Anda di halaman 1dari 31

Física

Eletrostática
01. Determine a intensidade, a direção e o sentido do campo
→ Resolução:
elétrico ( E) gerado pela carga fixa (Q = +4µc) num ponto x do
espaço, distante 3cm desta (conforme a figura). k | Q| 9 x 109 . 4 x 10−6
E= =
d3
(3 x 10 )
2
k = 9 x 109 N . m2/C2 −2
x
Q ------------ E = 4 x 107 N/C
como Q > 0 ⇒ o campo elétrico será de afastamento e horizontal.

02. Uma carga fixa gera, num ponto P do espaço, um campo Resolução:
elétrico de 2 x 103 N/C horizontal para a esquerda. Determine →
a) E
a força elétrica agente sobre uma carga de prova colocada q>0
em P nos seguintes casos: →
F
→ →
a) q = 1 µC |F| = |q| . |E| ⇒
→ →
b) q = –2 µC | F | = 1 x 10–6 . 2 x 103 ⇒ | F | = 2 x 10–3 N
→ P

b) E F

q<0
→ →
| F | = 2 x 10–6 . 2 x 103 ⇒ | F | = 4 x 10–3 N

03. Dê as características do vetor campo elétrico, originado no Resolução:


ponto P pela carga fixa Q = 10 µC, da figura. k.Q 9 x 109 . 10 x 10−6
E = = = 9 x 106 N/C
k = 9 x 109 N . m2/C2 d2
(10 )
2
−2
x 10
10 cm →
Q ----------- E
Q

O vetor campo elétrico é horizontal e para a direita.

04. Determine a intensidade do vetor campo elétrico gerado Resolução:


pela carga Q = 2 µC num ponto P distante da carga de E=
k.Q
uma distância x igual a: d2
k = 9 x 109 N . m2/C2 9 x 109 . 2 x 10−6
a) E = = 1,8 x 108 N/C
(10 x 10−2 ) 2

9 x 109 . 2 x 10−6
a) 10 cm
b) E = = 4,5 x 105 N/C
b) 20 cm (20 x 10−2 )2
c) 30 cm
9 x 109 . 2 x 10−6
d) 40 cm c) E = = 2,0 x 105 N/C
(30 x 10−2 )2

9 x 109 . 2 x 10−6
d) E = = 11,25 x 104 N/C
(40 x 10−2 ) 2

CPV Fiscol-Med3904-R
1
2 FÍSICA

05. Com base nos resultados do exercício anterior, o que Resolução:


podemos concluir sobre a dependência entre campo elétrico
e a distância ao ponto considerado? O campo elétrico é proporcional ao inverso do quadrado da
distância considerada.

→ Resolução:
06. (MACK) O campo elétrico E1 de uma carga puntiforme Q,
a uma distância D, tem intensidade x. Determine a
→ k.Q
⇒ x =
k.Q U|
|V
x =
intensidade do campo elétrico E2 de uma carga 4 Q, a uma
(D ) 2
D2
distância 2 D, em função de x.
k . 4Q k.Q
|| E2 = x

E2 =
( 2D )2
⇒ E2 =
D2 W
07. (UF-PI) Uma carga de prova q, colocada num ponto de um Resolução:
campo elétrico E = 2 x 103 N/C, sofre a ação de uma força
F = q.E
F = 18 x 10–5 N. O valor dessa carga, em coulombs, é de:
18 x 10–5 = q . 2 x 103
a) 9 x 10–8
b) 20 x 10–8 q = 9 x 10–8
c) 36 x 10–8
d) 9 x 10–2 Alternativa A
e) 36 x 10–2

08. (MACK) Sobre uma carga elétrica de 2, 0 x 10–6 C, colocada Resolução:


em certo ponto do espaço, age uma força de intensidade 0,
F = q.E
80 N. Despreze as ações gravitacionais. A intensidade do
campo elétrico nesse ponto é:
F 0,8
E = q = = 4 x 105 V/m
a) 1, 6 x 10–6 V/m 2 x 10−6
b) 1, 3 x 10–5 V/m
c) 2, 0 x 104 V/m Alternativa E
d) 1, 6 x 105 V/m
e) 4, 0 x 105 V/m

09. (FUVEST) Uma gotícula de água com massa Resolução:


m = 0, 80 x 10–9 kg, eletrizada com carga q = 16 x 10–19C, está
FE = P
em equilíbrio no interior de um condensador de placas
paralelas e horizontais, conforme esquema abaixo. Nessas q.E = m.g
circunstâncias, o valor do campo elétrico entre as placas
é de: m.g 0,8 x 10−9 . 10
E = = = 5 x 109 N/C
g = 10 m/s2 q 16 x 10 −19
9
a) 5 x 10 N/C
b) 2 x 10–10 N/C Alternativa A
c) 12, 8 x 10–28 N/C
d) 2 x 10–11 N/C
e) 5 x 108 N/C

CPV fiscol-med3904-R
Física 3

10. (PUC-SP) Caracterize o campo elétrico capaz de equilibrar no Resolução:


ar, próximo ao solo, uma gota de óleo de 4 x 10–10 g de massa FE = P
e carga q = +10 e (e = 1, 6 x 10–19 C).
g = 10 m/s2
m.g 4 x 10−10 x 10−3 . 10
E = = = 2,5 x 106 N/C
q 10 . 1,6 x 10−19

O campo elétrico é vertical e para cima.

11. (UNIFOR-CE) A figura abaixo representa uma partícula de Resolução:


carga q = 2 x 10–8 C, imersa, em repouso, num campo elétrico
P = FE
uniforme de intensidade E = 3 x 10–2 N/C:
P = q . E = 2 x 10–8 . 3 x 10–2 = 6 x 10–10 N
+
Alternativa C

q –

O peso da partícula, em N, é de:

a) 1, 5 x 10–10
b) 2 x 10–10
c) 6 x 10–10
d) 12 x 10–10
e) 15 x 10–10

12. Determine o vetor campo elétrico gerado pelas cargas Resolução: →


E1
q1 = 1 µC e q2 = –1 µC no ponto X do esquema. No ponto X, temos:

k = 9 x 109 N . m2/C2 X E2

→ →
Como | q1 | = | q2 | e d1 = d2 temos | E1 | = | E2 | = E
X

q1 1m 1m q2 Portanto: Ex = 2E onde:

E =
(
9 x 109 . 1 x 10−6 ) = 9 x 103 N/C
2
1

∴ Ex = 1, 8 x 104 N/C

CPV fiscol-med3904-R
4 FÍSICA

13. Determine a intensidade do vetor campo elétrico nos pontos Resolução:


A e B da figura abaixo sabendo que q = 2 µC e
k = 9 x 109 N . m2/C2 Em A, temos
cos 60° = 0, 5 → →
E2 E1

A
B

1 |→| | → |
Como E = E ⇒ E = 0
2
1m 1m

Em B, temos:
q + + q
(1) 0,5 m A 0,5 m (2) →
E

→ →
E2 60º E1

B
q + + q
(1) (2)

9 x 10 9 . e2 x 10 −6 j
| E→1 | = | E→2 | =
12

| E→1 | = | E→2 | = 1,8 x 104 N/C


→ → → →
∴ E 2 = | E1 |2 + | E 2 |2 + 2 | E1 | . | E 2 | . cos 60°

| |
⇒ E = E1 . 3 = 1,8 3 x 104 N/C

14. (PUCC) Duas cargas elétricas puntiformes Q1 = 40 µC e Resolução:


Q2 = –60 µC estão fixas, separadas de 10 cm no vácuo.
k . Q1 9 x109 . 40 x10−6
No ponto P, a 10 cm de Q2, conforme mostra a figura abaixo, E1 = = = 9 x 106 N/C para a direita
o módulo do vetor campo elétrico, em unidade do Sistema d12 (20x10−2 ) 2
Internacional, vale:
Constante eletrostática igual a 9 x 109 Nm2/C2 k . Q2 9 x109 . 60 x10−6
E2 = = = 54 x 106 N/C para a esquerda
d 22 (10 x10−2 ) 2
_______________________
∴ E = E2 – E1 = 45 x 106 N/C
Q1 Q2 P
a) zero
b) 9, 0 x 106 Alternativa C
c) 45 x 106
d) 54 x 106
e) 63 x 106

CPV fiscol-med3904-R
Física 5

15. (UCSAL-BA) Os pontos assinalados na figura abaixo estão Resolução:


igualmente espaçados:
– 4Q Q E2 P E1
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 14243 14243
3D x
kQ k . 4Q
– 4Q Q ⇒ (3D + x ) = 4x 2
2
E1 = E 2 ⇒ =
x 2
(3D + x ) 2

O vetor campo elétrico resultante, criado por Q e -4Q,


3x2 – 6D x – 9D2 = 0
localizados nos pontos 7 e 4 indicados na figura, é nulo no ∴
ponto: − ( −6D ) ± ( −6D )2 − 4 . 3 . ( −9D2 ) 6D ± 36D 2 + 108D 2
x= = =
a) 10 2.3 6
b) 8 6D ± 12D
c) 6 = = D ± 2D
6
d) 5
Logo x1 = 3D ou x2 = – D (não convém)
e) 1
Alternativa A

16. Duas cargas elétricas, q1 e q2, criam, num certo ponto P, Resolução:
→ →
os campos elétricos E1 e E2, respectivamente, cuja soma
→ q1 gera campo para fora
é o vetor E, como está representado na figura. Podemos q2 gera campo para dentro
afirmar que:
Alternativa B
a) q1 = q 2
b) q1 > 0 e q2 < 0 q1
c) q1 > 0 e q2 > 0
d) q1 < 0 e q2 > 0
e) q1 < 0 e q2 < 0 →
E2
q2 P

→ →
E E1

17. (PUC) Duas cargas puntiformes de sinais e módulos Resolução:


desconhecidos estão separadas por uma distância d. A
intensidade do campo elétrico é nula num ponto de segmento As cargas têm que ser de mesma natureza para que a soma vetorial dos
que une as cargas. A respeito das cargas, pode-se afirmar campos gerados por cada uma delas seja nula num ponto entre elas.
que:
Alternativa D

a) têm módulos iguais


b) têm módulos diferentes
c) têm sinais contrários
d) têm sinais iguais
e) são ambas positivas

CPV fiscol-med3904-R
6 FÍSICA

18. Tem-se duas pequenas esferas, A e B, condutoras, Resolução:


descarregadas e isoladas uma da outra. Seus centros estão A 1074
cm 8P64748
10 cm B
64
distantes entre si 20 cm. Cerca de 5, 0 x 106 elétrons são + EA –
retirados da esfera A e transferidos para a esfera B. EB

Q = n . e = 5 x 106 . 1,6 x 10–19 = 8 x 10–13C


Considere a carga do elétron igual a 1,6 x 10–19 C e a
→ →
constante dielétrica do meio igual a 9, 0 x 109 Nm2/C2. a) | EA| = | EB | = E

R 2.k.Q 2 . 9 x 109 . 8 x 10−13


∴ Ep = 2E = = = 1,44 N/C
d2
(10 x 10 )
2
−2

P b) Paralela à reta AB
A B

a) Qual o valor do campo elétrico em P ?


b) Qual a direção do campo elétrico num ponto R sobre a
mediatriz do segmento AB ?

19. (CESGRANRIO) Duas cargas elétricas pontuais, de mesmo Resolução: –Q


valor e com sinais opostos, se encontram em dois dos k.Q
vértices de um triângulo eqüilátero. No ponto médio entre E=2. d
d2 →
esses dois vértices, o módulo do campo elétrico resultante E
devido às duas cargas vale E. Qual o valor do módulo do → → → → → k.Q d →
E' = E1 + E2 e | E1 | = | E2 | = E1 120º
campo elétrico no terceiro vértice do triângulo? (2d) 2
+Q →
E'2 = E12 + E22 + 2E1 E2 cos 120º 2d E2
a) E/2
b) E/3 k 2 .Q2 k 2 .Q 2 k 2 .Q2  1 
E'2 = + +2 . − 
c) E/4 (4d 2 ) 2 (4d 2 )2 (4d 2 )2  2 
d) E/6
e) E/8 k 2 .Q 2 k.Q E
E'2 = ⇒ E' = =
(4d 2 ) 2 4d 2 8

Alternativa E

20. As linhas de força de um campo elétrico estão representadas Resolução:


no desenho.
a) → b) EC < EA < EB
A EA

A

B EB
B

C →
C EC

a) Desenhe os vetores campo elétrico nos pontos A, B e


C.
b) Ordene os campos EA, EB e EC em ordem crescente de
intensidade.

CPV fiscol-med3904-R
Física 7

21. Considere as seguintes proposições extraídas da eletrostática: Resolução:



I. a força exercida por um campo elétrico E sobre uma carga elétrica (I) F→F=q.E

→ E
puntiforme q é dada por: F = (III) F → cargas de sinais opostos se atraem
q
II. o vetor campo elétrico é sempre tangente à linha de força no ponto
Alternativa B
considerado do campo elétrico.
III. cargas elétricas de mesmo sinal se atraem.
Nessas condições:
a) I é correta e II e III são incorretas;
b) II é correta e I e III são incorretas;
c) III é correta e I e II são incorretas;
d) todas são corretas;
e) todas são incorretas.

22. (UnB) A figura abaixo representa, na convenção usual, a configuração Resolução:


de linhas de forças associadas a duas cargas puntiformes, Q1 e Q2.
Podemos afirmar corretamente que: As linhas de campo saem de Q1 → logo Q1 > 0

As linhas chegam em Q2 → logo Q2 < 0

Alternativa C
Q2
a) Q1 e Q2 são
positivas;
b) Q1 e Q2 são
negativas;
c) Q1 é positiva e Q2, Q1
negativa;
d) Q1 é negativa e Q2,
positiva;
e) n.d.a.

23. (UF-RN) A figura representa o mapeamento de uma região onde existe um Resolução:
campo elétrico uniforme apontando no sentido das setas.
O elétron sofrerá uma força horizontal para a esquerda
Um elétron é abandonado em repouso no ponto A da figura.
cujo módulo vale: F = q . E

E
Logo, seu movimento será retilíneo e uniformemente
acelerado para a esquerda.

A Alternativa B

Desprezando-se a ação da gravidade, seu movimento será:

a) circular e uniforme;
b) retilíneo, uniformemente acelerado e para a esquerda;
c) retilíneo, uniformemente acelerado e para a direita;
d) retilíneo, uniformemente acelerado e para cima;
e) retilíneo, uniformemente acelerado e para baixo.

CPV fiscol-med3904-R
8 FÍSICA

24. (UNICAMP) A figura mostra as linhas de força do campo Resolução:


eletrostático criado por um sistema de 2 cargas puntiformes
q1 e q2. a) Nas proximidades de q1, pois nesta região temos maior densidade
de linhas de força.

b) As linhas saem de q1, logo q1 > 0 e chegam em q2, logo q2 < 0.


q2
q1 . q 2 < 0

q1

a) Nas proximidades de que carga o campo eletrostático é


mais intenso ? Por quê ?
b) Qual é o sinal do produto q1 . q2 ?

25. (MACK) Uma carga elétrica q = 1 µC, de 0, 5 g de massa, Resolução:


colocada num campo elétrico uniforme, de intensidade E,
sobe com aceleração de 2 m/s2. Sendo g = 10 m/s2 a FR = FE – P = m . a →
FE
aceleração da gravidade local, podemos afirmar que a
q.E=m.a+m.g
intensidade do campo elétrico é de:
m (a + g ) 0,5 x 10−3 ( 2 + 10 ) →
N P
a) 500 N/C E= = = 6000
q 1 x 10−6 C
b) 1 000 N/C
c) 2 000 N/C
d) 4 000 N/C Alternativa E
e) 6 000 N/C

26. (PUC-RS) Três cargas estão colocadas nos vértices de um Resolução:


triângulo eqüilátero, como mostra a figura:
+q

E1

P →
E2
→ →
E3 E
–q +q

O vetor campo elétrico resultante criado pelas cargas no


ponto P é mais bem representado por: Alternativa C

a) d)

b) e )

c)

CPV fiscol-med3904-R
Física 9

27. (ITAJUBÁ) Uma carga positiva, puntual, situada no Resolução:


ponto P, cria um campo elétrico no ponto A, como se vê
representado pelo vetor aplicado em A. Qual dos vetores A distância é 3 vezes maior. Como o campo é proporcional ao
abaixo melhor representa o campo elétrico criado pela referida inverso do quadrado da distância, ele será 3 vezes menor.
carga, no ponto B? As distâncias e os módulos dos vetores
foram desenhados em escala. O campo original media 3 cm; logo, o novo deve medir
3 cm
6
47 4
3 cm8 3
= 1 cm
P A B
+
123 Alternativa E
1 cm

a)
b)
c)
d)
e)

28. (UNICAMP) Duas cargas puntiformes, Q1 = +4 x 10–6C e Resolução:


Q2 = –2 x 10–6 C, estão localizadas sobre o eixo x e distam x
x
a) 3 2m P
3 2 m entre si.
4 x 10–6C – 2 x 10–6C
K0 = 9 x 109 N . m2/C2
E1 = E2
a) A que distância de Q2, medida sobre o eixo x, o campo k . Q1 k . Q2
elétrico resultante é nulo? =
d12 d 22
b) Que força atuará sobre uma carga de prova
Q3 = +2 x 10–6 C colocada a meia distância entre Q1 e Q2? d2
( )
Q1 2
= 2 = 12 ⇒ 2 . x2 = 3 2 + x ⇒ 2x 2 − x 2 − 6 2 x − 18 = 0
Q2 d2

x 2 − 6 2 x − 18 = 0

x1 = 3 2 − 6 (não convém)

x 2 = 3 2 + 6m

k . Q1 . Q3 9 x109 . 4 x10 −6 . 2 x10−6


b) F13 = = = 16 x 10–3N
d132 ( )
2
1,5 2

k . Q 2 . Q3 9 x109 . 2 x10−6 . 2 x10−6


F23 = = = 8 x 10–3N
(1,5 2 )
2 2
d 23

F13 repele e F23 atrai



F 23
Q1 Q3 Q2

F 13

FR = 16 x 10–3 + 8 x 10–3 = 2,4 x 10–2N

CPV fiscol-med3904-R
10 FÍSICA

29. (FAAP) Considere g = 10 m/s2 e um campo elétrico vertical Resolução:


ascendente de intensidade 5 x 105 V/m. Nessa região, uma F R = P – FE = m . a
partícula de carga 2 nC e massa 0,5 grama é lançada →
verticalmente para cima com velocidade de 16 m/s. Calcule a 0,5 x 10–3 . 10 – 2 x 10–9 . 5 x 105 = 0,5 x 10–3 . a FE
máxima altura atingida pela partícula. a = 8 m/s2


n = nano = 10–9 V2 = V02 + 2 . a . ∆S P
0 = 162 + 16 . h
h = 16m

30. (FUVEST) Considere duas cargas q e duas cargas –q Resolução:


dispostas sobre uma circunferência de centro O, como
mostra a figura. Em que pontos do plano da circunferência, No ponto O, os campos têm mesmo módulo, direção e sentidos
o campo elétrico é nulo ? opostos.
q A D –q →
E4

O E1

O E3 →
E2
–q B C q
→ → → →
E1 + E2 + E3 + E4 = 0

31. (UF-PA) Com relação às linhas de força de um campo Resolução:


elétrico, pode-se afirmar que são linhas imaginárias:
Alternativa A → Esta é a definição de linhas de força.
a) tais que a tangente a elas em qualquer ponto tem a
mesma direção do campo elétrico;
b) tais que a perpendicular a elas em qualquer ponto tem
a mesma direção do campo elétrico;
c) que circulam na direção do campo elétrico;
d) que nunca coincidem com a direção do campo elétrico;
e) que sempre coincidem com a direção do campo elétrico.

32. (UF-ES) As linhas de força do conjunto de cargas Q1 e Q2 Resolução:


são mostradas na figura. Para originar essas linhas, os
sinais de Q1 e Q2 devem ser, respectivamente: As linhas de força saem de Q1, logo Q1 > 0.

As linhas de força chegam em Q2, logo Q2 < 0.

Alternativa C

Q1 Q2

a) + e + b) – e – c) + e –
d) – e + e) + e + ou – e –

CPV fiscol-med3904-R
Física 11

33. (UF. Viçosa) Com relação ao movimento adquirido por uma Resolução:
partícula de massa m e carga elétrica negativa, inicialmente A aceleração é para a esquerda e, com isso, a partícula desloca-se para
em repouso numa região onde existe um campo elétrico a esquerda.
uniforme →E, conforme figura abaixo, pode-se afirmar: → –
Fe
Alternativa D
A B C


E

a) desloca-se de A para B em movimento retilíneo e


uniforme;
b) desloca-se de B para A em movimento retilíneo e uniforme;
c) desloca-se de A para B em movimento retilíneo
uniformemente acelerado;
d) desloca-se de B para A em movimento retilíneo
uniformemente acelerado;
e) permanece em repouso.

34. (PUC) Seja Q (positiva) a carga geradora do campo elétrico Resolução:


e q0 a carga de prova em um ponto P, próximo de Q.
O campo elétrico num ponto depende apenas da carga elétrica que o
Podemos afirmar que: gera.

Alternativa E
a) o vetor campo elétrico em P dependerá do sinal de q0;
b) o módulo do vetor campo elétrico em P será tanto
maior quanto maior for a carga q0;
c) o vetor campo elétrico será constante nas proximidades
da carga Q;
d) a força elétrica em P será constante, qualquer que seja
o valor de q0;
e) o vetor campo elétrico em P é independente da carga de
prova q0.

CPV fiscol-med3904-R
12 FÍSICA

35. (UNICAMP) Duas pequenas esferas metálicas idênticas, Resolução:


inicialmente carregadas com cargas Q1 = 1,0 x 10–6 C
e Q2 = –3, 0 x 10–6 C, são colocadas em contato e depois QF =
(−3 + 1) x10−6 = – 1 x 10–6
a)
afastadas uma da outra até uma distância de 60 cm. 2
→ →
K0 = 9 x 109 Nm2/C2 F21 F 12

a) Qual é a força eletrostática (em intensidade, direção e 0,6 m


sentido) que atua sobre cada uma das cargas ? 9 x109 . 10−6 . 10−6
F21 = F12 = = 2,5 x 10–2 N
b) Calcule o campo elétrico (em intensidade, direção e (0,6 )2
sentido) no ponto P situado sobre a mediatriz do b) Projeção de E1 no eixo y: → →
segmento de reta que une as duas cargas, a 50 cm de E1 E2
k . Q1
distância de uma delas. E1y = . sen θ =
d2

0,4 m
0,5 m 0,5 m
θ
9 x109 . 1x10−6 0, 4
= . = 0,3 m 0,3 m
(0,5) 2 0,5
= 28800 N/C , mas E2y = E1y = 28800 N
As projeções do eixo se anulam.
ER = 28800 + 2800 = 57600 N/C

36. (FUVEST) Sobre uma partícula carregada atuam Resolução:


exclusivamente as forças devidas aos campos elétrico e Se a velocidade é constante, a força resultante é nula.
gravitacional terrestre. Admitindo que os campos sejam
uniformes e que a partícula caia verticalmente, com

velocidade constante, podemos afirmar que: FE
a) a intensidade do campo elétrico é igual à intensidade FR = 0 ⇒ P = FE
do campo gravitacional; →
b) a força devida ao campo elétrico é menor, em P
intensidade, do que o peso da partícula;
c) a força devida ao campo elétrico é maior, em intensidade,
do que o peso da partícula; Alternativa D
d) a força devida ao campo elétrico é igual, em intensidade,
ao peso da partícula;
e) a direção do campo elétrico é perpendicular à direção do
campo gravitacional.

37. (UF-RN) Três cargas elétricas iguais (+q) estão colocadas Resolução:
em diferentes pontos de uma circunferência, conforme a Os campos gerados pelas cargas que são diametralmente opostas se
figura . Sendo E o módulo do campo elétrico produzido por cancelam, sobrando apenas o campo devido à terceira carga.
cada carga no centro C da circunferência, qual o módulo do
campo elétrico resultante produzido pelas três cargas nesse Alternativa B
centro ? +q

a) nulo
b) E
c) +q +q
2E
C
d) 2E
e) 3E

CPV fiscol-med3904-R
Física 13

38. (AMAN-RJ) Nos vértices de um quadrado de 10cm de lado Resolução:


colocam-se cargas de módulos iguais, conforme a figura.
Sendo k = 9 x 109 N . m2 . C–2, a intensidade do vetor campo k.q
ERes = 2 . E = 2 . +q –q
elétrico resultante no ponto de encontro das diagonais, em d2
V/m, vale: →
2 . 9 x109 . q E
ERes = = →
a) 3, 6 x 1012 q +q –q (em  10 x10−2 . 2 
2 → E
E →
5, 09 x 1012 q coulomb)  
b)  2  E
c) 1, 8 x 1012 q  
d) 3, 6 x 108 q = 3,6 x 1012 . q –q –q
e) zero

Alternativa A
–q –q

39. (UF-CE) Quatro cargas pontuais positivas estão no vácuo Resolução:


e presas nos vértices de um losango de lado igual a 5m. 50 C
A distribuição das cargas nos vértices do losango é tal que
nos vértices opostos as cargas são iguais e nos vértices
E'
adjacentes são iguais respectivamente a 10 C e 50 C.
Calcule o campo elétrico no centro do losango. E
10 C 10 C ⇒E=0
E
E'

50 C

40. (UE-RJ) Cinco cargas puntuais positivas e iguais a q Resolução:

ocupam cinco dos vértices do hexágono regular de lado l Os campos gerados pelas cargas que são diametralmente opostas se
cancelam, sobrando apenas o campo devido à carga que está no eixo x.
mostrado na figura. Determine a direção e o sentido do

campo elétrico E no centro O do hexágono e calcule seu →
∴ O campo elétrico E é horizontal para a direita.
módulo em função de q, l e K, onde K é a constante
eletrostática. k .q
y
E=
q q l2
l

q O x

q q

CPV fiscol-med3904-R
14 FÍSICA

41. (VUNESP) Um elétron de massa m e carga q < 0 penetra Resolução:


→ →
com velocidade V0numa região onde existe um campo E a) no eixo x: x = V0 . t
elétrico uniforme, conforme a figura a seguir: A' no eixo y: Fel = q . E (para cima)
y q.E
→ mas q . E = m . a ⇒ a = (para cima)
E m

0 V0 x 1 q.E 2
0' ∴y= . t
2 m
d x
b) t=
V0
A Substituindo em y:
a) Escreva as questões horárias do movimento do elétron. 2
 x 
1 q.E 1 q.E
b) Obtenha a equação y (x) da trajetória da partícula. Que y= . .   ⇒ y = . 2
. x 2 (parábola)
curva é essa?
2 m  0
V 2 m . V0
c) Calcule o afastamento y0 que define o ponto de impacto
1 q . E . d2
P no anteparo AA'. c) y0 = y(d) = .
2 m . V0 2

42. (FUVEST) Entre duas placas metálicas horizontais existe Resolução:


uma região R em que o campo elétrico é uniforme. FRes = Fel
A figura indica um corpúsculo de massa m e carga q sendo
projetado com velocidade V0 para o interior dessa região, q.E
m.α=q.E⇒α=
sob ângulo θ de lançamento. Devido à ação simultânea do m
campo elétrico e do campo gravitacional, enquanto o ∴ α não depende de θ
corpúsculo estiver na região R sua aceleração vetorial:
Alternativa E
a) varia de ponto para ponto;
b) tem vetor componente paralelo às placas;
c) nunca pode ser nula;
d) é sempre paralela a v0; –
e) independe do ângulo θ.
R

θ +

V0
q

43. (FUVEST) Uma partícula de carga q > 0 e massa m, com Resolução:


velocidade V0 > 0, penetra numa região do espaço, entre
a) FRes = Fel
x = 0 e x = a, em que existe apenas um campo elétrico
uniforme, E > 0. O campo é nulo para x < 0 e x > a. q.E
m.α=q.E⇒α=
→ m
E
b) V2 = V02 + 2 . α . a

V0 q.E
V= V02 + 2 . .a
m

0 a x

a) Qual a aceleração entre x = 0 e x = a ?


b) Qual a velocidade para x > a ?

CPV fiscol-med3904-R
Física 15

44. Num ponto P distante 1m de uma carga puntiforme fixa Resolução:


Q = 2µC, coloca-se uma carga puntiforme de prova q = 0,5µC.
Calcule a energia potencial associada ao sistema. 9 × 109 . 2 × 10−6 . 0,5 × 10−6
E pP =
1
K = 9 × 109 N m2/C2 E p P = 9 x 10–3 J

Observação: para um sistema constituído por duas cargas


puntiformes, a energia potencial do sistema será nula quando a
distância que as separa for infinita. (P.R.)

45. Calcule o trabalho realizado pela força elétrica do exercício Resolução:


anterior para levar q do ponto P até o infinito.
(Lembre-se que: d∞ = ∞) τ Fp ∞ = E pp − Ep

k ⋅Q
Ep = =0
∞ ∞

∴ Fτ p∞ = 9 × 10 −3 J
(P.R.) = posição de referência

46. Numa região do espaço é fixada uma carga de 6µC. Uma Resolução:
carga de prova de −1µC é colocada num ponto P distante
10cm da carga fixa. k.Q.q 9 x109 . 6 x10−6 . 1x10−6
k = 9 x 109 N m2/C2
a) F= = = 5,4N
d2
(10 x10 )
2
−2
Determine:

k . Q . q −9 x109 . 6 x10−6 . 1x10−6


a) a força de atração entre as cargas na situação descrita;
b) τPF ∞ = E P − E P∞ = = =
b) o trabalho realizado pela força elétrica para levar a carga p
d 10 x10−2
de prova do ponto P ao infinito; = – 0,54 J
c) a energia potencial do sistema no ponto P.

c) E PP = τPF∞ = −0,54J

47. Numa experiência realizada em laboratório, é fixada em um Resolução:


ponto do espaço uma carga puntiforme de 5µC. Uma carga
k.Q.q
de prova é colocada próxima à carga fixa. Verifica-se, então, a) EP = = 0,45
que a força de repulsão entre elas vale 4,5N e a energia d
k.Q.q k.Q.q 1
associada ao sistema é 0,45J. Determine: Fd = = 4,5 ⇒ . = 4,5
d2 d d
k = 9 x 109 N . m2/C2 0, 45
Logo, = 4,5 ⇒ d = 0,1 m = 10 cm
d
a) o sinal e o valor da carga de prova;
b) a distância que separa as cargas.
0,45d 0, 45 . 0,1
q= = = 1µC (positiva, pois E > 0)
b) k . Q 9 x109 . 5 x10−6 P

CPV fiscol-med3904-R
16 FÍSICA

48. Duas cargas puntiformes são colocadas no vácuo Resolução:


(k = 9 x 109 N . m2/C2) a uma distância de 10cm. Sabendo k . Q . q 9 x109 . 10 x10 −6 . 2 x10 −6
que Q = 10µC e q = 2µC, determine: a) EP = = = 1,8 J
d 10 x10 −2

a) a energia potencial do sistema; k . Q . q 9 x109 . 10 x10−6 . 2 x10−6


b) a energia potencial do sistema ao triplicarmos a distância b) EP ' = = = 0,6 J
d 30 x10 −2
entre as cargas.

49. Nas proximidades de uma carga fixa de 3µc coloca-se uma carga de prova de 1µC em várias posições do espaço.
k = 9 x 109 N m2/C2

a) determine a força elétrica entre as cargas quando elas estão separadas pelas distâncias de 10cm; 20cm; 30cm e 40cm.
b) construa o gráfico F x d para as distâncias acima.
c) calcule o trabalho realizado pela força elétrica para levar a carga de prova de um ponto X (10cm) a um ponto Y (40cm de Q).
d) com base no item b do exercício, calcule, utilizando a propriedade da área (aproximá-la para uma única área, de um trapézio),
o trabalho pedido no item c.
e) repita o procedimento do item d, porém utilizando a área de três trapézios (10cm a 20cm, 20cm a 30cm e 30cm a 40cm).
f) O que podemos concluir, comparando os resultados dos itens c, d e e ?

Resolução:
k.Q.q 9 x109 . 3x10−6 . 1x10−6 9 x109 . 3x10−6 . 1x10−6
F= F1 = = 2,7 N F2 = = 0,67 N
(20 x10 )
a)
(10 x10 )
2
d2 −2
2 −2

9 x109 . 3x10−6 . 1x10−6 9 x109 . 3x10−6 . 1x10−6


F3 = = 0,3 N F4 = = 0,17 N
(30 x10 ) (40 x10 )
2 2
−2 −2
F (N)
2,7
b)

0,67
0,30
0,17
d (m)
0,1 0,2 0,3 0,4

   9
. 3x10−6 9 x109 . 3x10−6 
c) τFxy = q(Vx − Vy ) = 1x10−6  k Q − k Q  = 1x10−6  9 x10 −  ⇒

∴ τFxy = 20,25 x 10–2 J
 dx dy   10 x10−2 40 x10−2 



(2, 7 + 0,17) . 0,3
d)
2,7 
 
τFxy N
= area =
2
= 42,9 x 10–2 J
  0,17

14
4244 3
0,3

(2,7 + 0,67).0,1 (0,67 + 0,3).0,1 (0,3 + 0,17 ).0,1


e) ATOTAL = A1 + A2 + A3 =
2
+
2
+
2
= 23,9 x 10–2 ∴ τFxy = 23,9 x 10-2 J

f) Concluímos que dividindo a área total entre os pontos XY em outras áreas menores, a soma das áreas aproxima-se, em valor
numérico, do trabalho da força elétrica entre os pontos XY.

CPV fiscol-med3904-R
Física 17

50. Uma carga elétrica (q) puntiforme de −0,5µC, quando Resolução:


colocada no interior de um campo elétrico, adquire uma
energia potencial de −60J. Calcule o potencial elétrico do Ep − 60
ponto onde foi colocada a carga elétrica. V= ⇒ V= = 120 × 106 = 1, 2 × 108 V
q − 0,5 × 10−6

51. Determine o potencial elétrico de um ponto P do vácuo, Resolução:


distante de uma carga fixa (Q) 1m, nos seguintes casos:
k.Q 9 x 109 . 10 x 10−6
k = 9 x 109 N . m2/C2 a) V = = = 9 x 104 V
d 1
a) Q = 10µC
b) Q = −13µC
b) V =
(
9 x 109 ⋅ −13 x 10−6 ) = –1,17 x 10 V
5
1

52. Qual o trabalho realizado pela força elétrica que age sobre Resolução:
uma partícula eletrizada com uma carga de −4µC, que é
levada de um ponto A (VA = 20V) a um ponto B
(VB = 50V), no interior de um campo elétrico ? O
τAB
F = q ⋅ ( VA − VB ) = − 4 x 10 ⋅ ( 20 − 50 ) = 1,2 x 10 J
−6 –4

movimento da partícula é espontâneo ou forçado ? Como τ AB > 0 ⇒ movimento espontâneo


F

53. Quais seriam as respostas do exercício anterior, se a Resolução:


partícula eletrizada tivesse uma carga elétrica de + 4µC ?
τ AB −4
F = − 1,2 x 10 J
τ AB
F <0⇒
movimento forçado

54. Analisando os dados e os resultados dos 2 exercícios Resolução:


anteriores, o que podemos concluir ?
Concluímos que uma carga positiva move-se espontaneamente do
maior para o menor potencial elétrico e uma carga negativa move-
se espontaneamente do menor para o maior potencial elétrico.

CPV fiscol-med3904-R
18 FÍSICA

55. Uma carga Q = 10µC fixa no espaço dista 10 cm de um ponto Resolução:


A e 40 cm e de um ponto B. Calcule o trabalho realizado pela k.Q
força elétrica para levar uma carga de prova q = −2µC do V=
d
ponto A ao ponto B. O movimento da partícula é espontâneo
ou forçado? k . Q 9 x109 . 10 x10−6
VA = = = 9 x105 V
dA 10 x10−2
k . Q 9 x109 . 10 x10−6
VB = = = 2, 25 x105 V
dB 40 x10−2

τFAB = q (VA – VB) = – 2 x 10–6 (9 x 105 – 2,25 x 105) = –1,35 J


τFAB < 0 ⇒ movimento forçado

56. (FUVEST) São dadas duas cargas elétricas pontuais Resolução:


q e −q, de mesmo módulo, situadas como mostra a figura.
Sabe-se que o potencial do ponto A vale 5 volts, a) τ∞F A = q ( V∞ – VA) = q (– VA) = 1 x 10–9 . (– 5) = – 5 x 10–9 J
considerando-se nulo o potencial no infinito. Qual o
k.q k.q
trabalho realizado pela força do campo quando se desloca b) VO = − =0
uma carga positiva de 1 nC (10−9 C) d d

d d d τAO
F = q (VA – VO) = 1 x 10–9 . 5 = 5 x 10–9 J

–q O +q A
a) do infinito até o ponto A ?
b) do ponto A até o ponto O ?

57. (MACK) Duas cargas elétricas puntiformes, Resolução:


Q1 = 4 x 10−8 C e Q2 = −3 x 10−8 C, estão localizadas nos
pontos A e B, separadas por uma distância de 10cm, no vácuo. k Q1 k Q 2 9 x109 . 4 x10−8 9 x109 . (−3x10−8 )
a) VC = + = +
d/2 d/2 5x10 −2 5x10 −2
a) calcule o potencial no ponto C, médio, entre A e B, e
no ponto D, a 8 cm de A e a 6 cm de B. VC = 1800 V
b) qual o trabalho das forças elétricas sobre a carga k Q1 k Q2 9 x109 . 4 x10−8 9 x109 . (−3x10−8 )
q = 25 x 10−9 C, que se desloca de C para D ? VD = + = +
dA dB 8 x10−2 6 x10−2
VD = 0 V

b) τFCD = q (VC – VD) = 25 x 10–9 (1800 – 0) = 4,5 x 10–5 J

58. (MACK) A diferença de potencial entre dois pontos A e B Resolução:


é VA − VB = 1 x 106 V. Pode-se afirmar que o trabalho
da força do campo elétrico para levar uma carga puntiforme τFAB = q (VA – VB) = 2 x 10–6 . 1 x 106 = 2 J
q = 2µC de A para B é:
Alternativa B
a) −2 J
b) 2 J
c) 1 J
d) dependente da trajetória da carga q ao se deslocar de
A para B.
e) n.d.a.

CPV fiscol-med3904-R
Física 19

59. (FUVEST) Duas cargas −q distam a do ponto A, como indica Resolução:


a figura.
a) VA = 0
A a
–q k . ( −q) k . ( −q) k . q
Mas VA = + +
45º a a x
45º 2 kq kq 1 2 a
∴– + =0⇒ = ⇒x=
a x x a 2
a
b) Não, pois o potencial elétrico é uma grandeza escalar. Assim
sendo, colocando-se a carga +q em qualquer ponto que diste
a/2 do ponto A, o potencial gerado terá o mesmo valor.

–q x
a) a que distância de A, sobre a reta x, devemos colocar uma
carga +q, para que o potencial eletrostático em A seja
nulo ?
b) é este o único ponto do plano da figura em que a carga
+q pode ser colocada para anular o potencial em A ?
Justifique a resposta.

60. (PUC) Um átomo de hidrogênio (não excitado) é composto Resolução:


de um próton, ao redor do qual gira um elétron, numa
órbita circular de raio aproximadamente igual a 10−10m k Q1 . Q 2 9 x109 . 1,6 x10−19 . 1,6 x10−19
(1 Å). Determine: a) F = ⇒F=
d2
(10 )
2
−10
e = 1,6 x 10−19C (carga do próton)
K0 = 9 x 109 N . m2/C2 F = 23,04 x 10–9 N

a) a força eletrostática que atua no elétron e o campo


elétrico num ponto da sua órbita; k . Q 9 x109 . 1,6 x10−19
b) VP = = = 14,4V
b) o potencial elétrico nesse ponto, supondo nulo o seu d 10−10
valor a uma distância infinita do próton.

61. (UF-GO) Duas cargas elétricas puntiformes +q e −q, bem Resolução:


próximas uma da outra, constituem um dipolo elétrico.
a) – q
Considere o sistema no vácuo →
–q E2 →
E1
r
a
2
θ +q
θ
a
→ →
2 Por simetria, |E1| = |E2| ∴ ERES é vertical para cima.
r
+q
k . q k ( −q)
a) determine a direção e o sentido do vetor campo
→ b) VP = + = 0V
elétrico Ε criado por esse dipolo, num ponto P r r
situado na mediatriz do segmento da reta que une
as duas cargas, conforme mostra a figura.
b) determine o valor do potencial elétrico do ponto P,
na configuração acima.

CPV fiscol-med3904-R
20 FÍSICA

62. (VUNESP) Uma carga de prova q0 é deslocada sem aceleração Resolução:


no campo elétrico criado por uma carga puntiforme q, fixa.
Se o deslocamento de q0 for feito de um ponto A para outro Como as distâncias são iguais, VA = VB. logo τF = 0.
B, ambos à mesma distância de q, mas seguindo uma
trajetória qualquer, o que se pode dizer a respeito do
trabalho realizado pelo agente que movimentou a carga ?
Justifique sua resposta.

63. (CESGRANRIO) Duas cargas puntiformes I e II estão fixas Resolução:


nas posições indicadas na figura:
As cargas têm que ter mesmo módulo e sinais trocados para que

(I) E M (II) VM = 0. Como o campo é orientado para a esquerda, concluímos que
a carga que está na posição (I) é negativa e a que está na posição (II)
é positiva.
O ponto M é o ponto médio do segmento que une as duas
cargas. Observa-se experimentalmente que em M o campo Alternativa A
elétrico →
E tem a direção e o sentido mostrados na figura e que
o potencial elétrico é nulo (o potencial é também nulo no
infinito). Esses dados permitem afirmar que as cargas I eII
têm valores respectivos:
I II
a) −q q
b) −q/2 q
c) q −q/2
d) −q −q
e) q q

64. (UF-CE) A distribuição de cargas puntiformes, em que o Resolução:


campo e o potencial elétricos são ambos nulos na origem é: y

–Q

a) y c) y Com esta configuração, o campo


+Q
–Q –Q x elétrico e o potencial elétrico
+Q são nulos na origem.
–Q –Q
x x
–Q 0 +Q 0 –Q
–Q +Q
Alternativa D

b) y d) y
+Q –Q
+Q +Q
x x
+Q 0 +Q 0

+Q –Q

e) n.d.a.

CPV fiscol-med3904-R
Física 21

65. (MAUÁ) Entre dois pontos A e B existe uma diferença de Resolução:


potencial eletrostático VA − VB = + 40V. Uma carga
puntiforme q = 1,5 x 10−8C é deslocada do ponto A até o a) τA → B = q (VA – VB) = 1,5 x 10–8 (40) = 6 x 10–7 J
ponto B, sobre a reta AB, vagarosamente. Movimento espontâneo

a) calcule o trabalho realizado pelo campo elétrico nesse b) Sim, o trabalho seria o mesmo pois independe da trajetória.
deslocamento e explique o significado do seu sinal
algébrico.
b) seria possível calcular o trabalho realizado se a partícula
se deslocasse de A até B, porém não sobre a reta AB ?
Por quê ?

66. (FUVEST) A figura representa alguns pontos de um campo Resolução:


eletrostático e os valores dos potenciais correspondentes.
Qual o trabalho realizado pelo campo para levar uma carga q τA → B = q (VA – VB) = 2 x 10–6 (20 – (– 20)) = 8 x 10–5 J
de 2 x 10−6C do ponto A ao pontoB?
10V 0 –10V
20V –20V
A

67. (PUC) A figura mostra a configuração dos potenciais Resolução:


(linhas tracejadas) de um campo eletrostático. Uma carga de
0,02 coulomb deve ser deslocada entre os pontos A e B, pela τA → B = q (VA – VB) = 0,02 (2 – (– 2)) = 0,08 J
trajetória indicada por traço cheio, na figura. Calcular o
trabalho realizado pelas forças eletrostáticas no
deslocamento de A para B.

+3V
+2V
A
+1V

–1V
B
–2V

–3V

CPV fiscol-med3904-R
22 FÍSICA

68. (UF-RS) Duas cargas elétricas puntiformes de mesmo módulo Resolução:


e sinais contrários estão fixas nos pontos X e Y,
representados na figura. Entre que pontos a diferença de Em O e R, pois estão a mesma distância das cargas.
potencial gerada pelas cargas é nula ?
R Alternativa A
a) OeR
b) XeR
c) XeY X Y
0
d) PeQ
e) OeY P Q

69. (UF-PR) Considere as superfícies abaixo S1 S2 e S3 com seus Resolução:


respectivos potenciais elétricos indicados e determine o
trabalho para se transportar uma carga de 2C, do ponto A τA → E = q . (VA – VE) = 2 . (– 2 – 29) = – 62 J
ao ponto E, percorrendo a trajetória indicada:
D
E
S1
C +29V

S2 +19V
B
S3 A
–2V

70. (FUVEST) Uma partícula eletrizada positivamente com carga Resolução:


q = 3 x 10−15C é lançada em um campo elétrico uniforme de
intensidade 2 x 103 N/C, descrevendo o movimento repre- 2 x 103 N/C = 2 x 103 V/m
sentado na figura. Qual a variação da energia potencial da
1 m –– 2 x 103V 
partícula entre os pontos A e B ?  ⇒ U = 80V
0,04 m –– U 

A ∆EP = q . U = 3 x 10–15 . 80 = 24 x 10–14 J ..

3cm

4cm

71. (UEL-PR) A figura abaixo representa dois pontos A e B Resolução:


separados de 0,2 m com potenciais elétricos V A = 70V e
VB = 30V, imersos num campo elétrico uniforme, cuja U VA − VB 70 − 30
intensidade em V/m é de: E= = = = 200 V/m
d 0,2 0, 2

a) 6 Alternativa D
b) 14 A B
c) 150
d) 200
e) 350

CPV fiscol-med3904-R
Física 23

72. (PUC-MG) O trabalho realizado pela força que um campo Resolução:


elétrico uniforme de 15 000 N/C aplica sobre uma carga
pontual positiva de 1C para transportá-la, na direção do τF = q . E . d = 1 . 15000 . 3 x 10–2 = 450 = 4,5 x 102 J
campo, entre dois pontos afastados de 3 x 10−2m vale:
Alternativa E
a) 2 x 10−4 J
b) 3 x 10−2 J
c) 5 x 105 J
d) 1,5 x 104 J
e) 4,5 x 102 J

73. (FEI) Determinar o trabalho das forças de campo elétrico de Resolução:


uma carga puntiforme Q = 5,0µC para transportar outra carga
k.Q k.Q
puntiforme q = 2,0 x 10–2 µC de um ponto A a outro B, τFAB = q (VA – VB) = q  − =
d B 
distantes 1,0m e 2,0m da carga Q, respectivamente. Esse  dA
trabalho é a favor ou contra o campo elétrico ?
 9 x109 . 5 x10−6 9 x109 . 5x10−6 
= 2 x 10–2 . 10–6  1

2


 
τFAB = 4,5 x 10–4 J a favor do campo elétrico

74. Sobre um pedestal isolante, encontra-se um condutor Resolução:


eletrizado. Adota-se potencial zero em um ponto distante A.
A partir de A, transporta-se para B uma carga q = 10mC. τ = – 20 J
Nesse processo, o trabalho do operador contra a força de
campo elétrico é igual a 20J. Pede-se o potencial do campo – 20 = 10 x 10–3 (VA – VB)
em B (em volts).
VB = 2 x 103 V

75. (MACK) Uma carga elétrica puntiforme cria no ponto P, Resolução:


situado a 20cm dela, um campo elétrico de intensidade 900V/
m. O potencial elétrico nesse ponto P é: E.d=U
900 . 0,2 = U
a) 100V
U = 180V
b) 180V
c) 200V
Alternativa B
d) 270V
e) 360V

CPV fiscol-med3904-R
24 FÍSICA

76. Na figura abaixo, sabe-se que o potencial no ponto A, Resolução:


devido à presença da carga Q, tem valor de 36 x 103 V e a k.Q k.Q
intensidade do campo elétrico, no ponto B, vale E= 2
⇒ 9 x103 = ⇒ k . Q = 36 x 103 d2
d 4d 2 d2 = d
9 x 103 N/C. Sendo k = 9 x 109 N . m2/C2, a carga Q vale:
k.Q k.Q d = 1m
VA = ⇒ 36 x103 = ⇒ k . Q = 36 x 103 d
a) 1,0 x 10−6 C d d
b) 4,0 x 10−6 C d d
2,0 x 10−6 C 9 x109 . Q
c) Q+ A B 36 x 103 = ⇒Q=4µC
d) 0,5 x 10−6 C 1
e) 3,0 x 10−6 C
Alternativa B

77. (FEI) Na figura, a carga puntiforme Q está fixa em O. Resolução:


Sabe-se que OA = 0,5m, OB = 0,4m e a diferença de k.Q k.Q
potencial entre B e A vale VB − VA = − 9 000V. O valor VA =
0,5
e VB =
0,4
da carga Q (em µC) é de:
a) −2  1 1 
O (Q) VB – VA = kQ  −  ⇒ – 9000 = 9 x 10 . Q . 0,5
9
b) +2  0,4 0,5 
c) + 4,5 Q = – 2 x 10–6C
d) −9 B A
e) +9 Alternativa A

78. (FEI) Na questão anterior, determine a diferença de Resolução:


potencial entre os pontos A e B e o trabalho realizado pela
força de um operador para deslocar uma carga puntiforme VB – VA = – 9000 V
q = 1µC desde A até B. VA – VB = 9000 V

τA → B = 9 . (VA – VB) = 1 x 10–6 . (9000) = 9 mJ

79. (Viçosa) A base de uma nuvem de tempestade, eletricamente Resolução:


carregada, situa-se a 500m do solo. O ar se mantém isolante
até que o campo elétrico entre a nuvem e o solo atinja o valor a) E d = U ⇒ U = 5 x 106 . 500 = 2,5 x 109 V
de 5,00 x 106 N/C. Num dado momento, a nuvem descarrega
por meio de um raio a energia de 5,00 x 1011 J. Calcule: ∆E p 5 x1011
b) ∆Ep = Q . E . d ⇒ Q = = = 200 C
E.d 5 x106 x 500
a) a diferença de potencial entre a base da nuvem e o solo;
b) a quantidade de carga transportada pelo raio.

80. (UF-PE) Um próton é acelerado a partir do repouso por uma Resolução:


diferença de potencial de 107 V. Sua massa e carga elétrica
são, respectivamente, 1,7 x 10−27 kg e 1,6 x 10−19 C. A ∆Ec = τFel = q . U = 1,6 x 10–19 . 107 = 1,6 x 10–12 J
energia cinética final adquirida pelo próton é, em joules:
Alternativa E
a) 1,6 x 10−19
b) 1,6 x 10−27
c) 1,6 x 10−15
d) 1,6 x 10−8
e) 1,6 x 10−12

CPV fiscol-med3904-R
Física 25

81. (UF-GO) Na figura a seguir, são indicadas as linhas de força Resolução:


e os potenciais de um campo elétrico uniforme de intensidade
E = 105 V/m. Qual é o valor de d ? 105V –– 1 m  10
 ⇒ d = 5 = 10 m
–4
100V 90V 80V 10 V –– d  10


E

d d

82. (PUC) Uma massa de 5 x 10−3 kg move-se do ponto A ao Resolução:


pontoB. Suponha que a massa sofra a ação de uma força
elétrica constante de 2 x 10−4 N para a esquerda, ao longo a) τFAB = – F . dAB = – 2 x 10–4 . 1,5 = – 3 x 10–4 J
de todo o deslocamento.
b) Como a carga é positiva, sofre ação de uma força a favor do
a) Que trabalho é realizado pela força elétrica para mover campo e contra o deslocamento. Logo, o trabalho é negativo, pois
a massa de A para B ? a carga foi para o maior potencial e a energia potencial aumentou.
b) Considerando a massa com uma carga elétrica de
+ 3,3 x 10−10C, sua energia potencial elétrica aumentou,
diminuiu ou permaneceu inalterada ?

2 x 10–4 N 1,50m

A B

83. (FUVEST) O gráfico descreve o potencial elétrico numa Resolução:


região do espaço em função da distância à origem. Um
próton desloca-se nesta região. Considere o valor da carga a) τ = q (VA – VB)
do próton 1,6 x 10 −19 C.
τ = 1,6 x 10–19 . (1000 – 0) = 1,6 x 10–16J
b) Entre S = 0 e S = 0,03m o potencial é constante, logo o campo
a) Qual o trabalho realizado sobre o próton quando ele
elétrico é zero.
passa da posição 0,01m a 0,05m ?
b) Esboce o gráfico do módulo do campo elétrico em Entre S = 0,03 m e S = 0,05 m, o potencial varia uniformemente,
função da distância. logo o campo elétrico é constante e vale:
U 1000
E= = = 5 x 104 V/m
V (volts) d 0,05 − 0,03

Portanto:
1 000 E (V/m)

5 x104
S (m)
0 0,01 0,03 0,05
d (m)
0 0,03 0,05

CPV fiscol-med3904-R
26 FÍSICA

84. (STA. CASA) Um elétron no vácuo é acelerado a partir do Resolução:


repouso, sob diferença de potencial de 1,0 x 104 volts. A
carga do elétron é igual a 1,6 x 10−19 coulombs. A energia τ = q . U = 1,6 x 10–19 . 1 x 104 = 1,6 x 10–15J
máxima transferida ao elétron por essa ddp é um valor mais Mas, 1 e V –– 1,6 x 10–19J 
⇒ x = 1 x 104 e V
próximo de: x –– 1,6 x 10–15J 

I. 1,6 x 10−15 elétrons-volt
II. 1,6 x 10−15 joules Alternativa E
III. 1,0 x 104 elétrons-volt
Responda, de acordo com o código a seguir:
a) se somente I é correta.
b) se somente II é correta.
c) se somente III é correta.
d) se I e II são corretas.
e) se II e III são corretas.

85. (UF-PB) O potencial a uma distância de 3 m de uma dada Resolução:


carga elétrica é de 40V. Se em dois vértices de um triângulo
Q
eqüilátero de 3m de lado forem colocadas duas cargas iguais
3m
a essa, qual o potencial, em volts, gerado por essas cargas k.Q
no terceiro vértice ? P VP = 2 . = 2 . 40 = 80V
d

3m
Q

86. Uma partícula eletrizada com carga q = 1,8 x 10−6 C está no Resolução:
centro O de um quadrado ABCD, de lado AB = 3m. Duas
outras partículas eletrizadas com cargas de mesma A q' 3m B
intensidade e sinais contrários q' = −q" = 1,0 x 10−6 C estão
situadas nos pontos A e C, diagonalmente opostos. Retira- q diagonal do quadrado = 3 2 m = d
se a carga q' do ponto A e leva-se até o ponto B. Calcule
o trabalho realizado pelo campo elétrico nesse
deslocamento. D q" C
k0 = 9,0 x 109 unidades no SI
k . q k . q"
VA = +
d/2 d

9 x109 . 1,8x10−6 9 x109 . (−1x10−6 )


VA = + = 5515,43 V
1,5 2 3 2

k . q k . q"
VB = +
d/2 l
9 x109 . 1,8x10−6 9 x109 . (−1x10−6 )
VB = + = 4636,75 V
1,5 2 3

τFel
AB = q' (V – V ) = 1 x 10–6 (5515,43 – 4636,75)
A B

∴ τFelAB = 8,79 x 10–4 J

CPV fiscol-med3904-R
Física 27

87. (PUC) Um elétron penetra numa região entre duas placas 90. (UF-GO) Duas placas metálicas paralelas distantes entre si
planas, paralelas e carregadas, perpendicularmente às linhas de 6,2cm estão submetidas a uma ddp de 180V. Da superfície
do campo elétrico E criado entre elas (vide figura). Sendo a da placa positiva parte uma carga de 0,5µC e massa 0,2g,
distância entre as placas de 1,0cm e a d.d.p. entre elas de 20V, inicialmente em repouso. Desprezando-se as ações
determine a força eletrostática que agirá sobre o elétron e gravitacionais, qual será a energia cinética da carga ao
esboce sua trajetória na região. atingir a placa negativa ?
carga do elétron: − 1,6 x 10−19 C Resolução:
+
τFel = ∆Ec
→ → 2
V E d m . V 2 m . V0
e q.U= −
2 2

Ec = q . U = 0,5 x 10–6 . 180 = 9 x 10–5J


Resolução:
91. (VUNESP) Um próton (carga e, massa m) e uma partícula
U 20 alfa (carga 2 e, massa 4 m) são acelerados separadamente no
E= = = 2000 V/m vácuo, a partir do repouso, através da mesma diferença de
d 1x10−2
potencial elétrico. Considerando que, em cada caso, todo o
trabalho da respectiva força elétrica resultou em energia
Fel = q . E = 1,6 x 10–19 . 2000 = 3,2 x 10–16N
elétrica da partícula, mostre que a velocidade final do próton
será 2 vezes a da partícula alfa.
88. (FAAP) Que diferença de potencial deve ser aplicada para
Resolução:
produzir um campo elétrico capaz de acelerar um elétron à
velocidade de 107m/s ?
M Vp2
=e.U (I)
massa do elétron = 9 x 10−31 kg
Resolução: 2
carga do elétron = 1,6 x 10−19 C 4 M Vα2
τFel = ∆Ec 2
=2e.U (II)
2
m . V 2 m . V0 dividindo (I) por (II), temos:
q.U= −
2 2
Vp2 1 2 2
= ⇒ Vp = 2Vα
( )
2
−31 7 4 Vα2 2
m . V2 9 x10 . 10
U= = ≈ 280V ∴ Vp = 2 . Vα
2q 2 . 1,6 x10−19

89. (VUNESP) Uma partícula de carga q positiva e massa m tais que m/q = 1,0 x 10−8 kg/C penetra perpendicularmente com velocidade
V0 = 4,0 x 105 m/s por um orifício num espaço entre duas placas planas e paralelas. As placas estão submetidas aos potenciais
V1 e V2, com V2 > V1, separadas por uma distância d. Qual deve ser a diferença de potencial ∆ V = V2 − V1, para que a partícula
chegue à placa 2 com velocidade nula ?

V1 V2 Resolução:

τFel = ∆Ec
V0 m . V 2 m . V0
2
m . V0
2
q . (V1 – V2) = − ⇒ −q . ∆V = −
2 2 2

1x10−18 . (4 x105 )2
2
m . V0
∆V = = = 800 V
2q 2
Placa 1 d Placa 2

CPV fiscol-med3904-R
28 FÍSICA

92. (MACK) Uma carga elétrica puntiforme cria no ponto P Resolução:


situado a 20 cm dela um campo elétrico de intensidade
900 V/m. Qual o potencial elétrico nesse ponto P ? 900 V — 100 cm UV ⇒ V =
20 . 900
= 180 V
Vp — 20 cm W p
100

93. (Cesgranrio-RJ) Nas figuras, três cargas positivas e Resolução:


puntuais q estão localizadas sobre a circunferência de um
círculo de raio R de três maneiras diferentes. O potencial elétrico é uma grandeza escalar.
As afirmações seguintes referem-se ao potencial
eletrostático em O, centro da circunferência (o zero dos
Alternativa B
potenciais está no infinito):
I. O potencial em O nas figuras 1 e 3 é dirigido para
baixo.
II. O potencial em O tem o mesmo valor (não-nulo) nos
três casos.
III. O potencial em O na figura 2 é nulo.
qq q qqq
R R R
O O O
q q q

(1) (2) (3)


Está(ão) certa(s) somente a(s) afirmação(ões):
a) I e II
b) II
c) III
d) I
e) I e III

94. (FATEC) Quatro cargas elétricas, de módulos iguais, são 95. (UF-MT) Uma partícula com massa de 2 g permanece
colocadas nos vértices de um quadrado. Considerando as estacionária no laboratório quando submetida a um campo
figuras A e B abaixo, no centro dos dois quadrados: elétrico uniforme vertical de sentido para baixo e com
intensidade de 500 N . C–1. Baseado nos dados, calcule a
–Q +Q +Q –Q carga elétrica da partícula.
Considere g = 10 m . s–2
A B
Resolução:
+Q –Q +Q –Q
→ Pela figura → q < 0
F el
a) o potencial e o campo elétrico são nulos
b) o potencial elétrico é nulo 2 × 10 – 3 . 10
c) o campo elétrico é nulo → q E = mg ⇒ q = = 40 µC
E 500
d) o potencial e o campo elétrico não podem ser nulos →

e) o campo elétrico pode ser nulo, mas o potencial não


mg q = – 40 µC

Resolução:

O potencial elétrico é uma grandeza escalar. Alternativa B

CPV fiscol-med3904-R
Física 29


96. (FE-SP) Considere a figura abaixo, onde E é o vetor campo Resolução:
elétrico resultante em A, gerado pelas cargas fixas Q1 e
→ Pela teoria → q > 0
Q2. F é a força elétrica na carga de prova q, colocada em A.
∴ Q1 > 0 e Q2 < 0
Dadas as alternativas abaixo, assinale a correta:

a) Q1 < 0, Q2 > 0 e q < 0 Alternativa D

b) Q1 > 0, Q2 < 0 e q > 0 → Q1


F
c) Q1 > 0, Q2 > 0 e q < 0
A q
d) Q1 > 0, Q2 < 0 e q < 0
Q2
e) Q1 < 0, Q2 < 0 e q > 0 →
E

97. (UF-ES) As figuras abaixo mostram 3 (três) pares de cargas, Resolução:


a e b, c e d, f e g, e a configuração das linhas de força
para o campo elétrico correspondente a cada par: a → + d → +
b → – f → –
c → + g → –
c d
a b
Alternativa D

f g

Com relação aos sinais das cargas, podemos afirmar que:


a) a, f e g são negativas
b) b, f e g são positivas
c) b, c e d são positivas
d) a, c e d são positivas
e) c, d, f e g são negativas

98. (FEI) Cargas puntiformes devem ser colocadas nos vértices Resolução:
R, S, T e U do quadrado abaixo. Uma carga elétrica
puntiforme q está no centro do quadrado. Essa carga ficará Pela teoria → Alternativa C
em equilíbrio quando nos vértices forem colocadas as
cargas:
R S T U
a) +Q +Q –Q –Q R S

b) –Q –Q +Q +Q
c) +Q –Q +Q –Q
q
d) +Q –Q –Q +Q
e) –Q +Q +Q –Q U T

CPV fiscol-med3904-R
30 FÍSICA

99. (UNICAMP) Considere uma esfera de massa m e carga q Resolução:


pendurada no teto e sob a ação da gravidade e do campo
elétrico E como indicado na figura. a) Negativo pois F e E têm sentidos opostos.

b)
E Ty

)
θ T θ
Tx q.E q.E
tg θ = = ⇒ θ = arctg
q.E Tx Ty m . g m.g
m, q
m .
a) Qual é o sinal da carga q? Justifique.
g
b) Qual é o valor do ângulo θ no equilíbrio?

100. (UF-PE) A figura mostra três cargas elétricas puntiformes Resolução:


Q1, Q2 e Q3 localizadas nos vértices de um quadrado. k.Q
E 1 = E3 =
Sendo Q1 = Q3 = 4µC, determine Q2 para que o vetor d2
campo elétrico resultante no ponto P seja nulo. k Q2
k.Q
E 2 = E1 2 = . 2 =
Q2 Q3
d2
e j
d 2
2

Q2
Q 2 = ⇒ Q 2 = 2 . 4 . 2 µC ∴ Q2 = – 8 2 µC
2
Q1 P

101. (Cesgranrio-RJ) Duas partículas fixas no z Resolução:


laboratório têm cargas elétricas +q e –q,
respectivamente. Qual dos gráficos O campo elétrico é máximo na posição z = 0 e diminui quando z
abaixo melhor representa a variação do tende a mais ou menos infinito.
campo elétrico produzido por estas 0
Alternativa B
cargas, em função da coordenada z, + q –q
medida ao longo da reta mediatriz do
segmento que une as cargas?
E
a) b) E

0 z z
0

c) E d) E

0 z 0 z

e) E

0 z

CPV fiscol-med3904-R
Física 31

102. (MACK) Uma partícula de massa 2 centígramas e carga Resolução:


1µC é lançada com velocidade de 300ms–1, em direção a m . V 2 m . V0 2
uma carga fixa de 3µC. O lançamento é feito no vácuo, de τ = q (VA – VB) = –
2 2
um ponto bastante afastado da carga fixa. Desprezando
ações gravitacionais, qual a mínima distância entre as
F 9 × 10 9 . 3 × 10 – 6 I = 0 – 0,02 × 10
–3
. 300 2
cargas?
k0 = 9 x 109 Nm2C–2 GH
1 × 10–6 0 –
d JK 2

0,027
– = – 0,9
d

d = 0,03 m

103. (UNIP) Na figura representamos uma partícula eletrizada Resolução:


fixa em um ponto A. Em relação ao campo elétrico gerado
pela partícula que está no ponto A, sabe-se que: k.Q 9 × 10 9 . Q
= 40 ⇒ = 40
d d
I. O potencial elétrico em B vale 40V.
II. O vetor campo elétrico em B tem intensidade k.Q 9 × 10 9 . Q
40Vm–1. 2
= 40 ⇒ = 40
d d2

O potencial elétrico em C e a intensidade do campo elétrico 40


1 1
em C são respectivamente iguais a: ∴ = 2 ⇒ d=1m e Q= C
d d 9 × 10 9

a) 20V, 10Vm–1
k . Q 9 × 10 9 . 40
b) 20V, 20Vm–1 Q VC = = = 20 V
d d 2d 2 . 9 × 10 9
c) 10V, 10Vm–1 A B C
d) 40V, 40Vm–1 k.Q 9 × 10 9 . 40
EC = =
e) 10V, 20Vm–1
a2 d f 2
4 . 9 × 10 9
= 10 V/m

Alternativa A

104. (FE-SP) Com relação ao trabalho realizado pelo campo Resolução:


elétrico, quando abandonamos uma carga elétrica em
repouso nesse campo, ele será: Pela teoria ⇒ Alternativa A

a) sempre positivo
b) sempre negativo
c) sempre nulo
d) negativo, se a carga abandonada for negativa
e) nulo, se a carga for abandonada sobre uma linha
eqüipotencial

CPV fiscol-med3904-R