Anda di halaman 1dari 2

d.

enquanto o elétron estiver girando na mesma órbita, ele


não emite fóton, mas pode absorver a radiação eletro-
magnética.
e. quando o elétron transita para órbita mais afastada do
núcleo, ocorre emissão de luz.
4. (UFPI – 2002) O princípio da exclusão de Pauli é funda-
mental no processo de distribuição eletrônica de átomos
multieletrônicos. Assinale, dentre as distribuições eletrônicas
Lista sobre atomística abaixo, aquela que NÃO respeita esse princípio:

1. (UEPB – 2007) Com base nas concepções científicas mais a. 1s2 2s2 2p3
atuais sobre a estrutura do átomo, é correto afirmar: b. 1s2 2s2 2p6 3s3 3p6
c. 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2
a. O átomo apresenta duas regiões distintas: uma região d. 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10
central, muito pequena, onde se concentra praticamente e. 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p2
toda a sua massa; e um espaço bem maior, no qual os
elétrons se movimentam. Portanto, os elétrons, que ocu- 5. Analise as afirmações abaixo:
pam a maior parte do volume do átomo, têm o papel I. Segundo Heisenberg é possível determinar simultanea-
mais relevante nas reações químicas. mente a posição e a velocidade de um elétron.
b. O átomo é uma pequena partícula indivisível e indestrutí- II. Segundo De Broglie o elétron apresenta um comporta-
vel. mento duplo de onda-partícula.
c. O átomo é formado por três pequenas partículas indivisí- III. Orbital é a região ao redor do núcleo onde é certeza
veis e indestrutíveis denominadas elétrons, prótons e encontrar determinado elétron.
nêutrons.
d. Os elétrons estão em movimento circular uniforme a uma Est(a)ão correta(s):
distância fixa do núcleo. a. Apenas I.
e. Todos os átomos da tabela periódica apresentam, neces- b. Apenas II.
sariamente, elétrons, prótons e nêutrons; sendo que es- c. Apenas III.
tas três partículas possuem massas semelhantes. d. I e II.
e. II e III.
2. (UFPI – 2002) As células fotoelétricas dos sistemas de
abertura de portas automáticas são constituídas, normal- 6. (UFGO) Os diagramas, a seguir, representam distribui-
mente, por um catodo de césio (Cs) cuja energia mínima de ções eletrônicas para o átomo de nitrogênio:
emissão de elétrons é 6,25 x 10–25 J. Com base na tabela
abaixo, indique, dentre as alternativas, a região do espectro
eletromagnético que uma pessoa “normal” deve irradiar para
conseguir abrir a porta:
Tabela de valores de comprimento de onda, λ, em nm e
tipos de radiação correspondentes.
λ( nm) Tipos de Radiação
5,00 x 105 Infravermelho
Considerando-se essas distribuições eletrônicas, assinale as
4,50 x 108 Microondas alternativas corretas.
10
5,50 x 10 Ondas de Rádio FM
I. I e II seguem a regra de Hund.
6,70 x 1012 Ondas de Rádio AM II. III e IV obedecem ao princípio de Pauli.
8,65 x 1015 Ondas de Rádio longas III. II representa a distribuição do estado fundamental.
h = 6,62 x 10–34 J.s c = 3,00 x 108 m.s–1 IV. em I, dois elétrons possuem o mesmo conjunto de nú-
meros quânticos.
a. microondas. V. III representa uma distribuição de um estado excitado.
b. ondas de rádio longas.
c. infravermelho. 7. (UFPI – 2004) Para resolver a equação de Schrödinger
d. ondas de rádio AM. para o átomo de hidrogênio é necessário considerar um
e. ondas de rádio FM. conjunto de quatro números quânticos: principal (n), secun-
dário (l), magnético (ml) e spin (ms).
Com relação aos números quânticos, assinale a alternativa
3. (UFCG – 2006) Trabalhando com as informações até
correta.
então conhecidas, Böhr foi capaz de explicar as raias do
espectro do átomo de hidrogênio. Ele propôs um modelo a. l é o principal responsável pela energia total de um orbi-
para o átomo que mantinha o núcleo do modelo atômico de tal atômico.
Rutherford. O modelo atômico de Böhr tem como base o b. n está relacionado somente com a geometria do orbital.
seguinte princípio: c. ml está relacionado com a orientação dos orbitais no
espaço.
a. o elétron pode girar nas órbitas de qualquer raio.
d. ms fornece o número de orientações dos orbitais no
b. o elétron pode girar somente nas órbitas de raios especí-
espaço.
ficos.
e. São números absolutos provenientes da massa atômica
c. a diferença de energia entre as órbitas aumenta à medi-
dos elementos químicos.
da que eles se afastam do núcleo.

1
8. (UFCG – 2005) Um aluno, estudando distribuição eletrô-
nica, de acordo com as suas regras e convenções, como o
Princípio de exclusão de Pauling e a Regra de Hund ,
montou a tabela abaixo, que mostra algumas alternativas de
valores dos números quânticos para um elétron de um áto-
mo que se encontra no estado fundamental. Dentre as
alternativas apresentadas, quais indicam o conjunto de nú-
meros quânticos corretos?

Números quânticos
Elemento n l m s
A 3 2 –2 +1/2
B 3 4 +3 +1/2
C 2 0 +1 +1/2
D 4 1 0 +1/2
E 3 2 –2 –1/2
a. A e D.
b. B, C e D.
c. C e E.
d. C, D e E.
e. A, D e E.
9. (UFPB – 2005) O conhecimento da configuração eletrôni-
ca do elemento é muito importante para o químico. Isto
porque, a partir dessa configuração, além de saber a posição
do elemento na Tabela Periódica, pode-se fazer uma previ-
são das propriedades químicas e físicas. Como exemplo, as
configurações eletrônicas I, II, III e IV representam elemen-
tos contidos em maior proporção ou no diamante, ou no aço,
ou no ar ou nos chips.
I. 1s2, 2s2, 2p2
II. 1s2, 2s2, 2p6, 3s2, 3p2
III. 1s2, 2s2, 2p6, 3s2, 3p6, 4s2, 3d6
IV. 1s2, 2s2,2p3
Com relação às configurações eletrônicas apresentadas no
texto, é INCORRETO afirmar:
a. Os elétrons mais energéticos do nitrogênio têm número
quântico principal, n = 2.
b. Os elétrons mais energéticos do carbono têm número
quântico secundário, l = 1.
c. Os elétrons de valência do silício têm números quânticos
secundário, l = 0 e l = 1.
d. O elemento representado pela configuração eletrônica III
está localizado no grupo 8B e no terceiro período da Ta-
bela Periódica.
e. Os elétrons mais energéticos dos elementos representa-
dos pelas configurações I e IV têm o mesmo número
quântico principal (n) e secundário (l).
10. (UFPB – 2007) Dentre os conjuntos de números quânti-
cos {n , l , m , s} apresentados nas alternativas abaixo, um
deles representa números quânticos NÃO permitidos para os
elétrons da subcamada mais energética do Fe (II), um íon
indispensável para a sustentação da vida dos mamíferos,
pois está diretamente relacionado com a respiração desses
animais. Esse conjunto descrito corresponde a:
a. {3, 2, 0, ½}
b. {3, 2, – 2, – ½}
c. {3, 2, 2, ½}
d. {3, 2, – 3, ½}
e. {3, 2,1, ½}