Anda di halaman 1dari 1

MILANESI, Luis. A casa da inveno: biblioteca: centro de cultura . 3.ed. So Caetano do Sul: Ateli Editorial, 1997.

Milanesi discute a funo e o surgimento de um centro de cultura a partir do conceito de trs verbos, essenciais para a existncia deste, so eles: informar, discutir e criar. Centro de cultura traz em si um problema de identidade, assim como o conceito de cultura. Para o autor cultural pode ser percebida e identificada atravs de seus sinais externos. Os indivduos esto separados em categorias socioculturais, apesar da homogeneizao dos meios de comunicao de massa. Entre os valores simblicos que diferenciam as pessoas est o domnio gramatical e, por extenso, a biblioteca um indicador da sabedoria do homem. As bibliotecas pblicas no Brasil se reduziram a acervo literrio em oposio s bibliotecas de outros pases que se definem como espaos informativos onde o usurio pode ter acesso por diferentes veculos ao tema de seu interesse; em uma organizao social perversa so instrumentos de educao para o trabalho, para a produo. Os adultos no fazem parte das atividades culturais das bibliotecas porque provavelmente eles no encontram muito que fazer alm do contato com os livros e jornais, e a "maioria da populao adulta jamais entrou numa biblioteca pblica porque no percebeu sua utilidade ou no sentiu a necessidade de acesso aos produtos e servios que ela oferece. conhecimento homogeneizado O implantados pela novidades eletrnicas sem o

conhecimento gera no Brasil um ser incapaz de explicar sua histria, mas pronto para o consumo. este ser que a slida Cultura industrializada deseja, e para ele que ela gera modas, valores, costumes, manias, uma populao no leitora coberta pelo tecido da info rmao/opinio integralmente e somente aqueles que dispem de outras informaes conseguem criticar o pensamento imposto. Um centro de cultura no apenas uma rea que abriga objetos. Centro de cultura uma rea que rene cultura de diversas formas, como exposies, e as informaes fornecidas no devem ser aceitas passivamente, devem ser discutidas e no deve existir um pblico preferencial.