30,6
35050016 Bege
Categoria 5 T568A/B 100 peças
35050012 Cinza
Enhanced
35050043 Preto

Nota: O componente na cor Cinza (35050012) será fornecido sem a tampa AJUDA SAIR
de proteção frontal articulada.

Produto com Certificado de Homologação


Conector M8v Categoria 5 Enhanced com tampa de proteção frontal
articulada UL - Underwriters Laboratories
22
PATCH PANEL 24, 48 E 96 POSIÇÕES
CATEGORIA 5 ENHANCED
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma Dimensões (mm)
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados ANSI/TIA/EIA-310D e altura de 1U ou 44,45mm.
• Disponível em pinagem T568A/B. PATCH PANEL 24 POSIÇÕES
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2
(Balanced Twisted Pair Cabling Components), para • Fornecido com parafusos e arruelas para fixação.
cabeamento horizontal ou secundário, em salas de • Disponível em 24, 48 e 96 posições. 482,6 44,45
telecomunicações (cross-connect) na função de distribuição • Fornecido na cor preta.
SOLUÇÕES
de serviços em sistemas horizontais e em sistemas que PATCH PANEL 48 POSIÇÕES
requeiram margem de segurança sobre especificações Características
normalizadas para a categoria 5e, provendo suporte às • Acompanha suporte traseiro (cable ring) para acomodação dos
aplicações como GigaBit Ethernet (1000 Mbps). cabos.
• As condições e locais de aplicação são especificados pela • Fornecido com ícones de identificação e velcros para organização. 482,6 88,9
norma ANSI/TIA/EIA-569 - Pathway and Spaces. • Instalação direta em racks de 19”.
• Atende FCC part 68.5 (EMI - Indução Eletromagnética). PATCH PANEL 96 POSIÇÕES PRODUTOS
Descrição • Os modelos de 24 e 48 posições são fornecidos com guia traseiro
• Corpo fabricado em termoplástico de alto impacto não metálico para melhor organização dos cabos.
propagante à chama (UL 94 V-0). • Produto integrante do sistema cat5e homologado pela ETL
• Painel frontal construído em chapa de aço com espessura de (ETL Verified Cat5e - 3 Connector Channel).
1,5 mm, com proteção contra corrosão, pintura resistente a riscos.
• Terminais de conexão em bronze fosforoso estanhado, padrão Nota:
110 IDC, para condutores de 22 a 26 AWG.
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha 482,6 177,8 TECNOLOGIA
completa da solução FCS.
• As vias de contato dos conectores M8v do painel frontal são
produzidas em níquel de 2,54 µm com camada de 1,27 µm de ouro.
• Possui borda de reforço para evitar empenamento.

NORMAS

Códigos do Produto
NÚMERO DE EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO PINAGEM
POSIÇÕES (caixa)
35050300 24 10 peças
35050318
Patch Panel
Categoria 5 Enhanced
T568A/B 48 10 peças AJUDA SAIR
35050297 96 2 peças

Produto com Certificado de Homologação


Patch Panel 24 Posições Categoria 5 Enhanced com Guia Traseiro UL - Underwriters Laboratories
23
PATCH PANEL SOHO 12 POSIÇÕES
DESCARREGADO - E220
APRESENTAÇÃO
Aplicação Dimensões (mm)
• Sistemas de cabeamento estruturado de baixa densidade para
aplicações em ambientes SOHO - Small Office/Home Office.
Estrutura de fixação em parede com 12 posições descarregadas,
63,68 40,8
permitindo a montagem de conectores/adaptadores para UTP,
fibra, coaxial, e aplicações multimídia (áudio e vídeo). SOLUÇÕES
Descrição
• Composto por uma base em plástico para paredes e um painel

232,43 (dist. entre centros)


metálico para fixação dos conectores e adaptadores.
• Possui desenho exclusivo que permite que os conectores fêmea
M8v fiquem com suas faces alinhadas ao painel, dando melhor
PRODUTOS

253,5
acabamento e aspecto estético.
• Permite escalabilidade no número de portas conforme
crescimento da planta do cliente.
• Todas as posições possuem áreas para identificação do ponto.
• Encaixe compatível com toda a linha de conectores fêmea,
módulos F, módulos com adaptadores ópticos, módulos de
áudio e vídeo, etc.
• Concepção total front permitindo a montagem fácil e rápida
TECNOLOGIA
sem a necessidade de ferramentas especiais. 84,75
• Construção em base de plástico, painel em aço pintado em 47,9

epóxi de alta resistência na cor preta.

47,9
• Fornecido com kit de parafusos e bucha para fixação em
parede.
57,6
NORMAS

Patch Panel SOHO 12 Posições Completo - E220

Dimensões (mm) Código do Produto AJUDA SAIR


PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm) NÚMERO DE EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
POSIÇÕES (caixa)
Patch Panel SOHO 12 Posições
253,5 84,75 47,9
Descarregado - E220 35050135 Patch Panel SOHO Descarregado - E220 12 1 peça
24
ADAPTER CABLE M8V
CATEGORIA 5 ENHANCED
APRESENTAÇÃO
Aplicação Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Performance garantida, comprovada em fábrica.
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2 • Produto integrante do sistema cat5e homologado pela ETL
(Balanced Twisted Pair Cabling Components), para (ETL Verified Cat5e - 3 Connector Channel).
cabeamento horizontal ou secundário, uso interno, em ponto
de acesso na área de trabalho para interligar o hardware de SOLUÇÕES
comunicação do usuário às tomadas de conexão da rede. Nota:
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
completa da solução FCS.
Descrição
• Produzido em fábrica, com o cabo UTP, extra flexível, Características Elétricas Básicas do Cabo Multi-Lan Flex Categoria 5 Enhanced
Multi-Lan Flex de 4 pares e 2 conectores M8v macho, ambos CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR
Categoria 5 Enhanced. Resistência elétrica máxima do condutor em C.C. a 20ºC Ω/km 93,8
• Possui capas termoplásticas coloridas, que acompanham a cor do Capacitância mútua máxima a 20ºC pF/m 56 PRODUTOS
cabo, inseridas sobre os conectores M8v macho, dificultando Impedância característica nominal de 1 a 350 MHz Ω 100 ± 15%

a desconexão acidental do produto. Tensão aplicada entre condutores VDC/3s 1500

• Disponível em pinagem T568A ou T568B. Atraso de propagação máximo a 10 MHz ns/100 m 545
Variação do atraso de propagação – valor típico ns/100 m 45
• Disponível em 7 cores distintas (azul, verde, amarelo, branco,
Velocidade de propagação nominal % 66
cinza, preto e vermelho) e nos seguintes comprimentos
padrões: 1,0 , 1,5 , 2,0 , 2,5 , 3,0 , 4,0 , 5,0 e 6,0 metros.
Lotes de Fornecimento TECNOLOGIA
COMPRIMENTO DO EMBALAGEM
ADAPTER CABLE M8v (m) (caixa)
1,0, 1,5, 2,0 e 2,5 40 unidades
3,0 e 4,0 25 unidades
5,0 e 6,0 15 unidades
NORMAS
Códigos do Produto
CÓDIGO
COMPRIMENTO PRODUTO PINAGEM COR
1,5 m 2,5 m
35100033 35100042 Azul
35101304 35101329 Verde
35101385 35101401 Adapter Cable M8v Amarelo
35100980 35101009 Categoria 5 Enhanced T568A Branco
35101063 35101080 Cinza AJUDA SAIR
35101147 35101160 Preto
35101221 35101249 Vermelho
Nota: Códigos de produtos com pinagem T568B ou em outras configurações, sob
Adapter Cable M8v Categoria 5 Enhanced consulta.
25
PATCH CABLE M8V
CATEGORIA 5 ENHANCED
APRESENTAÇÃO
Aplicação Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Performance garantida, comprovada em fábrica.
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2 • Produto integrante do sistema cat5e homologado pela ETL
(Balanced Twisted Pair Cabling Components), para (ETL Verified Cat5e - 3 Connector Channel).
cabeamento horizontal ou secundário, uso interno, nas salas de
telecomunicações, para manobras entre os painéis de SOLUÇÕES
distribuição (patch panels) e os equipamentos ativos da rede Nota:
(hubs, switches etc.). Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
completa da solução FCS.

Descrição Características Elétricas Básicas do Cabo Multi-Lan Flex Categoria 5 Enhanced


• Produzido em fábrica, com o cabo UTP, extra flexível, Multi-Lan CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR
Flex de 4 pares e 2 conectores M8v macho, ambos Resistência elétrica máxima do condutor em C.C. a 20ºC Ω/km 93,8

Categoria 5 Enhanced. Capacitância mútua máxima a 20ºC pF/m 56 PRODUTOS


• Disponível em pinagem T568A ou T568B. Impedância característica nominal de 1 a 350 MHz Ω 100 ± 15%
Tensão aplicada entre condutores VDC/3s 1500
• Fornecido em 7 cores distintas (azul, verde, amarelo, branco,
Atraso de propagação máximo a 10 MHz ns/100 m 545
cinza, preto e vermelho) e nos seguintes comprimentos
Variação do atraso de propagação – valor típico ns/100 m 45
padrões: 1,0 , 1,5 , 2,0 , 2,5 , 3,0 , 4,0 , 5,0 e 6,0 metros.
Velocidade de propagação nominal % 66

Lotes de Fornecimento TECNOLOGIA


COMPRIMENTO DO EMBALAGEM
PATCH CABLE M8v (m) (caixa)
1,0, 1,5, 2,0 e 2,5 40 unidades
3,0 e 4,0 25 unidades
5,0 e 6,0 15 unidades

NORMAS
Códigos do Produto
CÓDIGO
COMPRIMENTO PRODUTO PINAGEM COR
1,5 m 2,5 m
35100019 35100025 Azul
35100802 35100827 Verde
35100883 35100900 Patch Cable M8v Amarelo
35100502 35100527 Categoria 5 Enhanced T568A Branco
35100577 35100597 Cinza AJUDA SAIR
35100640 35100663 Preto
35100723 35100740 Vermelho

Nota: Códigos de produtos com pinagem T568B ou em outras configurações,


Patch Cable M8v Categoria 5 Enhanced sob consulta.
26
BLOCO DE CONEXÃO 110 IDC 100 E
300 PARES - CATEGORIA 5 ENHANCED
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Os conectores 110 IDC avulsos, fornecidos nas opções de 3,4 e
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e 5 pares, possuem terminais de conexão em bronze fosforoso
imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2 estanhado, padrão 110 IDC, para condutores de 22 a 26 AWG e
(Balanced Twisted Pair Cabling Components), uso interno, em são identificados através de um código de cores para facilitar a
sistemas de cabeamento estruturado, para cabeamento vertical ou identificação e a conexão dos pares do cabo.
• Fornecido na cor bege.
primário, na função de administração e gerenciamento de
• Produto fornecido com suporte e etiquetas.
SOLUÇÕES
backbones, ou para cabeamento horizontal ou secundário, em salas
de telecomunicações (cross-connect) ou próximos dos pontos • Disponível na configuração de 50 e 100 pares com pernas
de distribuição (pontos de consolidação) na função de desmontáveis, e também na forma de Kits. O Bloco de
distribuição de serviços em sistemas horizontais. 300 pares apresenta pernas.

Descrição Características
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante • Permite instalação diretamente na parede sobre qualquer PRODUTOS
à chama (UL 94 V-0). superfície lisa.
• Constituído por camadas horizontais que atendem condutores
de 22 a 26 AWG, identificadas através de marcação a cada
5 pares para facilitar a conexão dos pares do cabo. Nota:
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha Blocos de Conexão Com Pernas e Conectores 110 IDC
• Produto fornecido com pernas desmontáveis permitindo completa da solução FCS.
aplicações diretamente em parede ou em suportes metálicos.
• Apresenta sistemas de encaixe entre os blocos permitindo
TECNOLOGIA
configurações acima de 100 pares.
• Os kits são compostos por blocos de conexão 110 IDC com pernas, de
50 ou 100 pares, conectores 110 IDC de 4 e 5 pares, suportes
e etiquetas de identificação.
Códigos dos Produtos
NORMAS
CÓDIGO PRODUTO MODELO NÚMERO DE PARES EMBALAGEM

35050174 50
Kit Bloco de Conexão 110IDC
35050175 100
Dimensões (mm) Com pernas desmontáveis 4 peças
35050173 50
BLOCO 110 IDC ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)
100 Pares 88,9 272,30 85 35050182 Bloco de Conexão 110IDC 100

50 Pares 44,45 272,30 85 35050470 Com pernas fixas 300 1 peça

35050195 3
CONECTOR 110 IDC ALTURA (mm) LARGURA ( mm) PROFUNDIDADE (mm) 35050196 Conector 110IDC - 4 250 peças AJUDA SAIR
03 Pares 6,10 22,80 23,50 5
35050197
04 Pares 6,10 30,40 23,50
Produto com Certificado de Homologação
05 Pares 6,10 38,00 23,50
UL - Underwriters Laboratories
27
PAINEL DE CONEXÃO 110 IDC PARA RACK 19” - 100 E 200
PARES CATEGORIA 5 ENHANCED
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Capacidade total para 200 pares.
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2 ANSI/TIA/EIA-310D, com 4U de altura.
(Balanced Twisted Pair Cabling Components ), uso interno,
para cabeamento vertical ou primário, na função de Características
administração e gerenciamento de backbones, ou para • Permite instalação diretamente em racks padrão 19". SOLUÇÕES
cabeamento horizontal ou secundário, em salas de
telecomunicações (cross-connect ) ou próximos dos pontos de Nota:
distribuição (pontos de consolidação) na função de Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
completa da solução FCS.
distribuição de serviços em sistemas horizontais.

Descrições
Painel 100 pares 19" x 2U composto por: PRODUTOS
• 1 Painel de 19" x 1U com 2 blocos de conexão 110 IDC sem
pernas de 50 pares, confeccionado em aço, com proteção contra Painel de Conexão 110 IDC para Rack 19” - 200 pares

corrosão, pintura de alta resistência a riscos e com acabamento


em epóxi na cor preta.
- 1 organizador de cabos aberto 19" x 1U. Dimensões (mm)
- Guia de cabos traseiro opcional (ver página 80).
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)
TECNOLOGIA
• Capacidade total para 100 pares.
Painel de Conexão 110 IDC
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma para Rack 19” 177 (4U) 482 186
ANSI/TIA/EIA-310D, com 2U de altura. Painel de Conexão 110 IDC
88 (2U) 482 93
para Rack 19”
• Através da montagem de mais painéis pode-se aumentar a capacidade
de terminação.

Painel 200 pares 19" x 4U composto por: NORMAS


• 1 Painel de 19" x 4U confeccionado em aço, com proteção contra
corrosão, pintura de alta resistência a riscos e com acabamento em
epóxi na cor preta.
- 2 Blocos de Conexão 110 IDC sem pernas de 100 pares. Códigos dos Produtos
- 2 Guias de cabos fixados na parte traseira do painel. NÚMERO EMBALAGEM
- 1 Sistema de organização frontal dos cabos de manobra CÓDIGOS PRODUTO
DE PARES (caixa)
(patch cables). Painel de Conexão 110 IDC
35050697 200 10 peças
- Suportes e Etiquetas para Blocos de Conexão 110 IDC. para Rack 19”
Painel de Conexão 110 IDC
- Parafusos para fixação em rack.. 35050698
para Rack 19”
100 10 peças AJUDA SAIR
35050195 3
35050196 Conector 110 IDC 4 250 peças
Produtos com Certificado de Homologação
35050197 5
UL - Underwriters Laboratories
28
PATCH CABLE 110 IDC
APRESENTAÇÃO
Aplicação Descrição
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Produzido em fábrica, com o cabo UTP, extra flexível,
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2 Multi-Lan Flex de 1, 2 ou 4 pares e conectores M8v macho
(Balanced Twisted Pair Cabling Components), para cabeamento e/ou conectores 110 IDC de 1, 2 ou 4 pares.
vertical ou primário, em salas ou armários de distribuição • Promove a conexão e desconexão por engate rápido e fácil,
principal, ou para cabeamento horizontal ou secundário, em além de permitir manobras par a par. SOLUÇÕES
salas de telecomunicações (cross-connect ), na função de • Disponível em pinagem T568A, quando montados com
manobras (conexão cruzada) entre os painéis de distribuição conectores M8v macho.
(patch panels e blocos de conexão) ou entre estes e os • Fornecido na cor azul e nos seguintes comprimentos padrões :
equipamentos de rede. 1,0 , 1,5 , 2,0 , 2,5 , 3,0 , 4,0 , 5,0 e 6,0 metros.
• Possui configurações diversas para atendimento das
necessidades de redes de dados de baixas velocidades, circuitos
de voz e ramais telefônicos ou sistemas de controle e Nota: Patch Cable IDC PRODUTOS
automação. Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
solução FCS.
• Os Patch Cables 110 IDC podem ser usados em qualquer sistema
que contemple blocos do tipo 110 IDC para a terminação de
cabos. A interligação de equipamentos de PABX com cabos
telefônicos convencionais também pode ser administrada com
este produto.
TECNOLOGIA
Códigos do Produto
CÓDIGO
PRODUTO MODELO NÚMERO
COMPRIMENTO
DE PARES
1,5 m 2,5 m
35101482 35100314 1

Exemplo de Conexão Cruzada 110 IDC - 110 IDC


35101596
35101649
35100468
35100477 Patch Cable 110 IDC
110 IDC/110 IDC 2
4
NORMAS
Exemplo de Conexão Cruzada 110 IDC - M8v
35101689 35100280 Azul 1
Sala de Telecomunicações Sala de Telecomunicações 110 IDC/M8v
Área de 35101730 35101753 2
Trabalho Patch Panel Bloco de (T568A)
Cabo 35101791 35100320 4
Conexão
Backbone 110 IDC
Cabo Patch Nota: Códigos de produtos em outras configurações, sob consulta.
Horizontal Cable
110 IDC/M8v

Patch Cable
Sala de Distribuição Principal 110 IDC/110 IDC
Lotes de Fornecimento
COMPRIMENTO DO EMBALAGEM
Bloco de PATCH CABLE 110 IDC ( m) (caixa)
AJUDA SAIR
Conexão Cabo
110 IDC Bloco de Horizontal 1,0, 1,5, 2,0 e 2,5 40 unidades
Conexão
Cabo 110 IDC 3,0 e 4,0 25 unidades
Backbone 5,0 e 6,0 15 unidades
29
ÍCONES DE IDENTIFICAÇÃO
APRESENTAÇÃO
Aplicação Descrição
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, para cabeamento • Constituído por plaquetas coloridas, fabricadas em
horizontal ou secundário, uso interno, em salas de termoplástico, as quais devem ser encaixadas na parte frontal
telecomunicações, pontos de distribuição (pontos de dos conectores, patch panels, espelhos ou tomadas.
consolidação) ou em pontos de acesso na área de trabalho, • Disponível em 9 cores distintas : laranja, verde, violeta, branco,
para identificação dos serviços de telecomunicações, através de cinza, azul, marrom, amarelo e vermelho. SOLUÇÕES
codificação de cores (conforme norma ANSI/TIA/EIA 606), nos
conectores M8v e painéis de distribuição ( patch panels e
painéis de acesso frontal).

PRODUTOS

TECNOLOGIA
Códigos dos Produtos
CÓDIGO PRODUTO COR ATUAÇÃO (ÁREA) EMBALAGEM

35050050 Laranja Ponto de Demarcação


35050069 Verde Conexão de Rede do Lado do Cliente
35050078 Violeta Equipamento Comum
35050085 Ícones de Identificação Branco “Backbone” Nível 1 NORMAS
35050099 para Soluções Cat 5e e Cinza “Backbone” Nível 2 250 unidades
Ícones de Identificação
35050101 Conectores M8v Cat 6 Azul Cabeamento Horizontal
35050110 Marrom “Backbone” entre Edifícios
35050125 Amarelo Circuitos Auxiliares
35050134 Vermelho Sistemas de Telefonia
35050729 Laranja Ponto de Demarcação
35050730 Verde Conexão de Rede do Lado do Cliente
35050731 Violeta Equipamento Comum
35050732 Branco “Backbone” Nível 1
Ícones de Identificação
35050733
35050734
Exclusivos para Patch Panel Cat 6
Cinza
Azul
“Backbone” Nível 2
Cabeamento Horizontal
250 unidades
AJUDA SAIR
35050735 Marrom “Backbone” entre Edifícios
35050736 Amarelo Circuitos Auxiliares
35050737 Vermelho Sistemas de Telefonia
30

APRESENTAÇÃO
Conectividade
Metálica
Categoria 6 SOLUÇÕES

• Cabo Fast-Lan® 6 Categoria 6 .................................... 31


• Conector M8v Categoria 6 ........................................ 32
• Patch Panel 24 Posições Categoria 6............................ 33 PRODUTOS
• Patch/Adapter Cable M8v Categoria 6 ......................... 34

TECNOLOGIA

NORMAS

AJUDA SAIR
31
CABO FAST-LAN® 6
CATEGORIA 6
Aplicação Nota:
APRESENTAÇÃO
Descrição
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Cabo de pares trançados compostos de condutores sólidos de Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
solução FCS.
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B.2-1, cobre nu, 24 AWG, isolados em composto especial. Capa Especificação PT - 0954
(Balanced Twisted Pair Cabling Components) Categoria 6, para externa em PVC não propagante à chama, na cor vermelha, na
cabeamento horizontal ou secundário entre os painéis de opção CM.
distribuição (Patch Panels) e os conectores nas áreas de • Marcação seqüencial métrica decrescente (1500-0 m) em
trabalho, em sistemas que requeiram grande margem de bobinas e (300-0 m) na embalagem FASTBOX. SOLUÇÕES
segurança sobre as especificações normalizadas para garantia de • Gravação de dia/mês/ano - hora de fabricação,
suporte às aplicações futuras. proporcionando rastreamento do lote.
Características Gerais
NÚMERO DIÂMETRO EXTERNO MASSA LÍQÜIDA LANCE PADRÃO (m)
DE PARES NOMINAL (mm) NOMINAL (kg/km) (embalagem)
4 6,5 45 300 (FastBox) ou 1500 (bobina) PRODUTOS
Principais Características Elétricas em TTransmissões
ransmissões de Alta VVelocidade
elocidade
ATENUAÇÃO NEXT PS NEXT ACR PS ACR ELFEXT PS ELFEXT RL
FREQÜÊNCIA (dB/100m) PIOR CASO (dB) ( dB) ( dB) ( dB) PIOR CASO (dB) ( dB) (dB)
(MHz )
MÍNIMO TÍPICO MÍNIMO TÍPICO MÍNIMO TÍPICO * TÍPICO ** TÍPICO MÍNIMO TÍPICO MÍNIMO TÍPICO MÍNIMO TÍPICO
1 2,0 1,7 74,3 97,0 72,3 95,0 72,3 95,3 70,3 93,3 67,8 103,1 64,8 100,1 20,0 32,0
4 3,8 3,0 65,3 86,9 63,3 84,9 61,5 83,9 59,5 81,9 55,8 89,2 52,8 86,2 23,0 32,0 TECNOLOGIA
8 5,3 4,7 60,8 83,1 58,8 81,1 55,5 78,4 53,5 76,4 49,7 83,6 46,7 80,6 24,5 31,0
10 6,0 5,3 59,3 81,5 57,3 79,5 53,3 76,2 51,3 74,2 47,8 80,0 44,8 77,0 25,0 35,0 Fast-Lan® 6 – Categoria 6
16 7,6 6,9 56,2 77,9 54,2 75,9 48,6 71,0 46,6 69,0 43,7 78,1 40,7 75,1 25,0 35,0 Performance elétrica estável até 600 Mhz
20 8,5 7,0 54,8 76,6 52,8 74,6 46,3 69,6 44,3 67,6 41,8 73,3 38,8 70,3 25,0 35,0
25 9,5 7,0 53,3 76,4 51,3 74,4 43,8 69,4 41,8 67,4 39,8 72,0 36,8 69,0 24,0 35,0 Características Elétricas Básicas
31,25 10,7 9,8 51,9 75,5 49,9 73,5 41,2 65,7 39,2 63,7 37,9 70,3 34,9 67,3 24,0 35,0
CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR
62,5 15,4 14,1 47,4 65,7 45,4 63,7 32,0 51,6 30,0 49,6 31,9 65,0 28,9 62,0 22,0 33,0 Resistência elétrica máxima do condutor em C.C. a 20ºC Ω/km 93,8 NORMAS
100 19,8 18,0 44,3 62,4 42,3 60,4 24,5 44,4 22,5 42,4 27,8 60,3 24,8 57,3 20,0 32,0 Capacitância mútua máxima a 20ºC pF/m 56
200 29,0 26,0 39,8 56,7 37,8 54,7 10,8 30,7 8,8 28,7 21,8 59,1 18,8 56,1 18,0 31,0 Impedância característica nominal de 1 a 400 MHz Ω 100 ± 15%
250 32,8 30,1 38,3 55,7 36,3 53,7 5,5 25,6 23,6 19,8 54,2 16,8 51,2 17,0 29,0 Tensão aplicada entre condutores VDC/3s 1500
300 - 32,6 - 53,6 - - - 21,0 - 19,0 - 53,1 - 50,1 - 28,0 Atraso de propagação máximo a 10 MHz ns/100 m 545
350 - 35,1 - 51,8 - - - 16,7 - 14,7 - 52,1 - 49,1 - 28,0 Variação do atraso de propagação – pior caso ns/100 m 20
400 - 40,2 - 53,9 - - - 13,7 - 11,7 - 51,4 - 48,4 - 27,0 Velocidade de propagação nominal % 68
500 - 44,9 - 52,7 - - - 7,8 - 5,8 - 45,8 - 42,8 - 27,0
550 - 47,1 - 44,4 - - - - - - - 45,6 - 42,6 - 27,0
600 - 49,4 - 40,0 - - - - - - - 43,5 - 40,5 - 27,0

Valores não especificados na Norma ANSI/TIA/EIA-568B.2-1: Código do Produto AJUDA SAIR


* ACR (dB) = NEXT Mín - Atenuação Máxima em 100 m.
** PS ACR (dB) = PS NEXT Mín - Atenuação Máxima em 100 m. CÓDIGO PRODUTO Produto com Certificados de Homologação
UL - Underwriters Laboratories
• O cabo Fast-Lan® 6 atende a todas as características elétricas em transmissões de alta velocidade especificadas na norma 23400006 Fast-Lan® 6 – CM
ETL
ANSI/TIA/EIA 568B.2-1, Categoria 6, com destaque para as características ELFEXT e RL.
32
CONECTOR M8V
CATEGORIA 6
APRESENTAÇÃO
Aplicação Descrição Dimensões (mm)
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante à
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568-B.2-1 chama (UL 94 V-0). VISTA LATERAL
Categoria 6, para cabeamento horizontal ou secundário, uso • Vias de contato, produzidas em níquel de 2,54 µm, com camada de
interno, em ponto de acesso na área de trabalho para tomadas 1,27µm de ouro.
C6
de serviços em sistemas estruturados de cabeamento e em • Terminais de conexão em bronze fosforoso estanhado, padrão SOLUÇÕES

16,1
sistemas que requeiram grande margem de segurança sobre as 110 IDC, para condutores de 22 a 26 AWG.
especificações normalizadas para garantia de suporte às • Fornecido com capa traseira e tampa de proteção frontal articulada.
aplicações futuras. • Codificação por cores com o uso de ícones de identificação. 14,5 VISTA LATERAL
• Disponível em pinagem T568A/B.
• Fornecido na cor bege.

18,3
VISTA POSTERIOR PRODUTOS
Notas:
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha 20,5 8
30,6
completa da solução FCS.

TECNOLOGIA

NORMAS

Código do Produto
EMBALAGEM
AJUDA SAIR
CÓDIGO PRODUTO PINAGEM COR
(caixa)
Conector M8v Produto com Certificado de Homologação
35050710 T568A/B Bege 100 peças
Conector M8v Categoria 6 com tampa de proteção frontal articulada Categoria 6 UL - Underwriters Laboratories (UL Listed 1863)
33
PATCH PANEL 24 POSIÇÕES
CATEGORIA 6
APRESENTAÇÃO
Aplicação Descrição • Disponível com 24 portas de conexão.
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante à • Fornecido com guia traseiro metálico para melhor
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568-B.2-1 chama (UL 94 V-0). organização dos cabos.
Categoria 6, uso interno, para cabeamento horizontal ou • Painel frontal construído em chapa de aço, espessura de • Fornecido com ícones de identificação (25 ícones na cor
secundário, em salas de telecomunicações (cross-connect ) na 1,5 mm, com proteção contra corrosão, pintura de alta azul e 25 ícones na cor vermelha).
função de distribuição de serviços em sistemas horizontais e resistência a riscos e com acabamento em epóxi na cor preta.
Características SOLUÇÕES
em sistemas que requeiram grande margem de segurança sobre • Terminais de conexão em bronze fosforoso estanhado, padrão
as especificações normalizadas para garantia de suporte às 110 IDC, para condutores de 22 a 26 AWG. • Instalação direta em racks padrão 19".
aplicações como GigaBit Ethernet 1000 Mbps (em modo half ou • Possui borda de reforço para evitar empenamento. • Atende FCC part 68.5 (EMI - Indução Eletromagnética).
full-duplex). • Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma
ANSI/TIA/EIA-310D e altura de 1 U ou 44,5mm. Nota:
• Disponível em pinagem T568A. Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
• Fornecido com etiquetas de identificação e parafusos para
completa da solução FCS.
PRODUTOS
fixação.

TECNOLOGIA

NORMAS

Patch Panel 24 Posições Categoria 6 com Guia Traseiro

Dimensões (mm) Código do Produto


NÚMERO DE EMBALAGEM
483,0 CÓDIGO PRODUTO PINAGEM
POSIÇÕES (caixa)
35050727
Patch Panel
T568A 24 8 peças
AJUDA SAIR
Categoria 6
44,45

C6
Produto com Certificado de Homologação
UL - Underwriters Laboratories
34
PATCH / ADAPTER CABLE M8V
CATEGORIA 6
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Adapter Cables fornecidos com capas termoplásticas inseridas
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados sobre os conectores M8v macho, dificultando a desconexão
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568-B.2-1 acidental do produto.
Categoria 6. Previstos para cabeamento horizontal ou • Disponível em pinagem T568A ou T568B.
secundário, uso interno, em ponto de acesso à área de trabalho • Disponível em 7 cores distintas (amarelo, azul, branco, verde,
para interligação do hardware de comunicação do usuário às vermelho,cinza e preto) com comprimentos padrão:
tomadas de conexão da rede e também nas salas de 1,5 e 2,5 metros. SOLUÇÕES
telecomunicações, para manobras entre os painéis de
distribuição (patch panels) e os equipamentos ativos da rede Características
(hubs, switches, etc.). • Performance garantida, comprovada em fábrica.

Notas:
Descrição Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
• Produzido em fábrica, com técnicas de montagem e conexão completa da solução FCS. PRODUTOS
exclusivas, que garantem, quando utilizado em conjunto com
os demais produtos que compõem a solução FCS do canal
Categoria 6, excelente performance de transmissão.

TECNOLOGIA

Códigos dos Produtos


CÓDIGO EMBALAGEM
PRODUTO PINAGEM COR
1,5 m 2,5 m (caixa)
35120054 35120004 amarelo NORMAS
35120057 35120005 azul
35120055 35120006 branco
Adapter Cable M8v
35120056 35120007 Categoria 6 T568A verde 40 peças
35120053 35120008 vermelho
35120052 35121542 cinza
35120058 35120064 preto
35120300 35120310 amarelo
35120301 35120311 azul
35120302 35120312 branco
Patch Cable M8v
40 peças
35120303
35120304
35120313
35120314
Categoria 6 T568A verde
vermelho
AJUDA SAIR
35120080 35120079 cinza
35120305 35120315 preto
Nota: Códigos de produtos em outras configurações e comprimentos, sob consulta.
Adapter Cable M8v Categoria 6
35

APRESENTAÇÃO
Conectividade
Metálica
Categoria 5 - Blindado SOLUÇÕES

• Cabo Multi-Lan® FTP Categoria 5 Blindado .................... 36


• Conector M8v Categoria 5 Blindado ............................ 37
• Patch Panel 16 Posições Categoria 5 Blindado ................ 38 PRODUTOS
• Adapter Cable M8v Categoria 5 Blindado ...................... 39

TECNOLOGIA

NORMAS

AJUDA SAIR
36
CABO MULTI-LAN® FTP
CATEGORIA 5 BLINDADO
APRESENTAÇÃO
Especificação PT - 0998
Aplicações Descrição
• Sistemas de Cabeamento Estruturado blindado para tráfego de • Cabo de pares trançados compostos de condutores sólidos de
voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma cobre nu, 24 AWG, isolados em composto especial, com
ANSI/TIA/EIA-568A e especificações técnicas complementares blindagem helicoidal em fita metalizada. Capa externa em PVC
da Furukawa, para cabeamento horizontal ou secundário entre não propagante à chama, na cor azul, com marcação
os painéis de distribuição (Patch Panels) e os conectores nas seqüencial métrica, na opção CM. SOLUÇÕES
áreas de trabalho.
• Indicado para sistemas horizontais que exijam robustez, Nota:
confiabilidade e proteção extra contra ingresso e egresso de Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
EMI (indução eletromagnética) e RFI (interferência por rádio solução FCS.
freqüência), tais como, escritórios com altas fontes de ruído e
interferência, pisos de fábrica, etc.
PRODUTOS
Características Elétricas Básicas
CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR
Resistência elétrica máxima do condutor em C.C. a 20ºC Ω/km 93,8
Capacitância mútua máxima a 20ºC pF/m 56
Impedância característica nominal de 1 a 100 MHz Ω 100 ± 15%
Tensão aplicada entre condutores VDC/3s 1000
Tensão aplicada entre condutor e blindagem VDC/3s 500
Multi-Lan® FTP Categoria 5 Blindado TECNOLOGIA
Desequilíbrio resistivo % <2 Características Gerais
Atraso de propagação máximo a 10 MHz ns/100 m 570
NÚMERO DIÂMETRO EXTERNO MASSA LÍQUIDA LANCE PADRÃO (m)
Variação do atraso de propagação – valor típico ns/100 m 15 DE PARES NOMINAL (mm) NOMINAL (kg/km) (embalagem)
Velocidade de propagação nominal % 68 4 6,0 40 900 (bobina)

Principais Características Elétricas em TTransmissões


ransmissões de Alta VVelocidade
elocidade NORMAS
ATENUAÇÃO NEXT SRL EFICIÊNCIA DA BLINDAGEM
FREQÜÊNCIA (dB/100 m) (dB) (dB) IMPEDÂNCIA DE TRANSFERÊNCIA
(MHz) Ω /km)
(Ω
MÁXIMO TÍPICO MÍNIMO TÍPICO MÍNIMO TÍPICO MÁXIMO TÍPICO
1 2,04 1,96 62 90 23 44 50 35
4 4,05 3,80 53 78 23 44 - -
8 5,77 5,35 48 65 23 44 - -
10 6,47 5,97 47 65 23 41 100 25
16 8,25 7,54 44 62 23 41 - -
20 9,27 8,51 42 61 23 41 - -
25 10,42 9,61 41 57 22 39 - - Código do Produto AJUDA SAIR
31,25 11,72 10,81 39 57 21 39 - -
CÓDIGO PRODUTO
62,50 16,99 15,79 35 57 18 33 - - Produtos com Certificado de Homologação
23350001 Multi-Lan® FTP – CM
100 21,98 20,40 32 57 16 33 - - UL - Underwriters Laboratories
37
CONECTOR M8V
CATEGORIA 5 BLINDADO
APRESENTAÇÃO
Aplicações Descrição Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado blindado para tráfego de • Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante à • Tamanho compacto.
voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma chama (UL 94 V-0). • Compatível com o patch panel blindado descarregado e todos
ANSI/TIA/EIA-568A e especificações técnicas complementares • Vias de contato, em configuração de curvatura altamente os ícones, espelhos e tomadas da linha FCS.
da Furukawa, para cabeamento horizontal ou secundário, uso resistente à fadiga, produzidas em cobre-berílio, com camada
interno, em ponto de acesso na área de trabalho para tomadas de 1,27 µm de ouro. Notas:
SOLUÇÕES
de serviços em sistemas estruturados de cabeamento. • Terminais de conexão em bronze fosforoso estanhado, padrão Esquema de conexão similar ao do Conector M8v Categoria 5 Enhanced.
• Indicado para sistemas horizontais que exijam robustez, 110 IDC, para condutores de 22 a 26 AWG. Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
confiabilidade e proteção extra contra ingresso e egresso de • Montado em placa de circuito impresso de múltiplas camadas. completa da solução FCS.
EMI (indução eletromagnética) e RFI (interferência por rádio • Invólucro metálico de fácil montagem e perfeito vínculo
freqüência), tais como, escritórios com altas fontes de ruído e elétrico com a blindagem do cabo.
interferência, pisos de fábrica etc. • Fornecido com protetores traseiros para as conexões e tampa
de proteção frontal para evitar acúmulo de poeira quando não PRODUTOS
estão em uso.
• Possibilidade para codificação por cores com o uso de ícones
de identificação.
• Disponível na pinagem T568A, identificado por etiquetas
coloridas nos terminais de conexão.
• Fornecido na cor prata.
TECNOLOGIA

NORMAS

Código do Produto
EMBALAGEM
AJUDA SAIR
CÓDIGO PRODUTO PINAGEM COR
(caixa)
Conector M8v Produto com Certificado de Homologação
35050506 T568A Prata 100 peças
Conector M8v Categoria 5 Blindado Cat. 5 Blindado UL - Underwriters Laboratories
38
PATCH PANEL 16 POSIÇÕES
CATEGORIA 5 BLINDADO
APRESENTAÇÃO
Aplicações Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado blindado, uso interno, • Permite instalação diretamente em racks padrão 19".
para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de • Compatível com o conector M8v Categoria 5 Blindado
telecomunicações (cross-connect) na função de distribuição da linha FCS.
de serviços em sistemas horizontais.
• Indicado para sistemas horizontais que exijam robustez, Nota:
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha SOLUÇÕES
confiabilidade e proteção extra contra ingresso e egresso de
completa da solução FCS.
EMI (indução eletromagnética) e RFI (interferência por rádio
freqüência), tais como, escritórios com altas fontes de ruído e
interferência, pisos de fábrica, etc.

Descrição
• Construído em chapa de aço escovado. PRODUTOS
• Fornecido sem os conectores M8v Categoria 5 Blindado
(descarregado).
• Possui vínculo elétrico de aterramento de todos os conectores
M8v Categoria 5 Blindado instalados.
• Possui pino traseiro com rosca para conexão do terminal de
aterramento da carcaça.
• Possui sistema integrado de gerenciamento e ancoragem dos
TECNOLOGIA
cabos em sua parte traseira e uma tampa para proteção total
dos conectores e cabos instalados.
• Possui borda de reforço para evitar empenamento.
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma Patch Panel 16 Posições Categoria 5 Blindado
ANSI/TIA/EIA-310D e altura de 1U.
• Fornecido com parafusos e porcas gaiola para posicionamento NORMAS
no rack e porca e arruela para fixação do terminal
de aterramento da carcaça.
• Disponível com 16 posições (capacidade para 16 conectores
M8v Categoria 5 Blindado).
• Fornecido na cor prata.

Códigos dos Produtos


NÚMERO DE EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO PINAGEM
POSIÇÕES (caixa) AJUDA SAIR
Patch Panel
35050491 - 16 8 peças
Categoria 5 Blindado
Conector M8v
35050506 T568A - 100 peças
Categoria 5 Blindado
39
ADAPTER CABLE M8V
CATEGORIA 5 BLINDADO
APRESENTAÇÃO
Aplicações Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado blindado para tráfego de • Performance garantida, comprovada em fábrica.
voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma
ANSI/TIA/EIA-568A e especificações técnicas complementares Nota :
da Furukawa, para cabeamento horizontal ou secundário, uso Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
solução FCS.
interno, em ponto de acesso na área de trabalho para interligar SOLUÇÕES
o hardware de comunicação do usuário às tomadas de
conexão da rede e também nas salas de telecomunicações,
para manobras entre os painéis de distribuição (patch panels)
e os equipamentos ativos da rede (hubs, switches, etc.).
• Indicado para sistemas horizontais que exijam robustez,
confiabilidade e proteção extra contra ingresso e egresso de
EMI (indução eletromagnética) e RFI (interferência por rádio PRODUTOS
freqüência), tais como, escritórios com altas fontes de ruído e
interferência, pisos de fábrica, etc.

Descrição
• Produzido em fábrica, com técnicas de montagem e conexão
exclusivas, que garantem ao produto, quando utilizado em
conjunto com os demais produtos que compõem a solução FCS
TECNOLOGIA
do canal Categoria 5 Blindado, excelente performance de
transmissão.
• Possui capas termoplásticas coloridas, que acompanham a cor
do cabo, inserida sobre os conectores M8v macho, dificultando Adapter Cable M8v Categoria 5 Blindado
a desconexão acidental do produto.
• Disponível em pinagem T568A. NORMAS
• Fornecido na cor cinza, com comprimento padrão de
2,5 metros.

Código do Produto
CÓDIGO PRODUTO PINAGEM COR
COMPRIMENTO EMBALAGEM AJUDA SAIR
(m) (caixa)
Adapter Cable M8v
35101466 T568A Cinza 2,5 40 peças
Categoria 5 Blindado
Nota: Outros comprimentos e configurações, sob consulta.
40

APRESENTAÇÃO
Conectividade
Óptica
SOLUÇÕES
• Cabo Fis-Optic-AR ................................................. 41
• Cabo Optic-Lan .................................................... 42
• Cabo Fis-Optic-DG ................................................. 43
• Cabo Fis-Optic-AS.................................................. 44
• Cabo Fiber-Lan Indoor / Outdoor ............................... 45
PRODUTOS
• Distribuidor Interno Óptico A115 (DIO) ......................... 46
• Distribuidor Interno Óptico A145/A146 (DIO) ................. 47
• Distribuidor Interno Óptico A270 (DIO) ......................... 48
• Distribuidor Interno Óptico A280 (DIO) ......................... 49
• Cordões e Extensões Ópticas .................................... 50
TECNOLOGIA
FTTD (Fiber To The Desk)
• Distribuidor Interno Óptico A147 FTTD (DIO) ................. 51
• Tomada Aparente FTTD ........................................... 52
• Solução de Conectorização SC / ST em Campo ............... 53
NORMAS

AJUDA SAIR
41
CABO FIS-OPTIC-AR
APRESENTAÇÃO
Aplicações Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, • Imune a interferências eletromagnéticas.
dados e imagens, com distribuição em campus, entre prédios, • Resistente a intempéries e ação solar (proteção UV).
que exijam interligações ópticas externas. • Para uso externo.
• Capacidade para tráfego de redes de dados convencionais e de Nota:
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
alta velocidade como Fast Ethernet 100BaseFX, FDDI,
solução FCS. SOLUÇÕES
ATM 155 e 622 Mbps e Gigabit Ethernet 1000BaseSX/LX,
padrões normalmente utilizados em backbones corporativos.
• Instalações externas em infra-estrutura de eletrodutos e caixas Principais Características das Fibras Ópticas
de passagem subterrâneos, susceptíveis a ação de roedores CARACTERÍSTICAS UNIDADE MM (62.5) MM (50)
e/ou alagamentos parciais temporários. Diâmetro do núcleo µm 62,5 ± 3 50 ± 3
Não circularidade do núcleo (máxima) % 6 6
Descrição Diâmetro da casca µm 125 ± 2 125 ± 2
PRODUTOS
Não circularidade da casca (máxima) % 2 2
• Cabos ópticos tipo “loose”, constituídos por tubo termoplástico
Erro de concentricidade entre núcleo e casca (máximo) % 6 6
preenchido com gel para acomodação das fibras ópticas do Erro de concentricidade fibra/revestimento primário (máximo) µm 12 12
tipo multimodo, revestido por fibras sintéticas dielétricas para Diâmetro do revestimento primário µm 245 ± 10 245 ± 10
suporte mecânico (resistência à tração) e cobertos por uma Abertura numérica - 0,275 ± 0,015 0,200 ± 0,015
capa externa em polietileno na cor preta. Uma fita de aço 850 nm 200 400
Largura de banda MHz.km
corrugada, aplicada sob a capa externa e sobre uma capa 1.300 nm 500 600
interna de polietileno, garante a proteção contra ataque de Atenuação típica
850 nm 3,0 3,0 TECNOLOGIA
dB/km
roedores. 1.300 nm 1,0 1,0

Especificação PT - 0856
Características Gerais dos Cabos Ópticos
DADOS CARACTERÍSTICAS
Número de fibras ópticas 2 a 12 18 a 36 Obs: Os dois primeiros algarismos dos códigos abaixo, poderão
Diâmetro externo nominal 13,5 mm 16,0 mm sofrer alteração de 26 para 28. NORMAS
Massa líqüida nominal 175 kg/km 240 kg/km
Raio mínimo de curvatura 270 mm 320 mm
Códigos dos Produtos
Carga máxima durante a instalação 350 kgf 480 kgf
Núcleo do cabo Geleado
CÓDIGO NÚMERO
PRODUTO DE FIBRAS
Elemento central Material não metálico MM (62,5) MM (50) ÓPTICAS
Elemento de tração Fibras sintéticas de aramida
26380008 26380031 2
Amarração do núcleo Fios de material não higroscópico
Capa interna Polietileno ou copolímero 26380017 26380032 4

Proteção contra roedores Fita de aço corrugado 26380022 26380033 FIS-OPTIC-AR 6


Capa externa
Temperatura de operação
Polietileno ou copolímero na cor preta
-20 a +65 ºC
26380000 26380034 8
AJUDA SAIR
26380028 26380035 10
Comprimento nominal 2000 m 26380030 26380036 12

Outros padrões, modelos e configurações, inclusive com fibras ópticas do tipo Fis-Optic-AR com formação acima de 12 fibras,
Fis-Optic-AR monomodo, sob consulta. códigos sob consulta.
42
CABO OPTIC-LAN
APRESENTAÇÃO
Aplicações Descrição Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Cabo óptico tipo “loose”, constituído por tubo termoplástico • Imune a interferências eletromagnéticas.
e imagens, com distribuição em campus, entre prédios, que preenchido com gel para acomodação das fibras ópticas do • Totalmente dielétrico, garantindo a proteção dos equipamentos
exijam interligações ópticas externas com grande flexibilidade. tipo multimodo, revestido por fibras sintéticas dielétricas para ativos de transmissão contra propagação de descargas elétricas
• Capacidade para tráfego de redes de dados convencionais e de alta suporte mecânico (resistência à tração) e coberto por uma atmosféricas.
velocidade como Fast Ethernet 100BaseFX, FDDI, ATM 155 e capa externa em polietileno na cor preta. • Resistente a intempéries e ação solar (proteção UV). SOLUÇÕES
622 Mbps e Gigabit Ethernet 1000BaseSX/LX, padrões • Para uso externo.
normalmente utilizados em backbones corporativos. Nota:
• Instalações externas em infra-estrutura de eletrodutos e caixas de Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
passagem subterrâneas, susceptíveis a alagamentos parciais solução FCS.
temporários ou em instalações aéreas externas, com espinamento
em cordoalhas de aço entre postes.
Principais Características das Fibras Ópticas PRODUTOS
CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR
Diâmetro do núcleo µm 62,5 ± 3
Não circularidade do núcleo (máxima) % 6
Diâmetro da casca µm 125 ± 2
Especificação PT - 0330 Não circularidade da casca (máxima) % 2
Erro de concentricidade entre núcleo e casca (máximo) % 6
Erro de concentricidade fibra/revestimento primário (máximo) µm 12 TECNOLOGIA
Diâmetro do revestimento primário µm 245 ± 10
Abertura numérica - 0,275 ± 0,015
850 nm 200
Largura de banda MHz.km
1.300 nm 500
850 nm 3,0
Atenuação típica dB/km
1.300 nm 1,0

NORMAS
Características Gerais dos Cabos Ópticos
CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR TÍPICO Obs: Os dois primeiros algarismos dos códigos
abaixo, poderão sofrer alteração de 26 para 28.
Número de fibras ópticas - 2a6 8 a 12
Diâmetro externo nominal mm 5,3 5,8
Massa líqüida nominal kg/km 24 28
Códigos do Produto
Raio mínimo de curvatura durante a instalação mm 106 116 NÚMERO
Raio mínimo de curvatura após a instalação mm 53 58
CÓDIGO PRODUTO DE FIBRAS
ÓPTICAS
Carga máxima durante a instalação kgf 48 56
26350008 2
Temperatura de operação o
C -5 a +65
Lance padrão m 2100 (bobina)
26350017
26350022 Optic-Lan
4
6
AJUDA SAIR
Outros padrões, modelos e configurações sob consulta. 26350001 8
26350002 10
Optic-Lan 26350000 12
43
CABO FIS-OPTIC-DG
APRESENTAÇÃO
Aplicações Descrição Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, • Cabos ópticos tipo “loose”, constituído por tubo termoplástico • Imune a interferências eletromagnéticas.
dados e imagens, com distribuição em campus, entre prédios, preenchido com gel para acomodação das fibras ópticas do • Totalmente dielétrico, garantindo a proteção dos equipamentos
que exijam interligações ópticas externas. tipo multimodo. O elemento de tração totalmente dielétrico é ativos de transmissão contra propagação de descargas elétricas
• Capacidade para tráfego de redes de dados convencionais e de disposto em paralelo à unidade básica e deve suportar os atmosféricas.
alta velocidade como Fast Ethernet 100BaseFX, FDDI, esforços de tração na instalação. • Resistente a intempéries e ação solar (proteção UV). SOLUÇÕES
ATM 155 e 622 Mbps e Gigabit Ethernet 1000BaseSX/LX, • Para uso externo.
padrões normalmente utilizados em backbones corporativos.
Nota:
• Instalações externas em infra-estrutura de eletrodutos e caixas Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
de passagem subterrâneos, susceptíveis a alagamentos parciais solução FCS.
temporários ou em instalações aéreas externas, com
espinamento em cordoalhas de aço entre postes.
• Indicado também para instalações externas que exijam alta Principais Características das Fibras Ópticas PRODUTOS
carga de tração, por ocasião da instalação, em infra-estrutura
CARACTERÍSTICAS UNIDADE MM (62.5) MM (50)
não planejada adequadamente.
Diâmetro do núcleo µm 62,5 ± 3 50 ± 3
Não circularidade do núcleo (máxima) % 6 6
Diâmetro da casca µm 125 ± 2 125 ± 2
Não circularidade da casca (máxima) % 2 2
Especificação PT - 0690
Erro de concentricidade entre núcleo e casca (máximo) % 6 6
Erro de concentricidade fibra/revestimento primário (máximo) µm 12 12 TECNOLOGIA
Diâmetro do revestimento primário µm 245 ± 10 245 ± 10
Abertura numérica - 0,275 ± 0,015 0,200 ± 0,015
850 nm 200 400
Largura de banda MHz.km
1.300 nm 500 600
850 nm 3,0 3,0
Atenuação típica dB/km
1.300 nm 1,0 1,0
NORMAS
Características Gerais dos Cabos Ópticos
Obs: Os dois primeiros algarismos dos códigos abaixo, poderão
CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR
sofrer alteração de 26 para 28.
Número de fibras ópticas - 2,4 ou 6 8 a 12
Diâmetro externo nominal mm 4,5 x 7,0 4,8 x 7,6 Códigos do Produto
Massa líqüida nominal kg/km 30 45 CÓDIGO NÚMERO
Raio mínimo de curvatura
mm 160 180 PRODUTO DE FIBRAS
durante a instalação MM (62,5) MM (50) ÓPTICAS
Raio mínimo de curvatura 26340009 26340060 2
mm 80 90
após a instalação 26340017 26340061 4
Carga máxima durante a instalação kgf 175
26340023 26340062 Fis-Optic-DG® 6 AJUDA SAIR
Temperatura de operação ºC -20 a +65
26340001 26340063 8
Lance padrão m 2000 (bobina)
26340002 26340064 10
Fis-Optic DG Outros padrões, modelos e configurações, inclusive com fibras ópticas do 26340000 26340065 12
tipo monomodo, sob consulta.
44
CABO FIS-OPTIC-AS
APRESENTAÇÃO
Aplicações Descrição Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, • Cabo óptico tipo “loose”, constituídos por fibras ópticas tipo • Imune a interferências eletromagnéticas.
dados e imagens, com distribuição em campus, entre prédios, multimodo revestidas em acrilato, agrupadas em uma unidade • Totalmente dielétrico, garantindo a proteção dos equipamentos
que exijam interligações ópticas externas. básica, preenchida com material resistente à penetração de ativos de transmissão contra propagação de descargas elétricas
• Capacidade para tráfego de redes de dados convencionais e de umidade, elemento de tração não-metálico, incorporado ao atmosféricas.
alta velocidade como Fast Ethernet 100BaseFX, FDDI, núcleo do cabo, responsáveis pela resistência do cabo, sendo • Resistente a intempéries e ação solar (proteção UV).
ATM 155 e 622 Mbps e Gigabit Ethernet 1000BaseSX/LX, este conjunto protegido por uma capa externa de material • Para uso externo. SOLUÇÕES
padrões normalmente utilizados em backbones corporativos. termoplástico para uso externo na cor preta.
Nota:
• Instalações aéreas externas, com lançamento direto entre Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
postes para vãos máximos de 120 m, que não requerem o uso solução FCS.
de cordoalhas de aço. Principais Características das Fibras Ópticas
CARACTERÍSTICAS UNIDADE MM (62.5) MM (50)
Diâmetro do núcleo µm 62,5 ± 3 50 ± 3 PRODUTOS
Não circularidade do núcleo (máxima) % 6 6
Diâmetro da casca µm 125 ± 2 125 ± 2
Não circularidade da casca (máxima) % 2 2
Erro de concentricidade entre núcleo e casca (máximo) % 6 6
Erro de concentricidade fibra/revestimento primário (máximo) µm 12 12
Diâmetro do revestimento primário µm 245 ± 10 245 ± 10
Especificação PT - 0631 Abertura numérica
850 nm
- 0,275 ± 0,015
200
0,200 ± 0,015
400
TECNOLOGIA
Largura de banda MHz.km
1.300 nm 500 600
850 nm 3,0 3,0
Atenuação típica dB/km
1.300 nm 1,0 1,0

Características Gerais dos Cabos Ópticos


CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR NORMAS
Número de fibras ópticas - 2,4 a 6 8,10 ou 12
Diâmetro externo nominal mm 8,0 8,5 Obs: Os dois primeiros algarismos dos códigos abaixo, poderão
Massa líqüida nominal kg/km 60 70 sofrer alteração de 26 para 28.
Raio mínimo de curvatura
durante a instalação
mm 160 180 Códigos do Produto
Raio mínimo de curvatura CÓDIGO NÚMERO
mm 80 90 PRODUTO DE FIBRAS
após a instalação MM (62.5) MM (50) ÓPTICAS
Carga máxima de operação
kgf 90 105
para vão de 80 m 26310003 26310080 2
Carga máxima de operação 26310011 26310081 4
para vão de 120 m
kgf 120 140
26310027 26310082 Fis-Optic-AS 6 AJUDA SAIR
Temperatura de operação ºC -10 a +65 26310001 26310083 8
Lance padrão m 2000 (bobina)
26310002 26310084 10
Fis-Optic-AS Outros padrões, modelos e configurações, sob consulta. 26310000 26310085 12
45
CABO FIBER-LAN INDOOR / OUTDOOR

Aplicações Características • Dimensão externa reduzida. APRESENTAÇÃO


• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, • Imune a interferências eletromagnéticas. • Fácil manuseio sem a utilização de geléia na sua construção.
dados e imagens, com distribuição em campus, entre prédios, • Totalmente dielétrico, garantindo a proteção dos equipamentos • Baixo custo da instalação, pois dispensa a emenda de transição
que exijam interligações ópticas externas e também em ativos de transmissão contra propagação de descargas elétricas interna/externa.
instalações internas, em backbones de interligações verticais atmosféricas. • Para uso interno e externo.
entre armários de distribuição principal e de andares ou para • Resistente à umidade, fungos, intempéries e ação solar
atendimento às áreas de trabalho em sistemas FTTD (Fiber To (proteção UV). Nota:
The Desk). • Retardante à chama. Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da SOLUÇÕES
solução FCS.
• Capacidade para tráfego de redes de dados convencionais e de • Alta resistência mecânica.
alta velocidade como Fast Ethernet 100BaseFX, FDDI,
ATM 155 e 622 Mbps e Gigabit Ethernet 1000BaseSX/LX,
padrões normalmente utilizados em backbones corporativos.
• Instalações externas em infra-estrutura de eletrodutos e caixas
de passagem subterrâneos, susceptíveis a alagamentos parciais Principais Características das Fibras Ópticas
temporários. PRODUTOS
CARACTERÍSTICAS UNIDADE MM (62.5) MM (50)
• Instalações internas em infra-estrutura de calhas e conduítes. Diâmetro do núcleo µm 62,5 ±3 50 ± 3
Não circularidade do núcleo (máxima) % 6 6
Descrição Diâmetro da casca µm 125 ± 2 125 ± 2
• Cabo óptico tipo “tight”, constituído por fibras ópticas com Não circularidade da casca (máxima) % 2 2
revestimento primário em acrilato e revestimento secundário Erro de concentricidade entre núcleo e casca (máximo) % 6 6
em material polimérico colorido (900 µm), reunidas e Erro de concentricidade fibra/revestimento primário (máximo) µm 12 12
revestidas por fibras sintéticas dielétricas para suporte Diâmetro do revestimento primário µm 245 ± 10 245 ± 10 TECNOLOGIA
mecânico (resistência à tração) e cobertas por uma capa Abertura numérica - 0,275 ± 0,015 0,200 ± 0,015
externa em polímero especial para uso interno e externo, na 850 nm 200 400
Largura de banda MHz.km
cor preta. 1.300 nm 500 600
Especificação PT - 1030 850 nm 3,0 3,0
Atenuação típica dB/km
1.300 nm 1,0 1,0

Obs: Os dois primeiros algarismos dos códigos abaixo, poderão NORMAS


Características Gerais dos Cabos Ópticos sofrer alteração de 26 para 28.
CARACTERÍSTICAS UNIDADE VALOR
Códigos do Produto
Número de fibras ópticas - 2 4 6 8 10 12
Diâmetro externo nominal mm 4,8 5,2 5,4 6,0 6,4 6,6 CÓDIGO NÚMERO
PRODUTO DE FIBRAS
Massa líqüida nominal kg/km 19 21 24 34 38 40 MM (62.5) MM (50) ÓPTICAS
Raio mínimo de curvatura durante 15x Diametro Externo
mm 26370030 26370050 2
a instalação do Cabo
Raio mínimo de curvatura após 26370031 26370051 4
mm 10x Diametro Externo
a instalação do Cabo 26370032 26370052 Fiber-Lan 6
Carga máxima durante
a instalação
kgf 185 26370033 26370053 Indoor/Outdoor 8 AJUDA SAIR
26370034 26370054 10
Temperatura de operação ºC -20 à +65
26370035 26370055 12
Lance padrão (embalagem) m 2100 (bobina)
Produtos com Certificado de Homologação
Fiber-Lan Indoor/Outdoor Outros padrões, modelos e configurações, sob consulta. UL - Underwriters Laboratories
46
DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO
A 115 (DIO)
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Permite o aumento de sua capacidade para 36 fibras através do
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados uso dos Kits de expansão. Estes são compostos por bandejas de
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B, emenda e placa para adaptadores adicionais.
uso interno, instalação em paredes, para cabeamento vertical • Possibilita configuração com 12 ou 24 fibras monomodo e
ou primário, em salas ou armários de distribuição principal, na conectores E2000 APC.
função de administração e gerenciamento de backbones ópticos, • Fornecido com todos acessórios auxiliares necessários à sua
ou para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de instalação como bandeja, protetores de emenda, braçadeiras e SOLUÇÕES
telecomunicações (cross-connect ), na função de distribuição de anilhas de identificação.
serviços em sistemas ópticos horizontais. • Possui altura de 320 mm, largura de 420 mm e profundidade
de 80 mm.
Descrição
• Constituído por dois componentes principais : Módulo Básico e Características
Kits de Conexão. • Adequado para instalação em qualquer tipo de superfície
vertical plana. PRODUTOS
Módulo Básico Distribuidor Interno Óptico A 115
• Possibilita configuração híbrida.
• É responsável por acomodar e proteger as emendas ópticas de
• Manuseio simples sem a necessidade de ferramentas especiais.
transição entre o cabo óptico e as extensões ópticas (pig tails). • Permite manobras em instalações de alta densidade de fibras,
• Capacidade para até 36 fibras. com perspectivas de expansão e necessidade de modularidade.
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor Nota:
preta. Para obtenção da melhor performance do TECNOLOGIA
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições canal, utilize a linha completa da solução Códigos dos Produtos
FCS.
especificadas de uso em ambientes internos (EIA - 569). NÚMERO TIPO DE TIPO DE EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
Kits de Conexão DE FIBRAS FIBRA CONECTOR (caixa)
– Compostos por adaptadores ópticos e extensões 31003008 Módulo Básico A115 até 24 MM / SM Todos abaixo
ópticas( pig tails ). exceto E2000
• Disponível para 6 ou 12 conexões de fibras. 31003030 Kit A115 06 Fibras ST MM ST
• O suporte com os adaptadores ópticos, bem como, as áreas de 31003016 Kit A115 06 Fibras SC MM 06 SC
NORMAS
MM
emenda e armazenamento do excesso de fibras, ficam internos 31003053 Kit A115 06 Fibras FC MM (62.5) FC
ao produto, conferindo maior proteção e segurança ao sistema. 31003071 Kit A115 12 Fibras SC Duplex MM 12 SC Duplex
• Apresenta porta principal articulada o que facilita a instalação, 31000061 Kit A115 06 Fibras SC MM MM SC
pois permite que a bandeja de emendas fique na posição 1 peça
31000062 Kit A115 06 Fibras ST MM (50.0)
horizontal durante o processo de realização das emendas ópticas. ST
31003049 Kit A115 06 Fibras ST SM 06
• Possibilita fechamento das portas com trinco plástico e
31003021 Kit A115 06 Fibras SC SM SC
travamento com fechadura fenda lingüeta, dispensando o uso
31003061 Kit A115 06 Fibras FC SM SM FC
de chaves.
31003089 Kit A115 12 Fibras SC Duplex SM SC Duplex
• Possui 2 acessos superiores e 2 acessos inferiores, limitados ao
diâmetro útil de 27 mm, para a entrada de cabos e/ou cordões ópticos. 31003150 Kit A115 12 Fibras E2000 APC SM
12
E2000 AJUDA SAIR
• Permite a configuração com 6, 12, 18 ,24 ou 36 fibras, tipos 31000019 Kit Expansão para 36 Fibras ST - ST/A115
36
(MM)multimodo e/ou (SM)monomodo, para conectores do tipo 31003523 Kit Expansão para 36 Fibras SC SC/A115

ST, SC, FC, SC Duplex ou MT-RJ. Nota: Kits de conexão com polimento padrão SPC. Outros padrões, modelos ou configurações, sob consulta.
47
DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO
A145/A146 (DIO)
APRESENTAÇÃO
Aplicações de 13 mm, para a entrada de cabos e/ou cordões ópticos
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados Permite a configuração com 2, 4 ou 6 fibras, dos tipos (MM)
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B, multimodo ou (SM) monomodo, para conectores do
uso interno, instalação em paredes, para cabeamento vertical tipo ST ou SC.
ou primário, em salas ou armários de distribuição principal, na • Fornecidos com todos os acessórios auxiliares necessários à
instalação como: bandeja, protetores de emenda, braçadeiras e
função de administração e gerenciamento de backbones
parafusos de fixação.
SOLUÇÕES
ópticos, ou para cabeamento horizontal ou secundário, em
salas de telecomunicações ( cross-connect), na função de • Possuem dimensões reduzidas :
distribuição de serviços em sistemas ópticos horizontais. MODELO A145 : 135 x 180 x 35 mm
• Ideal para backbones ou sistemas ópticos horizontais com MODELO A146 : 135 x 220 x 35 mm
baixa densidade de fibras. Distribuidor Interno Óptico A145 - vista interna
• Podem ser instalados em locais remotos da rede, em ambientes Características
que necessitem de imunidade eletromagnética ou ainda para • Adequado para instalação em qualquer tipo de superfície PRODUTOS
atendimento multiusuário para estações de alta performance. plana.
• Manuseio simples, sem a necessidade de ferramentas especiais.
Descrições • Permite manobras em sistemas de baixa densidade de fibras.
• Constituído por dois componentes principais: Módulo Básico • Apresenta grande vantagem devido a sua construção compacta.
e Kits de Conexão.
Notas:
Módulo Básico
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da TECNOLOGIA
• É responsável por acomodar e proteger as emendas ópticas de solução FCS.
transição entre o cabo óptico e as extensões ópticas (pig tails).
• Capacidade para até 6 fibras. Os cordões ópticos externos de manobra aplicados no
DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO A145 são vendidos separadamente.
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor
preta. Distribuidor Interno Óptico A146 - vista interna
Códigos dos Produtos
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições NORMAS
especificadas de uso em ambientes internos (EIA - 569). NÚMERO TIPO DE TIPO DE EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
DE FIBRAS FIBRA CONECTOR (CAIXA)
Kits de Conexão
35250160 Módulo Básico ST A145
– Compostos de adaptadores ópticos e extensões ST
35250138 Módulo Básico ST A146
ópticas (pig tails). Até 06 MM / SM
35250170 Módulo Básico SC A145
• Cada Kit de Conexão é composto por 2 pig tails e SC
35250151 Módulo Básico SC A146
2 adaptadores ópticos.
35250147 Kit A145/A146 02 Fibras ST MM MM ST
• As áreas de emenda óptica e armazenamento do excesso de 1 peça
35250207 Kit A145/A146 02 Fibras SC MM (62.5) SC
fibras ficam internos ao produto nos modelos A146 e A145,
35250007 Kit A145/A146 02 Fibras ST MM MM ST
conferindo maior proteção e segurança ao sistema. No modelo
35250008 Kit A145/A146 02 Fibras SC MM
02
(50.0) SC
AJUDA SAIR
A146 os suportes para os adaptadores ópticos também ficam
protegidos no interior da carcaça. 35250186 Kit A145/A146 02 Fibras ST SM ST
SM
• Possuem 2 acessos superiores, limitados ao diâmetro útil 35250190 Kit A145/A146 02 Fibras SC SM SC
Nota: Kits de conexão com polimento padrão SPC. Outros padrões, modelos ou configurações, sob consulta.
48
DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO
A270 (DIO)
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Possui versatilidade no acesso de cabos ópticos, permitindo dois • Permite configurações híbridas e escalonáveis de 02 em 02 fibras
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e acessos laterais e/ou dois acessos traseiros, todos com sistema até a capacidade máxima.
imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B, uso de fixação do cabo e ancoragem do elemento de tração. • Disponível para fibras multimodo (MM) e monomodo (SM),
interno e instalação em racks ou brackets, para cabeamento • Os acessos de cordões ópticos ocorrem pelas laterais na parte para conectores ópticos ST, SC, SC-Duplex, MT-RJ e FC.
vertical ou primário, em salas ou armários de distribuição frontal do bastidor. Kit de TTerminação
erminação em Campo
principal, na função de administração e gerenciamento de • Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições • Compostos pelos suportes de adaptadores ópticos para 02 fibras
backbones ópticos, ou para cabeamento horizontal ou especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569). e 02 adaptadores ópticos.
• Permite a configuração mínima de 02 e máxima de 24 fibras.
SOLUÇÕES
secundário, em salas de telecomunicações ( cross-connect), na
função de distribuição de serviços em sistemas ópticos Configurações do Produto • Permite configurações híbridas e escalonáveis de 02 em 02 fibras
horizontais. As condições e locais de aplicação são especificados até a capacidade máxima.
Módulo Básico
pela norma ANSI/TIA/EIA-569 – Pathway and Spaces. • Responsável por acomodar e proteger as emendas ópticas de • Disponível para fibras multimodo (MM) para conectores ópticos
transição entre o cabo óptico e as extensões ópticas (pig tails), ST, SC e MT-RJ.
Descrição ou acomodar os cabos ópticos pré-conectorizados em fábrica ou • Para conexões ópticas em campo recomenda-se o uso do Kit de
Terminação Óptica Furukawa.
• Bastidor de emenda e terminação óptica. conectorizados em campo. PRODUTOS
• Produto compacto com altura de 1U (44,45 mm), largura de • Confeccionado em aço.
482 mm e profundidade de 330 mm. • Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor
• Adequado para instalação 19” ou 23”. preta.
• Possibilita configuração híbrida. • Permite a montagem de:
• Capacidade para até 24 fibras. - até 02 Kits Bandeja de Emenda, Códigos dos Produtos
• Permite manobra em sistemas de alta densidade de fibras, com totalizando 24 fibras emendadas. NÚMERO TIPO DE TIPO DE
CÓDIGO PRODUTO
- 01 a 12 kits de conexão, ou seja, DE FIBRAS FIBRA CONECTOR
perspectiva de expansão e necessidade de modularidade.
• Apresenta gaveta deslizante que facilita a instalação dos cabos configurações de 02 a 24 fibras.
TECNOLOGIA
35260100 DIO A270 Plus - Módulo Básico Até 24 - Todos abaixo
ópticos e das extensões ópticas (pig tail). • Fornecido com parafusos para Kit Bandeja de Emenda 12 Fibras
• Apresenta painel frontal articulável permitindo maior facilidade fixação e porcas gaiola e demais 35260102 com Protetores de Emenda, Até 12 - -
nas manobras e gerenciamento dos cordões ópticos. acessórios necessários à instalação. Braçadeiras e Anilhas
• As áreas de emenda e de adaptadores ópticos, bem como o Kit Bandeja de Emenda 12F 35260103 Kit A270 Plus-02 Fibras ST MM ST-SP
armazenamento do excesso de fibras, ficam internos ao produto, • Responsável por acomodar e 35260104 Kit A270 Plus-02 Fibras SC MM
MM
SC-SPC
conferindo maior proteção e segurança ao sistema. proteger as emendas ópticas e o 35260105 Kit A270 Plus-02 Fibras MT-RJ MM MT-RJ-SPC
excesso de fibra. 35260106 Kit A270 Plus-02 Fibras FC MM
(62.5)
FC-SPC NORMAS
• Composto por uma bandeja de 35260107 Kit A270 Plus-02 Fibras SC-Duplex MM SC-Duplex-SPC
emenda para até 12 fibras, 35260108 Kit A270 Plus-02 Fibras ST MM MM ST-SPC
parafusos de fixação, 12 protetores 35260109 Kit A270 Plus-02 Fibras SC MM (50.0) SC-SPC 1 peça
de emenda, braçadeiras plásticas de 35260111 Kit A270 Plus-02 Fibras ST SM 02 ST-SPC
fixação dos cabos, anilhas para 35260112 Kit A270 Plus-02 Fibras SC SM SC-SPC
identificação dos cabos. SM
35260113 Kit A270 Plus-02 Fibras FC SM FC-SPC
• Fabricada em plástico. 35260114 Kit A270 Plus-02 Fibras SC-Duplex SM SC-Duplex-SPC
Kit de Conexão Óptica Kit A270 Plus para Terminação
• Compostos pelos suportes de 35260120 ST
em Campo - 02 Fibras ST MM
adaptadores ópticos para 02 fibras, Kit A270 Plus para Terminação AJUDA SAIR
02 adaptadores ópticos e 35260121 MM SC
em Campo - 02 Fibras SC MM
02 extensões ópticas (pig tails). Kit A270 Plus para Terminação
35260122 MT-RJ
• Permite a configuração mínima de em Campo - 02 Fibras MT-RJ MM
Distribuidor Interno Óptico A270 02 e máxima de 24 fibras. Nota: Kits de conexão com polimento padrão SPC. Outros padrões, modelos ou configurações, sob consulta.
49
DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO
A280 (DIO)
APRESENTAÇÃO
Aplicações • Tampa frontal em acrílico para acesso às bandejas de emenda e
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e ao compartimento de conexão; e tampa traseira em aço para a
imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-569 - Pathway and instalação e passagem dos cabos no interior do bastidor.
Spaces, uso interno e instalação em racks, para cabeamento vertical • A tampa frontal possui cartões para identificação e gerenciamento
ou primário, em salas ou armários de distribuição principal, na das conexões;
função de administração e gerenciamento de backbones ópticos, • Na parte traseira possui sistema de fixação de cabos ópticos e
ou para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de organização/guiamento dos grupos de fibras ópticas. SOLUÇÕES
telecomunicações (cross-connect), na função de distribuição de • A fixação e ancoragem de cabos é feita na parte traseira do sub-
serviços em sistemas ópticos horizontais. bastidor, pela esquerda ou pela direita.
• Ideal para backbones ou sistemas ópticos horizontais de alta • Permite que os sub-bastidores sejam montados uns sobre os
capacidade. outros para atendimento aos cabos de maior capacidade.
Distribuidor Interno Óptico A280
• As condições e locais de aplicação são especificados pela • Manuseio simples e sem a necessidade de ferramentas especiais;
norma ANSI/TIA/EIA-569 - Pathway and Spaces. • Produto é fornecido com todos os materiais auxiliares
Descrição necessários à montagem. PRODUTOS
Kits de Conexão Dimensões (mm)
• Acessório de uso interno padrão 19" x 4U, para emenda e
• Os Kits de conexão são constituídos de placas PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)
terminação de cabos ópticos, com capacidade para administrar
metálicas, com adaptadores e extensões ópticas Distribuidor Interno
177 540 290
36 fibras (cabos ópticos com grupo de 6 ou 12 fibras) ou Óptico A280 (DIO)
montadas para emenda com as fibras do cabo.
48 fibras (cabos ópticos com grupo de 8 ou 16 fibras).
São instalados no compartimento de
Constituído por dois componentes principais:
conexão e permitem a montagem de
Módulo Básico
6 ou 8 adaptadores ópticos tipo ST,
Códigos dos Produtos TECNOLOGIA
• Confeccionado em aço. NÚMERO TIPO DE TIPO DE EMBALAGEM
SC, FC ou MT-RJ com fibras CÓDIGO PRODUTO
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor preta. DE FIBRAS FIBRA CONECTOR (caixa)
monomodo ou multimodo e com
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições polimento padrão SPC; 35260158 Módulo Básico A280 Ver notas (a) e (b) MM/SM Todos abaixo
especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569). • As placas possuem desenho com 35260277 Placa Cega A280 - - -
• Possui dois compartimentos que podem ser acessados disposição inclinada dos adaptadores 35260203 Kit Conexão A280 06 Fibras FC-SPC FC
individualmente: um para administração das emendas na parte ópticos, facilitando a saída e 35260236 Kit Conexão A280 06 Fibras SC-SPC SC
inferior, e outro para administração das conexões/terminações reduzindo os esforços sobre a fibra 35260166 Kit Conexão A280 06 Fibras ST-SPC
06
MM ST
NORMAS
ópticas na parte superior. dos cordões ópticos de manobra, e 35260030 Kit de ConexãoA280 06 Fibras MT-RJ MM (62.5) MT-RJ
• Os compartimentos de emenda e de conexão ficam internos ao sistema de encaixe rápido no 35260259 Kit Conexão A280 08 Fibras SC-SPC
produto conferindo maior proteção e segurança ao sistema; 08 SC 1 peça
compartimento de conexão;
• Compartimento para emenda é composto por bandejas 35260182 Kit Conexão A280 08 Fibras ST-SPC ST
• A placa cega é de encaixe rápido e é
deslizantes com acesso frontal, cada qual com capacidade de 35260211 Kit Conexão A280 06 Fibras FC-SPC FC
utilizada para preenchimento das
12 emendas por fusão (cabos com grupos de 6 ou 12 fibras), 35260244 Kit Conexão A280 06 Fibras SC-SPC 06 SC
posições não ocupadas no
ou 16 emendas por fusão (cabos com grupos de 8 ou 16 fibras). 35260176 Kit Conexão A280 06 Fibras ST-SPC ST
compartimento de conexão.
• Esses compartimentos de conexão permitem a montagem de até 6 Kits SM
• Proporciona melhor acabamento do 35260284 Kit Conexão A280 08 Fibras FC-SPC FC
de Conexão. São modulares com as terminações de 6 ou bastidor. 35260267 Kit Conexão A280 08 Fibras SC-SPC 08 SC
8 adaptadores do tipo SC, ST ou FC, permitindo configurações 35260196 Kit Conexão A280 08 Fibras ST-SPC ST AJUDA SAIR
híbridas. Nota:
Para obtenção da melhor performance do canal, Notas: (a) Para cabos com grupos de 6 ou 12 fibras a capacidade do DIO A280 fica em 36 fibras e neste caso
• Placas podem ser montadas no compartimento de conexão; utilize a linha completa da solução FCS Óptico. deve-se utilizar Kits de Conexão de 6 fibras. (b) Para cabos com grupos de 8 ou 16 fibras a capacidade do DIO A280 fica
• Para montagem das extensões dos Kits, o produto possui porta de acesso em 48 fibras e neste caso deve-se utilizar Kits de Conexão de 8 fibras. (c) Kits de Conexão com polimento padrão SPC.
traseiro. Outros padrões, modelos ou configurações, sob consulta.
50
CORDÕES E EXTENSÕES ÓPTICAS

Aplicação Cordão Monofibra


APRESENTAÇÃO
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados Cabo óptico composto por uma fibra óptica monomodo ou
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B, multimodo (62.5 µm ou 50 µm), com revestimento primário
uso interno, para cabeamento vertical ou primário, em salas ou em acrilato e secundário em PVC e sobre este são colocados
armários de distribuição principal, ou para cabeamento elementos de tração de fios dielétricos e capa em PVC não
horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações propagante à chama. Possui diâmetro de 2mm diferenciando-
(cross-connect ), na função de interligação de distribuidores e se dos demais produtos do mercado. SOLUÇÕES
bloqueios ópticos com os equipamentos de rede.
Nota:
Descrição A Furukawa pode oferecer o produto conectorizado ou não em uma das
• Produzidos em fábrica, em condições de processo e ambientais pontas.
controladas, com conectores ópticos flexíveis (cordões) do tipo
tight ,duplex ou monofibra, totalmente dielétricos, constituídos
por fibras ópticas do tipo(MM) multimodo, com revestimento PRODUTOS
primário em acrilato e secundário em poliamida, com diâmetro Cordões Ópticos
de 50/125µm ou 62,5/125µm (núcleo/casca), elementos de
tração formados por fios sintéticos de aramida e capa externa Códigos dos Produtos
não propagante à chama. CÓDIGO
TIPO DE CABO TIPO DE TIPO DE TIPO DE EMBALAGEM
• Fornecido nas cores laranja (62,5µm) e amarela (50µm), nos COMPRIMENTO PRODUTO FIBRA CONECTOR POLIMENTO (caixa)
1,5 m 2,5 m
comprimentos padrão: 1,5 e 2,5 metros.
35200007 35200015 ST / ST
• Os cordões compactos Furukawa são aplicados em locais que
33005050 33000621 Zip-Cord SC / SC TECNOLOGIA
não possuam espaço físico disponível para acomodar cabos
33001112 33003131 SC / ST
convencionais, estão divididos em três grupos: MM (62.5)
35200000 35200001 Duo-Fiber MT-RJ / MT-RJ
Duo-Fiber
35200002 35200003 Cordão Óptico Duplex MT-RJ / SC
Este novo produto é composto por duas fibras ópticas 35200004 33000078 MT-RJ / ST
multimodo (62,5µm ou 50µm), com revestimento primário em 33000062 ST / ST
35200016
acrilato, que são acondicionadas no interior de um tubo 33000048 33000049 Zip-Cord MM (50.0) SC / SC
plástico de proteção, e sobre este são colocados elementos de 35200017 33000082 SC / ST NORMAS
tração de fios dielétricos e capa em PVC não propagante à 35200020 35200039 ST
chama, com diâmetro externo total de 3mm. Aplicáveis a MM (62.5) SPC
33004064 33002036 SC 10 peças
conectorização com conectores SFF ( Small Form Factor), como 35200021 35200022 Extensão Óptica Duplex Duo-Fiber MT-RJ
por exemplo, o MT-RJ. 35200023 33000081 ST
Zip-Cord MM (50.0)
Zip-Cord Compacto 33000046 33000047 SC
Cabo composto por duas fibras ópticas monomodo ou 35210003 35210011 MM (62.5) ST / ST
multimodo (62,5 µm ou 50 µm), com revestimento primário em 33000057 33000011
Cordão Óptico Monofibra
SC / SC
acrilato e secundário em PVC e sobre este são colocados 35210000 35210001 MM (50.0) ST / ST
elementos de tração de fios dielétricos e capa em PVC não 35210005 33000050 SC / SC
Cordão Monofibra
propagante à chama. Este cabo, diferencia-se dos produtos 33001573 33000093 MM (62.5)
ST AJUDA SAIR
aplicados atualmente no mercado, pois além de ter seu diâmetro 35240020 33003584 SC
33000051 Extensão Óptica Monofibra ST
reduzido de 3mm para 2mm, por cordão, no seu processo de 33000052
MM (50.0)
reunião, utiliza o padrão zip-cord (união de dois cordões sem 35240004 35240003 SC

capa adicional). Nota: Kits de conexão com polimento padrão SPC. Outros padrões, modelos ou configurações, sob consulta.
51
DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO
A147 - FTTD (DIO)
APRESENTAÇÃO
Aplicações Descrição Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e Módulo Básico • Adequado a instalação em qualquer tipo de superfície plana.
imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B, uso • É responsável por acomodar e proteger o cabo indoor/ outdoor • Manuseio simples sem a necessidade de ferramentas especiais.
interno, instalação em paredes, para cabeamento vertical ou e suas conexões ópticas. • Permite manobras em sistemas de baixa densidade de fibras.
primário, em salas ou armários de distribuição principal, na • Capacidade para até 6 fibras. • Apresenta grande vantagem devido a sua construção compacta.
função de administração e gerenciamento de backbones ópticos, • Confeccionado em aço. • Excelente relação custo-benefício também para soluções FTTD SOLUÇÕES
ou para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de • Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor preta. ( Fiber To The Desk ).
telecomunicações ( cross-connect ), na função de distribuição de • Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
serviços em sistemas ópticos horizontais. especificadas de uso em ambientes internos (EIA - 569).
• Ideal para backbones ou sistemas ópticos horizontais com baixa • O cabo óptico indoor / outdoor fica protegido e corretamente Nota:
densidade de fibras. Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha
acondicionado internamente ao produto, conferindo maior completa da solução FCS.
• Podem ser instalados em locais remotos da rede, em ambientes proteção e segurança ao sistema.
que necessitem imunidade eletromagnética ou ainda para • Possui 2 acessos superiores, limitados ao diâmetro útil de 13mm, Os cordões ópticos externos de manobra aplicados ao Distribuidor PRODUTOS
distribuição multiusuário para estações de alta performance. para a entrada de cabos e/ou cordões ópticos. Interno Óptico A147 são vendidos separadamente.
• Indicado para conexões ópticas, utilizando o kit de terminação • Permite a configuração com 2, 4 ou 6 fibras (MM) Multimodo,
óptica Furukawa. para conectores tipo ST, SC ou MT-RJ, fornecidos em forma de kits.
• Fornecido com todos os acessórios auxiliares necessários à
instalação, braçadeiras e parafusos de fixação.
• Possuem dimensões reduzidas:
MODELO A147 : 135 x 180 x 35mm.
TECNOLOGIA

Kits de Conexão
• Compostos pro adaptadores ópticos.
• Os conectores ópticos para conectorização em campo devem
ser adquiridos conforme tabela da página 53.
NORMAS

Códigos dos Produtos


NÚMERO TIPO DE TIPO DE EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
DE FIBRAS FIBRA CONECTOR (CAIXA)
35250003 Módulo Básico A147 ST
Até 06 Todos abaixo
35250002 Módulo Básico A147 SC/MT-RJ
35250005 Kit A147 02 Fibras SC-MM
MM
SC 1 peça AJUDA SAIR
35250004 Kit A147 02 Fibras MT-RJ MM 02 MT-RJ
35250006 Kit A147 02 Fibras ST-MM ST

Distribuidor Interno Óptico A147 FTTD com Cabo Indoor/Outdoor Nota: Outros padrões, modelos ou configurações, sob consulta.
52
TOMADA APARENTE
FTTD ( FIBER TO THE DESK )
APRESENTAÇÃO
Aplicações • Fornecido com etiquetas de identificação e parafusos para • Garante a firmeza dos conectores M8v e adaptadores para
• Sistemas de Cabeamento Estruturado horizontal ou secundário, fixação. espelhos e proteção mecânica da região das conexões.
uso interno, em ponto de acesso na área de trabalho, para • Fornecido na cor bege. • Compatível com todos os conectores M8v e adaptadores para
acomodação de conectores M8v e/ou adaptadores para • Produto inclui: espelhos da linha FCS.
espelhos e caixas aparentes, segundo requisitos da - 01 caixa sobrepor 4” x 2”.
- 01 espelho 4” x 2” 4 posições angular. Nota:
ANSI EIA/TIA 568-B.3.
- 01 adaptador óptico SC-Duplex. Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da SOLUÇÕES
• Indicado para uso em locais que possuam infra-estrutura para solução FCS.
instalações aparentes, em parede ou piso, em pontos da rede - 02 tampas cega.
que necessitem de múltiplos meios de transmissão e alta - 01 tubo de proteção. Disponibilidade de outros modelos de conectores ópticos, sob consulta.
capacidade de acesso. - 03 abraçadeiras plásticas para fixação.

Descrição
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante à Características PRODUTOS
chama (UL 94 V-0). • Compatibilidade total com todos os sistemas de cabeamento
• Capacidade para 1 adaptador SC-Duplex e 2 entradas metálico (UTP, FTP, Coaxial) e Óptico.
compatíveis com conectores M8v ou adaptadores F. • Possui design moderno, com ângulo de 45º, o que propicia
• Os conectores M8v e o adaptador SC-Duplex podem ser proteção para os conectores M8v, menor curvatura dos cabos e
utilizados diretamente, sem a necessidade de suportes redução do esforço sobre o conector (menor fadiga do adapter
adicionais. cable) e dificulta a entrada e acúmulo de poeira nos terminais
• Possui entrada para canaletas plásticas. de conexão. TECNOLOGIA

NORMAS

Código do Produto AJUDA SAIR


EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
Produto com Certificado de Homologação
35050032 Tomada Aparente FTTD 8 UL - Underwriters Laboratories
Tomada Aparente FTTD (Fiber To The Desk) com cabo Indoor/Outdoor
53
SOLUÇÃO DE CONECTORIZAÇÃO SC / ST
EM CAMPO
APRESENTAÇÃO
Aplicações • Portanto, não existe a necessidade de utilização de fornos de Nota :
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados cura, reduzindo assim consideravelmente o tempo do processo Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B, de conectorização. Este conjunto de materiais é acondicionado solução FCS.

em backbones ou sistemas ópticos horizontais com baixa em uma prática maleta que, pela sua construção robusta, pode
ser utilizada como mesa de trabalho para a execução da
densidade de fibras.
conectorização óptica, mesmo em ambientes pouco
• Aplicável a cabos e conectores Multimodo padrão 50µm e
62,5µm.
convencionais, como o trabalho em altura ou locais que não SOLUÇÕES
possuem apoios.
• Indicado para a montagem de conexões ópticas, utilizando os
Bastidores e Distribuidores Ópticos Furukawa.
Composição
• Recipiente para álcool.
Descrição
• Alicate de corte.
• O Kit de Conectorização em Campo FCS é constituído por um • Alicate de crimpagem SC/ST com base de apoio para mesa.
conjunto de ferramentas e acessórios destinados a terminação de • Base de borracha para polimento PC. PRODUTOS
conectores SC e ST em campo. Os conectores utilizados, tipo • Base de vidro para apoio de polimento.
EASY FIT , já possuem internamente ao ferrolho uma parte da • Clivador para fibra óptica e decapador de cabo (roletador).
resina, sendo a outra aplicada posteriormente a fibra. • Decapador para fibra óptica.
• Faca Olfa.
• Lixas de desgaste, conformação e acabamento.
Detalhe da inserção da fibra decapada, no interior do • Lupa com ampliação de 100X.
recipiente contendo o PRIMER Parte-A da Resina. • Tesoura para corte de aramida. Kit de Conectorização SC/ST em Campo TECNOLOGIA
• Conector SC MM (para treinamento).
• Conector ST MM (para treinamento).
• Instrução de montagem.
• Maleta de acondicionamento.
• Base para polimento SC.
• Base para polimento ST.
NORMAS
Características
O conector EASY FIT, possui em seu interior, • Aplicável a Kit de Conectorização Multimodo tipo ST e/ou SC
já pré-aplicada a Parte-B da Resina padrão EASY FIT. Códigos dos Produtos
• Aplicável aos cabos Multimodo padrão 50 mm e/ou 62,5 mm. EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
• Tempo de conectorização aproximado de 3 minutos. (caixa)
• A maleta pode ser utilizada como mesa de trabalho para a 35400000 Kit para Conectorização SC e ST
1 peça
conectorização óptica. 35400001 Resina para Conector EASY FIT
• Os materiais podem ser adquiridos separadamente* 35400002 Conector SC / MM EASY FIT
100 peças
• Excelente relação custo-benefício também para soluções FTTD 35400004 Conector ST / MM EASY FIT AJUDA SAIR
( Fiber To The Desk ). 35400009 Kit Lixa Polimento em Campo
(conjunto para 50 Polimentos) 1 peça
*Os materiais como conectores, primer e lixas (consumíveis), são vendidos 35400010 Kit Lixa Polimento em Campo
(conjunto para 100 Polimentos)
separadamente.
54

APRESENTAÇÃO
Administração
e Distribuição
do Cabeamento SOLUÇÕES

• Tomada Aparente 1 e 2 Posições ................................ 55


• Espelho Angular 2 Posições....................................... 56
• Espelho Plano para Conectores e Adaptadores ............... 57 PRODUTOS
• Caixa Aparente Multimídia AMO-LP para
Conectores e Adaptadores ....................................... 58
• Caixa Aparente Multimídia AMO para
Conectores e Adaptadores ....................................... 59
• Caixa Aparente para Espelho Simples e Dupla ................ 60 TECNOLOGIA
• Adaptadores para Espelhos e Caixas Aparentes............... 61
• Adaptador Y ........................................................ 62
• Centro de Conectividade ......................................... 63
• Solução Residencial Integrada ............................. 64 e 65
• Cabo Ener-Lan...................................................... 66 NORMAS

AJUDA SAIR
55
TOMADA APARENTE 1 E 2 POSIÇÕES

APRESENTAÇÃO
Aplicações • Possui janelas auto-retráteis para proteção contra poeira das
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, para cabeamento tomadas não utilizadas.
horizontal ou secundário, uso interno, em ponto de acesso na • Fornecida com etiquetas de identificação, auto-adesivas e
área de trabalho, para acomodação de conectores M8v e/ou parafusos para fixação do cabo UTP e braçadeira.
adaptadores para espelhos e caixas aparentes. • Disponível nas cores branco, bege e cinza.
• Indicada para uso em redes locais que não possuam infra-
estrutura para instalações embutidas, em parede ou piso, Características SOLUÇÕES
demandando sistemas de distribuição sobrepostos às • Possui excelente design com dimensões reduzidas.
superfícies. • Garante a firmeza dos conectores M8v e adaptadores para
espelhos e tomadas aparentes e proteção mecânica da região
Descrição das conexões.
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante Tomada Aparente 2 Posições
Nota:
à chama (UL 94 V-0).
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da PRODUTOS
• Possui espaço para etiqueta de identificação na parte superior.
solução FCS.

Quando não utilizadas, as posições dos conectores M8v


M8v,, ficam fechadas com
Detalhamento o auxílio de janelas auto-retráteis. Os conectores M8v
M8v,, aplicados nas tomadas
aparentes 1 e 2 posições, são vendidos separadamente.
Espaço para
etiquetas de
identificação
TECNOLOGIA

Dimensões (mm)
Suporte para VISTA SUPERIOR
braçadeira
1 Posição 2 Posições NORMAS

65,0 65,0

Códigos do Produto
NÚMERO DE EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO COR
POSIÇÕES (caixa)
48,0 76,0 35050044 Branco
VISTA FRONTAL 25 peças
Fornecido com
35050635
35050048
1 Bege
Cinza
AJUDA SAIR
parafusos e Tomada Aparente
braçadeira para 26,5 26,5 35050049 M8v Branco
fixação do cabo
35050022 2 Bege 10 peças

Tomada Aparente 1 Posição 35050029 Cinza


56
ESPELHO ANGULAR
2 POSIÇÕES
APRESENTAÇÃO
Aplicações Características Dimensões (mm)
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, para cabeamento • Totalmente compatível com as caixas de sobrepor padrão
horizontal ou secundário, uso interno, em ponto de acesso na 3" x 3" da marca PIAL, sistema X.
área de trabalho, para acomodação de conectores M8v. • Fácil instalação, pois necessita apenas de 2 parafusos para sua
• Indicado para uso em locais que não possuam infra-estrutura fixação.
75
para instalações embutidas, em parede ou piso, instaladas em • Possui design moderno, com ângulo de 45°, o que SOLUÇÕES
caixas de sobrepor tamanho 3" x 3". proporciona proteção para os conectores M8v, menor
curvatura dos cabos e redução do esforço sobre o conector
Descrição (menor fadiga do adapter cable) e dificulta a entrada e o
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante acúmulo de poeira nos terminais de conexão.
à chama. • Garante a firmeza dos conectores M8v e a proteção mecânica
da região das conexões. h = 26,8
• Capacidade para até 2 conectores M8v, não sendo
recomendada para utilização com adaptadores ópticos. • Compatível com todos os conectores M8v da linha FCS. PRODUTOS
• Fornecido com etiquetas de identificação e parafusos de 75
Notas:
fixação.
Quando não utilizadas, as posições podem ser fechadas com a utilização de
• Fornecido na cor bege. tampas cegas.

Os conectores M8v aplicados no Espelho Angular são vendidos


separadamente.
TECNOLOGIA

NORMAS

Código do Produto AJUDA SAIR


NÚMERO DE EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO COR
POSIÇÕES (caixa)
35050488 Espelho Angular 2 Bege 80 peças
Espelho Angular 2 Posições
57
ESPELHO PLANO
PARA CONECTORES E ADAPTADORES
APRESENTAÇÃO
Aplicações Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, para cabeamento • Compatível com as caixas embutidas ou de sobrepor padrão
horizontal ou secundário, uso interno, em ponto de acesso na 4" x 2" (2 e 4 posições) e 4" x 4" (6 posições).
área de trabalho, para acomodação de conectores M8v e/ou • Permite a montagem dos conectores M8v nivelada à sua
adaptadores para espelhos e caixas aparentes. superfície.
• Permite a acomodação de conectores M8v, assim como a sua
• Indicado para uso em locais que possuam infra-estrutura para
fixação em caixas aparentes. SOLUÇÕES
instalações embutidas como para instalações aparentes, em
parede ou piso, instaladas em caixas embutidas ou de sobrepor • Compatível com todos os conectores e adaptadores para
padrão 4" x 2" (simples) ou 4" x 4" (dupla). espelhos da linha FCS.

Descrição Notas:
Espelho Plano Quando não utilizadas, as posições podem ser fechadas com a utilização de
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante tampas cegas. Os conectores M8v e adaptadores aplicados nos espelhos são PRODUTOS
vendidos separadamente.
à chama (UL 94 V-0).
• Possui espaço para etiqueta de identificação.
• Fornecido com etiquetas de identificação e parafusos para
fixação.
• Disponível nas seguintes configurações : 2 , 4 e 6 posições.
• Fornecido nas cores branco, bege e cinza.
TECNOLOGIA

Espelhos Planos de 2, 4 e 6 posições

Dimensões (mm)
NORMAS
Códigos dos Produtos
114,3 114,3 CÓDIGO PRODUTO POSIÇÕES COR EMBALAGEM
114,3
(CAIXA)
35050053 Branco
35050039 Espelho Plano M8v 2 Bege 25 peças
35050037 Cinza
35050090 Branco
35050249 Espelho Plano M8v 4 Bege 25 peças
35050248 Cinza
35050093 Branco AJUDA SAIR
69,8 69,8 114,3 35050046 Espelho Plano M8v 6 Bege 15 peças
35050045 Cinza
Produto com Certificado de Homologação
UL - Underwriters Laboratories
58
CAIXA APARENTE MULTIMÍDIA AMO-LP
PARA CONECTORES E ADAPTADORES
APRESENTAÇÃO
Aplicações
• Sistemas de Cabeamento Estruturado horizontal ou secundário, Características
uso interno, em ponto de acesso na área de trabalho, para • Compatibilidade total com todos os sistemas de cabeamento
acomodação de conectores M8v e/ou adaptadores para metálico (UTP, FTP, Coaxial) e óptico.
espelhos e caixas aparentes. • Compatibilidade de fixação em caixas de distribuição
• Indicado para uso em locais que possuam tanto infra-estrutura embutidas, tamanhos 4"x2" ou 4"x4", facilitando sua instalação SOLUÇÕES
para instalações embutidas como para instalações aparentes, em infra-estruturas já existentes.
em parede ou piso, em pontos da rede que necessitem de • Possui design moderno, com ângulo de 45°, o que propicia
múltiplos meios de transmissão e alta capacidade de acessos. proteção para os conectores M8v e adaptadores para espelhos
e caixas aparentes, menor curvatura dos cabos e redução do
Descrição esforço sobre o conector (menor fadiga do Adapter Cable) e
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante dificulta a entrada e o acúmulo de poeira nos terminais de
à chama (UL 94 V-0). conexão. PRODUTOS
• Capacidade para até 6 adaptadores ST ou 3 adaptadores • Garante a firmeza dos conectores M8v e adaptadores para
SC Duplex, além de 4 conectores M8v ou adaptadores F. espelhos e caixas aparentes e proteção mecânica da região Caixa Aparente Multimídia AMO-LP
• Necessita de suportes específicos e adicionais para utilização das conexões.
com adaptadores ST (Suporte AMO-LP 2 ST) ou para fechar • Baixo perfil.
qualquer uma de suas posições (Suporte AMO-LP Cego). • Proporciona extensa capacidade multimídia.
• Os conectores M8v e os adaptadores SC Duplex podem ser • Compatível com todos os conectores M8v e adaptadores para
utilizados diretamente, sem a necessidade de suportes espelhos e caixas aparentes da linha FCS. TECNOLOGIA
adicionais.
• Possui compartimento interno para acomodação de reservas e Nota:
Os conectores M8v
M8v,, adaptadores e suportes aplicados na Caixa Aparente
para controle e garantia dos raios de curvatura das fibras Multimídia AMO-LP são vendidos separadamente.
ópticas.
• Possui suporte interno para auxiliar na conectorização
(crimpagem) dos conectores M8v. NORMAS
• Possui espaço para etiqueta de identificação em sua parte
superior.
• Possui entrada para canaletas plásticas em sua parte superior.
• Fornecido com etiquetas de identificação e parafusos para
fixação.
• Fornecido na cor bege.

Códigos dos Produtos


EMBALAGEM
CÓDIGOS PRODUTO COR
(caixa)
AJUDA SAIR
35050602 Caixa Aparente Multimídia AMO-LP 10 peças
35050627 Suporte AMO-LP Cego Bege Produto com Certificado de Homologação
25 peças
35050611 Suporte AMO-LP 2ST UL - Underwriters Laboratories
59
CAIXA APARENTE MULTIMÍDIA AMO
PARA CONECTORES E ADAPTADORES
APRESENTAÇÃO
Aplicações
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, para cabeamento Características
horizontal ou secundário, uso interno, em ponto de • Compatibilidade total com todos os sistemas de cabeamento
consolidação ou de acesso na área de trabalho, para metálico (UTP, FTP, Coaxial) e óptico.
acomodação de conectores M8v e/ou adaptadores para • Compatibilidade de fixação em caixas de distribuição
espelhos e caixas aparentes. embutidas, tamanhos 4"x2" ou 4"x4", facilitando sua instalação SOLUÇÕES
• Indicado para uso em locais que possuam tanto infra-estrutura em infra-estruturas já existentes.
para instalações embutidas como para instalações aparentes, • Garante a firmeza dos conectores M8v e adaptadores para
em parede ou piso, em pontos da rede que necessitem de espelhos e caixas aparentes e proteção mecânica da região
múltiplos meios de transmissão e alta capacidade de acessos. das conexões.
• Design da caixa com bordas frontais avançadas garantem maior
Descrição proteção a região externa de conexões. Caixa Aparente Multimídia AMO
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante • Proporciona extensa capacidade multimídia. PRODUTOS
à chama (UL 94 V-0). • Compatível com todos os conectores M8v e adaptadores para
• Capacidade para até 6 suportes AMO, o que possibilita a espelhos e caixas aparentes da linha FCS.
utilização de até 12 adaptadores ST ou conectores M8v ou
6 adaptadores SC Duplex ou adaptadores F ou qualquer outra Nota:
Os conectores M8v
M8v,, adaptadores e suportes aplicados na Caixa Aparente
combinação em função dos suportes AMO existentes. Multimídia AMO são vendidos separadamente.
• Necessita de suportes específicos e adicionais para utilização
de todos os conectores M8v e adaptadores para espelhos e
TECNOLOGIA
caixas aparentes existentes (vide tabela ao lado).
• Possui compartimento interno para acomodação de reservas e
para controle e garantia dos raios de curvatura das fibras
ópticas.
• Possui espaço com tampa basculante para inserção de etiqueta
de identificação. NORMAS
• Possui entrada para canaletas plásticas em sua parte superior.
• Fornecido com etiquetas de identificação e parafusos para
fixação.
• Fornecido na cor bege. Códigos dos Produtos
EMBALAGEM
CÓDIGOS PRODUTO COR
(caixa)
35050539 Caixa Aparente Multimídia AMO 10 peças
35050548 Suporte AMO SC Duplex
35050552 Suporte AMO 2ST
35050560 Suporte AMO Cego Bege 25 peças AJUDA SAIR
35050570 Suporte AMO 1 Posição
35050587 Suporte AMO 2 Posições Produto com Certificado de Homologação
35050590 Suporte AMO F UL - Underwriters Laboratories
60
CAIXA APARENTE PARA ESPELHO
SIMPLES E DUPLA
APRESENTAÇÃO
Aplicações Descrição
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, horizontal ou • Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante Características
secundário, uso interno, em ponto de acesso na área de à chama (UL 94 V-0). • Totalmente compatível com os espelhos planos (2 e 4 posições) e
trabalho, para acomodação de espelhos planos para • Possui vincos laterais, superiores e inferiores para corte quando angulares (caixa simples) e espelhos de 6 posições (caixa dupla).
conectores e adaptadores. usada conjuntamente com canaletas e/ou outros elementos de • Garante em conjunto com os espelhos, a fixação dos conectores
• Indicada para uso em locais que não possuam infra-estrutura infra-estrutura. M8v e adaptadores para espelhos e tomadas aparentes, SOLUÇÕES
para instalações embutidas, em parede ou piso, demandando • Fornecida com parafusos para fixação. protegendo mecanicamente estas conexões.
sistemas de distribuição sobrepostos às superfícies. • Disponível nas seguintes configurações : Simples (4" x 2") e • Suporta múltiplas aplicações.
Dupla (4" x 4"). • Compatível com todos os espelhos planos para conectores e
• Fornecida na cor bege. adaptadores da linha FCS.
Nota:
Detalhamento Os conectores M8v e Espelhos Planos, aplicados na Caixa Aparente para
Espelho Simples e Dupla, são vendidos separadamente. PRODUTOS
Dimensões (mm)
128,5
88,9
Vincos
para canaletas

TECNOLOGIA
124,5 124,5

Fornecida com
parafusos para
fixação
Instalação da Caixa Aparente para Espelho
Furação para fixação em Simples com Eletroduto Flexível 48,5
Vincos
48,5
caixas de distribuição
para eletrodutos
embutidas NORMAS

Códigos do Produto
EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO MODELO COR
(caixa)
AJUDA SAIR
Instalação da Caixa Aparente para Espelho 35050340 Caixa Aparente Simples
Bege 8 peças
Simples com Canaleta Plástica 35050356 para Espelho Dupla

Produtos com Certificado de Homologação


Caixas Aparentes para Espelho Simples e Dupla UL - Underwriters Laboratories
61
ADAPTADORES PARA ESPELHOS
E CAIXAS APARENTES
Aplicação Adaptador MT-RJ
MT-RJ APRESENTAÇÃO
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados • Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante à
e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568B, chama (UL 94 V-0).
horizontal ou secundário, uso interno, em salas de • Tamanho compatível (SFF - Small Form Factor).
telecomunicações, pontos de distribuição (pontos de • Polarizado.
consolidação) ou em pontos de acesso na área de trabalho, • Encaixe tipo RJ-45.
para disponibilização de conexões ópticas e coaxiais. • Compatível com ANSI/EIA/TIA - 568B.
• Perda de inserção: <0,20 dB (MM).
SOLUÇÕES
Descrição • Perda de retorno: 45 dB.
Adaptador SC Duplex
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante Tampa Cega
Adaptador MT-RJ Adaptador F
à chama (UL 94 V-0). • Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante
• Constituído por acoplador fêmea-fêmea duplo para conexão à chama (UL 94 V-0).
óptica SC simples ou duplex.
• Possui alinhador em bronze fosforoso.
• Destinada a fechar as aberturas padrão para conectores M8v
não ocupadas.
PRODUTOS
• Possui tampa de fechamento para evitar entrada e acúmulo de • Compatibilidade com tomada aparente, espelhos angulares
poeira quando não estiver em uso. de 2 posições (FTTD) e demais espelhos para conectores da
• Compatibilidade total com as caixas aparentes multimídia e linha FCS.
espelhos da solução Furukawa FTTD ( Fiber To The Desk). • Fornecido nas cores bege, cinza e branco.
• Fornecido na cor azul.

Adaptador ST
Nota:
Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha TECNOLOGIA
• Corpo metálico inserido em um suporte de material termoplástico completa da solução FCS. Adaptador SC Duplex Adaptador ST
de alto impacto não propagante à chama (UL 94 V-0).
• Constituído por acoplador fêmea-fêmea para conexão
óptica ST simples.
• Possui alinhador em bronze fosforoso.
• Possui tampa de fechamento para evitar entrada e acúmulo de
poeira quando não está em uso.
NORMAS
Códigos dos Produtos
• Compatibilidade total com as caixas aparentes multimídia,
espelhos para conectores e adaptadores da linha FCS. EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO COR
• Fornecido nas cores bege e cinza. (caixa)
35250090 Adaptador SC Duplex MM Azul 6 unidades
Adaptador F 35250093
Adaptador ST MM
Bege
25 unidades
• Corpo metálico inserido em um suporte de material termoplástico 35250094 Cinza
de alto impacto não propagante à chama (UL 94 V-0). 35050515 Bege
• Constituído por acoplador fêmea-fêmea para conexão 35050520 Adaptador F Cinza 25 unidades
35050128 Branco
coaxial F simples.
35050203 Bege AJUDA SAIR
• Possui alinhador em bronze fosforoso.
35050202 Tampa Cega Cinza 100 unidades
• Compatibilidade total com as caixas aparentes multimídia,
35050059 Branco
espelhos para conectores e adaptadores da linha FCS.
35400007 Adaptador MT-RJ MM Preto 6 unidades
• Fornecido nas cores bege, cinza e branco. Tampa Cega
62
ADAPTADOR Y

APRESENTAÇÃO
Aplicação – ADAPTADOR Y VOZ - duplica a conexão M8v para utilização Características
de dois equipamentos de voz ou outros equipamentos • Provê maior flexibilidade na utilização de um sistema de
• Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz e
compatíveis. cabeamento estruturado.
dados, horizontal ou secundário, uso interno, em salas de
telecomunicações em painéis de distribuição (patch panels ou • Podem ser utilizados lado a lado em patch panels e painéis de
painéis de acesso frontal), pontos de distribuição (pontos de acesso frontal, possibilitando o aproveitamento de todas as
consolidação) ou em pontos de acesso na área de trabalho, posições existentes. SOLUÇÕES
para duplicação de conexões M8v. • Atende FCC part 68.5 (EMI - Indução Eletromagnética).

Nota:
Descrição Para obtenção da melhor performance do canal, utilize a linha completa da
• Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante solução FCS
FCS..
à chama (UL 94 V-0).
• Vias de contato, em configuração de curvatura altamente
resistente à fadiga, produzidas em cobre-berílio, com camada
Adaptador para Voz
PRODUTOS
de ouro de 1,27 mm sobre 1,27 mm de níquel.
• Fornecido na cor bege.
• Disponível em três modelos : – ADAPTADOR Y 10BASET - duplica a conexão M8v
– ADAPTADOR Y MODULAR - duplica a conexão M8v disponibilizando dois pontos de acesso para redes Ethernet
mantendo em ambas as conexões o mesmo padrão de 10BaseT.
pinagem da conexão de origem. Pode ser usado para TECNOLOGIA
disponibilização de extensões. Compatível com qualquer
padrão de pinagem.

Adaptadores Y

NORMAS

Adaptador 10 Base T

Adaptador Modular

Códigos do Produto
CÓDIGO PRODUTO MODELO COR
EMBALAGEM
(caixa)
AJUDA SAIR
35050667 Modular
35050677 Adaptador Y Voz Bege 25 peças Produtos com Certificado de Homologação
35050683 10BaseT UL - Underwriters Laboratories
63
CENTRO DE CONECTIVIDADE
APRESENTAÇÃO
Aplicações Descrição • Acomoda equipamentos Ativos (Cable Modems, Modems DSL,
• Atende pequenos escritórios comerciais (SOHO - Small Office • Atende integralmente os grades 1 e 2 da ANSI/TIA/EIA 570-A. Switches, Hubs, IP Routers) com dimensões de até
Home Office ), edifícios, hotéis e condomínios residenciais • Acabamento adequado aos ambientes de escritórios e 230 mm x 250 mm x 100 mm (L x A x P).
verticais e horizontais. residências. • Instalação pode ser de sobrepor ou embutir, conforme necessidade.
• Sua principal função é servir de interface entre a rede externa, • Contém, nas laterais, entradas para dutos de 1" e 2" de • Centro de Conectividade (35150005) é fornecido com os
composta pelos cabos telefônicos, coaxiais e ópticos fornecidos diâmetro e para canaletas retangulares seguintes acessórios:
pela concessionária, e a rede interna do empreendimento. 50 mm x 20 mm e 100 mm x 20 mm. - Gabinete 16U de 507 mm x 796 mm x 130 mm (L x A x P). SOLUÇÕES
• Localizada no ambiente LAN do cliente atua como ponto para • Dimensões compactas : largura 19" x 16U de altura útil. - Porta frontal em aço com fechadura e chave.
interconexão, cross-conexão dos sistemas de comunicação • Construído em aço resistente com acabamento em Epóxi Pó na - Três placas de montagem e uma prateleira para fixação de
(dados, voz e imagem), permitindo a customização da rede de cor Branco. equipamentos ativos, distribuidores ópticos e acessórios
cabeamento estruturado, bem como a administração das • Permite acomodar módulos de distribuição (Dados/Voz, para TV a Cabo.
tecnologias de comunicação e acesso de hoje e do futuro. 110-IDC bloco 50 pares, distribuição RF - TV a Cabo) de - Régua de tomadas com 4 posições.
• Organiza o cabeamento residencial e de pequenos escritórios forma independente ou combinada conforme necessidade. - Parafusos e buchas para fixação em parede.
comerciais e atende inclusive como ponto de distribuição em • Topologia de instalação por acesso frontal direto. • Todos os acessórios contemplam uma solução escalonável PRODUTOS
"chão de fábrica" para acessórios de permitindo expansão do sistema conforme necessidade.
mídia metálica (UTP) e/ou óptica. Hub/Switch Códigos dos Produtos
Cable Modem
• Centraliza os equipamentos ativos de Dados
ou Modem Centro de Conectividade EMBALAGEM
(Cable Modems, Modems DSL, na versão Modem - Vista interna CÓDIGOS PRODUTO COR
(papelão)
Switches, IP Routers) e os painéis de
distribuição e manobra Centro de Conectividade HE 16U com Porta

(Patch Panels, Distribuidores


35150005
Frontal em Aço e Fechadura TECNOLOGIA
Ópticos, Blocos de Telefonia, etc). Módulo de Distribuição Branco
35050131
de Dados/Voz 16 Posições Descarregado
Apresenta todas as características 1 peça
necessárias para o gerenciamento 35050132 Módulo 110-IDC Bloco 50 Pares Cat.5e
35150007 Moldura Externa para Instalação de Embutir -
inteligente, fácil e eficaz do
cabeamento estruturado. Mediante 35150010 Guia de Cabos 9,5" x 1U para Centro de Conectividade -
35100072 Patch Cable M8v Cat. 5e - 0.5m
configuração " self-instalation", o NORMAS
instalador compõe sua solução de 35100116 Patch Cable M8v Cat. 5e - 1.0m Azul 10 peças
35100077 Extensão M8v 1 par (1.0m)
infra-estrutura da melhor maneira
contando com toda a flexibilidade e Módulos de 35600001
Módulo de Distribuição de Vídeo (RF) Branco
16 Posições com Emenda Fêmea Tipo F
totalmente dentro do escopo Distribuição RF
35600004 Kit para Divisão e Distribuição para CATV 4 saídas -
normativo da ANSI EIA/TIA 570-A
35600005 Kit para Divisão e Distribuição para CATV 8 saídas - 1 peça
(vide página 114).
35600006 Kit para Divisão e Distribuição para CATV 16 saídas -
35600007 Kit para Conexão de Cable Modem -
Kit de Entrada de Cabo Coaxial com Isolador -
35600008
de Tensão, Protetor de Surto e Bloco de Aterramento
35600002 Patch Cable RG59 – 0.5m - AJUDA SAIR
Módulo 110 IDC 4 peças
Módulo 35600003 Patch Cable RG59 – 1.0m -
Bloco 50 pares Distribuição de - Outros acessórios para cabos coaxiais RG59 e RG6 - SOB CONSULTA.
Dados/V
Dados/Vozoz - Equipamentos homologados e compatíveis com o sistema cable modem – SOB CONSULTA.
- Demais itens do cabeamento estruturado conforme catálogo FCS.
64
SOLUÇÃO RESIDENCIAL INTEGRADA Continua

APRESENTAÇÃO
Aplicações
• Sistemas de cabeamento residencial, uso interno, com solução
para terminações elétricas de baixa tensão e serviços de
Telecomunicações (voz, dados e imagem);
• Indicada para uso em locais que possuam infra-estrutura para
instalações embutidas, em caixas de distribuição padrão 4x2 SOLUÇÕES
ou 4x4, em especial àquelas planejadas de acordo com as
premissas da norma ANSI/TIA/EIA-570-A;

Composição :
Espelhos - Padrão 4x2 disponível em diversas cores Tomada Americana 2P+T Universal
Bastidores - Disponível para inserções de até 3 módulos Marco para Bastidor e Bastidor Modular
Marcos - Acessórios para acabamento, disponível em diversas cores.
220V / 10A - 110V / 15A
• Possui 2 orifícios para uma melhor fixação na caixa de PRODUTOS
• Corpo de nylon FR 7025 e nylon 66 não propagante à chama.
Módulos - Interruptores, tomadas americanas (2P+T Universal), sobrepor, cruzadas em 90º, permitindo absorver diferenças
• Corantes resistentes às altas temperaturas.
tampas cegas, etc... entre os pontos de fixação centrais das caixas, possibilitando
• Condutores com tratamento zincado, assegurando ensaio de melhor posicionamento na instalação.
120 horas.
Descrição

TECNOLOGIA

NORMAS

Interruptores - Simples/Combinado Espelhos para Bastidor


• Corpo em nylon FR 7025 e nylon 66, não propagante à chama.
Interruptor de Ajuste Manual de Intensidade
( Dimmer) - 127V / 200W e 220V / 400W • Na pintura dos espelhos são utilizadas tintas especiais
• Contatos central e lateral em cobre . (poliuretano), proporcionando durabilidade e excelente
• Duplo contatos de prata para respostas dos resultados • Corpo de nylon FR 7025 e nylon 66 não propagante à chama.
acabamento.
nas provas capacitivas, indutivas, resistivas • Corantes resistentes às altas temperaturas.
e fadiga (cerca de 40.000 operações).
• Corantes resistentes às altas temperaturas. AJUDA SAIR
• Visor transparente com policarbonato.
65
SOLUÇÃO RESIDENCIAL INTEGRADA
APRESENTAÇÃO
Os módulos abaixo, podem ser inseridos ou retirados Sistema de Encaixe
manualmente e comercializados separadamente.
Solução 4x2

Módulo
M8v SOLUÇÕES
Coloque os módulos Efetue a conexão dos condutores
no bastidor modular. elétricos nos respectivos módulos. Coloque com uma
Fixar este conjunto na caixa de simples pressão, o marco na Pressione o conjunto de marco e
embutir da parede. parte posterior do espelho. espelho sobre o bastidor já fixado na parede.

Tampa Cega PRODUTOS


Códigos dos Produtos Códigos dos Produtos
CÓDIGO PRODUTO COR EMBALAGEM EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO COR
(caixa) (caixa)
35450000 Branco 35450046 Branco
35450001 Tomada Americana Preto 60 peças 35450047 Marco para Bastidor Preto 60 peças
2P+T Universal
Tomada Interruptor de 35450002
35450003
Marfim
Branco
35450048 4x2 Marfim TECNOLOGIA
35450057 Bastidor Modular 4x2 Grafite 60 peças
Americana Ajuste Manual 35450004 Interruptor Simples Preto 60 peças 35450058 Branco
35450005 250V - 10 A / 127V-15 A Marfim
Solução 4x4 (dimmer) 35450059 Tampa Cega para Bastidor Preto 120 peças
35450006 Branco 35450060 Marfim
35450007 Interruptor Paralelo Preto 20 peças 35450067 Branco
35450008 250V - 10A / 127V - 15A Marfim Módulo M8v - 1 Posição
35450068 Preto 120 peças
35450009 Branco 35450069 (acompanha o módulo M8v) Marfim
35450010 Interruptor de Ajuste Manual Preto 10 peças 35450070 Preto
35450011 220V / 400 W (Dimmer) Marfim 35450071 Módulo Coaxial - 1 Posição
(acompanha a emenda F)
Marfim 25 peças NORMAS
35450012 Branco 35450072 Branco
35450013 Interruptor de Ajuste Manual Preto 10 peças 35450073 Branco
Interruptor 35450014 127V / 200 W (Dimmer) Marfim 35450074 Preto 30 peças
Paralelo 35450027 Branco 35450075 Marfim
35450028 Interruptor Simples 1/2 Preto 30 peças Espelho para Bastidor
35450076 Cinza Escuro
35450029 M. Duplo 250V-10A/127V-15A Marfim 35450077 4x4 Cinza Claro
35450030 Branco 35450078 Dourado 10 peças
35450031 Interruptor Paralelo 1/2 Preto 20 peças 35450079 Branco Nórdico
35450032 M. Duplo 250V-10A/127V-15A Marfim 35450080 Champagne
35450049 Branco Interruptor Intermediário
35450082 Branco 10 peças
Tomada 35450050 Marfim 250V - 10A/ 127V - 15A
35450051 Branco Nórdico 35450083 Bastidor Modular 4x4 Grafite 30 peças
Americana 35450052 Espelho para Bastidor Cinza Claro 30 peças 35450086 Interruptor Intermediário Preto AJUDA SAIR
35450053 4x2 Cinza Escuro 10 peças
35450087 250V - 10A/ 127V - 15A Marfim
35450054 Dourado 35450088 Branco
Módulo Tampa Módulo 35450055 Preto 35450089 Marco para Bastidor 4x4 Preto 20 peças
M8v Cega M8v 35450056 Champagne 35450090 Marfim
66
CABO ENER-LAN
APRESENTAÇÃO
Aplicações • Permite o mesmo tipo de instalação dos cabos de uma rede Aplicação Segundo a Cor da Isolação
• Cabo Flexível antichama BWF para redes de energia em estruturada, diminuindo o tempo de lançamento e aumentando
APLICAÇÃO DO CONDUTOR COR DA ISOLAÇÃO
Sistemas de Cabeamento Estruturado e instalações a eficiência das equipes.
Fase Preto/Vermelho/Branco
prediais. • Sua flexibilidade permite um lançamento mais ágil, de forma Neutro Azul
• Integra a solução composta por tomadas de alimentação e que o cabo não prenda nos dutos. Terra Verde
• Impressão com qualidade ink-jet para melhor visualização da
espelhos, para utilização em baixas tensões - até 750V,
identificação do produto, bem como da marcação seqüencial
SOLUÇÕES
segundo a ABNT NBR 6148.
métrica.
Descrição Características Construtivas
• Cabo com condutor em cobre recozido e encordoamento ESPESSURA DE ESPESSURA DE
nas classes 2 e 4. SEÇÃO DO DIÂMETRO DE
CLASSE ISOLAÇÃO MÍNIMA ISOLAÇÃO MÉDIA
• Isolamento em PVC nas cores: branco, preto, vermelho, CONDUTOR (mm2 ) CADA CONDUTOR ABSOLUTA (mm) MÍNIMA (mm)
azul e verde. 1,5 2 0,52 0,4 0,6 PRODUTOS
1,5 4 0,30 0,4 0,6
Temperaturas Máximas do Condutor 2,5 2 0,66 0,6 0,8
2,5 4 0,38 0,6 0,8
• 70 ºC em serviço normal contínuo.
4,0 2 0,85 0,8 1,0
• Até 100 ºC em sobrecarga (máximo de 100h em 12 meses). 4,0 4 0,48 0,8 1,0
• Em 160 ºC em curto-circuito (por 5s) conforme
especificação da ABNT NBR 6148.
Códigos dos Produtos Códigos dos Produtos TECNOLOGIA
Características
• É um cabo integrante da linha FCS - Furukawa Cabling CÓDIGO PRODUTO BITOLA COR CLASSE LANCE CÓDIGO PRODUTO BITOLA COR CLASSE LANCE
System acondicionado em embalagem FASTBOX, com (mm2 ) PADRÃO (m) (mm2 ) PADRÃO (m)
marcação seqüencial métrica de 300 a 0 m. 16010012 2 16010008 2
Azul Verde
16010013 4 16010009 4 300
Cabo Ener-lan 2,5
16010024 2 16010020 2 (FASTBOX)
Branco Vermelho
16010025 4 16010021 4 NORMAS
16010000 2 300 16010016 2
Cabo Ener-lan 1,5 Preto Azul
16010001 4 (FASTBOX) 16010017 4
16010006 2 16010028 2
Verde Branco
16010007 4 16010029 4
16010018 2 16010002 2 300
Vermelho Cabo Ener-lan 4,0 Preto
16010019 4 16010003 4 (FASTBOX)

16010004 2 16010010 2
Preto Verde
16010005 4 16010011 4
16010014
Azul
2 300 16010022
Vermelho
2 AJUDA SAIR
Cabo Ener-lan 2,5
16010015 4 (FASTBOX) 16010023 4
16010026 2
Branco
16010027 4
Cabo Ener-Lan
67

APRESENTAÇÃO
Gerenciamento
de Cabos, Acessórios
e Ferramentas SOLUÇÕES

• Espelho de Piso 3 Posições ....................................... 68


• Espelho para Mobiliário 2 Posições ............................. 69
• Rack Aberto de Piso Padrão 19” Plus ........................... 70 PRODUTOS
• Guia de Cabos Vertical Plus para Rack 19” .................... 71
• Grampo para Organização Vertical ............................. 72
• Guia Vertical de Cabos Fechado - Facility Solution .......... 73
• Guia de Cabos Superior ........................................... 74
• Guia de Cabos Inferior ............................................ 75 TECNOLOGIA
• Guia de Cabos Fechado ........................................... 76
• Painel de Fechamento ............................................ 77
• Guia de Cabos Aberto ............................................. 78
• Guia de Cabos Aberto Perfurado ................................ 79
• Guia Traseiro de Cabos........................................... 80 NORMAS
• Patch Panel Descarregado 16 Posições - 19” x 1U ............ 81
• Base para Tomadas Elétricas ..................................... 82
• Bracket Articulado ................................................. 83
• Prateleiras - Normal, Estendida e Ventilada .................. 84
• Pontos de Telecomunicação de Alta Densidade ............... 85
• Bastidor de Gerenciamento de Blocos 110 IDC ............... 86
• Backboard para Sistema 110 IDC ................................ 87 AJUDA SAIR
• Ferramentas de Terminação e Conexão 110 IDC .............. 88
68
ESPELHO DE PISO
3 POSIÇÕES
APRESENTAÇÃO
Aplicações Características Dimensões (mm)
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, horizontal ou • Grande versatilidade, podendo ser sobreposta a todos os tipos
secundário, uso interno, em ponto de acesso na área de de caixas de distribuição embutidas tamanho 4"x4" disponíveis 110

trabalho, para acomodação de conectores M8v. no mercado


• Indicada para uso em locais que possuam infra-estrutura para • Fácil instalação, pois necessita apenas de 4 parafusos para
instalações embutidas, em caixas de distribuição no piso fixação.
110 SOLUÇÕES
padrão 4"x4", em especial àquelas planejadas de acordo com • O design da sua tampa propicia proteção para os conectores
as premissas da norma ANSI/TIA/EIA-569A. M8v, evitando a entrada de poeira nos terminais de conexão.
• O modelo em epóxi (preto) permite aderência a outros
Descrição acabamentos em sua superfície, o que o torna adequado a
• Confeccionada em aço, no acabamento epóxi preto e dourado. qualquer tipo de ambiente. 35
• Capacidade para até 3 conectores M8v, não sendo • Na versão “espelho dourado”, destaca-se da concorrência por
recomendada para utilização com adaptadores ópticos. não oxidar, devido a peça ser polida e depois banhada em ouro PRODUTOS
• Fornecido com os parafusos de fixação. na etapa de acabamento.
• Garante a firmeza dos conectores M8V e proteção mecânica da
região das conexões.
• Compatível com todos os conectores M8v da linha FCS.

TECNOLOGIA

NORMAS

Códigos do Produto
NÚMERO DE EMBALAGEM
AJUDA SAIR
CÓDIGOS PRODUTO COR
POSIÇÕES (caixa)
35050448 Dourado
Espelho de Piso 3 8 peças
Espelho de Piso Dourado Espelho de Piso Preto 35050452 Preto
69
ESPELHO PARA MOBILIÁRIO
2 POSIÇÕES
APRESENTAÇÃO
Aplicações Características
• Sistemas de Cabeamento Estruturado horizontal ou secundário, • Compatível com orifícios para tomadas elétricas redondas
uso interno, em ponto de acesso na área de trabalho, para (tipo 2P+T).
acomodação de conectores M8v. • Permite a montagem dos conectores M8v nivelada
• Indicado para uso em sistemas modulares de móveis para à sua superfície.
escritórios, com a instalação feita na face interna das calhas • Permite também a montagem em caixas embutidas 4x2” com SOLUÇÕES
existentes. posterior utilização de espelhos com orifícios para tomadas
redondas.
Descrição • Fácil instalação, pois necessita apenas de 2 parafusos para
• Confeccionado em de aço. sua fixação.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na • Garante a firmeza dos conectores M8v e proteção mecânica
cor preta. da região das conexões.
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições • Compatível com todos os conectores M8v da linha FCS. PRODUTOS
especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569).
• Fornecido com parafusos para fixação. Dimensões (mm)
• Capacidade para até 2 conectores M8v, não sendo PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)
recomendado para utilização com conectores ópticos. Espelho para mobiliário
2 posições 28 70 9,5

TECNOLOGIA

NORMAS

Código do Produto
NÚMERO DE EMBALAGEM
AJUDA SAIR
CÓDIGO PRODUTO COR
POSIÇÕES (caixa)
Espelho para
35050702 2 Preto 25 peças
Espelho para mobiliário 2 posições mobiliário
70
RACK ABERTO DE PISO PADRÃO 19”
PLUS
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Produto resistente e protegido contra corrosão, para as
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, fixado no condições especificadas de uso em ambientes
piso, vertical ou primário, em salas ou armários de distribuição internos (EIA-569).
principal, ou para cabeamento horizontal ou secundário, em • Disponível com altura útil de 36U ou 44U. Padrão 19”
465
salas de telecomunicações (cross-connect ), na função de Padrão 19”

Altura Util: 1604,6 (36U)


465
suporte e fixação de equipamentos e/ou acessórios de Acessórios para Rack Plus 450

Altura Total: 1774

Altura Total: 2129,6


SOLUÇÕES

Altura Util: 1960,2 (44U)


cabeamento. • Guia de Cabos Vertical Plus: guias montados nas laterais do 450
• As condições e locais de aplicação são especificados pela rack. Permitem o guiamento e fixação do cabeamento
norma ANSI/TIA/EIA – 569 – Pathway and Spaces. Atende as horizontal na parte traseira do rack e a fixação dos cabos de
premissas da norma EIA 310D.
manobra na face frontal do guia.
• Guia Vertical de Cabos Fechado – Facility Solution: guias
Descrição montados nas laterais do rack. Facilitam a organização e
Rack Aberto Plus 19" fixação do cabeamento horizontal e dos cabos de manobra.
• Rack estrutural aberto, modelo Plus, padrão 19” com 36U ou Permitem o roteamento dos cabos para os lados esquerdo e PRODUTOS
44U de altura útil, composto por colunas, base superior e direito do rack tanto pelo topo quanto pela sua base, quando 300
540
bases inferiores para serem fixadas no piso. utilizados em conjunto com os guias horizontais. 330 Ø 13,5 540
300
• Guia de Cabos Superior. 330 Ø 13,5
230
Características • Guia de Cabos Inferior.
• Possui, na parte frontal, furação para encaixe de porcas gaiola. • Tampa para base do rack com provisão para tomadas elétricas. 230

• Todos os demais acessórios são compatíveis: guias de cabo


• Permite a montagem do Guia de Cabos Vertical Plus.
• Permite a montagem do Guia Vertical de Cabos Fechado – aberto, perfurado e fechado, prateleiras, painéis de fechamento, Rack Aberto Plus 19" x 36U Rack Aberto Plus 19" x 44U TECNOLOGIA
Facility Solution. DIOs, e demais produtos para fixação em rack 19".
• A entrada de cabos pode ser feita pelo topo ou pela base do rack.
• Os perfis "U" verticais possuem furação lateral para passagem Nota:
de cabos. Os Guias de Cabos aplicados no Rack Aberto são vendidos separadamente.
• A base permite a montagem de capas de proteção, pré-furadas
para acomodação de tomadas elétricas 3P + T redondas para NORMAS
conexão de equipamentos. Dimensões (mm)
• O topo do rack possui furação para fixação e apoio de calhas
e/ou elementos de infra-estrutura. PRODUTO ALTURA ÚTIL ALTURA TOTAL LARGURA PROFUNDIDADE
• Pode-se montar guias de passagem de cabos tanto na parte Rack Aberto Plus 19" 36U* (útil) 1774 540 300
superior do rack (Guia de Cabos Superior) quanto em sua Rack Aberto Plus 19" 44U* (útil) 2129,6 540 300
base (Guia de Cabos Inferior), facilitando o encaminhamento
dos cabos de um lado para o outro do equipamento. Códigos dos Produtos
• Estrutura modular e desmontável, rígida e reforçada, composta
por: 2 perfis verticais, 1 travessa superior e 2 bases, parafusos EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
e arruelas para montagem dos componentes.
35150210 Rack Aberto Plus 19” x 36U* 1 peça
AJUDA SAIR
• Confeccionado em aço.
35150001 Rack Aberto Plus 19” x 44U* 1 peça
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na
35150000 Kit com Porcas Gaiola Bicromatizadas Rosca M5 para furo 9x9 50 peças /1 conj
cor preta.
*1 U = 44,45 mm.
71
GUIA DE CABOS VERTICAL PLUS
PARA RACK 19"
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Acessório de organização e fixação de cabos posicionado na
parte lateral de racks abertos. Na parte traseira permite a
fixação e arranjo dos cabos do sistema horizontal e na parte
frontal permite a acomodação dos cabos de manobra. Estão
disponíveis para serem aplicados aos racks Plus. SOLUÇÕES
Descrição
Guia de Cabos VVertical
ertical Plus
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor
preta. PRODUTOS
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
especificadas de uso em ambientes internos (EIA-569).
• Possui um perfil tipo “U” liso evitando quaisquer danos
causados pelo guia ao cabo.
• Possui aberturas para passagem de abraçadeiras ou velcros na
parte traseira para fixação dos cabos do sistema horizontal.
• Possui guias frontais de cabos dispostos verticalmente, que TECNOLOGIA
permitem um melhor arranjo e organização dos cabos de
manobra.
• Os guias frontais permitem rápida e segura acomodação e
manobra dos cabos.
• Fornecido com os parafusos e arruelas para fixação no
Rack Aberto.
NORMAS

Guia de Cabos Vertical Plus

Códigos e Dimensões dos Produtos


DIMENSÕES EMBALAGEM
AJUDA SAIR
CÓDIGO PRODUTO COR
ALTURA( mm) LARGURA(mm) PROFUNDIDADE(mm) (caixa)
35150201 Guia de Cabos Vertical Plus 36U 1774 88 115
Preto 1 peça
35150004 Guia de Cabos Vertical Plus 44U 2129,6 88 115
72
GRAMPO PARA ORGANIZAÇÃO VERTICAL
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, para
instalação em racks ou brackets, vertical ou primário, em salas
ou armários de distribuição principal, ou para cabeamento
horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações
(cross-connect ), na função de organização e acomodação de
cabos. Pode ser fixado em qualquer posição (U) do Rack. SOLUÇÕES

Descrição
• Composto por um anel passa-cabo e uma chapa de aço para
fixação da peça no rack ou bracket.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na
cor preta. PRODUTOS
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as
condições especificadas de uso em ambientes internos
(EIA-569).
• Pintura em epóxi de alta resistência a riscos. Grampo para Organização Vertical

TECNOLOGIA

Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA ( mm) PROFUNDIDADE (mm)
Grampo para NORMAS
Organização Vertical 43,75 44 86

Código do Produto
EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
35150194 Grampo para Organização Vertical 10 peças

AJUDA SAIR
73
GUIA DE CABOS VERTICAL
FECHADO - FACILITY SOLUTION
APRESENTAÇÃO
Aplicação Descrição • Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
• Acessório de organização e fixação de cabos posicionado na • Disponível com alturas de 36U e 44U. especificadas de uso em ambientes internos (EIA-569).
parte lateral de racks abertos. Devido aos recortes laterais do • Fundo inclinado que permite maior aproveitamento do espaço • Fornecido com os parafusos e arruelas para fixação.
guia vertical e juntamente com os guias horizontais (cable na acomodação dos cabos. • Montagem de um guia em cada lateral do rack ou dois guias
through ) permite o roteamento dos cabos para os lados direito • Recortes no fundo do guia para passagem do cabeamento para a montagem back-to-back criando o guia de acomodação
do cabeamento horizontal na parte traseira do rack.
ou esquerdo do rack tanto no topo como em sua base. Largura horizontal para parte frontal do rack.
• Pode ser montado um único guia vertical entre dois racks que
SOLUÇÕES
dimensionada para acomodação de cabos de manobra entre • Possui abertura superior para conexão com
patch panels e equipamentos. calhas/esteiramento e inferior para passagem em piso falso. otimiza espaço nas salas de telecomunicações.
• Cada guia possui duas tampas de fechamento removíveis com
dobradiças.
• Possui aberturas para passagem de abraçadeiras para fixação
dos cabos.
• Permite acomodação de feixes de cabos unidos por velcros. PRODUTOS
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na
cor preta.

TECNOLOGIA

NORMAS
Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA ALTURA LARGURA PROFUNDIDADE
ÚTIL TOTAL (mm) (mm)
Guia Vertical Fechado de Cabos - Facility Solution 36U * 1772 120 161,6
Guia Vertical Fechado de Cabos - Facility Solution 44U * 2127,1 120 161,6
* 1U = 44,45mm

Códigos dos Produtos


EMBALAGEM
AJUDA SAIR
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
35150008 Guia Vertical Fechado de Cabos 36U - Facility Solution 1 peça
Guia Vertical Fechado de Cabos - Facility 35150009 Guia Vertical Fechado de Cabos 44U - Facility Solution 1 peça
74
GUIA DE CABOS SUPERIOR
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sua função é realizar o encaminhamento dos cabos entre os
organizadores verticais do lado direito e esquerdo do rack pelo
topo do mesmo.

Descrição SOLUÇÕES
• Guia de cabos metálico para fixação na parte superior
do Rack Aberto.
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos
na cor preta.
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
especificadas de uso em ambientes internos (EIA-569). PRODUTOS
• Projetado para ser fixado na travessa superior do rack sem
ocupar espaço útil do mesmo. Guia de Passagem de Cabos Superior

Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA ( mm) PROFUNDIDADE (mm)
TECNOLOGIA
Guia de Cabos Superior 66 604,5 100

Código do Produto
EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa) NORMAS
35150225 Guia Cabos Superior 1 peça

AJUDA SAIR
75
GUIA DE CABOS INFERIOR
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sua função é realizar o encaminhamento dos cabos pela base do
rack, entre os organizadores verticais do lado direito e esquerdo,
e também entre racks dispostos lado a lado.

Descrição SOLUÇÕES
• Guia de cabos metálico para fixação na parte inferior do rack.
• Largura padrão 19”, ocupa 4Us da altura útil do rack.
• Projetado para ser fixado na parte inferior do rack.
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos
na cor preta.
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições PRODUTOS
especificadas de uso em ambientes internos (EIA-569).

Guia de Passagem de Cabos Inferior

TECNOLOGIA

Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA ( mm) PROFUNDIDADE (mm)
Guia de Cabos Inferior 177 (4U) 482 101 NORMAS

Código do Produto
EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
35150234 Guia de Cabos Inferior 1 peça

AJUDA SAIR
76
GUIA DE CABOS FECHADO
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, para instalação
em racks ou brackets, vertical ou primário, em salas ou armários
de distribuição principal; ou para cabeamento horizontal ou
secundário, em salas de telecomunicações
(cross-connect ), na função de organização e acomodação SOLUÇÕES
de cabos.
Descrição
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor
preta.
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569). PRODUTOS
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma
Guia de Cabos Fechado
ANSI/TIA/EIA-310D.
• Possui tampa metálica removível.

TECNOLOGIA
Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA ( mm) PROFUNDIDADE (mm)
Guia de Cabos Fechado 42 488 60

NORMAS
Código do Produto
EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
35150068 Guia de Cabos Fechado 1 peça

AJUDA SAIR
77
PAINEL DE FECHAMENTO
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, para instalação
em racks ou brackets, vertical ou primário, em salas ou armários
de distribuição principal; ou para cabeamento horizontal ou
secundário, em salas de telecomunicações
(cross-connect), na função de preenchimento de espaços SOLUÇÕES
não ocupados.

Descrição
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor
preta.
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições PRODUTOS
especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569).
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma
ANSI/TIA/EIA-310D. Painéis de Fechamento 1U e 4U

TECNOLOGIA

Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA ( mm) PROFUNDIDADE (mm)
Painel de Fechamento 1U 44,45 488 12

Painel de Fechamento 4U 177,8 488 12 NORMAS

Códigos dos Produtos


EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
35150084 Painel de Fechamento 1U
1 peça
35150118 Painel de Fechamento 4U

AJUDA SAIR
78
GUIA DE CABOS ABERTO
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, para
instalação em racks ou brackets, vertical ou primário, em salas
ou armários de distribuição principal; ou para cabeamento
horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações
(cross-connect ), na função de organização e acomodação SOLUÇÕES
de cabos.

Descrição
• Confeccionado em aço e 7 grampos passa-cabo dispostos
horizontalmente.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na
cor preta. PRODUTOS
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569).
Guia de Cabos Horizontal 2U
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma
ANSI/TIA/EIA-310D.
• Sua construção permite melhor visualização, identificação e
manobra dos cabos acomodados.
• Disponível com alturas de 1 ou 2U.
TECNOLOGIA

NORMAS
Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA ( mm) PROFUNDIDADE (mm)

Guia de Cabos Aberto 1U 44,45 488 92

Guia de Cabos Aberto 2U 88,9 488 85

Códigos dos Produtos


CÓDIGO PRODUTO
EMBALAGEM AJUDA SAIR
(caixa)
35150173 Guia de Cabos Aberto 1U
1 peça
35150164 Guia de Cabos Aberto 2U
Guia de Cabos Horizontal 1U
79
GUIA DE CABOS ABERTO
PERFURADO
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, para
instalação em racks ou brackets, vertical ou primário, em salas
ou armários de distribuição principal; ou para cabeamento
horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações
(cross-connect), na função de organização e acomodação SOLUÇÕES
de cabos.

Descrição
• Confeccionado em aço e 7 grampos passa-cabo dispostos
horizontalmente.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor
preta Guia de Cabos Aberto Perfurado 1U PRODUTOS
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569).
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma
ANSI/TIA/EIA-310D.
• Sua construção permite melhor visualização, identificação e
manobra dos cabos acomodados.
• Disponível com alturas de 1 ou 2U. TECNOLOGIA
• Possui haste trazeira para fixação e organização de cabos.
• Permite a passagem de cabos pela frente e pela parte posterior
do produto.

NORMAS
Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)
Guia de Cabos Aberto
Perfurado 1U 44,45 488 117,77
Guia de Cabos Aberto 184,7
Perfurado 2U 88,9 488

Códigos dos Produtos


EMBALAGEM
AJUDA SAIR
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)

Guia de Cabos Aberto Perfurado 2U 35150180 Guia de Cabos Aberto Perfurado 1U


1 peça
35150156 Guia de Cabos Aberto Perfurado 2U
80
GUIA TRASEIRO DE CABOS
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno em conjunto
com Patch Panels e/ou Guias de Cabos na função de
acomodação ou organização de cabos.

Descrição SOLUÇÕES
• Confeccionado em chapa e arame de aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na
cor preta.
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569). Guia Traseiro de Cabos
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma
ANSI/TIA/EIA-310D. PRODUTOS
• Disponível com altura de 1U.
• Fornecido com parafusos para fixação.

Dimensões (mm) TECNOLOGIA


PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)
Guia Traseiro 488
44,45 100
de Cabos

Código do Produto NORMAS


EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO (caixa)
35050175 Guia Traseiro de Cabos 10 peças

AJUDA SAIR
81
PATCH PANEL DESCARREGADO
16 POSIÇÕES 19” X 1U
APRESENTAÇÃO
Aplicação Standard
• Sistemas de cabeamento estruturado de baixa densidade, uso Possui concepção que permite o encaixe dos conectores fêmea
interno, para cabeamento horizontal ou secundário, em salas M8v, tampa cega e módulos que ficam com suas faces afastadas
de telecomunicações (cross-connect) onde permite a das faces do painel. Concepção mais simples que não permite
montagem de conectores/adaptadores para UTP, fibra, coaxial o alinhamento das faces dos conectores à face do painel.
e aplicações multimídia (áudio e vídeo).
Plus SOLUÇÕES
Mesmo princípio do Standard, porém com desenho exclusivo Patch Panel Standard
Descrição
que permite aos conectores ficarem com suas faces alinhadas
• Confeccionado em aço.
ao painel, melhorando o aspecto visual e tornando-o
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na
compatível esteticamente com os patch panels existentes.
cor preta.
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as
condições especificadas de uso em ambientes internos PRODUTOS
(EIA – 569).
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos da
norma ANSI/TIA/EIA-310D.
• Painel compacto de 1U de altura e 16 posições descarregadas, Patch Panel Plus Completo
otimizando o espaço requerido em racks.
• Todas as posições são numeradas permitindo a identificação
das conexões.
TECNOLOGIA
• Encaixe compatível com toda a linha de conectores fêmea,
módulos F, módulos com adaptadores ópticos e de áudio e
vídeo, etc.
• Permite escalabilidade no número de portas conforme
crescimento da planta do cliente.
• Fornecido com kit de parafusos de fixação e porca gaiola.
Dimensões (mm) NORMAS
• Pode ser fornecido em duas versões:
PRODUTO ALTURA LARGURA PROFUNDIDADE
(mm) (mm)
Patch Panel Descarregado Plus 16 Posições 19” x 1U 1U * 482,6 9,9
Patch Panel Descarregado Standard 16 Posições 19” x 1U 1U * 482,6 -
* 1U = 44,45mm

Códigos dos Produtos


EMBALAGEM
AJUDA SAIR
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
35050133 Patch Panel Descarregado Plus 16 Posições 19” x 1U 1 peça
35050124 Patch Panel Descarregado Standard 16 Posições 19” x 1U 1 peça
82
BASE PARA TOMADAS ELÉTRICAS
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Sua função é servir de acabamento e prover a possibilidade de
fixação de até 4 tomadas elétricas na base do rack para serviço ou
conexão de equipamentos ( switch, hub, etc).

Descrição SOLUÇÕES
• Tampa metálica de proteção opcional, para montagem na base do
rack.
• Pode ser instalada na parte frontal e/ou traseira da base.
• Cada tampa permite a instalação de até 4 tomadas elétricas
redondas, padrão 2P+T as quais devem ser adquiridas
separadamente.
• Confeccionado em aço. PRODUTOS
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor
preta. Base para Tomadas elétricas

• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições


especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569).

TECNOLOGIA

Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)

Base para Tomadas Elétricas


85 540 101

NORMAS

Código do Produto
EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
KET ARTICULADO
35150242 Base para Tomadas Elétricas 1 peça

AJUDA SAIR
83
BRACKET ARTICULADO
APRESENTAÇÃO
Aplicações
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, para instalação
em paredes, vertical ou primário, em salas ou armários de
distribuição principal, ou para cabeamento horizontal ou
secundário, em salas de telecomunicações ( cross-connect), na
função de suporte e fixação de equipamentos e/ou acessórios de SOLUÇÕES
cabeamento.
• Adequado para pequenas instalações.

Descrição
• Confeccionado em aço.
• Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor
preta. PRODUTOS
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições
especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569).
• Apresenta largura de 19", conforme requisitos
da norma ANSI/TIA/EIA-310D.
• Disponível com altura de 5U.
TECNOLOGIA
Bracket articulado 19”x 5U

Dimensões (mm) NORMAS


PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA ( mm) PROFUNDIDADE (mm)
Bracket Articulado 19”x 5U 235 488 298

Código do Produto
EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
35150036 Bracket Articulado 19”x 5U 1 peça
AJUDA SAIR
84
PRATELEIRAS - NORMAL, ESTENDIDA
E VENTILADA
APRESENTAÇÃO
Aplicações Descrição • Possui altura de 2 U e capacidade máxima de carga de 50 kg.
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, para • Confeccionado em aço. • Permite fixação em rack aberto, rack fechado
instalação em racks, vertical ou primário, em salas ou armários • Acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na e bracket de parede.
de distribuição principal; ou para cabeamento horizontal ou cor preta. • As prateleiras Normal e Ventilada podem ser fixadas diretamente
secundário, em salas de telecomunicações ( cross-connect), na • Produto resistente e protegido contra corrosão, para as condições em parede.
• Fornecida com parafusos para fixação em rack.
função de sustentação de equipamentos. especificadas de uso em ambientes internos (EIA – 569).
• Disponível nos seguintes modelos:
SOLUÇÕES
• As condições e locais de aplicação são especificados pela • Apresenta largura de 19", conforme requisitos da norma
norma ANSI/TIA/EIA-569 - Pathway and Spaces. ANSI/TIA/EIA-310D. - Normal: 19" x 2U x 290 mm de profundidade.
- Ventilada: 19"x 2U x 290 mm de profundidade,
com rasgos para ventilação.
Dimensões (mm) - Prateleiras Normal e VVentilada
entilada Dimensões (mm) - Prateleira Estendida - Estendida: 19" x 2U x 482 mm de profundidade.
482
76
PRODUTOS
88

289
132,5

488
RACK/BRACKET 45 88
TECNOLOGIA
Rack

Dimensões (mm) NORMAS


PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)

Prateleira Normal 88 482 (19”) 290

Prateleira Ventilada 88 482 (19”) 290

Prateleira Estendida 88 482 (19”) 482

Códigos do Produtos
EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)
AJUDA SAIR
35150045 Prateleira Normal 19”x2Ux290 mm
35150132 Pratelaira Ventilada 19”x2Ux290 mm 1 peça

Prateleiras - Normal, Estendida e Ventilada 35150058 Prateleira Estendida 19”x2Ux482 mm


85
PONTOS DE TELECOMUNICAÇÃO DE
ALTA DENSIDADE
APRESENTAÇÃO
Aplicação Ponto de TTelecomunicação
elecomunicação Multiusuário 36 Posições
• Sistema de cabeamento estruturado para instalação em piso M8v Fêmea - E300
falso atuando como ponto de consolidação entre o cabeamento • Composto pelo gabinete metálico e uma placa descarregada
horizontal e a área de trabalho segundo o padrão de de 36 posições.
cabeamento em "Zone Cabling" para escritórios modulares • Permite escalabilidade no número de portas conforme
(Open Office) segundo especificações da norma crescimento da planta do cliente. SOLUÇÕES
ANSI EIA/TIA 568B TSB-75. • Encaixe compatível com toda a linha de conectores fêmea,
módulos F, módulos com adaptadores ópticos e de áudio e
Características vídeo, etc.
• Gabinete metálico com tampa, de encaixe rápido, construído • Possui cartão de identificação das conexões.
em aço resistente e acabamento zincado.
Ponto de Consolidação para Bloco 110IDC
• Possui em cada face lateral um recorte para entrada de
eletrocalhas de 100 mm de largura x 75 mm de altura. 50 Pares - E300 PRODUTOS
• Desenvolvido com sistema que permite que a abertura das • Composto pelo gabinete metálico e um bloco 110IDC
Ponto de Telecomunicação Multiusuário 36 posições
faces para entrada das calhas seja feita em campo, com pernas de 50 pares. M8v Fêmea - E300
manualmente sem necessidade de qualquer ferramenta. • A conexão entre o cabeamento horizontal e os cabos para as
• Também dispõe de 08 (oito) furos para montagem de tubos áreas de trabalho (UTP 4 pares sólido) são feitas através de
corrugados de 1" de diâmetro nominal. Os furos são pré- crimpagem pelos conectores 110IDC.
estampados permitindo sua abertura sem necessidade de • Fornecido com bloco, etiquetas e porta etiquetas, sendo que
ferramentas especiais (furadeiras). os conectores 110IDC devem ser adquiridos separadamente. TECNOLOGIA
• Possui aberturas para passagem de abraçadeiras para fixação • Permite expansão para 100 pares através da montagem de
dos cabos na base do gabinete metálico. um bloco 110 IDC 50 pares adicional.
• Concepção compacta otimizando o espaço nas instalações.
• Fornecido com kit de parafusos e bucha para fixação no piso.

NORMAS
Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA LARGURA PROFUNDIDADE
(mm) (mm) (mm)
Ponto de Telecomunicação Multiusuário 36 Posições M8v Fêmea - E300 115 300 405 Ponto de Consolidação - com Bloco 110 IDC
Ponto de Consolidação para Bloco 110IDC 100 Pares - E300 115 300 405

Códigos dos Produtos


CÓDIGO PRODUTO
EMBALAGEM AJUDA SAIR
(caixa)
35050136 Ponto de Telecomunicação Multiusuário 36 Posições M8v Fêmea - E300 1 peça
35050137 Ponto de Consolidação para Bloco 110IDC 50 Pares - E300 1 peça
Nota: para expansão do ponto de Consolidação 50 pares consulte a seção de Blocos 110 IDC do catálogo.
86
BASTIDOR DE GERENCIAMENTO
DE BLOCOS 110IDC - 300 PARES - E110
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Fornecido com 03 (três) blocos 110IDC-100 pares montados. Dimensões (mm)
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, instalação • Possui 03 (três) guias metálicos para patch cables 110IDC de
em parede para sustentação de blocos 110IDC e guias de cabos manobra.
217
para gerenciamento de patch cables 110IDC de manobra. • Na parte inferior apresenta um guia de passagem dos cabos de
Atende aos requisitos da Norma ANSI/TIA/EIA - 568 B.2 manobra.
(Balanced Twist Pair Cabling Components) . • Apresenta aberturas laterais para passagem e auxílio na
montagem dos cabos.
SOLUÇÕES
Características • Apresenta pontos para aterramento dos cabos e do bastidor
• Permite acomodação e roteamento de cabos horizontais e metálico os quais são vinculados através do Kit de Aterramento
jumpers. para Bastidor Parede 110IDC.
• Desenvolvido com exclusivo sistema de articulação frontal • Corpo do bastidor e guias de cabos fabricados em aço, blocos
permitindo uma melhor instalação, operação e manutenção 110IDC em policarbonato.
dos cabos. • Acabamento das peças metálicas em pintura epóxi de alta PRODUTOS
resistência a riscos.

538
• Fornecido com suporte e etiquetas de identificação, parafusos e
buchas para fixação em parede.
• Produto fornecido com kit de aterramento.
• O kit de aterramento é composto por um bloco e um cabo de

596
vinculação para cabos tipo APL.
• Fornecido na cor preta. TECNOLOGIA
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as
condições especificadas de uso em ambientes internos 13
8
(EIA - 569).

NORMAS

Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA LARGURA PROFUNDIDADE
TOTAL (mm) (mm)
Bastidor de Gerenciamento de Blocos 110IDC-300 Pares - E110 596 217 183

Código do Produto AJUDA SAIR


EMBALAGEM
CÓDIGO PRODUTO
(caixa)

Bastidor de Gerenciamento 300 pares 35050159 Bastidor Parede para Gerenciamento de Blocos 110IDC-300 Pares - E110 2 peças
87
BACKBOARD PARA SISTEMA 110 IDC
APRESENTAÇÃO
Aplicação • Os patch cables são organizados e roteados nos guias de cabos
• Sistemas de Cabeamento Estruturado, uso interno, instalação localizados em sua parte frontal.
em paredes, para cabeamento vertical ou primário, em salas ou • Estrutura confeccionada em aço com espessura de 1,5 mm,
armários de distribuição principal, ou para cabeamento composta pelo painel principal, 3 guias de cabo (parte
horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações frontal), 1 suporte de passagem de cabos (base do painel),
(cross-connect ), na função de organização e acomodação de além de buchas e parafusos para fixação em parede.
• Produto resistente e protegido contra corrosão, para as
SOLUÇÕES
cabos e blocos de conexão padrão 110 IDC.
condições específicas de uso em ambientes internos (EIA - 569).
Descrição • Pintura em epóxi de alta resistência a riscos na cor preta.
• Painel de organização para sistema 110 IDC com capacidade
para organização e acomodação de 1200 pares em sistemas
cross-connect ou inter-connect.
• Comporta a montagem de até 12 Blocos de Conexão 110 IDC PRODUTOS
de 100 pares, sendo 6 Blocos em cada lado da estrutura.
• Pode ser utilizado em conjunto com o produto Bastidor de
Gerenciamento de Blocos 110IDC - 300 Pares - E110.
• A acomodação dos cabos do sistema horizontal
(4, 25 ou 100 pares) é feita em sua parte inferior.
TECNOLOGIA

NORMAS
Backboard para Sistema 110 IDC

Dimensões (mm)
PRODUTO ALTURA (mm) LARGURA (mm) PROFUNDIDADE (mm)
Backboard para Sistema
110 IDC 635 240 145

Blocos 110 IDC Código do Produto AJUDA SAIR


Backboard
EMBALAGEM
Blocos 110 IDC CÓDIGO PRODUTO
(caixa)

Backboard para Sistema 110 IDC com blocos de conexão 35150140 Backboard para Sistema 110 IDC 1 peça
88
FERRAMENTAS DE TERMINAÇÃO
E CONEXÃO 110 IDC
APRESENTAÇÃO
Aplicação
• Ferramentas manuais de impacto para conexão de condutores
metálicos isolados em terminais de conexão padrão 110 IDC.

Descrição
FERRAMENTA DE TERMINAÇÃO 110 IDC (B) SOLUÇÕES
• Possibilita a conexão individual de condutores metálicos
isolados em terminais de conexão padrão 110 IDC.
• Possui dois níveis de impacto.
• Possui compartimento interno para armazenamento da lâmina
de conexão para proteção quando fora de uso ou em
transporte.
PRODUTOS
FERRAMENTA DE CONEXÃO 110 IDC
• Possibilita a conexão simultânea de até 10 condutores
metálicos isolados em terminais de conexão padrão 110 IDC.
• Possui lâmina reversível para conexão com ou sem corte do
excedente de condutores metálicos isolados. (A)

TECNOLOGIA
Ferramentas de Terminação (A) e de Conexão (B) 110 IDC

Códigos dos Produtos


CÓDIGO PRODUTO EMBALAGEM
35050332 Ferramenta de Terminação 110 IDC
35050324 Ferramenta de Conexão 110 IDC
1 unidade
NORMAS

AJUDA SAIR
89

APRESENTAÇÃO

Tecnologias SOLUÇÕES

de Redes Locais
PADRÃO ETHERNET PRODUTOS

ETHERNET A 100 Mbps


GIGABIT ETHERNET
TECNOLOGIA
PADRÃO 10 GE
PADRÃO ATM
NORMAS

AJUDA SAIR
90
PADRÃO ETHERNET
APRESENTAÇÃO
Atualmente a tecnologia mais usada em redes locais de Um dos parâmetros mais importantes, o retardo de
computadores é a Ethernet, por seu baixo custo, pouca propagação, está associado ao domínio de colisões. O retardo, ou
complexidade e grande confiabilidade. tempo máximo, deve ser menos que o tempo necessário para que
Uma vez que o princípio de funcionamento das redes Ethernet o remetente envie 512 bits. No caso de 10 Mbps, esse retardo
é o mesmo, seja qual for a taxa de transmissão 10, 100 deve ser menor que 51,2 ms.
ou 1000 Mbps, vale a pena analisarmos alguns conceitos que têm Essa restrição limita a distância máxima permissível entre as
impacto direto no projeto da rede. estações da rede e a quantidade de repetidores no percurso, já SOLUÇÕES
A rede Ethernet pode ser comutada (usando switches) ou que cada repetidor introduz um retardo adicional na transmissão.
compartilhada (usando hubs). Na rede compartilhada, todas as A Ethernet compartilhada é half-duplex, pois qualquer estação
estações competem pelo acesso ao meio de transmissão no só transmite quando o meio está livre e portanto não há como
mesmo “domínio de colisões”. Switches segmentam o domínio de transmitir e receber simultaneamente. Em ligações ponto a ponto,
colisões em vários domínios. Cada porta de um switch define um como entre uma porta de switch e uma estação ou entre switches,
único domínio de colisões. é possível transmitir e receber simultaneamente e portanto é
possível o full-duplex. PRODUTOS

PARÂMETROS PARA ETHERNET A 10 Mbps


10 Base 5 10 Base 2 10 Base T
Topologia física barra barra estrela
Meio físico coaxial grosso coaxial fino UTP Categoria 3 ou superior TECNOLOGIA
Comprimento máximo do cabo 500 m 185 m 100 m (do hub à estação)
Comprimento máximo do
domínio de colisões 2500 m
Número máximo de segmentos 5 segmentos, 4 repetidores.
e repetidores Apenas 3 segmentos podem ter estações conectadas.

PARÂMETROS PARA ETHERNET A 10 Mbps (FIBRA ÓPTICA MULTIMODO)


10 Base FP 10 Base FB 10 Base FL FOIRL NORMAS
Estrela, permite conexão de Para ligação entre Para ligação entre Ligação entre repetidores ou em
Topologia estações finais. Não permite repetidores. Permite repetidores. Não permite estrela para conexão de estações.
repetidores em cascata. repetidores em cascata. repetidores em cascata. Permite repetidores em cascata.
Comprimento
500 m 2 km 2 km 1 km
máximo do cabo
Comprimento
máximo do
domínio 2500 m
colisões

APLICAÇÃO FURUKAWA AO PADRÃO ETHERNET 10 Mbps


Solução Ambiente de Instalação Cabo AJUDA SAIR
10 Base T interno Multi-Lan Cat. 5 Enhanced e Fast-Lan Cat.6
100 Base FP, FB, FL ou FOIRL interno Fiber-Lan Indoor/Outdoor

Fiber-Lan Indoor/Outdoor, Fis-Optic-AS,


Fibra Multimodo externo
Optic-Lan, Fis-Optic-DG, Fis-Optic-AR
91
ETHERNET A 100 MBPS
APRESENTAÇÃO
O padrão Fast Ethernet foi especificado na IEEE 802.3u e é • 100 Base FX - sobre cabos de fibra óptica monomodo
muito semelhante ao Ethernet 802.3, o que garantiu seu sucesso e multimodo.
pela facilidade de migração. A tabela, a seguir, mostra o tamanho máximo do domínio de
São definidas três implementações possíveis: colisões dependendo do meio físico (100 Base TX e 100 Base FX).
• 100 Base TX - sobre cabos UTP categoria 5, inclusive com Para fibra óptica monomodo a limitação depende dos
as mesmas configurações de pinagem equipamentos e do próprio cabo. Em ligações full-duplex entre SOLUÇÕES
do 10 Base T; switches, a fibra monomodo pode permitir distâncias de 10 ou 20 km.
• 100 Base T4 - sobre cabos UTP categoria 3, 4 ou 5. Foi
projetado para aproveitar a base instalada
de cabos Categoria 3. Usa 3 pares de fios para
transmissão e um quarto par para
detectar colisão; PRODUTOS

PARÂMETROS PARA ETHERNET 100 Mbps


UTP Fibra Multimodo
Entre switches, ou entre
switch e estação
100 m
412 m (half-duplex)
2 km (full-duplex) TECNOLOGIA

APLICAÇÃO FURUKAWA AO PADRÃO ETHERNET 100 Mbps


Solução Ambiente de Instalação Cabo
100 Base TX interno Multi-Lan Cat. 5 Enhanced e Fast Lan 6-Cat.6
interno Fiber-Lan Indoor/Outdoor
100 Base FX
Fibra Multimodo externo
Fiber-Lan Indoor/Outdoor, Fis-Optic-AS,
Optic-Lan, Fis-Optic-DG, Fis-Optic-AR
NORMAS
100 Base FX
externo Fis-Optic-DG, Fis-Optic-AR
Fibra Monomodo

AJUDA SAIR
92
GIGABIT ETHERNET

Definida no padrão IEEE 802.3z, para uso em cabos de fibra • 1000 Base SX - em fibra multimodo, com comprimento de APRESENTAÇÃO
óptica monomodo e multimodo e no padrão IEEE 802.3ab para onda de 850 nm, para cabeamento horizontal
cabos de par trançado. A exemplo do Fast Ethernet utiliza o e backbones;
CSMA/CD e o mesmo formato e estrutura padrão 802.3 tornando • 1000 Base LX - em fibra multimodo ou monomodo, com
a migração direta a partir das tecnologias anteriores, o que sem comprimento de onda de 1310 nm, para
dúvida vai facilitar sua rápida adoção pelo mercado. backbones de prédio e de campus.
Para uso em cabos de fibra óptica existem duas especificações: SOLUÇÕES
PARÂMETROS PARA GIGABIT ETHERNET
Meio Físico Banda Modal (MHz.km) Distância Máxima (m)
160 220
Fibra Multimodo 62,5 µm
200 275
1000 Base SX
400 500
Fibra Multimodo 50 µm
500 550
Fibra Multimodo 62,5 µm 500 550
PRODUTOS
1000 Base LX Fibra Multimodo 50 µm 500 550
Fibra Monomodo N/A 5000

A especificação 1000 Base T se destina ao cabeamento chamado de categoria 5 Enhanced (ou 5e).
horizontal e da área de trabalho, e foi escrita inicialmente para Para instalações novas é recomendado o uso de cabeamento
operar sobre cabeamento UTP categoria 5 (já existente na categoria 5e.
maioria das empresas), desde que os enlaces sejam aprovados A revisão da norma, a ser publicada como EIA/TIA 568-B, entre
TECNOLOGIA
em testes adicionais de Perda de Retorno e ELFEXT introduzidos outras alterações, deve mencionar cabos categoria 3 e 5e apenas,
pelo boletim técnico ANSI/EIA/TIA TSB95, pois no Gigabit tornando as outras categorias (4 e 5) obsoletas.
Ethernet, cada um dos 4 pares do cabo categoria 5 deve suportar Todas as novas instalações devem ser feitas com todos os
uma taxa efetiva de 250 Mbps em cada direção simultaneamente elementos de cabeamento categoria 5e para garantir a
até uma distância de 100 m, garantindo que a taxa de erros de bit escalabilidade e vida útil mais longa.
(BER) fique abaixo de 10-10. Há ainda a especificação 1000 Base CX, utilizando cabo biaxial NORMAS
Para prover maior margem de segurança no atendimento aos blindado balanceado de 150 Ohm, apropriada para conexões
requisitos da nova tecnologia, mesmo no pior caso de topologia dentro de armários de telecomunicação ou salas de equipamento.
(4 conexões: 2 patch panels, 1 ponto de consolidação e 1 tomada A distância máxima permitida entre dispositivos ligados por
de telecomunicação), foi elaborado um adendo à EIA/TIA 568, esse tipo de cabeamento é de 25 m.

APLICAÇÃO FURUKAWA AO GIGABIT ETHERNET


Solução Ambiente de Instalação Cabo
1000 Base T interno Multi-Lan Cat.5 Enhanced e Fast Lan 6 - Cat.6
1000 Base SX, interno Fiber-Lan Indoor/Outdoor AJUDA SAIR
1000 Base LX Fiber-Lan Indoor/Outdoor, Fis-Optic-AS,
externo Optic-Lan, Fis-Optic-DG, Fis-Optic-AR
Fibra Multimodo
1000 Base LX
externo Fis-Optic-DG e Fis-Optic -AR
Fibra Monomodo
93
PADRÃO 1O GE

Um grupo intitulado HSSG ( Higher Speed Study Group) foi No caso da especificação WAN PHY do inglês physical, é
APRESENTAÇÃO
criado para desenvolver e realizar estudos em protocolos com destinada a carriers comerciais, provedores de serviços e redes
velocidades superiores a 1 Gbps. Estes estudos viabilizaram o corporativas, operando sobre uma taxa compatível com a
desenvolvimento do protocolo 10 GE (10 Gigabit Ethernet), padronização OC-192 com SDH VC-4-64c e com infra-estrutura
sendo aprovado pelo comitê 802.3 em março de 2001. Foram óptica em DWDM.
definidas especificações para camadas físicas ( LAN e LAN Tradicionalmente, o protocolo Ethernet é amplamente
Estendida, WAN e MAN, além de uma classe de redes associadas à referenciado às topologias LAN e LAN Estendida (Redes Locais SOLUÇÕES
dispositivos de armazenamento ou redes SAN (Storage Area corporativas interligando sites remotos). Este novo protocolo irá
Networks), apresentando tipos de transmissores, receptores e oferecer os benefícios da LAN Ethernet à WAN Ethernet,
princípios de codificação compatíveis com o tipo de mídia estabelecendo conjuntos compatíveis de dispositivos de rede,
utilizada. que possam estabelecer uma ponte transparente de operação
e migração entre 10 Mbps, 100 Mbps, 1Gbps e 10 Gbps.

PRODUTOS
PARÂMETROS PARA 10 GIGABIT ETHERNET
Banda Modal Comprimento Distância
Meio Físico (Mhz.km) de Onda (nm) Máxima (m)
10 GBase SR/SW Fibra Multimodo 62,5 µm 160 850 28

10 GBase SR/SW Fibra Multimodo 62,5 µm 200 850 35

10 GBase SR/SW Fibra Multimodo 50 µm 400 850 69

10 GBase SR/SW Fibra Multimodo 50 µm 500 850 86


TECNOLOGIA
10 GBase SR/SW Fibra Multimodo 50 µm 2000 850 300

10 GBase SR/SW Fibra Monomodo N/A N/A Não suportado

10 GBase LX4/LW4 Fibra Multimodo 62,5 µm 500 1.310 300

10 GBase LX4/LW4 Fibra Multimodo 50 µm 400 1.310 240

10 GBase LX4/LW4 Fibra Multimodo 50 µm 500 1.310 300

10 GBase LX4/LW4 Fibra Monomodo N/A 1.310 10.000 NORMAS


10 GBase LR/LW Fibra Monomodo N/A 1.310 10.000

10 Gbase ER/EW Fibra Monomodo N/A 1.550 40.000

Para especificações 10GBase SR/SW, S = Shortwave Serial Laser APLICAÇÃO FURUKAWA AO 10 GIGABIT ETHERNET
em 850nm e duas fibras multimodo. Para 10GBase LR/LW, Meio Físico Ambiente Instalação Cabo
L = Long Wavelength Serial Laser em 1310nm e duas Fibra Multimodo Interno Fiber Lan Indoor / Outdoor

fibras monomodo. Fiber Lan Indoor / Outdoor,


Para 10GBase ER/EW, E = Extra Long Wavelength Serial Laser, em Fibra Multimodo Externo Fis-Optic-AS, Optic-Lan,
Fis-Optic-DG, Fis-Optic-AR
AJUDA SAIR
1550 nm e duas fibras monomodo. Para especificações Fibra Monomodo Externo Fis-Optic-DG, Fis-Optic-AR *
10GBase-LX4/LW4, utiliza-se duas fibras multimodo ou * outros cabos e formações sobre consulta.
monomodo com WWDM (Wide Wavelength Division Multiplexing )
94
PADRÃO ATM
APRESENTAÇÃO
O ATM pode ser usado tanto em redes LAN como em redes WAN. permite a locação dinâmica de banda e controle de
Ao contrário de outros protocolos de LAN, o ATM é baseado em congestionamento (e portanto exige menos linhas para executar o
conexões e comutação de circuitos. Ao invés de pacotes de mesmo serviço) ao invés de usar linhas dedicadas e TDM que
tamanho variável como no Ethernet, o ATM opera com células de desperdiçam banda.
tamanho fixo (53 bytes). Em cabeamento metálico, o ATM pode funcionar(de acordo
Como é pouco provável que uma rede LAN seja totalmente ATM, com o que está padronizado) em taxas de transmissão de
devido aos custos, existem padrões definidos para transmitir 25,6 Mbps até 155 Mbps (OC-3). Em fibra óptica, são admitidas SOLUÇÕES
pacotes de outros protocolos como IP, IPX e Apple Talk através taxas de transmissão de até 9,952 Gbps (OC-192) e superiores,
dos switches ATM. LAN Emulation (LANE) e Multiprotocolo sobre com a utilização de tecnologia WDM.
ATM (MPOA) executam essa tarefa. Para velocidades de transmissão de 622 Mbps (OC-12), o ATM
Apesar da complexidade, o ATM é uma boa escolha de Forum especificou somente interfaces para fibra óptica
backbones de redes quando os requisitos de banda são muito (multimodo 62,5/125 µm e 50/125 µm, e monomodo) e não
grandes e quando as aplicações necessitam de recursos de existem equipamentos comerciais para operar ATM a 622 Mbps PRODUTOS
Qualidade de Serviço (QoS). fora dessas especificações.
Em outros tipos de redes LAN ou WAN geralmente não se pode Apesar de só existirem definições de ATM para cabos metálicos
garantir a Qualidade de Serviço de um extremo a outro, embora categoria 3, 4 e 5, é recomendado o uso de cabeamento
muitos protocolos estejam surgindo para acrescentar às redes IP categoria 5e que suporta todas as definições propostas. Seu uso é
essa funcionalidade. limitado a distâncias de 100 m no cabeamento horizontal,
Aplicações como vídeo-conferência, tratamento de imagens, conforme a EIA/TIA 568-A e ISO 11801.
telefonia e outras que misturam dados, voz e vídeo, exigem Restrições de distância dos enlaces de fibra óptica dependem TECNOLOGIA
largura de banda elevada, são sensíveis a retardo ou à variação do do meio físico, da taxa de transmissão e dos equipamentos de
retardo, podem ser beneficiadas pelos recursos de garantia de QoS rede. Deve ser consultado o fabricante do equipamento para
do ATM. saber a distância máxima de transmissão sobre o meio físico a ser
Em redes WAN, um cliente pode ter economia usando ATM que considerado.

NORMAS
APLICAÇÃO FURUKAWA AO PADRÃO ATM
Meio Físico Ambiente Cabo
UTP interno Multi-Lan Cat.5 Enhanced e Fast-Lan 6 Categoria 6
interno Fiber-Lan Indoor/Outdoor,
Fibra Multimodo Fiber-Lan Indoor/Outdoor, Fis-Optic-AS,
externo
Optic-Lan, Fis-Optic -DG, Fis-Optic-AR
interno CFOI
Fibra Monomodo
externo Fis-Optic-DG e Fis-Optic-AR

AJUDA SAIR
95

APRESENTAÇÃO

Resumo SOLUÇÕES

das Normas
INTRODUÇÃO PRODUTOS
ANSI/TIA/EIA 568 - A
TSB - 67
TSB - 75 TECNOLOGIA

TSB - 72
TSB - 95
ANSI/TIA/EIA 569 - A NORMAS

ANSI/TIA/EIA 568 - B
ANSI/TIA/EIA 568 - B.2-1
TIA/EIA 570-A
AJUDA SAIR
96
INTRODUÇÃO Continua

APRESENTAÇÃO
Cabeamento para VVoz
oz e Dados
Os novos cabeamentos para telecomunicações oferecem muito
mais qualidade, flexibilidade, valor e função para as necessidades Para permitir que os É essencial que os
diversos fabricantes E identificar os
profissionais de
presentes e futuras. Hoje, a sobrevivência de uma empresa
sejam capazes de requisitos mínimos que
telecomunicações
depende de uma fonte de informação confiável e da troca de produzir equipamentos vão suportar ambientes
familiarizem-se com
informação sobre os custos adequados. A explosão das e componentes que multi-produtos,
os padrões existentes
tecnologias de rede de telefonia pública, PBX e LAN digital possam interagir. e pendentes. multi-provedores. SOLUÇÕES
resultou em redes de complexo gerenciamento, compostas por
numerosos protocolos, tipos de mídia e tecnologias de sinais.
Assim, os profissionais de telecomunicações têm uma difícil tarefa
para acessar, implementar e manter estes complexos sistemas.
ISO/IEC Olhando Mais de Perto
Direção A ISO (International Organization for Standardization) e a IEC Ambas as normas (ISO/IEC 11801 e ANSI/TIA/EIA 568-B)
Reconhecendo a necessidade de padronização, diversos (International Electrotechnical Comission ) formam o sistema de especificam um cabeamento genérico para comunicação de voz e
PRODUTOS
profissionais representando fabricantes de equipamentos, normatização internacional. Para a área de tecnologia de dados que deve suportar equipamentos independentemente de
consultores e usuários, reuniram-se sob orientação de informação, ISO e IEC formaram um comitê conjunto fornecedor.
organizações como TIA/EIA, IEEE, ANSI e BICSI para assegurar (ISO/IEC JTC 1). Um sub-comitê chamado Interconnection of São feitas recomendações de projeto de equipamentos e
que as normas de produto e cabeamento atendam as diversas Information Technology Equipment elaborou a norma para cabeamento para edifícios comerciais de forma a suportar as
aplicações existentes. O principal objetivo era e ainda é permitir cabeamento estruturado ISO/IEC 11801. diversas necessidades de comunicação dos seus ocupantes.
Essa norma especifica um cabeamento genérico para uso em
que diversos fabricantes estejam capacitados para construir
edifícios comerciais que pode compreender um ou mais prédios
São estabelecidos critérios técnicos para vários tipos de cabos TECNOLOGIA
equipamentos e componentes que sejam compatíveis em e hardware de conexão e para o projeto e instalação do
ambientes de cabeamento em edifícios. em um campus, em áreas de raio até 3 km e até 1.000.000 m2 cabeamento.
de espaço de escritórios, atendendo entre 50 e 50.000 pessoas. As especificações são orientadas a prédios e escritórios e
Situação Atual A edição atual foi publicada em 1995. espera-se que cabeamentos projetados de acordo com as normas
Várias organizações ainda continuam desenvolvendo padrões tenham uma vida útil de mais de 10 anos.
para assegurar que todos os protocolos, eletrônica de sinais, tipo ANSI/TIA/EIA Neste resumo são abordados apenas os principais aspectos
de mídia e a infra-estrutura de projeto sejam compatíveis. Hoje é No âmbito de cabeamento e componentes, a ANSI/TIA/EIA tem relacionados ao cabeamento, de acordo com as normas ISO/IEC NORMAS
essencial que os profissionais de telecomunicações familiarizem- representado o grande avanço nesta área. Um grupo foi formado e ANSI/TIA/EIA, e são apontadas as diferenças entre elas.
se com os padrões existentes e pendentes para atender às em 1985 num esforço para endereçar a falta de padrões para
necessidades atuais e requisitos futuros. Legalmente, a norma cabeamento para prédios. Sua intenção inicial foi identificar os No texto a terminologia da ANSI/TIA/EIA é adotada, por estar
para cabeamento de edifícios comerciais válida para o Brasil é a requisitos mínimos que suportarão os ambientes multi-produtos e mais sedimentada no mercado brasileiro. Terminologias usadas
norma internacional ISO/IEC 11801 de 1995, e a norma multi-provedores, permitindo o planejamento e a instalação de na norma da ABNT também são apresentadas.
brasileira NBR - 14565. sistemas de telecomunicação sem o conhecimento do
Devido à grande influência das normas americanas nesse equipamento específico a ser instalado. Desde então, sofreu
mercado, e mesmo nas normas brasileiras, é importante revisões e vários boletins técnicos (TSBS) foram emitidos
conhecer os principais aspectos das normas ANSI/TIA/EIA 568-A procurando atualizar a norma de acordo com a evolução da
que trata do cabeamento e 569-A sobre infraestrutura para indústria. AJUDA SAIR
suportar o cabeamento. Outras normas são a ANSI/TIA/EIA 606,
sobre administração e identificação e a ANSI/TIA/EIA 607 sobre
aterramento.
97
INTRODUÇÃO
APRESENTAÇÃO
São definidos os seguintes subsistemas: SISTEMA BÁSICO Cross-Connect horizontal
dentro do armário
Cabo Horizontal
Área de Trabalho
• Cabeamento Horizontal (ou Secundário, para a ABNT) SUBSISTEMAS de telecomunicação
inclui o cross-connect horizontal (chamado de Floor
Distributor na ISO/IEC 11801), o cabo horizontal, a tomada de
telecomunicações e, opcionalmente, um tonto de consolidação
(por exemplo para fazer a transição local de um cabo UTP 25 SOLUÇÕES
pares para vários cabos UTP e pares). A definição de ponto de
transição da ISO/IEC 11801 engloba os dois tipos da
ANSI/TIA/EIA 568-A, transição e consolidação; SISTEMA PRIMÁRIO
• Cabeamento Backbone (ou Primário, para a ABNT) inclui o -BACKBONE-INTERNO
cross-connect principal (ou Campus Distributor na
ISO/IEC 11801), os cabos de backbone entre prédios (ou PRODUTOS
externos), o(s) cross-connect secundário(s) ou SISTEMA SECUNDÁRIO
intermediário(s) (Building Distributor na ISO/IEC 11801), e os HORIZONTAL
cabos de backbone internos;
• Área de Trabalho;
• Armário de Telecomunicações, onde normalmente se encontra Cross-Connect intermediário na
o cross-connect horizontal; sala de equipamentos intermediário
• Salas de Equipamentos, Principal e Intermediárias, onde se TECNOLOGIA
localizam os cross-connect principal e intermediários,
respectivamente;
• Sala de Entrada de Serviços.

NORMAS

AJUDA SAIR
SISTEMA PRIMÁRIO
Cross-Connect principal na sala
-BACKBONE- EXTERNO de equipamento principal
98
ANSI / TIA / EIA - 568 - A Continua

APRESENTAÇÃO
CABEAMENTO HORIZONTAL
HORIZONTAL Conectores/Tomadas
Conectores/Tomadas
Estende-se desde os conectores/tomadas ao cross-connect de TTelecomunicações
elecomunicações
horizontal. Um mínimo de duas tomadas são necessárias para cada área de
A topologia física é uma estrela (cada conector/tomada de trabalho:
telecomunicações têm a sua própria posição mecânica terminal A: Compatível com um cabo de 4 pares
no cross-connect horizontal no armário de telecomunicação). 100 Ohms, categoria 3 ou superior e conector SOLUÇÕES
associado.
Inclui: B: Compatível com um dos seguintes cabos:
• Cabos horizontais. • Cabo UTP de 4 pares, 100 Ohms e
• Conectores/tomadas de telecomunicações. conector (categoria 5 recomendado).
• Terminais mecânicos no armário de telecomunicações. • Cabo de 150 Ohms STP-A e conector.
• Cordões de emenda ou jumpers no armário de • Cabo de fibra óptica de 2 fibras de
telecomunicações. 62.5/125 µm e conectores. PRODUTOS
O aterramento deve estar de acordo com
Meios de TTransmissão
ransmissão Reconhecidos: a ANSI/TIA/EIA-607.
• Cabo par trançado sem blindagem, 4 pares x 100 Ohms (UTP).
Distâncias:
• O comprimento do cabo horizontal deve estar limitado a um
máximo de 90 metros para todos os tipos.
• Patch Cables no cross-connect horizontal não devem exceder
TECNOLOGIA
• Cabo par trançado blindado, 2 pares x 150 Ohms (STP-A).
6 metros. A ISO/IEC limita esse comprimento a 5 metros.
Patch Panel

• Cabo óptico multimodo de 2 fibras (62.5/125 µm). Pontos de TTransição/Consolidação:


ransição/Consolidação:
• No máximo um ponto de transição a 1 ponto de consolidação é
permitido para cada enlace horizontal.
• Os meios de transmissão reconhecidos, se encapados • Um comprimento de 3 metros é permitido para adapter cables NORMAS
Patch Cables na Cabeamento
conjuntamente (cabos híbridos), podem ser usados se com a finalidade de conectar o equipamento na área de Sala de horizontal:
compatíveis com o padrão especificado. trabalho. Telecomunicações: 90 m no máximo
6 m no máximo
• O comprimento total de cordões (patch cable e adapter cable )
Nota: a TIA/EIA reconhece o cabo coaxial 50 Ohms como aceitável, mas não é não devem exceder 10 metros.
recomendado para novas instalações. Foi suprimido na versão 568-B.
A ISO/IEC permite, além dos tipos acima, a fibra multimodo 50/125 µm
Obs.: Seguindo-se a orientação de 6 m e 3 m será evitada a obrigatoriedade de Tomada de
e o cabo UTP 120 Ohms. A TIA/EIA reconheceu a fibra multimodo 50/125 µm
verificar se a limitação de 10 m será excedida quando forem realizadas Adapter Cables Telecomunicações
em sua revisão.
modificações. na Área
de Trabalho:
3 m no máximo
AJUDA SAIR
99
ANSI / TIA / EIA - 568 - A Continua

APRESENTAÇÃO
CABEAMENTO BACKBONE Meios de TTransmissões
ransmissões Reconhecidos: Distâncias:
Possibilita as interconexões entre armários de • Cabo par trançado sem blindagem, 100 Ohms (UTP). Para aplicações UTP (voz) e fibra, as distâncias do backbone
telecomunicações, salas de equipamentos e facilidades de do segmento “C” serão aumentadas se “B” for menor do que o
entrada. máximo, mas o total dos dois não deve exceder os valores da
coluna “A”.
• Cabo par trançado blindado, 150 Ohms (STP-A). • Cordões de emenda e intermediário jumpers cross-connect
Topologia:
no cross-connect principal e intermediário não devem
SOLUÇÕES
Estrela hierárquica (cada cross-connect horizontal é cabeado a
exceder 20 m.
um cross-connect principal ou a um cross-connect intermediário
• Cabos para equipamentos devem ter até 30 m.
e então a um cross-connect principal).
• Cabo óptico multimodo (62.5/125 µm). O aterramento deve atender a ANSI/TIA/EIA-607.
Não se passa mais do que um cross-connect do cross-connect
horizontal para alcançar o cross-connect principal.
Cabeamentos para topologias barramento ou anel serão feitos
se necessários, em adição à topologia estrela.. PRODUTOS
• Cabo óptico monomodo.
Inclui:
• Cabos backbone.
• Terminações mecânicas nos cross-connects intermediários Nota: a TIA/EIA reconhece o cabo coaxial 50 Ohms como aceitável, mas não é Meios de Transmissão “A” “B” “C”
e principal. recomendado para novas instalações. Já suprimido na revisão 568-B. Fibra multimodo
2000 m 500 m 1500 m
• Cordões de emenda ou jumpers usados para cross-connect A ISO/IEC permite, além dos tipos acima, a fibra multimodo 50/125 µm (62.5/125 µm)
TECNOLOGIA
backbone-a-backbone. e o cabo UTP 120 Ohms. A TIA/EIA reconheceu a fibra multimodo 50/125 µm Fibra monomodo 3000 m 500 m 2500 m
• Terminações mecânicas usadas para terminar o cabeamento em sua revisão.
UTP (voz) 800 m 500 m 300 m
backbone no cross-connect horizontal.
• Cabeamento entre edifícios. UTP (dados), STP-A Aplicações para dados, limitado
“A” a um total de 90 m

Cross-Connect “B”
Principal NORMAS

“C”

AJUDA SAIR
Cross-Connect Cross-Connect
Intermediário Horizontal
100
ANSI / TIA / EIA - 568 - A Continua

APRESENTAÇÃO
Área de TTrabalho
rabalho Salas de Equipamentos
Os componentes estendem-se desde tomadas/conectores de • São consideradas distintas dos armários de telecomunicações
telecomunicações do cabeamento horizontal até os equipamentos devido a sua natureza ou a complexidade do equipamento que
da estação (estes encontram-se fora do escopo das normas). nelas estão contidas.
Adaptadores necessários tais como: divisores, “baluns”, filtros • Podem cumprir algumas ou todas as funções de um armário de
etc. devem ser externos ao conjunto tomada/conector telecomunicação.
Cordão do
Cabo
• Deve ser projetada conforme ANSI/TIA/EIA-569-A.
SOLUÇÕES
equipamento
• Oferecem um ambiente controlado para armazenar
equipamentos de telecomunicações, hardware de conexão,
facilidades de aterramento e aparatos para proteção onde for
Interconexões aplicável.
• Cabos de equipamentos que estendem uma aparência de porta • Pode conter o cross-connect principal ou cross-connect
única (exemplo: hub modular) são permanentemente
terminados ou interconectados diretamente às terminações
intermediário e cross-connect horizontal para partes do PRODUTOS
edifício.
horizontais ou backbone. • Freqüentemente contêm terminais auxiliares.

Sala de Entrada de Serviço


• Consiste de cabos, hardware de conexão, e recursos de
proteção e outros equipamentos necessários para conectar o
Armários de TTelecomunicações
elecomunicações serviço externo ao cabeamento existente. TECNOLOGIA
• Devem ser projetados conforme a ANSI/TIA/EIA-569 A. • Projetado conforme ANSI/TIA/EIA-569 A.
• Função primária da terminação para distribuição do Cabo • O aterramento deve estar conforme ANSI/TIA/EIA-607.
Cordão do
cabeamento horizontal (cross-connects horizontais). equipamento
• Pode conter cross-connects principais ou intermediários.
• Proporciona um ambiente controlado para armazenar
equipamentos de telecomunicações, hardware de conexão. NORMAS
Cabeamento:
Cross-Connect x Interconexão

Cross-Connects
• Cabos para equipamentos que consolidam muitas portas num
único conector (exemplo: hub de 25 pares) são terminados
num hardware de conexão designado (específicos para
o sistema). AJUDA SAIR
• O hardware designado é então interconectado para
terminações horizontais ou backbone.
101
ANSI / TIA / EIA - 568 - A
APRESENTAÇÃO
SISTEMA DE CABEAMENTO Práticas de Instalação Código de cores para 4 pares
• Descasque o isolamento do cabo somente o suficiente para (marcas adicionais podem ser usadas)
DE 100 Ohms UTP a terminação e mantenha os pares trançados o mais perto
Categorias Reconhecidas de “Hardware” Par Cor
possível do ponto de terminação mecânica.
de Conexão de Cabos: 1 Branco-Azul/Azul
• A distância máxima destrançada do par na conexão não deve
ser maior que 13 mm.
Categoria 3: até 16 MHz. Equivalente à classe C da • Mantenha um raio de curvatura máximo de 4 vezes o diâmetro 2 Branco-Laranja/Laranja SOLUÇÕES
ISO/IEC 11801; do cabo (cabos de 4 pares).
Categoria 4: até 20 MHz. Equivalente à classe B da 3 Branco-Verde/Verde
• Use métodos apropriados para acomodar os cabos:
ISO/IEC 11801;
Categoria 5: - Braçadeiras para fixação
até 100 MHz. Equivalente à classe D da 4 Branco-Marrom/Marrom
- Bandejas para acomodar cabos
ISO/IEC 11801;
Categoria 5e: até 100 MHz. (Com requisitos adicionais); - Painéis para gerenciamento dos cabos
Categoria 6: até 250 MHz. Equivalente à classe E da ISO; - Bandas removíveis de velcro PRODUTOS
Categoria 7: até 600 MHz. Em projeto. Equivalente • Não torça o cabo demais, isto pode provocar o rompimento
à classe F da ISO. da capa.
Código de cores para cordões
Obs.: É fortemente recomendado que as novas instalações sejam especificadas • Não exceda 11 kgf de tensão de tracionamento. de emenda
para satisfazer os requisitos da categoria 5e. • Não use um grampeador revólver para posicionar cabos. (marcas adicionais podem ser usadas)
• Use braçadeiras com folga e em intervalos não regulares. Par Cor
Especificações dos Cabos • Evite o tracionamento excessivo do cabo. 1 Branco-Azul/Azul
• Horizontal: 4 pares individualmente trançados. TECNOLOGIA
• Backbone: 4 pares ou multi-pares. Patch Cables x Adapter Cables 2 Branco-Verde/Verde
• Condutores isolados sólidos 24AWG protegidos por capa. • Condutores trançados especificamente para terem flexibilidade.
Exceções (se os requisitos forem preenchidos): 3 Branco-Laranja/Laranja
• Cabos que atendem aos requisitos de performance de
• Blindagem pode ser usada se necessária.
transmissão horizontal (são permitidos valores de atenuação
• 22 AWG pode ser usado. 4 Branco-Marrom/Marrom
20% acima dos permitidos para os cabos “permanentes”
horizontais e de backbone). NORMAS
Jumpers Cross-Connect • Diâmetro de condutor isolado recomendado: 0,8 mm
até 1 mm Máximo = 1,2 mm. Par Cor
• Devem atender aos requisitos de transmissão horizontal. 1 Verde/Vermelho
• Código de cor: um condutor branco e um outro condutor • Terminais T568A ou T568B em ambas as extremidades.
de coloração distinta como o vermelho ou azul. 2 Preto/Amarelo
Conectores e Configurações
3 Azul/Laranja
Reconhecidas Pino

• Um jack/plug modular de 8 posições na configuração 4 Marrom/Cinza Escuro


T568-A ou na configuração T568-B.
• Devido ao agrupamento idêntico de pares, patch cables e AJUDA SAIR
adapter cables com configuração, seja T568-A ou T568-B, são
intercambiáveis, já que a pinagem em ambos os lados do
mesmo cordão é a mesma (pino-a-pino). T568-A T568-B
102
TSB -67
APRESENTAÇÃO
Boletim Técnico sobre Especificações Teste de Canal
de Desempenho de TTransmissão
ransmissão para Tomada de
Telecomunicação
Testes de Campo de Sistemas de
Cabeamento UTP
Cross-connect
Este boletim traz métodos de teste abrangentes para validar horizontal
as características de desempenho de transmissão para sistemas Adapter Cable SOLUÇÕES
de cabeamento UTP instalados.
Ponto de
São especificados testes para o Canal e para o Enlace, onde Consolidação
Enlace compreende o cross-connect horizontal (por exemplo ou de Transição
patch panel), o cabo horizontal e a tomada de Patch Cable

telecomunicações, e o Canal inclui também o Patch Cable e o


Adapter Cable.
É especificado que: Tipo de Cabeamento Atenuação (dB) NEXT (dB) ELFEXT (dB) Perda de Retorno (dB) ACR (dB)
PRODUTOS
• Sistemas UTP são compostos dos cabos e do hardware de Cat 5 (@ 100 MHz) 24,0 27,1 17,0 8,0 3,1
conexão especificados na norma TIA/EIA 568-A;
Cat 5e (@ 100 MHz) 24,0 30,1 17,4 10,0 6,1
• Os parâmetros de teste requeridos incluem o mapa de fiação,
comprimento, atenuação e diafonia; Classe D (PDAM3) (@ 100 MHz) 24,0 27,1 17,0 10,0 3,1
• São indicados dois níveis de aprovação ou falha, baseado na
Teste de Enlace (Básico/Permanente)
margem com relação às especificações mínimas; TECNOLOGIA
• O teste de NEXT deve ser feito em ambas as direções; Tomada de
Telecomunicação
• Equipamentos nível II estão de acordo com os requisitos
mais restritivos dentro da acuidade de medição para o Cross-connect
TSB67. Para o equipamento ser nível IIe, será preciso horizontal
verificar o desempenho com relação à categoria 5e e PDAM3;
• Os requisitos têm a intenção de validar o desempenho e
complementam os requisitos e práticas recomendadas pela Cordão de Teste
NORMAS
TIA/EIA 568-A. (2 m)

Cordão de Teste
(2 m)

Tipo de Cabeamento Atenuação (dB) NEXT (dB) ELFEXT (dB) Perda de Retorno (dB) ACR (dB)

Cat 5 (@ 100 MHz) 21,6 29,3 17,0 10,1 7,7

Cat 5e (@ 100 MHz) 21,6* 32,3 20,0 12,1 10,7*


AJUDA SAIR
Classe D (PDAM3) (@ 100 MHz) 20,6** 29,3 19,6 12,0 8,7**

* 94 m ** 90 m
103
TSB-75 Continua

APRESENTAÇÃO
PADRÃO DE CABEAMENTO PPARA
ARA EXEMPLO DE IMPLEMENTAÇÃO COM A TOMADA
DE TELECOMUNICAÇÃO MULTIUSUÁRIO (MUTO)
ESCRITÓRIOS MODULARES
(OPEN OFFICE) Área de Trabalho
Especifica metodologias de cabeamento que atendem
ambientes de escritórios modulares fazendo uso de tomadas
de telecomunicação multiusuário ou pontos de consolidação. Cabo Horizontal
SOLUÇÕES
O objetivo é aumentar a flexibilidade e diminuir custos para
espaços de escritórios com alterações freqüentes de lay-out .

Distâncias Horizontais para Enlaces


Cabos da área
de Cobre (Em Open Office com Muto)

Micro
de trabalho
PRODUTOS

Telefone
Quando usa-se tomadas de telecomunicação multiusuário,
os requisitos da TIA/EIA 568-A (seções 10.5 e 11.5) devem ser

Micro
satisfeitos. Na seção 10.5 está determinado que o comprimento

Telefone
Cross-connect
máximo dos cabos (patch e adapter cables) deve ser: horizontal no armário
C = (102 - H) / 1,2
W = C - 7 ((≤ ≤ 20 m)
TECNOLOGIA
Onde:
C = é o comprimento máximo combinado do cabo que
conecta o equipamento do usuário à tomada de Comprimento Máximo Combinado
Comprimento Máximo do Cabo da dos Cabos da Área de Trabalho e do
telecomunicação, mais o cabo que conecta o equipamento Comprimento do Cabo Horizontal
Área de Trabalho Armário de Telecomunicações
no armário de telecomunicação e o cabo que interliga os (m)
(m) (m)
patch panels;
W = é o comprimento do cabo da área de trabalho; Comprimento Máximo
90 da Área de 3 10
NORMAS
H = é o comprimento do cabo horizontal. Trabalho
85 7 14
(m)
As fórmulas acima assumem que existe um total de 7 m de 80 11 18
patch cables interligando o equipamento e os patch panels no 75 15 22
armário de telecomunicações. A tabela abaixo mostra a 70 20 27
aplicação das fórmulas.
O comprimento máximo dos cabos nas áreas de trabalho Distâncias Horizontais com Fibra Óptica (MUTO)
não podem exceder 20 m. As tomadas multiusuário devem Para cabos de fibra óptica, qualquer combinação entre os
trazer a marcação do comprimento máximo de cabos
cabos horizontais, da área de trabalho e do armário de AJUDA SAIR
permitido para a área de trabalho. telecomunicação, são aceitáveis desde que o comprimento total
não exceda 100 m. Quando o cabeamento óptico for do tipo
centralizado, deve-se seguir a orientação do TSB-72.
104
TSB-75
APRESENTAÇÃO
EXEMPLO DE IMPLEMENTAÇÃO USANDO PONTO DE CONSOLIDAÇÃO
Considerações
• É preferível usar MUTO somente onde o cabo da área de
Micro
trabalho seja acessível, por razões de facilidade de
rastreamento e possibilidade de desconexão do cabo errado; Área de Trabalho
Telefone
• Implementações usando MUTO ou Ponto de Consolidação
estão sujeitas aos mesmos requisitos finais de desempenho;
• Pontos de consolidação têm a vantagem de prover tomadas
Micro
Cabo Horizontal
SOLUÇÕES
dedicadas às áreas individuais e não necessitar de cabos Telefone
extensos nas áreas de trabalho.
Micro

Telefone Ponto de
Consolidação
PRODUTOS
Cross-Connect
Horizontal

Continua TECNOLOGIA
TSB-72
LINHAS GERAIS PPARA
ARA CABEAMENTO As instalações com interconexão ou emendadas no armário de Requisitos dos hardwares de conexão:
EM FIBRA ÓPTICA CENTRALIZADO telecomunicações devem limitar o comprimento combinado das • deve prover meios de unir as fibras de backbone
porções horizontais, backbone interno e cordões ópticos a 300 m. e horizontais, ou usando conectores ou emendas.
O cabeamento em fibra óptica centralizado tem como usuários Os cabos pull-through (o mesmo cabo encapado é É recomendado que um único método seja usado em toda a NORMAS
potenciais prédios que servem a uma única empresa e onde se continuamente puxado desde o cross-connect centralizado, instalação;
pretende ter os equipamentos ativos da rede centralizados. através do armário de telecomunicação, até a tomada de – conectores devem ser do tipo 568 SC;
O boletim especifica requisitos para o hardware de conexão e telecomunicação) devem ter comprimento menor ou igual a 90 m e – emendas podem ser por fusão ou mecânica;
linhas gerais de implementação que vão assegurar flexibilidade e devem atender aos mesmos requisitos previstos na TIA/EIA 568-A
gerenciabilidade dos enlaces ópticos. para os cabos de fibra óptica multimodo (62,5/125 µm)
Pode ser usado interconexão, emenda ou pull-through. horizontais.
O projeto, de qualquer um dos três tipos, deve permitir
migração (em parte ou total) para implementação de
As distâncias máximas para o cabeamento horizontal
permanecem sendo os especificados na seção 4 da TIA/EIA 568-A.
cross-connects e equipamentos ativos distribuídos nos armários AJUDA SAIR
de telecomunicações.
O uso de uma interconexão entre o backbone e o cabeamento
horizontal é reconhecido por oferecer maior flexibilidade,
gerenciabilidade e fácil migração para cross-connection.
105
TSB-72

APRESENTAÇÃO
• deve prover meios de identificar os circuitos. A LINHAS GERAIS PARA CABEAMENTO EM FIBRA
Interconexão de
administração deve ser feita por pares de fibra, apesar da Emenda
conectorização poder ser simplex ou duplex; Cabo Horizontal
• deve ser possível adicionar e remover cabos.
Armários de
Cabo Backbone Área de Trabalho
Telecomunicação

SOLUÇÕES

Sala de Equipamento PRODUTOS

TSB-95
PARÂMETROS ADICIONAIS DE DESEMPENHO • Far End Crosstalk (FEXT) & Equal Level Crosstalk (ELFEXT) extremidade deve receber todos os componentes ao mesmo TECNOLOGIA
(par-a-par e “power-sum”) - FEXT é o acoplamento indesejado tempo (dentro dessa tolerância estabelecida pelo delay skew).
DE TRANSMISSÃO PPARA
ARA CABEAMENTO de energia do sinal de um transmissor localizado na O TSB-95 define ainda algumas ações corretivas para o caso de
4 PPARES Ω
ARES 100W extremidade distante nos pares vizinhos, medido na que a instalação categoria 5 não atinja os níveis especificados.
CA TEGORIA 5
CATEGORIA extremidade próxima. ELFEXT compara o nível do sinal Três tipos de procedimento podem ser adotados:
recebido daquele transmissor com o nível do “crosstalk” • Usar patch cables e adapter cable Categoria 5e de alto
O TSB-95 é um boletim técnico informativo e não contém
(em oposição ao NEXT que usa o nível de transmissão do sinal desempenho;
requisitos mandatórios.
ao invés do nível de recepção). Power Sum ELFEXT leva em • Reduzir o número de conexões do enlace;
NORMAS
Nele são recomendados novos parâmetros de teste para
conta o efeito cumulativo de sinais em múltiplos pares • Refazer alguns conectores do enlace.
qualificar os sistemas de cabeamento categoria 5, novos ou já
(transmissão de sinais em 3 dos 4 pares do cabo causando
existentes, para uso com Gigabit Ethernet.
crosstalk no 4º par). Obs.: o Gigabit Ethernet Alliance recomenda que todas as novas
Os parâmetros introduzidos são:
• Delay Skew - O atraso de propagação (Propagation Delay) é a instalações onde se pretenda usar o Gigabit Ethernet sejam
• Perda de Retorno (Return Loss - RL) - É uma medida da
medida de quanto tempo o sinal leva para viajar de uma especificadas como Categoria 5e.
energia refletida causada por descasamento de impedâncias no
extremidade a outra do link. Em sistemas que usam vários pares
sistema de cabeamento e é especialmente importante para
para a transmissão simultânea de sinais é importante que o tempo
aplicações que usam transmissão full-duplex . Quando
de viagem seja o mesmo em todos os pares. Delay Skew é a
componentes do cabeamento, por exemplo cabo e conector,
têm valores de impedância diferentes, ao passar de um para o medida da diferença entre os tempos de propagação nos AJUDA SAIR
diferentes pares. Há um limite máximo para esse valor, de forma
outro, parte do sinal é refletida de volta e o sinal que prossegue
que se um sinal transmitido é dividido em componentes e cada
é mais fraco (por isso o nome “perda de retorno”).
componente usa um par diferente, o receptor na outra
106
ANSI / TIA / EIA - 569 - A Continua

APRESENTAÇÃO
NORMA DE CONSTRUÇÃO COMERCIAL Percursos Internos nos Edifícios Armário de TTelecomunicações
elecomunicações
• Fornecem os meios para a colocação de cabos backbones • Dedicado exclusivamente à infra-estrutura das
EIA/TIA-569 PPARA
ARA ESPAÇOS
ESPAÇOS a partir: telecomunicações.
E PERCURSOS – Da sala ou espaço de acesso para armários de • Equipamentos e instalações estranhos às telecomunicações não
DE TELECOMUNICAÇÕES telecomunicações. devem ser instalados nos armários de telecomunicações, nem
– Da sala de equipamento para a sala ou espaço de acesso, passar através ou entrar neles.
Esta norma foi criada em 1990 como resultado de um esforço
ou armários de telecomunicações. • Mínimo de um armário por andar.
SOLUÇÕES
conjunto da Associação Canadense de Normas (CSA) e
• São compostos por conduíte, manga de conexão, aberturas • Devem ser providenciados armários adicionais para cada área
Associação das Indústrias Eletrônicas (EIA). É publicada
e bandejas. acima de 1.000 m2 sempre que:
separadamente nos Estados Unidos da América e no Canadá, no
- A área atendida do andar for maior que 1.000 m2.
entanto as seções centrais das duas são muito semelhantes. A
Percursos entre os Edifícios - A distância horizontal ultrapasse 90 m.
edição atual é de fevereiro de 1998.
Esta norma indica os seguintes elementos para espaços e • São compostos por percursos de cabos subterrâneos,
percursos de telecomunicações em construções: enterrados, aéreos ou em túneis. PRODUTOS
DIMENSÕES RECOMENDADAS PARA O ARMÁRIO
• Percursos Horizontais. (BASEADO EM 1 ESTAÇÃO DE TRABALHO A CADA 1O m2 )
• Armários de Telecomunicações. Estação de TTrabalho
rabalho
Área Atendida (m2 ) Dimensões do Armário (mm)
• Percursos para Backbones. • Espaço interno de um edifício onde um ocupante interage com
• Sala de Equipamentos. dispositivos de telecomunicações. 1.000 3.000 x 3.400
• Estação de Trabalho. 800 3.000 x 2.800
• Sala de Entrada de Serviços. Tomadas de TTelecomunicações
elecomunicações 500 3.000 x 2.200
TECNOLOGIA
• Localização do ponto de conexão entre o cabo horizontal e os
Percursos Horizontais dispositivos de conexão do cabo na área de trabalho.
• Implicam em infra-estruturas para a instalação de cabo de • Refere-se à caixa (alojamento) ou espelho em geral, ao
telecomunicações proveniente do armário de telecomunicações contrário das tomadas incluindo os conectores
e destinado a uma tomada/conector de telecomunicações. de telecomunicações individuais.
• Os percursos horizontais podem ser dos tipos: canaleta sob o • É necessário uma tomada no mínimo, por
piso, piso de acesso, conduíte, bandejas e tubulações de fiação, estação de trabalho(duas por área de NORMAS
forro e perímetro. trabalho).
• As diretrizes e os procedimentos de projeto são diretamente • A alocação de espaço de trabalho é tipicamente
especificadas para esses tipos de percursos. uma a cada 10m2.
• Pelo menos uma tomada de energia deve ser
Percursos para Backbones instalada perto de cada tomada de
• Consistem nos percursos internos (dentro de um edifício) telecomunicações.
e entre edifícios (externos).

AJUDA SAIR
107
ANSI / TIA / EIA - 569 - A
APRESENTAÇÃO
Sala de Equipamentos ESPAÇO MÍNIMO NO PISO PARA Separação em Relação a Fontes de Energia
EQUIPAMENTO E TERMINAÇÃO
• Espaço direcionado para equipamentos de telecomunicações. Eletromagnética
Espaço Bruto
• Acomoda somente equipamentos diretamente relacionados Dimensões da Sala (mm) • A instalação conjunta de cabos de telecomunicações e
Área Atendida (m2 )
com o sistema de telecomunicações e o sistemas de suporte
10.000 3.660 x 1.930 cabos de energia é governada pela norma de segurança
ambiental correspondentes.
20.000 3.660 x 2.750 elétrica aplicável.
• Dimensionamento:
Para atender aos requisitos conhecidos do equipamento 40.000 3.660 x 3.970 • Os requisitos mínimos para separação entre circuitos de SOLUÇÕES
específico. 50.000 3.660 x 4.775 alimentação (120/240 V, 20 A) e cabos de telecomunicação
Se o equipamento for desconhecido planeje uma área de 60.000 3.660 x 5.588 nos EUA são dados pelo artigo 800-52 da ANSI/NFPA 70
0,07 m² de espaço para cada 10 m² de área de trabalho. 80.000 3.660 x 6.810 que prevê :
Deverá ter uma área mínima de 14 m². – cabos de telecomunicação devem estar fisicamente
100.000 3.660 x 8.440
Para os edifícios com utilização especial (hotéis, hospitais, separados dos condutores de energia;
laboratórios) o dimensionamento deve basear-se no número – quando na mesma canaleta, deve existir separação por
de estações de trabalho do seguinte modo: Salas de Entrada de Serviços barreiras dentro das canaletas para os cabeamentos lógico PRODUTOS
• Consiste na entrada dos serviços de telecomunicações ao e elétrico;
edifício, incluindo o ponto de acesso através da parede e – inclusive dentro de caixas ou compartimentos de tomadas,
E S PAÇO DE PISO NA SALA DE EQUIP AMENTOS
PARA EDIFÍCIOS DE UTILIZAÇÃO ESPECIAL seguindo até a sala ou espaço de entrada. deve haver separação física total entre os cabeamentos.
Nº de Estações de Trabalho Área (m²) • Todos os provedores de serviço e companhias operadoras • Para reduzir o acoplamento de ruído produzido por fiação
Até 100 14 de telecomunicação envolvidas devem ser contratadas para elétrica, fontes de rádio-freqüência, motores e geradores de
de 101 a 400 37 estabelecer seus requisitos e explorar alternativas para o grande porte, aquecedores de indução e máquinas de solda, as
fornecimento dos serviços. seguintes precauções devem ser consideradas: TECNOLOGIA
de 401 a 800 74
de 801 a 1.200 111
• Pode conter os percursos de backbone que interligam outros – aumentar a separação física;
edifícios nos ambientes de prédios distribuídos. Entradas de – os condutores linha, neutro e terra da instalação elétrica
antenas também podem fazer parte da sala de entrada. devem ser mantidos juntos (trançados, presos com fita ou
• Uma entrada de serviços alternativa deve ser providenciada amarrados juntos) para minimizar o acoplamento indutivo
ESPAÇO MÍNIMO EM PAREDE PARA onde houver requisitos especiais de segurança, continuidade no cabeamento de telecomunicações;
EQUIPAMENTO E TERMINAÇÃO
Espaço Bruto
do serviço ou outro qualquer. – usar protetores contra surtos nas instalações elétricas para NORMAS
Comprimento da Parede (mm) • Equipamentos não relacionados à entrada de serviço de limitar a propagação de descargas;
Área Atendida (m2 ) telecomunicação, como encanamento, bombas hidráulicas etc. – usar canaletas ou conduítes metálicos, totalmente fechados e
1.000 990 não devem ser instalados nem passar através da sala. aterrados, ou usar o cabeamento instalado próximo a
2.000 1.060 • Tipicamente os serviços entram no prédio por uma ou mais superfícies metálicas aterradas, estas são medidas que irão
4.000 1.725 vias: subterrânea, diretamente enterrada ou aérea, por túneis limitar o acoplamento de ruído indutivo.
5.000 2.295 de serviço. Cada uma delas com particularidades e
6.000 2.400 recomendações próprias.
8.000 3.015
10.000 3.630
AJUDA SAIR
108
ANSI / TIA / EIA - 568 - B Continua

APRESENTAÇÃO
O documento ANSI/TIA/EIA-568-B substituiu, em 2001, o C ABEAMENTO BACKBONE • Cabo de 2 fibras ópticas 62,5/ 125 µm e/ou 50/ 125 µm e
ANSI/EIA/TIA-568-A como o " Padrão de Cabeamento de conectores ópticos - recomendado o SC, SFF.
Telecomunicações em Edifícios Comerciais". Os adendos 1 até • Cabo STP-A 150 Ohms e conector (não recomendado para
5 do documento 568-A e todos os TSBs (Technical Systems Bulletins Meios de TTransmisão
ransmisão Reconhecidos novas instalações)
62, 67, 72, 75 e 95), foram incorporados no padrão 568-B. • Cabo par trançado sem blindagem, 4 pares 100 Ohms (UTP). • É permitido um ponto de transição o consolidação
O novo documento é dividido em três seções: • Componentes como bridges, taps e splices não são permitidos
• B.1 - " Comercial Building Telecommunications para soluções em UTP.
Cabling Standard " • Cabo óptico multimodo (62,5/125 µm). • Tomadas adicionais são permitidas, desde que igualem ou SOLUÇÕES
• B.2 - "Balanced Twisted Pair Cabling Components" • Cabo óptico multimodo (50/125 µm em diferença à 568-A). excedam o mínimo de performance exigido.
• B.3 - " Optical Fiber Cabling Components Standard" • Cordões de equipamento deveriam ter a mesma performance
dos patch cords.
ANSI/ TIA/ EIA-568 - B.1 • Cabo óptico monomodo
Este padrão incorpora e remodela o conteúdo técnico dos
ESTRUTURA DE BACKBON E E HORIZONTAL
HORIZONTAL
seguintes documentos : PARA CABEAMENTO METÁLICO E ÓPTICO PRODUTOS
• TIA/ EIA TSB 6767, Transmission Performance Specifications CABEAMENTO HORIZONTAL
HORIZONTAL
for Field Testing of Unshielded Twisted Pair Cabling Systems; Distâncias
• TIA/ EIA TSB 72 , Centralized Optical Fiber Cabling; Meios de TTransmissão
ransmissão Reconhecidos Depende da aplicação
• TIA/ EIA TSB 7575, Additional Horizontal Cabling Practices • Cabo par trançado sem blindagem, 4 pares 100 Ohms ou SC/TP
for Open Offices ; (Screened Twisted Pair). A - Cross-Connect Principal para Horizontal
• TIA/ EIA TSB 9595, Additional Transmission Performance BACKBONE - SISTEMA PRIMÁRIO
Guidelines for 4-Pair 100 Ohms Category 5 Cabling ;
EIA-568-A-1, Propagation Delay and Delay Skew
• ANSI/ TIA/ EIA-568-A-1 • Cabo óptico multimodo de 2 fibras (62,5/ 125 µm).
Meios de Transmisão Distância TECNOLOGIA
Fibra Multimodo 62,5/125µm ou Fibra 50/125µm 2000m
Specifications for 100 Ohms 4 Pair Cable ; • Cabo óptico multimodo (50/ 125 µm em diferença à 568-A ).
Fibra Monomodo 3000m
EIA-568A-2, Corrections and Additions to
• ANSI/ TIA/ EIA-568A-2
UTP (voz) 800m
TIA/EIA-568-A; • Cabo par trançado blindado 2 pares 150 Ohms
EIA-568-A-3, Performance Specifications for
• ANSI/ TIA/ EIA-568-A-3 UTP (dados) 90m
(STP-A) – não recomendado para novas instalações.
Hybrid Cables;
EIA-568-A-4, Production Modular Cord NEXT
• ANSI/ TIA/ EIA-568-A-4 B - Cross-Connect Principal ao Intermediário
Loss Test Method and Requirements for Unshielded Twisted BACKBONE - SISTEMA PRIMÁRIO NORMAS
Pair Cabling; Meios de Transmisão Distância
Área de TTrabalho
rabalho
EIA-568-A-5, Transmission Performance
• ANSI/ TIA/ EIA-568-A-5 Tomadas e conectores de telecomunicações horizontais: Fibra Multimodo 62,5/125µm ou Fibra 50/125µm 1700m
Specifications for 4 Pair 100 Ohms Category 5e Cabling ; No mínimo duas tomadas / conectores de telecomunicações são Fibra Monomodo 2700m
IS-729, Technical Specifications for 100 Ohms
• TIA/ EIA/ IS-729 necessárias por área de trabalho. UTP (voz) 500m
Screened Twisted Pair Cabling;
Primeira tomada (obrigatório):
Os elementos da estrutura de sistema de cabeamento de • Cabo par trançado sem blindagem (UTP) 4 pares 100 Ohms ou C - Cross-Connect Intermediário para Horizontal
telecomunicações redefinidos pela ANSI EIA/TIA 568-B são : SC/TP e conector associado (Categoria 5e recomendado). BACKBONE - SISTEMA PRIMÁRIO
Meios de Transmisão Distância
Segunda tomada: Fibra Multimodo 62,5/125µm 2000m AJUDA SAIR
• Cabo par trançado sem blindagem (UTP) 4 pares 100 Ohms e Fibra 50/125µm -
Conector (Categoria 5e é o mínimo permitido pelo documento
Fibra Monomodo 2500m
do 568-B);
UTP (voz) 300m
109
ANSI / TIA / EIA - 568 - B Continua

APRESENTAÇÃO
PERDA DE INSERÇÃO PERDA DE RETORNO NEXT
ANSI/TIA/ EIA-568-B.2 Cabo
Freqüência Cat 3 Cat 5e Cat 6 Freqüência Cat 5e Cat 6 Freqüência Cat 3 Cat 5e Cat 6
BALANCED TWISTED PAIR Horizontal (MHz) (dB) (dB) (dB) (MHz) (dB) (dB) (MHz) (dB) (dB) (dB)
0,772 2,2 1,8 1,8 1,0 17,0 20,0 0,772 43,0 67,0 76,0
CABLING COMPONENTS 1,0 2,6 2,0 2,0 4,0 17,0 23,0 1,0 41,3 65,3 74,3
Inclui os requisitos de melhoria de 4,0 5,6 4,1 3,8 8,0 17,0 24,5 4,0 32,3 56,3 65,3
8,0 8,5 5,8 5,3 10,0 17,0 25,0 8,0 27,8 51,8 60,8
performance para cabos UTP e
correspondente conexão de hardware 10,0 9,7 6,5 6,0 16,0 17,0 25,0 10,0 26,3 50,3 59,3 SOLUÇÕES
16,0 13,1 8,2 7,6 20,0 17,0 25,0 16,0 23,2 47,2 56,2
Categoria conector 25,0 16,0 24,3 20,0 - 45,8 54,8
20,0 - 9,3 8,5
fêmea, 5e e 6. 25,0 - 10,4 9,5 31,25 15,1 23,6 25,0 - 44,3 53,3
31,25 - 11,7 10,7 62,5 12,1 21,5 31,25 - 42,9 51,9
62,5 - 17,0 15,4 100,0 10,0 20,1 62,5 - 38,4 47,4
100,0 - 22,0 19,8 200,0 - 18,0 100,0 - 35,3 44,3
200,0 - - 29,0 250,0 - 17,3 200,0 - - 39,8
250,0 - - 32,8 250,0 - - 38,3 PRODUTOS
Conexão de Hardware
PERDA DE INSERÇÃO PERDA DE RETORNO NEXT
Freqüência Cat 3 Cat 5e Cat 6 Freqüência Cat 5e Cat 6 Freqüência Cat 3 Cat 5e Cat 6
(MHz) (dB) (dB) (dB) (MHz) (dB) (dB) (MHz) (dB) (dB) (dB)
1,0 0,1 0,1 0,10 1,0 30,0 30,0 1,0 58,0 65,0 75,0
4,0 0,2 0,1 0,10 4,0 30,0 30,0 4,0 46,0 65,0 75,0
8,0 0,3 0,1 0,10 8,0 30,0 30,0 8,0 39,9 64,9 75,0
10,0 0,3 0,1 0,10 10,0 30,0 30,0 1,0 38,0 63,3 74,0 TECNOLOGIA
16,0 0,4 0,2 0,10 16,0 33,9 58,9 69,9
16,0 30,0 30,0
20,0 - 0,2 0,10 20,0 30,0 30,0 20,0 - 57,0 68,0
25,0 - 0,2 0,10 25,0 30,0 30,0 25,0 - 55,0 66,0
31,25 - 0,2 0,11 31,25 30,0 30,0 31,25 - 53,1 64,1
62,5 - 0,4 0,16 62,5 24,1 28,1 62,5 - 47,1 58,1 PARADIAFONIA - CATEGORIA 6
100,0 - - 0,20 100,0 20,0 24,0 100,0 - 43,0 54,0
200,0 - - 0,28 Freqüência Limite do Cordão (dB)
200,0 - 18,0 200,0 - - 48,0
250,0 - - 0,32 250,0 - 16,0 250,0 - - 46,0 (MHz) 2m 5m 10m NORMAS
1,0 65,0 65,0 65,0
4,0 65,0 65,0 65,0
PERDA DE RETORNO 8,0 65,0 65,0 65,0
Cordões de NEXT - CATEGORIA 5
Freqüência Cat 5e Cat 6 10,0 65,0 65,0 63,4
Freqüência Limite do Cordão (dB) (MHz) (dB) (dB) 16,0 62,5 61,0 59,5
Manobra (MHz) 2m 5m 10m 1,0 25,0 25,0 20,0 60,6 59,1 57,7
1,0 65,0 65,0 4,0 25,0 25,0 25,0 58,6 57,3 55,9
4,0 62,3 61,5 60,4 8,0 25,0 25,0 31,25 56,7 55,4 54,1
8,0 56,4 55,6 54,7 10,0 25,0 25,0 62,5 50,9 49,7 48,6
10,0 54,5 53,7 52,8 16,0 25,0 25,0 100,0 46,9 45,8 44,9
16,0 50,4 49,8 48,9 20,0 24,0 25,0 125,0 44,4 43,6 42,9
20,0 48,6 47,9 47,1 31,25 23,1 23,1 150,0 42,3 41,7 41,3 AJUDA SAIR
25,0 46,7 46,0 45,3 62,5 20,1 20,1 175,0 40,5 40,1 39,8
Obs: Requisitos das Categorias 3 e 5e são aprovados pela 31,25 44,8 44,2 43,6 100,0 18,0 18,0 200,0 38,9 38,7 38,6
ANSI/ TIA/ EIA-568-A. Requisitos da Categoria 6 são valores 62,5 39,0 38,5 38,1 200,0 - 15,0 225,0 37,5 37,4 37,5
propostos em drafts contidos em adendos. 100,0 35,1 34,8 34,6 250,0 - 14,0 250,0 36,6 36,3 36,5
110
ANSI / TIA / EIA - 568 - B Continua

APRESENTAÇÃO
PARÂMETROS DE DESEMPENHO DE TRANSMISSÃO Raio de Curvatura Mínimo e Força de TTensionamento
ensionamento
ANSI/EIA/TIA-568B ISO/IEC 11801 Freqüência(MHz) Aplicação Comentários • Cabos de 2 e 4 fibras utilizados para cabeamento horizontal
devem suportar raio de curvatura de 25mm (1" ) sob nenhuma
Categoria 3 Classe C Até 16 MHz 802.5 - 4 Mbps Tipicamente utilizado
Token Ring 802.3 condição de carga.
para suportar voz
10BASE-T • Cabos de 2 e 4 fibras para serem lançados através do caminho
- Para TIA/EIA 802.5 - 16Mbs Não mais reconhecida horizontal durante a instalação devem suportar raio de
Categoria 4 somente até 20MHz Token Ring
155 Mbps ATM
pela TIA/EIA
Não mais reconhecida
curvatura de 50mm (2") sob tração de 222N (50 lbf). SOLUÇÕES
Categoria 5 Classe D Até 100MHz • Todas as outras fibras internas devem suportar um raio de
1000 Base-T * pela EIA/TIA
Recomendado como o mínimo curvatura de 10 vezes o diâmetro externo do cabo sob
155 Mbps ATM para futuras instalações pela: nenhuma condição de carga e 15 vezes o diâmetro externo sob
Categoria 5e Classe D Até 100MHz 1000 Base-T TIA/EIA, IEEE e fabricantes uma tensão de carga no cabo até o limite avaliado.
de equipamentos ativos • Cabos para planta externa devem suportar raio de curvatura de
* Somente se o canal/enlace seguir os critérios de uma performance de transmissão esquematizado pelo TSB-95 10 vezes o diâmetro sob nenhuma condição de carga e
20 vezes o diâmetro externo quando se trata de tensão de carga PRODUTOS
PARÂMETROS DE DESEMPENHO DE TRANSMISSÃO PARA CATEGORIAS NÃO PADRONIZADAS no cabo até o limite avaliado.
• Cabos para ambientes externos (outside plants) devem ter um
ANSI/EIA/TIA-568B ISO/IEC 11801 Freqüência(MHz) Aplicação Comentários mínimo de 2670N (600lbf) de força de tensão.
As aplicações estão
atualmente sendo
Categoria 6 Classe E Até 250 MHz desenvolvidas dentro de Conectores 568SC
várias organizações de
Todas padrões para • A posição das 2 fibras no conector e adaptador 568 SC devem
aplicações Categoria 6 ser referenciadas como posição A e posição B. TECNOLOGIA
listadas acima e
tecnologias Solução totalmente • Os adaptador 568 SC devem executar um pair-wise cross-over
Categoria 7 Classe F Para ISO/IEC emergentes “shielded”, interface RJ-45 entre os conectores.
somente até 600MHz não padrão e indicada
primeiramente para o • O conector / adaptador multimodo deve ser bege.
mercado Europeu • O conector / adaptador monomodo deve ser azul.

ANSI/EIA/TIA-568-B.3 - OPTICAL FIBER Conectores SFF (Small Form Factor) NORMAS


CABLING COMPONENTS ST ANDARD
STANDARD • Pode ser usado em cross-connect horizontal intermediário e
principal, pontos de consolidação e áreas de trabalho.
Este padrão incluiu requisitos de transmissão de cabos/ Especificações de Performance para Conectores
componentes de fibras ópticas: Ópticos Multimodo e Monomodo
• Especificações de performance para fibras ópticas 50/125µm; • Máxima perda de inserção para todos os tipos de conectores
• Raio de curvatura mínima e força de tensionamento máximo é 0.75dB.
para cabeamento óptico horizontal ( inside e outside plant ); • Máxima perda de retorno é -20dB para cabos multimodo
• Permite o uso do projeto alternado dos conectores (SFF-Small e -26dB para cabos monomodo.
Form Factor) em adição ao 568SC; AJUDA SAIR
• Especificações genéricas de performance completas para
conectores ópticos.
111
ANSI / TIA / EIA - 568 - B Continua

APRESENTAÇÃO
PARÂMETROS DE DESEMPENHO DE TRANSMISSÃO EM CABOS DE FIBRAS ÓPTIC0S (patch cord).
Mínima Capacidade de Por vários anos a TIA tem estudado efeitos prejudiciais que os
Transmissão de cordões de manobra têm no desempenho do canal. Este adendo
Tipo de Cabo Comprimento Atenuação Máxima Informações
de Fibra Òptica de Onda (nm) (dB/km) para Sobrecarga de define a metodologia de teste de paradiafonia de cordões
Lançamento(MHz/km) modulares de manobra. Assim como uma nota, este adendo
50/125µm 850 3,5 500
Multimodo 1300 1,5 500 especifica somente testes relacionados a cordões de manobra
62,5/125µm 850 3,5 160 Categoria 5 quando medidos com um teste principal específico, SOLUÇÕES
Multimodo 1300 1,5 500 que consolida o adendo ao requerido na norma. Não se pode
Monomodo 1310 1 N/A usar esta metodologia de teste descrita neste adendo para
Planta Interna 1550 1 N/A
cordões de manobra Categoria 5e ou Categoria 6.
Monomodo 1310 0,5 N/A
Planta Externa 1550 0,5 N/A

categoria especificada.
Norma atual ANSI/TIA/EIA-568-A-5 (Adendo 5)
PRODUTOS
OVER
OVERVIEW
VIEW DOS ADENDOS PROPOSTOS • Liberado como ANSI/TIA/EIA-568-B.2
PELA TIA/EIA 568 • Guia Adicional de Performance de TTransmissão
ransmissão para
Norma Atual ANSI/TIA/EIA-568-A-2 (Adendo 2)
Cabeamento 100 Ohms Categoria 5
• Os seguintes adendos foram propostos sob a TIA/EIA/568-A, e • Liberado como ANSI/TIA/EIA-568-B.1, B.2, B.3
O comitê do IEEE 802.3 requisitou que a TIA incorpore uma
incorporados pelo documento ANSI/TIA/EIA-568-B. • Editorial e correções Técnicas para ANSI/TIA/EIA-568-A
margem dentro das requisições existente da Categoria 5 para
assegurar uma transmissão bidirecional robusta. Desenvolvimento
Norma Atual ANSI/TIA/EIA-568-A-3 (Adendo 3)
Norma Atual ANSI/TIA/EIA-568-A-1 (Adendo 1) • Liberado como ANSI/TIA/EIA-568-B.2
de certas aplicações de alta velocidade como o Gigabit Ethernet TECNOLOGIA
(1000Base-T), trouxe necessidade de requisitos adicionais de
• Liberado como ANSI/TIA/EIA-568-B.2 Este documento adiciona definições tanto quanto requisitos para
transmissão; FEXT, ELFEXT, PSELFEXT, PSNEXT. Aplicações que
• Especificações de "Propagation Delay" e "Delay Skew" para cabos "bundled" e "híbridos" . Cabos "bundles" são uma
usam todos os 4 pares para sinalização simultânea bidirecional
Cabos 4 pares 100 Ohms combinação de dois ou mais cabos encapsulados juntos para
(GigaBit Ethernet - full duplex), requer estes parâmetros. A
Com a demanda de aplicações em alta velocidade, a formar uma única unidade. Um cabo híbrido é uma combinação
Categoria 5e reconhece avanços na tecnologia de cabeamento e
necessidade de performance de parâmetros adicionais de dois ou mais cabos, podendo ser construído com o mesmo ou
fornece performances mais elevadas que o canal Categoria 5. A
(delay e delay skew) são obrigatórios. diferentes tipos/categorias de cabos, coberto por uma única capa.
liberação do documento ANSI/TIA/EIA-568B, estabeleceu a NORMAS
Atraso de propagação é o tempo perdido entre a transmissão e Os novos requisitos de performance para os cabos híbridos e
Categoria 5e como o mínimo de performance requerida para
recepção do sinal. Delay skew é a diferença no atraso de "bundled " especificam que a soma das perdas por paradiafonia
todas as presentes e futuras instalações.
propagação entre dois pares quaisquer. Este parâmetro é entre um par sobre interferência e todos os pares externos ao
A Categoria 5 foi definitivamente abolida, não havendo menção
fundamental para qualquer aplicação que utilize múltiplos pares cabo "bundled" ou híbrido devem ser 3dB melhor do que a
alguma da Categoria 5 nas seções normativas do padrão.
com transmissão paralela. O adendo inclui métodos de medida e paradiafonia par-a-par reconhecida na faixa de freqüência
variação permitida dentro de uma linha de condições específicas especificada.
de operação. O Delay skew do cabo, não deve exceder Performance de TTransmissão
ransmissão para Equipamentos de TTeste
este
45ns/100m entre 1MHz e a mais alta freqüência de qualquer Norma atual ANSI/TIA/EIA-568-A-4 (Adendo 4)
(scanners) - TSB-67
• Liberado como ANSI/TIA/EIA-568-B.2
• Método de TTeste
este de Perda por NEXT
NEXT,, na Produção de Cordões
• Liberado como ANSI/TIA/EIA-568-B.2 AJUDA SAIR
O TSB 67 publicado em 1995 forneceu premissas para o teste em
Modulares
campo conhecidas como LINK e CHANNEL. Mudanças foram
Ao medir a transmissão de performance de um canal específico,
incorporadas pela 568-B, no sentido de estabelecer melhores
o ponto de conexão mais fraco é o cordão de manobra
112
ANSI / TIA / EIA - 568 - B
APRESENTAÇÃO
PADRONIZAÇÕES PARA EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO (FIELD TESTERS)
Nível de Performance Padronização Reconhecida Sistema de Cabeamento
Nível I e II TIA TSB-67 TIA categoria 5 • Link Permanente (568 B):
Nível II e TIA TSB 95 GigaBit Ethernet - TIA cat. 5 Pela especificação do documento ANSI/TIA/EIA 568-B.2-1 , o “Link Permanente” de até 90m de
com RL, ELFEXT e PSELFEXT cabeamento horizontal e uma conexão em cada extremidade. Igualmente pode incluir um
Nível II e TIA/EIA-568-A-5 TIA categoria 5e ponto de consolidação opcional.
Nível II e TIA/EIA-568-B.2 TIA categoria 5e
Nível II e IEC 61935-1 ISO / IEC 11801-2000 classe D
A configuração "Link Permanente" exclui ambos cordões de teste do scanner e a conexão com SOLUÇÕES
o mesmo.
Nível III TIA/EIA-568-B-A1 TIA categoria 6
Nível III Rev.1 para IEC 61935-1 ISO / IEC 11801-2000 Classe E LINK PERMANENTE
Ponto de

Teste em Campo
Instrumento de
Telecomunicações Conexão ou Interconexão
Hand Held
Metodologias de TTeste
este e Configuração : Test Cord Cruzada Horizontal Hand Held

Teste em Campo
Instrumento de
Test Cord
Existem duas configurações de testes definidas :
2m
TIA / EIA-568-B TIA/EIA-568-A
2m PRODUTOS
CP
(opcional)
Permanent Link Basic Link Patch
Channel Channel Cord
Início do 90m(295´) Final do
Link Cabo Horizontal Link

• Canal: TECNOLOGIA
• Link Básico (568 A) : Pela especificação da ANSI/TIA/EIA 568-B.2-1
568-B.2-1, o canal inclui até 90m de cabeamento horizontal,
A configuração "Link Básico", consiste de até 90m de cabeamento horizontal e uma conexão em o cordão da área de trabalho, a tomada de telecomunicação ou conector, um ponto de transição
cada extremidade; e até 2 metros do cordão do testador de cada lado do link ou conector de consolidação opcional, e duas conexões (cross-connect ) ligadas por um patch
cord e um cordão do equipamento na sala de telecomunicações.
LINK BÁSICO
Teste em Campo
Teste em Campo

Instrumento de
Instrumento de

Hand Held Conexão Cruzada


Hand Held CANAL
Test Cord Horizontal
Test Cord NORMAS
Teste em Campo
Área de
2m 2m Instrumento de Trabalho Conexão Cruzada Horizontal
Patch Cord

Teste em Campo
Ponto de

Instrumento de
Telecomunicações

Início do Final do Ponto de


Link Link Telecomunicações Equipamento TR
Patch Patch Cord
Cord

Início do
Canal Final do
Canal AJUDA SAIR
90m(295´)
Cabo Horizontal
113
ANSI/TIA/EIA-568-B.2-1 – CATEGORIA 6
APRESENTAÇÃO
Em 20 de junho de 2002, o comitê da TIA TR-42.7 “Copper Comparação das Categorias 5, 5e e 6
Cabling Committee” aprovou a publicação do padrão categoria 6.
Este avanço representa o consenso de 46 fabricantes de cabling, TIA 568-A (OUT 95) TIA 568-B (MAIO 01) TIA 568-B.2-1 (JUN 02)
100 MHZ ( dB) 100 MHZ (dB) 250 MHZ (dB)
consultores e usuários. O documento final contém especificações
finais da categoria 6 “end-to-end ”, especificações de ATENUAÇÃO (IL)*
Cabo 22,0 22,0 19,8
componentes e requerimentos para equipamentos de teste. O
padrão especifica todos os objetivos originais estabelecidos pelo
Conector
Canal
0,4
24,0
0,4
24,0
0,2
21,3 SOLUÇÕES
TR-42.1 (formalmente TR-41.8.1) do projeto PN-3727, incluindo NEXT**
: Cabo 32,3 35,3 44,3
Conector 40,0 43,0 54,0
• Compatibilidade com as categorias 5e, 5 e 3 ; Canal 27,1 30,1 39,9
• Padronização que permite produtos de diferentes fabricantes
ELFEXT**
operarem em conjunto ; Cabo Não especificado 23,8 27,8
• Compatibilidade entre o plug do patch cord e o Conector RJ-45; Conector
Canal
Não especificado
Não especificado
35,1
17,4
43,1
23,3
PRODUTOS
• Especificação completa incluindo teste de componentes, patch
cords, canal e link permanente; PERDA DE RETORNO**
Cabo 16,0 20,1 20,1
• Duas vezes a largura de banda da categoria 5e com PSACR Conector 14,0 20,0 24,0
positivo até 200 MHz ; Canal 8,0 10,0 12,0
• Todas as especificações para componentes e cabeamento * Quanto menor o valor, melhor ** Quanto maior o valor, melhor
testadas até 250 MHz .
TECNOLOGIA
Áreas e Pontos Chaves que Exigiram Novos Outras Padronizações A plicáveis para Categoria 6 ANSI/TIA-854 1000BASE-TX
A padronização ANSI/TIA-854, “A Full Duplex Ethernet Physical
Desenvolvimentos para a Especificação da Categoria 6 ISO/IEC 11801 Layer Specification for 1000Mbps (1000BASE-TX), operating over
A segunda edição do padrão ISO/IEC 11801 inclui componentes category 6 Balanced Twisted-Pair Cabling”, publicada em março
• TEST Plug Qualification for Near -end Crosstalk (NEXT) and
Near-end categoria 6, bem como cabeamento. No ISO/IEC 11801, o de 2001. A principal diferença é que este padrão exige
Far-end Crosstalk (FEXT). Trata-se dos fundamentos básicos
Far-end cabeamento categoria 6 é referido como “Class E Cabling”. cabeamento categoria 6 ao invés da categoria 5e. Em função da
para a interoperabilidade entre fabricantes de conectores fêmea e Espera-se a publicação efetiva ainda para 2002 . As especificações melhor performance do canal categoria 6, este padrão não NORMAS
macho; dentro da ISO/IEC 11801 são essencialmente as mesmas contidas requer NEXT cancellation ou echo cancellation , reduzindo custo,
• Patch Cord Performance Requirements and TTest est no documento ANSI/TIA-568-B.2-1. complexidade e consumo de potência dos chipsets TIA-854 em
Specifications. O teste de patch cords é a chave para a garantia da comparação com os chipsets compatíveis com o padrão IEEE
interoperabilidade. Isto foi incluído no padrão categoria 6 como CENELEC EN-50173 1000BASE-T.
um requerimento fundamental e não como um adendo ; A segunda edição da EN 50173, também inclui componentes
• Measurement Procedures for Connecting Hardware NEXT categoria 6 e o cabeamento. Sua publicação igualmente está ATM Fórum LAN Standards
and FEXT
FEXT.. Estes procedimentos solicitaram a criação de novas prevista para 2002. As especificações deste documento são as O forum ATM publicou em janeiro de 2001, o padrão
metodologias de fixação, calibração etc. mesmas contidas no ANSI/TIA-568-B.2-1 e a ISO/IEC 11801 ATM FB-PHY-0162.000. Este padrão oferece uma taxa de
second edition. transmissão de 1000Mbps sobre canais categoria 6 de 100m, AJUDA SAIR
usando o formato de células ATM padrão. A versão ATM do
padrão Gigabit oferece conectividade entre rede LAN, MAN e WAN,
que utilizam o protocolo ATM.
114
TIA / EIA - 570 - A
APRESENTAÇÃO
também para facilitar movimentações, adições e modificações
ESCOPO afastado for superior a 100 metros
no cabeamento estruturado dentro da mesma. Normalmente é
deve-se contactar o provedor de
necessário energia elétrica dentro do dispositivo de
acesso para especificar equipamentos
distribuição, porém deve-se manter uma distância mínima de
de amplificação e transmissão
1,5 metros entre as tubulações de cabos de energia elétrica e
adequados.
as demais.
SOLUÇÕES
Auxiliary Disconnect Outlet
Outlet Cable
(ADO) • Os outlet cables provêem o caminho de transmissão entre o
• Provê ao dono da casa um meio de dispositivo de distribuição e os conectores nos espelhos. O
desconectar o provedor de TV a cabo comprimento máximo destes cabos não deve ser maior do que
ou a operadora de telecomunicações. 100 m, incluindo os cordões de equipamento e os patch cords.
O ADO deve ser posicionado,
preferencialmente, no dispositivo de
Os cabos reconhecidos pela norma são UTP 4 pares, fibra PRODUTOS
óptica multi e monomodo, e cabos coaxiais RG6.
distribuição ( DD - Distribuitor
Fonte: TIA/EIA-570-A Residential Telecommunications Cabling Standard Device) Residential Gateway (RG)
CABEAMENTO RECOMENDADO Distribution Device (DD)
• Dispositivo ativo que permite a comunicação entre as redes
internas da residência e entre a residência e as redes dos
• GRADE 1: provê um sistema de cabeamento genérico que • Um dispositivo de conexões cruzadas localizado no interior da provedores de acesso. Pode ser um Cable Modem, um
atende os requisitos mínimos para serviços básicos de casa. Os cabos que partem dos espelhos de cada dependência da Modem xDSL, ou outro tipo de Gateway Residencial. TECNOLOGIA
telecomunicações. Aplicações típicas consistem em telefone, casa terminam no DD. O dispositivo de distribuição é utilizado
fax, modem e TV a Cabo, incluindo cable modem e xDSL. para conexões de provedores de acesso com a residência, e

• GRADE 2: provê um sistema de cabeamento genérico que


atende os requisitos mínimos para os serviços básicos,
avançados e multimídia de telecomunicações. Aplicações
típicas consistem em telefone, fax, modem e TV a Cabo,
Cabeamento Grade 1 Grade 2 NORMAS
(1) Cat. 3 (1) Cat. 5
incluindo cable modem e xDSL. UTP 4 pares 100 ohm (ANSI/TIA/EIA-586-A-5) Cat. 5 Recomendado Cat. 5 Recomendado
(1) Series 6 (1) Series 6
Tri-shield ou Quad-shield Tri-shield ou Quad-shield
ALGUNS TERMOS NOVOS 75 ohm coaxial (SCTE-IPS-SP-001) Recomendado Recomendado

Fibra Óptica (ANSI/TIA/EIA-492AAAC - 50/125 µm multimodo


Network Interface Device (NID) e ANSI/TIA/EIA-492AAAA-A) - 62,5/125 µm multimodo
• O ponto de demarcação do provedor de TV a cabo ou da
operadora de telecomunicações. O NID é basicamente uma
Serv iços Grade 1 Grade 2
caixa fixada na parede da residência, para onde chegam os
Telefone x x AJUDA SAIR
cabos das operadoras de TV a cabo e de telefonia e de onde Televisão x x
parte todo o cabeamento para os cômodos da casa. Quando a Dados x x
distância entre o ponto de demarcação e o conector mais Multimídia Limitado x
115
AJUDA
APRESENTAÇÃO
Este multimídia foi produzido em Adobe Acrobat® . Veja a seguir como se usa este programa.

Para Navegar pelo Leva ao início de


SOLUÇÕES
Multimídia utilize o cada capítulo.

menú rápido ao lado. Avança e retrocede.

Para sair. PRODUTOS

TECNOLOGIA

Também se pode navegar pela barra do Acrobat.


NORMAS

Imprima a página Localize a página Controle de avanço e Controle de zoom Para voltar ao Zoom manual.
desejada. desejada, segundo retrocesso. com escala. tamanho padrão.
assunto.
AJUDA SAIR
116
AGRADECIMENTOS
APRESENTAÇÃO
Agradecemos sua preferencia pela escolha dos produtos com a qualidade FURUKAWA.
Este Catálogo permite que você emcontre as principais características do sistema
FCS - Furukawa Cabling System.

SAÍDA
SOLUÇÕES

PRODUTOS

TECNOLOGIA
w w w . f u r u k a w a . c o m . b r
CENTROS DE GERAÇÃO DE NEGÓCIOS CENTRO DE PRODUÇÃO

SÃO PAULO - SP CURITIBA - PR


R. Av. das Nações Unidas , 11.633 14º and. R. Hasdrubal Bellegard, 820 NORMAS

Revisão 12 – Julho 2003


CEP: 04578-901 - SP Cidade Industrial – CEP: 81460-120 - PR
Tel.: (55) 11 5501-5711 – Fax: (55) 11 5501-5757 Tel.: (55) 41 341-4200 – Fax: (55) 41 341-4141
CURITIBA - PR
R. Hasdrubal Bellegard, 820
Cidade Industrial – CEP: 81460-120 - PR
Tel.: (55) 41 341-4200 – Fax: (55) 41 341-4141

AJUDA SAIR
*as informacões técnicas que contem este catálogo se baseiam em dados vigentes na época de sua elaboração.
Poderá haver alterações durante seu uso promocional se modificarem as normas e o proceso de fabricação.