Anda di halaman 1dari 2

PRAZOS NO PROCESSO PENAL MILITAR

INQUÉRITO
O inquérito deverá ser concluído em até 20 dias, se o indiciado estiver preso, contado esse prazo a
partir do dia em que se executar a ordem de prisão; ou no prazo de 40 dias, quando o indiciado
estiver solto, contados a partir da data em que se instaurar o inquérito. Este último prazo poderá ser
prorrogado por mais 20 dias pela autoridade militar superior.

PRISÃO EM FLAGRANTE – NOTA DE CULPA


Dentro de 24 horas após a prisão, será dada ao preso nota de culpa assinada pela autoridade, com o
motivo da prisão, o nome do condutor e das testemunhas.

DENÚNCIA
A denúncia deverá ser oferecida, se o acusado estiver preso, dentro do prazo de 05 dias, contados
da data do recebimento dos autos para seu oferecimento; e dentro do prazo de 15 dias, se o acusado
estiver solto.
O juiz deverá manifestar-se sobre a denúncia dentro do prazo de 15 dias.

Não há defesa prévia no processo penal militar

INTIMAÇÕES E NOTIFICAÇÕES – ANTECEDÊNCIA


As intimações e notificações serão sempre feitas de dia e com antecedência de 24 horas, pelo
menos, do ato a que se referirem.

INSTRUÇÃO CRIMINAL
O prazo para conclusão da instrução criminal é de 50 dias se o acusado estiver preso e de 90 dias,
quando solto, contados do recebimento da denúncia.

ALEGAÇÕES ESCRITAS
O auditor determinará ao escrivão abertura de vista dos autos para alegações escritas,
sucessivamente, por 08 dias, ao representante do Ministério Público e ao advogado do acusado.

DESERÇÃO
O desertor que não for julgado dentro de 60 dias será posto em liberdade.
O curador ou advogado do acusado terá vista dos autos para examinar suas peças e apresentar,
dentro do prazo de 03 dias, as razões de defesa.
Havendo recurso, abrir-se-á vista, sucessivamente, pelo prazo de 05 dias, às partes, para suas
alegações.
*A prescrição da deserção somente se opera quando o agente também atingir 45 anos, se praça; 60
anos, se oficial.

INSUBMISSÃO
O insubmisso que não for julgado no prazo máximo de 60 dias, a contar de sua apresentação ou
captura será posto em liberdade e responderá solto ao processo até a sentença final.
*A prescrição começa a correr do dia em que o insubmisso completa 30 anos.

HABEAS CORPUS
Despachada a petição e distribuída, serão, pelo relator, requisitadas imediatamente informações ao
detentor ou a quem fizer a ameaça, que deverá prestá-las dentro do prazo de 05 dias, contados da
data do recebimento da requisição.

RECURSO EM SENTIDO ESTRITO


O recurso em sentido estrito será interposto no prazo de 03 dias contados da data da intimação da
decisão, ou da sua publicação ou leitura em audiência.
Dentro de 05 dias, contados da vista dos autos, ou do dia em que, extraído o traslado, dele tiver
vista o recorrente, oferecerá este as razões do recurso, sendo, em seguida, aberta vista ao recorrido,
em igual prazo.

APELAÇÃO
A apelação será interposta por petição escrita, dentro do prazo de 05 dias, contados da data da
intimação da sentença ou da sua leitura em pública audiência, na presença das partes e seus
procuradores. Recebida a apelação, será aberta vista dos autos, sucessivamente, ao apelante e ao
apelado pelo prazo de 10 dias, a cada um, para oferecimento de razões.

DA JUSTIÇA MILITAR EM TEMPO DE GUERRA

INQUÉRITO
O prazo para a conclusão do inquérito é de 05 dias, por motivo excepcional, ser prorrogado por
mais 03 dias.

OFERECIMENTO DA DENÚNCIA
O prazo para o oferecimento da denúncia é de 24 horas (art. 676, CPPM)

APELAÇÃO
A apelação será interposta dentro de 24 horas, a contar da intimação da sentença ao procurador e ao
defensor do réu, revel ou não.

QUADRO ESQUEMÁTICO:

Inquérito – 20 dias, se preso


40 dias, se solto

Denúncia – 05 dias, se preso


15 dias, se solto

Instrução criminal – 50 dias, se preso


90 dias, se solto

Alegações escritas – 8 dias

Desertor e insubmisso – 60 dias para julgamento, senão serão postos em liberdade