Anda di halaman 1dari 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI

CAMPUS ALTO PARAOPEBA


ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES

RELATÓRIO

ALEX JUNIOR OLIVEIRA SILVA


INARA REZENDE CARVALHO
MARIANA LEITE DE ANDRADE
RAFAEL MARQUES TOLEDO
STEFANIA DE SOUSA FARIA

SETEMBRO DE 2010
Solubilidade e miscibilidade

Introdução:
A solubilidade é a capacidade de uma substância possui de dissolver-se
espontaneamente em outra e indica o máximo de soluto que pode ser dissolvido em um
solvente. Ela está intimamente relacionada a polaridade da molécula. A lei básica da
solubilidade é: semelhante dissolve semelhante.
Já miscibilidade é a capacidade de dois ou mais líquidos se misturarem. Líquidos
que se misturam são chamados miscíveis e os que não se misturam são imiscíveis.
A importância do trabalho está na capacidade de analisar diferentes tipos de
misturas, podendo ser heterogêneas ou homogêneas.

Procedimentos experimentais:
Solubilidade e polaridade:
NaCl:
A primeira amostra realizada foi uma mistura entre NaCl + H 2O. Adicionou-se uma
ponta de espátula do sal a 5ml de água. Observou-se que o soluto foi completamente
dissolvido no solvente. A segunda análise foi feita entre NaCl + C2H6O. Uma ponta de
espátula do sal foi adicionada a 5ml de etanol. O cloreto de sódio não se dissolveu no
álcool. A terceira amostra realizada foi NaCl + CHCl3. Uma ponta de espátula do sal foi
adicionada a 5ml de clorofórmio. O resultado obtido foi a não dissolução do sal no haleto.
C12H22O11:
A primeira solução realizada foi entre C12H22O11 + H2O. Adicionou-se uma ponta de
espátula de sacarose a 5ml de água. O açúcar foi completamente dissolvido. Uma outra
reação foi feita com C12H22O11 + C2H6O. Uma ponta de espátula de sacarose foi misturada
a 5ml de etanol e pôde-se perceber que esse açúcar não se dissolve no álcool. Por último
obteve-se uma mistura entre 5ml CHCl3 + uma ponta de espátula de C12H22O11 e tal
experimento mostrou que a sacarose é também insolúvel em clorofórmio.

Miscibilidade:
O primeiro experimento realizado foi entre água e etanol. Em um tubo de ensaio
adcionou-se 5ml de água a 5ml de etanol. Observou-se que água e etanol se misturam
pois ambos são substâncias polares.
O segundo experimento foi a mistura feita entre água e óleo. Adicionou-se 1ml de
água e 1ml de óleo em um tubo de ensaio e percebeu-se que ambos não se misturaram,
pois a água é polar e o óleo apolar. Como a massa específica do óleo é menor ele
compôs a fase superior da mistura. Logo após, adiciou-se 0,2ml de detergente a mistura;
essa perdeu suas fases, tornando-se uma mistura homogênea. Depois de alguns minutos,
as fases voltaram a aparecer.
O terceiro experimento realizado foi com água e acetado de etila. Adicinou-se em
um tubo de ensaio 1ml de H2O + 1ml de CH3COOCH2CH3. Água e acetato de etila são
imiscíveis, formando uma mistura com 2 fases na qual o acetado de etila é o composto
menos denso (0,90 g/cm3) se sobrepondo, portanto, à água. Ao adicionar 0,2ml de
detergente e misturar, as três fases desaparecem. Entretanto após alguns instantes de
repouso, percebe-se a separação das três fases.
O último experimento foi feito com a mistura de etanol e óleo. Misturou-se 1ml de
H2O a 1ml de C2H6O. Os compostos não se misturaram, o álcool é uma substância polar
enquanto o óleo é apolar, por isso cria-se uma mistura com duas fases. Para finalizar, foi
adicionado 0,2ml de detergente a mistura. Ao agitar o tubo de ensaio, toda as fases se
fundiram em apenas uma. Porém depois de algum tempo de repouso elas voltaram a se
separar.
Resultados e conclusões:
Solubilidade:
SOLUTO H2O C2H6O CHCL3
NaCl Solúvel Insolúvel Insolúvel
C12H22O11 Solúvel Insolúvel Insolúvel

Miscibilidade:
SUBSTÂNCIAS MISCÍVEIS IMISCÍVEIS
H2O + C2H6O X
H2O + CH3COOCH2CH3 X
C2H6O + ÓLEO X

MISCÍVEIS IMISCÍVEIS
SUBSTÂNCIAS AO AGITAR APÓS
INSTANTES
H2O + C2H6O + DETERGENTE X
H2O + CH3COOCH2CH3 + DETERGENTE X X
C2H6O + ÓLEO + DETERGENTE X X

Ao realizar esses experimentos pôde-se concluir que solubilidade é a propriedade


que uma substância tem de dissolver-se espontaneamente em outra substância denominada
solvente. Ela está relacionada a polaridade da molécula. Substâncias polares dissolvem
substâncias polares, enquanto substâncias apolares dissolvem substâncias apolares. O
fato de alguns líquidos não terem se misturado está relacionado a essa lei.

Bibliografia:
Acessado em 20/09/2010:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Solubilidade
Acessado em 21/09/2010:
http://web.ccead.puc-rio.br/condigital/mvsl/Sala%20%20Leitura/conteudos/SL_
solubilidade.pdf