Anda di halaman 1dari 11

Eletroquímica (Prof: Jorge Negri)

Pilha
1. (FCM-MG) No momento em que se acende uma lanterna a pilha, está ocorrendo no interior dessa pilha uma
reação de:
a) dupla troca. d) condensação.
b) combustão. e) neutralização
c) oxirredução

2. (FGV-SP) A respeito das pilha eletroquímicas são feitas as seguintes afirmações:


I. Transforma energia química em energia elétrica.
II. Cada meia célula é formada por um metal mergulhado em uma solução de um dos seus sais.
III. O contato entre as duas meias células é feito por uma membrana porosa (semipermeável); ou por uma ponte
salina.
IV. No ânodo (polo positivo) ocorre redução e no cátodo (polo negativo) ocorre oxidação.
Sobre as afirmativas, estão erradas:
a) todas. d) apenas IV.
b) nenhuma. e) apenas III.
c) apenas I e II.

3. (FUC-MT) A reação a seguir que pode representar a equação global de uma pilha eletroquímica é:
a) NaOH + HBr → NaBr + H2O
b) NaCl + AgNO3 → AgCl + NaNO3
c) 2 KI + Pb(NO3)2 → PbI2 + 2 NaNO3
d) 3 H2SO4 + 2 Al(OH)3 → Al2(SO4)3 + 6 H2O
e) CuSO4 + Zn → ZnSO4 + Cu

4. (Vunesp) Em maio de 1800, Alessandro Volta anunciou a invenção da pilha elétrica, a primeira fonte contínua
de eletricidade. O seu uso influenciou fortemente o desenvolvimento da Química nas décadas seguintes. A pilha de
Volta era composta de discos de zinco e de prata sobrepostos e intercalados com material poroso embebido em
solução salina, como mostrado a seguir.

Com o funcionamento da pilha, observa-se que os discos de zinco sofrem corrosão.


A respeito da pilha de Volta, são feitas as seguintes afirmações:
I — Nos discos de zinco ocorre a semi-reação:
Zn(s) → Zn2+ + 2e–.
II — Os discos de prata são fontes de elétrons para o circuito externo.
III — O aumento do diâmetro dos discos empregados na
montagem não influencia na tensão fornecida pela pilha.
Das três afirmações apresentadas,
a) apenas I é verdadeira.
b) apenas II é verdadeira.
c) apenas I e II são verdadeiras.
d) apenas I e III são verdadeiras.
e) apenas II e III são verdadeiras.

5. (Fuvest-SP) Deixando funcionar a pilha esquematizada na figura abaixo, a barra de zinco vai se desgastando e
a barra de chumbo ficando mais espessa, em conseqüência da deposição de átomos neutro de chumbo Pb. No
início da experiência as duas barras apresentavam as mesmas dimensões. Represente, através de equações, o
desgaste da barra de zinco e o espessamento da barra de chumbo. Qual o sentido do fluxo de elétrons?

6. (PUC-SP) Na célula eletroquímica Al 0 /Al 3+ //Fe 2+ /Fe 0 podemos afirmar que:


a) o alumínio sofre redução;
b) o ferro é o ânodo;
c) há desgaste do eletrodo de ferro;
d) a solução de Al3+ irá se diluindo;
e) os elétrons fluem pelo circuito externo, do alumínio para o ferro.

7. (FUVEST-SP) Na célula eletroquímica, representada pela equação global:


Ni + 2 Ag + → Ni 2+ + 2 Ag
podemos afirmar corretamente que:
a) Há desgaste do eletrodo de prata.
b) O níquel é o cátodo.
c) O polo negativo é o eletrodo de prata.
d) A solução de Ni2+ irá se diluir.
e) No circuito elétrico, os elétrons fluem do eletrodo níquel para o eletrodo de prata.

1
8. (Vunesp-2003) A equação seguinte indica as reações que ocorrem em uma pilha:
Zn (s) + Cu 2+ (aq) → Zn 2+ (aq) + Cu (s)
Podemos afirmar que:
a) o zinco metálico é o cátodo.
b) o íon cobre sofre oxidação.
c) o zinco metálico sofre aumento de massa.
d) o cobre é o agente redutor.
e) os elétrons passam dos átomos de zinco metálico aos íons de cobre.

9. (Unifesp) Ferro metálico reage espontaneamente com íons Pb2+, em solução


aquosa. Esta reação pode ser representada por:
Fe + Pb 2+ → Fe 2+ + Pb
Na pilha, representada pela figura,

em que ocorre aquela reação global,


a) os cátions devem migrar para o eletrodo de ferro.
b) ocorre deposição de chumbo metálico sobre o eletrodo de
ferro.
c) ocorre diminuição da massa do eletrodo de ferro.
d) os elétrons migram através da ponte salina do ferro para o
chumbo.
e) o eletrodo de chumbo atua como anodo.

10. (UFMG) Na figura, está representada a montagem


de uma pilha eletroquímica, que contém duas lâminas
metálicas – uma de zinco e uma de cobre –
mergulhadas em soluções de seus respectivos
sulfatos. A montagem inclui um longo chumaço de
algodão, embebido
numa solução saturada de cloreto de potássio,
mergulhado nos dois béqueres. As lâminas estão
unidas por fios de cobre que se conectam a um
medidor de corrente elétrica.

Quando a pilha está em funcionamento, o medidor indica a passagem de uma corrente e pode-se observar que:
• a lâmina de zinco metálico sofre desgaste;
• a cor da solução de sulfato de cobre (II) se torna mais clara;
• um depósito de cobre metálico se forma sobre a lâmina de cobre.
Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que, quando a pilha está em funcionamento,
a) nos fios, elétrons se movem da direita para a esquerda; e, no algodão, cátions K+ se movem da direita para a
esquerda e ânions Cl–, da esquerda para a direita.
b) nos fios, elétrons se movem da direita para a esquerda; e, no algodão, elétrons se movem da esquerda para a
direita.
c) nos fios, elétrons se movem da esquerda para a direita; e, no algodão, cátions K+ se movem da esquerda para a
direita e ânions Cl–, da direita para a esquerda.
d) nos fios, elétrons se movem da esquerda para a direita; e, no algodão, elétrons se movem da direita para a
esquerda.

Potencial de redução e ddp


11. (Vunesp-SP) Montou-se uma pilha constituída por eletrodos de chumbo e de prata, mergulhados em soluções
aquosa de seus sais, como mostra a figura abaixo.

Sobre essa pilha, um estudante fez as seguintes afirmações:


I) Ao se fechar o circuito, haverá um fluxo de elétrons do eletrodo
de prata para o de chumbo.
II) A pilha funcionará até a total deposição dos íons de Pb2+ o
eletrodo de chumbo.
III) O eletrodo de prata é cátodo da pilha.
IV) A solução correspondente ao eletrodo de chumbo irá diluir-se.
As afirmações do estudantes correta(s) é(são):

2
a) apenas I d) todas
b) apenas III e) nenhuma
c) apenas II e III
Dados os potenciais de redução:
Pb 2+ + 2 e - → Pb 0 E o = - 0,13 V.
Ag + + 1 e - → Ag 0 E o = + 0,80 V.

12. (Ufersa) Uma pilha foi constituída por eletrodos de magnésio e zinco; sobre esta pilha pode-se afirmar que:
a) a placa de magnésio é o polo +
b) a placa de zinco sofre corrosão.
c) os elétrons migram pelo circuito externo do polo positivo para o polo negativo.
d) os elétrons migram pela ponte salina da solução do polo negativo para a solução do polo positivo.
e) a equação da reação total da pilha é
Mgo + Zn2 → Mg2+ + Zno
Dados os potenciais de redução: (Eo):
Mg 2+ + 2e → Mg 0 = - 1,66 V
Zn 2+
+ 2e →
-
Zn 0 = - 0,76 V

13. (Mack) Nas semi-reações:


Ni 2+ (aq.) + 2e → Ni 0 (s)
Ag + (aq.) + 1e → Ag 0 (s)
O ΔE da pilha, o cátodo e o ânodo são, respectivamente:
Dados:
ΔEred Ag = 0,80V;
ΔEredNi = 0,24V (a 25 °C e 1 atm.)
a) + 1,04 V, prata, níquel.
b) + 1,04 V, níquel, prata.
c) -0,56 V, prata, níquel.
d) -1,04 V, níquel, prata.
e) + 0,56 V, prata, níquel.

14. (F.Objetivo-SP) Dados os potenciais de redução:


Al 3+ + 3 e- → Al 0 , E 0 = - 1,66 V.
Pb 2+
+ 2 e -
→ Pb , E 0 = - 0,13 V.
0

Qual a voltagem inicial da pilha formada pelos pares Al/Al3+ e Pb/Pb2+ ?


a) + 1,79 V c) - 1,53 V
b) + 1,53 V d) + 1,66 V

15. (EMAUA-SP) De uma pilha são conhecidas as semi-reações e seus respectivos potenciais padrão de redução:
Cu2+ + 2e- → Cu0 E0 = 0,34 V
Zn2+ + 2e- → Zn0 E0 = -0,76 V
a) Qual a força eletromotriz da pilha?
b) Qual é a equação global da pilha?

16. (PUC-MG) Observe a célula eletroquímica e considere os seguintes potenciais:


E 0 : Fe2+ , Fe0 = -0,44 V
E0 : Au3+, Au0 = + 1,50V
a) a reação catódica é:
b) a reação anódica e:
c) a reação global da célula é:
d) a ddp da célula é:

17. (Ufersa) Entre as pilhas eletroquímicas formadas pelos pares abaixo, a que apresenta maior força eletromotriz
é:

Dados de Eº ( volts ) a) Ni / Ni 2+
e Ag / Ag+
potenciais – b) Al / Al 3+
e Ni / Ni 2+

padrão de c) Al / Al 3+
e Ag / Ag+
redução d) Cu / Cu2+ e Ag / Ag+
Equação e) Ni / Ni 2+
e Cu / Cu2+
-1,66
Al 3+ + 3e ↔ Al -0,25
Ni 2+ + 2e ↔ Ni +0,34
Cu2 + 2e ↔ Cu +0,80
Ag+ + 1e ↔ Ag

3
Força de oxidante e redutores

18. (UERN) A partir dos seguintes dados e considerando-se concentrações unitárias para todos os íons, quais das
seguintes afirmações estão corretas?
I. Fe(s) é oxidado para Fe2+ em ácido clorídrico; Potenciais normais
II. Cu(s) é oxidado para Cu2+ em ácido clorídrico; Reação de redução (volts)
III. Cu(s) é oxidado para Cu2+ em ácido Fe2+(aq) + 2e- → Fe(s) -0,41
nítrico. Cu2+(aq) + 2e- → Cu(s) +0,34
a) Todas estão corretas. 2H+(aq) + 2e- → H2(g) 0,00
b) Somente I está correta. NO3 (aq) + 4H+(aq) + 3e- → NO(g) + 2H2O
-
+0,96
c) Somente II está correta.
d) I e III estão corretas.
e) I e II estão corretas.

19. (Ufersa) Para responder a esta questão considere as informações abaixo


Mg2+ (aq) + 2e- ↔ Mg (s)
Cu2+ (aq) + 2e- ↔ Cu (s)
Ag+ (aq) + e- ↔ Ag (s)
O valor do potencial de redução aumenta de cima para baixo
Para que a equação:
Cu (s) + X → Cu 2+ (aq) + Y
represente a reação que ocorre em uma pilha, x e y podem ser substituídos, respectivamente, por
a) 2Ag+ (aq) e 2Ag (s)
b) 2Ag (s) e 2Ag+ (aq)
c) Mg2+ (aq) e Mg (s)
d) Mg (s) e Mg2+ (aq)
e) 2Ag+ (aq) e Mg (s)

20. (PUC-RS) Quando uma placa de zinco e uma de cobre são mergulhadas em solução de ácido clorídrico 1,0 M a
25oC, verifica-se que o zinco sofre corrosão e o cobre não. Isso pode ser explicado pela relação:
a) Eored Zn < Eored H < Eored Cu
b) Eooxi Zn < Eooxi H < Eooxi Cu
c) Eored Cu < Eored Zn < Eored H
d) Eooxi Cu < Eored Zn < Eored H
e) Eored Cu < Eored H < Eored Zn

21. (Vunesp-SP) Colocaram-se placas de zinco metálico em dois béqueres numerados I e II contendo soluções
aquosas de CuSO4 e Na2SO4 , respectivamente. Nesse caso pode-se observar (Potenciais padrão de redução: Cu = +
0,34; Na = -2,71):
a) diminuição das placas de zinco em I e em II.
b) deposição de metal em I e em II.
c) diminuição da placa em I e deposição de metal em II.
d) apenas deposição de metal em I.
e) apenas deposição de metal em II.

Instrução: As questões de número 22 e 23 serão respondidas com base nos potenciais normais de redução
abaixo:
Zn+2 + 2 e- → Zn E0 = - 0,76V
Cu+2 + 2 e- → Cu E0 = + 0,34V
Ag+1 + 1e- → Ag E0 = + 0,80V
Mg2+ + 2 e- → Mg E0 = - 1,37 V

22. (UERN) Com base nos potenciais normais de redução, Pode-se afirmar que o melhor agente oxidante é:
a) Zn2+
b) Ag0
c) Cu0
d) Ag+
e)Cu2+

23. (UFSE) Qual a espécie abaixo e o melhor agente redutor:


a) Ag
b) Mg2+
c) Cu2+
d) Ag+
e) Mg

4
24. (Fesp-SP) Considere as semi-reações a seguir:
Ag+1 + 1 e- → Ag E0 = 0,80 V
F2 + 2 e- → 2 F- Eo = 2,87 V
Li+ + 1 e- → Li E0 = - 3,05 V
Cr+3 + 3 e- → Cr E0 = - 0,74 V
Br2 + 2 e- → 2 Br - E0 = 1,09 V
Entre as espécies Ag0, F-, Li0, Br - e Cr0 pode-se afirmar que o pior agente redutor é:
a) Ag0 d) F-
b) Li0 e) Br -
c) Cr0

Proteção catódica
25. (UFRS) É comum, nos grandes navios, o uso de placas de “metais de sacrifício” para proteger o casco dos
processos de corrosão. A principal característica desses metais deve ser:
a) a elevada reatividade com a água.
b) a elevada resistência a processos de oxidação.
c) a facilidade de formar ligas.
d) o fraco poder redutor.
e) o elevado potencial de oxidação.

26. (FMU/FIAM-SP) A corrosão eletrolítica (enferrujamento) pode ocorrer quando dois metais diferentes são
colocados em contato, como quando se une um cano de cobre com um de ferro galvanizado. Esse fato deve-se à
diferença de potencial entre os dois metais e ocorre porque:
a) o ferro tem menor potencial de redução que o cobre.
b) o ferro tem maior potencial de redução que o cobre.
c) o ferro tem maior capacidade de ganhar elétrons.
d) o cobre tem maior capacidade de doar elétrons.
e) o cobre é um agente redutor.

27. (Cesgranrio-RJ) A proteção catódica ilustrada na figura é um dos métodos utilizados para proteger
canalizações metálicas subterrâneas contra a corrosão. Próximo à canalização é ligada a ela por um fio condutor e
colocado uma barra de metal para que sofra preferencialmente a ação do agente oxidante. (Obs.: tais metais são
chamados de metais de sacrifício).

Considerando uma tubulação de ferro, assinale a opção que se refere ao elemento que pode ser usado como
protetor: (dados:
Mg2+ + 2 e- → Mg Eo = - 2,37 V.
Fe2+ + 2 e- → Fe Eo = - 0,44 V.
Ni 2+
+ 2 e → Ni Eo = - 0,25 V.
Pb 2+
+ 2 e → Pb
-
E0 = - 0,13 V.
Cu 2+
+ 2 e → Cu
-
Eo = + 0,34 V.
Ag + 1 e → Ag
+ -
Eo = + 0,80 V. )
a) Ag b) Cu c) Pb d) Ni e) Mg

Espontaneidade
28. (UFES) Sabendo que os potenciais normais de redução em volts, dos eletrodos de ouro, prata, cobre e zinco
são +1,42, +0,80, +0,34, - 0,76, respectivamente, podemos afirmar que, dentre as reações a seguir, a única que
ocorre é:
a)Au0 + 3Ag+ → Au5 + + 3Ag0
b) 2Ag0 + Cu2+ → 2Ag+ + Cu0
c) Cu + Zn
0 2+
→ Cu2+ + Zn0
d) Zn + Cu
0 2
→ Zn2 + Cu0

29. (PUC-PR) Conhecidos os potenciais normais de oxidação:


Zn/Zn++ E° = + 0,76 V
Cu/Cu++ E° = - 0,34 V
Fe/ Fe++ E° = + 0,44 V
Ag/Ag+ E° = - 0,80 V
considere as reações:
I - Fe + Cu++ → Fe++ + Cu
II - Cu + Zn++ → Cu++ + Zn
III - 2Ag + Cu++ → 2Ag+ + Cu
IV - Zn + 2Ag+ → Zn++ + 2 Ag

5
Dessas reações, na construção de pilhas, são utilizadas:
a) I e II
b) II e III
c) II e IV
d) I e IV
e) III e IV

30. (UERN) Dada a tabela de potenciais normais de redução:


Br 2 + 2 é ↔ 2 Br - .......... Eº = + 1,06 V
Cu +2 + 2 é ↔ Cuº .......... Eº = + 0,34 V
Mg +2 + 2 é ↔ Mg o .......... Eº = - 2,37 V
Podemos concluir que a reação espontânea é:
a) Mg + Br2 → Mg2+ + 2 Br –

b) Mg 2+
+ Br2 → Mg + 2 Br
0 –

c) Cu2+ + Br2 → Cu0 + 2 Br –

d) Cu + Mg
0 2+
→ Mg + Cu
0 2+

e) Cu0 + Mg0 → Cu2 + Mg 2+

31. (UFRN-11/2008) A expressão “célula a combustível” designa um novo conceito de geração de energia. Em
princípio, é uma bateria de funcionamento contínuo que produz corrente contínua, por meio da combustão
eletroquímica, a frio, de um combustível gasoso. Um esquema simplificado de uma célula a combustível de H2 / O2 é:

Quando os eletrodos A e B estão em equilíbrio, Ε°red = 0,00 V, para A, e Ε° red = 1,23 V, para B, sendo Ε°red o potencial
padrão de redução. Sabendo-se que a reação global de tal célula possui ∆G° = -237 KJ/mol e ∆H° = -286 KJ/mol, a
25°C, é correto afirmar que, na célula a combustível, ocorre um processo
a) não-espontâneo que absorve calor.
b) espontâneo que absorve calor.
c) não-espontâneo que libera calor.
d) espontâneo que libera calor.

32. (UFRN-12/2008) Considerando-se o esquema contido na questão anterior, a opção de resposta que descreve o
sentido do fluxo de elétrons no instante em que o circuito é fechado e a diferença de potencial ∆Ε°, em condições-
padrão, é:
A) de A para B, e ∆Ε° = +1,23 V
B) de B para A, e ∆Ε° = +1,23 V
C) de A para B, e ∆Ε° = -1,23 V
D) de B para A, e ∆Ε° = -1,23 V

Pilhas comerciais
33. (PUC-MG) A pilha alcalina substituiu com sucesso a pilha Leclanché, pilha comercial mais antiga, de 1866. A
pilha alcalina, mais potente, possui o mesmo esquema redox da pilha Leclanché, mas, no lugar do cloreto de
amônia (NH4Cl), emprega-se a soda (NaOH), o que dá origem ao nome da pilha. As reações redox que ocorrem na
pilha alcalina são expressas por:
2MnO2(s) + H2O(l)+ 2e-→ Mn2O3(s) + 2OH-(aq)
Zn(s) + 2 OH- (aq) → ZnO(s) + H2O (l) + 2e-
É INCORRETO afirmar que:
A) a reação I é a reação anódica da pilha.
B) a reação II é uma reação de oxidação.
C) durante a reação, o número de oxidação do manganês (Nox) passa de +4 para +3 .
D) durante a reação, o número de oxidação do zinco (Nox) passa de 0 para +2.

34. (Fuvest) Considere três metais A, B e C, dos quais apenas A reage com ácido clorídrico diluído, liberando
hidrogênio. Varetas de A, B e C foram espetadas em uma laranja, cujo suco é uma solução aquosa de pH 4 = . A e B
foram ligados externamente por um resistor (formação da pilha 1). Após alguns instantes, removeu-se o resistor,
que foi então utilizado para ligar A e C (formação da pilha 2). Nesse experimento, o pólo positivo e o metal corroído
na pilha 1 e o pólo positivo e o metal corroído na pilha 2 são, respectivamente,

6
Eletrólise
35. (Cescea-SP) Na eletrólise de um sal fundido, os ânions:
a) não se deslocam.
b) deslocam-se para o cátodo
c) deslocam-se para o ânodo
d) deslocam-se tanto para o cátodo como para o ânodo.
e) nenhuma das alternativas anteriores estão corretas.

36. (UFRS) No cátodo de uma célula de eletrólise sempre ocorre:


a) decomposição de metais
b) uma semi-reação de redução
c) corrosão química
d) produção de corrente elétrica
e) desprendimento de hidrogênio

37. (MACK-SP) Quando se faz passar uma corrente elétrica através de uma solução de Cu(NO3)2, pode-se verificar
que:
a) ocorre migração de Cu2+ para o ânodo e NO3- para o cátodo.
b) ocorre migração de Cu2+ para o cátodo e NO3- para o ânodo.
c) o fluxo de elétrons se faz do cátodo para o ânodo.
d) no ânodo ocorre redução.
e) no cátodo ocorre oxidação.

38. (UERN) Durante a eletrólise de uma solução aquosa de NaCl, utilizando eletrodos de platina,
I. os cátions se oxidam e os ânions se reduzem
II. os elétrons movimentam-se pelos fios metálicos do circulo elétrico
III. a massa do platina consumida no cátodo é igual a massa da platina depositada no ânodo.
a) somente a afirmativa I é correta
b) somente a afirmativa II é correta
c) somente a afirmativa III é correta
d) somente a afirmativa II e III são corretas
e) as afirmativas I, II, e III são corretas

39. (UERN) Forma-se zinco metálico a partir de íons Zn2+ , quando estes:
a) ganham elétron
b) perdem elétron
c) perdem prótons
d) perdem nêutrons
e) ganham nêutrons.

40. (MACK-SP) A respeito do cloreto de sódio, fazem-se as afirmações:


I) No estado sólido, à temperatura ambiente, é bom condutor de corrente elétrica.
II) Se fundido, os íons de sódio e cloro apresentam-se praticamente livres.
III) Na eletrólise ígnea, o ânodo é quem atrai os cátions.
IV) Na eletrólise do cloreto de sódio fundido, no cátodo, os íons Na+ recebem um elétron, transformando-se em
átomos neutros, depositando-se.
V) Só conduz corrente elétrica se dissolvido em água.
São corretas somente as afirmações:
a) I e IV d) II e V
b) I, II e III e) II e III
c) II e IV

7
41. (MACK-SP) Na eletrólise ígnea de NaCl, verifica-se que:
a) no cátodo, deposita-se sódio metálico.
b) no ânodo, ocorre redução.
c) no cátodo ocorre oxidação.
d) no ânodo, há deposição de NaCl.
e) no cátodo, os íons sódio perdem elétrons.

42. (UFERSA-45/2006.2) O magnésio é obtido da água do mar: isola-se esse metal na forma de MgCl 2 e realiza-se
uma eletrólise ígnea. Pode-se afirmar que o magnésio
a) recebeu apenas um elétron para tornar-se um átomo neutro.
b) é obtido na forma de Mg3+.
c) é produzido no pólo negativo da eletrólise.
d) é obtido no ânodo.

43. (UFERSA-46/2007.1) Sobre a eletrólise do KCl, considere as seguintes afirmações:


I – Uma solução aquosa de KCl, possui apenas íons K+ e Cl-.
II – K+, metal alcalino, não reage em eletrólises aquosas.
III – O íon Cl- não reagirá.
Está(ão) correta(s) somente a(s) alternativa(s):
a) I. c) III.
b) II. d) I e III.

44. (UERN) A eletrólise de NaCl é muito usada na indústria para obtenção de matéria prima.
a) Na eletrólise aquosa há formação de Na0 no polo negativo.
b) Na eletrólise aquosa há desprendimento de H2 no polo negativo
c) Na eletrolise ígnea ocorre oxidação no cátodo
d) Na eletrólise aquosa há formação de Cl2 no polo negativo e) Ocorre oxidação no polo negativo.

45. (UERN) A solução aquosa que por eletrólise produz o gás hidrogênio em um polo e o gás oxigênio no outro polo
é:
a) solução diluída de HBr
b) solução diluída de NaCl
c) solução diluída de H2SO4
d) solução diluída de CuSO4
e) solução diluída KI

46. (UERN) A eletrólise de NaCl em solução aquosa é muito usada na indústria para obtenção de matéria prima.
Nesta eletrólise há:
a) formação de Naº no polo –
b) desprendimento de H2 no polo –
c) desprendimento de O2 no polo +
d) formação de Cl2 no polo –
e) formação de Naº no polo +

47. (Ufersa) Um dos processos de preparação da lixívia potássica (KOH) é a eletrólise da solução aquosa de KCl.
Nesta eletrólise forma-se:
a) Kº no pólo negativo e H2 no pólo positivo
b) Cl2 no pólo negativo e Kº no pólo positivo
c) KOH no pólo negativo e H2 no pólo positivo
d) KOH no pólo negativo e Cl2 no pólo positivo
e) Cl2 no pólo negativo e KOH no pólo positivo

48. (Ufersa) Na eletrólise do brometo de potássio (KBr) em solução aquosa forma-se:


a) oxigênio no polo negativo.
b) potássio metálico no polo negativo.
c) hidrogênio no polo positivo.
d) oxigênio no polo positivo.
e) bromo no polo positivo.

49. (UFRN) Na eletrólise de uma solução aquosa diluída de ácido sulfúrico os produtos são:
a) Hidrogênio e oxigênio
b) água e ozone
c) SO2 e SO3

8
d) H2O2 e H2S
e) Enxofre e água

50. (Ufersa) Uma fonte importante de matéria-prima para obtenção de cloro é


a) petróleo
b) madeira
c) água do mar
d) ar atmosférico
e) gás dos pântanos

51. (UFRN) A eletrólise de uma solução aquosa de cloreto de hidrogênio produz


a) cloro no ânodo e hidrogênio no cátodo
b) cloro no cátodo e hidrogênio no ânodo
c) cloro no ânodo e oxigênio no cátodo
d) oxigênio no ânodo e cloro no cátodo

52. (UFRN) Considerando os seguintes sistemas:


I – Cloreto de sódio fundido
II – Solução aquosa de cloreto de sódio
III – Hidróxido de sódio fundido
IV – Solução aquosa de hidróxido de sódio
os que podem fornecer sódio, quando submetidos a eletrólise, são:
a) Apenas I e II
b) Apenas I e III
c) Apenas II e IV
d) Apenas III e IV
e) I, II e III e IV

53. (UERN) Uma das leis quantitativas da eletrólise diz: “a massa formada em um eletrodo é diretamente
proporcional à carga que atravessa a solução.”
Essa lei foi enunciada por:
a) Gay Lussac
b) Coulomb
c) Daniel
d) Faraday
e) Lavoisier

54. (UFSE) A carga elétrica de 1 mol de elétrons denomina-se:


a) faraday
b) eletronegatividade
c) afinidade eletrônica
d) ampère
e) coulomb.

55. (F.C.Chagas-BA) A quantidade de carga elétrica necessária para depositar, por eletrólise, 63,5 g de cobre a
partir de íons Cu2+ é:
a) 1 C
b) 2 C
c) 1 F
d) 2 F
e) 3 F

56. (Fuvest-SP) Na eletrólise de uma solução aquosa de sulfato de cobre, para que haja deposição de 63,0 g de
cobre metálico, deve-se fornecer (Dados: peso atômico do cobre: 63,0):
a) 1 mol de elétrons d) 0,5 F
b) 63 mols de elétrons e) 1,0 F
c) 2 mols de elétrons.

57. (UEL-PR) Quantos Faraday são necessários para produzir 1 mol de Cl2 a partir de ânions Cl-?
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5

9
58. (UFRN) Considere que eletrólise de uma solução aquosa de sulfato de cromo III ocorre a seguinte reação
catódica:
Cr 3 (aq) + 3 e – → Cr (s)
Com a carga de 0,3 mol de elétrons, a massa de Cr (s) depositada, em gramas, é:
a) 52,0
b) 24,0
c) 15,6
d) 7,20
e) 5,20

59. (UFRN) Uma solução de sulfato de zinco, ZnSO4, é eletrolisada por uma corrente elétrica de intensidade
constante, durante um determinado intervalo de tempo. A massa de zinco metálico expressa em gramas,
depositada pela passagem de 4 Faradays de eletricidade é igual a :
(Massa atômica: O = 16, S = 32, Zn = 65)
a) 4
b) 32,5
c) 65
d) 130
e) 260

60. (UFERSA-39/2008.1) A quantidade de elétrons, gasta para produzir 6,3 g de cobre metálico a partir da
redução eletrolítica de íons Cu2+, é, em elétrons, igual a
a) 1,2 x 1023. c) 3,0 x 1023.
b) 6,0 x 10 .
22
d) 1,2 x 1022.
(DADOS: número de avogadro = 6,0 x 1023 mol-1, MCu = 63 g/mol)

61. (UFRN-29/2001) Niquelação é o processo de deposição eletrolítica de níquel numa superfície metálica, com a
finalidade de protegê-la contra a corrosão. Esse procedimento consiste em mergulhar, em uma solução contendo
íons Ni2+, a peça a ser recoberta, e conectá-la, como catodo, a uma corrente contínua e constante, medindo o
tempo. Após a passagem de 50 mA de corrente elétrica por uma peça, durante 193 segundos, a massa de níquel
metálico depositada será:
A) 5,8 mg C) 2,9 mg
B) 2,9 g D) 5,8 g

62. (UERN) Na reação química em que íons nitrato (NO-2) são reduzidos a íons nitrito (NO2-), quantos elétrons são
transferidos no nitrogênio por mol de nitrato reduzido?
a) 1
b) 2
c) 3
d) 6 x 1023
e) 12 x 10213

63. (UERN) Em determinado país a produção de cloro, por eletrólise de NaCl, é da ordem de 1 x 106 toneladas por
ano. Simultaneamente, ao redor de quantas toneladas de hidrogênio são produzidas anualmente nesse mesmo
processo?
a) 9 x 104
b) 7 x 104
c) 5 x 104
d) 3 x 104
e) 1 x 104

Instruções: Para responder às questões de números 64 e 65 considere a aparelhagem representada abaixo.

64. (Ufersa) Com circuito fechado, - Gerador


a) acumula Na no ânodo.
+ +
b) acumula Cl- no cátodo.
cátodo ânodo
c) Na+ reage com Cl- produzindo NaCl.
d) ocorre no ânodo a reação 2Cl- + 2e- → Cl2. Material condutor
não reativo
e) ocorre no cátodo a reação Na + e → Na.
+ -
Na+ Cl-
Fundido
Célula ou cuba
eletrolítica

10
65. (Ufersa) Quantos mols de Cl2 se formarão pela passagem de 1 faraday por esse círculo elétrico, quando
fechado?
a) 0,1
b) 0,2
c) 0,5
d) 1
e) 2

66. (F.Objetivo-SP) Uma corrente de 10 A passa por uma solução de sal de ouro durante 965 s. Formam-se 6,57 g
de ouro no cátodo. O número de oxidação do ouro no sal de ouro é (Dados: Faraday = 96500 C; Au = 197):
a) +1
b) +2
c) +3
d) +4
e) +5

11