Anda di halaman 1dari 15

c c c 

c
    
    


 
c  c

Base: agricultura de subsistência

 
c Técnicas rudimentares
 

  c Fraca produtividade

Maus anos agrícolas


Modelo demográfico
muito frágil (A. R.) Fomes, doenças: mortes

-    
  ! "# c
-  (Crises de mortalidade)

1
$%&  ' ()( *( 
+* ,&-. ))&%

FOMES PESTES GUERRAS

! c  12 c

 
! c 343565 (França, Inglaterra,
 //0
 c Espanha«.)
Arrefecimento do
clima (invernos
rigorosos e verões Destruição de Maus anos
húmidos agrícolas
colheitas


c : Difteria, Fuga da cidade para o
cólera, febre tifóide, campo
varíola, tosse convulsa,
escarlatina

2
  

-Inovações na agricultura
-Progressos na indústria
-Progressos nos
A partir 1730- 40 transportes
-Evolução da medicina
(formação de parteiras, Rejuvenescimento
vacinação - varíola da população
-%  -Diminuição das fomes e europeia
%(% doenças (desaparece a Aumento da
*+ %  peste negra, mais higiene, esperança média de
&79  prática da quarentena. vida
 -Nova mentalidade em
relação à criança
-/( %78(
%+%((boas colheitas
adversas à propagação de
epidemias)

3
c  c  c
! !

4
  c# c  c   : 
c
 c  c
! !

-Sociedade hierarquizada e
estratificada em ordens
-Critérios: nascimento, funções sociais
c
! desempenhadas
! ($%; -Fraca mobilidade social
 -Cada ordem distinguia-se pelos seu
estatuto jurídico, traje e forma de
tratamento.

3<  c  

1º Estado da Nação = + digno =+ próximo de Deus = + privilegiado:


-Isento de pagar impostos à coroa
-Isento de serviço militar
-Tem tribunais próprios (foro eclesiástico) e rege-se pelo direito canónico
-Detém terras e cargos importantes
-Recebe o ³dizimo´ (1/10 dos rendimentos)
-Rígida hierarquia 5
c   ‡Vive rodeado de luxo
(oriundos da nobreza: ‡Ocupa importantes cargos
cardeais, bispos , políticos e administrativos
arcebispos, abades ‡Profissões ligadas ao ensino,
de mosteiros) letras e ciências (Universidade/
produção literária)

/c   =&
( ))&78( &( Contacta com o povo e
)(> *(  depende dele
?( ( (
*((@

A<  c 
/ Bc

-Ordem de maior prestigio


-Dá ao clero membros destacados
-Ocupa os principais cargos na administração e no exército (base de apoio do
rei)
-Tem tribunais e justiça próprios
-Isenta de pagar impostos (excepto a dizima à igreja e o serviço militar ao rei
6
em caso de guerra)
c! c c
/ Bc


/ Bc  c
! 
  cc
/ Bc  !c

) príncipes,
duques: convivem Ocupa-se de cargos
com o rei, rodeados administrativos e
de luxo jurídicos
/(: pequena (magistrados)-
nobreza rural - vive burocracia do Estado;
dos rendimentos do mistura-se com a
seu senhorio; é velha nobreza pelo
respeitada casamento.
localmente

7
     c

- muito heterogéneo
-Todos pagam impostos
-Maioria (80%) : camponeses
Topo: €(  ( (professores nas Universidades
Mercadores (ricos) e Mesteirais(boticário, joalheiro, chapeleiro«) ligados
mais ao comércio
( (com ou sem terra própria)
c(9( (³ofícios mecânicos´)
Assalariados
( ,& 9 .C: mendigos, vagabundos, indigentes (marginalizados)

c /c  c

Cada grupo tem insígnias e tratamentos sociais


diferentes, inclusive na justiça
u 
- Burguesia nobilitada através
do casamento, estudo ou da ocupação de altos
cargos do Estado
Nobreza em decadência
8
c/   !

m  -Poder supremo vindo de Deus


-Todos os poderes
-Toda a responsabilidade do
Estado

›   
  
   
 
%-(%(
    


(segundo Bossuet)            

  m  Rei = ³Pai do Povo´- deve satisfazer as


necessidades do povo e proteger os fracos

 
 
independente, não deve prestar
m  qualidades que contas a ninguém;
asseguram o bom governo do Assegura o respeito pelas leis e pela justiça para
Rei:    
   evitar a anarquia e instala a lei do mais forte.
    


9
Absolutismo Régio:  %%  (   &  (
± legisla, executa e julga ( L´etat c´est moi´- Luis XIV
-Garante da ordem social estabelecida, recebe o poder de Deus que tem
de respeitar

Luís XIV: modelo de rei absoluto

(C( modelo da corte real ( espelho


do poder) feito à imagem do REI-SOL

Centro do poder
administrativo e da
corte faustosa ±
sociedade da corte

-Opulência dos banquetes e bailes


Encenação do poder -Riqueza do vestuário
e da grandeza do Rei
através de:
-Cerimonial complexo de todos os
actos

10
 c     !c

)D% 
.E &+ 
%E

-A partir de 1640: Nobreza recupera prestigio político


-Recebe cargos ligados à administração ultramarina
-Usufrui dos bens da coroa e das ordens militares
D. Jaime de Melo -Aumenta a sua riqueza fundiária
- duque de
Cadaval -Acumula a exploração das terras com o comércio e
cargos administrativos (rendimentos do comércio com o
Oriente e Índia ± Nobreza mercantilizada ± investia a
riqueza na compra de mais terras e bens de luxo e
ostentação.
-Não se investiu no desenvolvimento de uma burguesia
activa e no progresso económico do país - só com o
Marquês de Pombal isso virá a acontecer.

11
79  )C .&%+%  ( c.(&

-Redefinição do aparelho do estado e das funções dos


seus órgãos - ; F9 :

Criação de Secretarias : Defesa, finanças e justiça


Criação de várias Mesas, Conselhos e Juntas
Reforço do poder do Estado ± Rei - redução do papel das
cortes - ;  

D. João V 1697: última reunião de cortes


(1706-1750) -; F9 : nunca convocou cortes - poder absoluto
(reforma das Secretarias, nomeação de Secretários
directamente ligados ao rei)
-Pesada, lenta e ineficaz máquina burocrática.
-Governa num período de paz e riqueza (ouro brasileiro)

12
m  7  &  
-Controlo directo sobre toda a administração pública
-Deixa de reunir as cortes
; F  -Estreito controlo sobre a nobreza
mc&  )(* G
% (
-Neutralidade em relação aos conflitos europeus
78(   -Apoio ao Papa contra os turcos recebendo o título de
) fidelíssimo
m#&(  (& %
- Imitação de Luís XIV no luxo, ostentação e etiqueta (
imitação da moda francesa, teatro, ópera, fogo de artificio,
Baseado no protocolo da corte, audiências, beija-mão, missas,
modelo francês procissões, banquetes, bailes«
de Luís XIV -Representações diplomáticas com o envio de ricas
embaixadas a Viena, Paris, Roma, Madrid, China«
mc) H( (> (  %I%(
-Financiamento de bibliotecas - ex: Universidade de
Coimbra
-Apoio à música, teatro e ciência (fundação da Real
Academia de História, impressão de obras)
-Impulso à arte barroca
m-%  *( %(&78(: Palácio- Convento de
Mafra, aqueduto das Águas livres«atraindo à corte muitos
artistas nacionais e estrangeiros.

13
c  c  c c
   c   : 

3J45: Revolta contra a Espanha guerra


)I% ( -%( (, chefiada pela €
 
c Holanda torna-se a      

c   
       u! "
    u#  "$      
    % 

c   c  c/  
c  c 
! c

m1628:Carlos I assinou a Petição dos Direitos tensões sociais e guerra civil ± 1642
m1649: Cromwell leva o parlamento a condenar o rei à morte, encerra o parlamento e torna-se
repressor e ditador;
m1658: Carlos II restaura a monarquia e reforça as liberdades individuais (ex: €#  &
m'())*m m 
: D +, %   
   %   - %. #  /    &
m'()0*   uD +, %1 2    (defende
a liberdade individual e a não interferência do rei nas decisões do parlamento)
m1695: abolição da censura e direito de livre reunião
mREI: funções executivas
mPARLAMENTO: funções legislativas e órgão central do poder governativo. 14
 K  c F # c  c c
c  

-1690: Locke (de origem burguesa) publica a


obra, que influencia o pensamento político do
século XVIII- ³2º Tratado do Governo Civil´
-³Os homens nascem livres, iguais e
autónomos´ e só devem obedecer por seu
consentimento - r        
   
-O poder depende da vontade dos governados
que se podem insurgir contra os príncipes como
na Revolução de 1688, em que o rei é deposto
pelos seus súbditos.

 c Dominada por monarquias absolutas, excepto


;  a Inglaterra, onde se consolida o regime
parlamentar

15