Anda di halaman 1dari 6

Questionário de farmacologia

1-A via sub-lingual é mais rápida pois os fármacos absorvidos na boca passam
diretamente para circulação sistêmica sem passar pelo sistema porta,
escapando, assim, do metabolismo de primeira passagem (degradação do
fármaco pelo fígado).

2-As principais vias especiais são:


-Pulmonar ou inalatória
-Intratecal (raquidiana)
-PATCH(hormônios)
-Chips(controlam a quantidade e o horário)

3-A escolha da via endovenosa possibilita a administração de grandes volumes


de um fármaco desde que seja aplicado lentamente, porem, podendo haver
riscos de lesão vascular, contaminação microbiológica, choque progênico,
embolia e choque anafilático. Em caso de administração em bolo o volume
deve ser de no máximo 20ml.

4-As desvantagens da via retal são absorção irregular e desconforto.

5-Absorção e a passagem de uma substancia de seu local de administração


para o plasma sangüíneo. Porem alguns atores afetam essa absorção:
-Características físico-quimicas das drogas(peso molecular,
lipossolubilidade, grau de ionização )
-Interação do fármaco com a presença de alimentos(V.O.) podendo
aumentar ou diminuir a absorção .
-Interação com outros medicamentos (V.O).
-Estado patológico do paciente.

6-A droga será mais facilmente absorvida no estomago pois haverá uma maior
concentração da droga forma molecular

7-A ingestão de alimentos ácidos pode alterar levemente o pH no duodeno,


local onde ocorre a maior absorção de medicamentos de base fraca. A
acidificação causa uma redução na absorção do fármaco pois o seu equilíbrio
e deslocado para a forma iônica.

8-Não pois a biodisponibilidade e o termo utilizado para indicar a proporção


da substancia que passa para a circulação sistêmica após sua administração,
levando em consideração tanto a absorção quanto a degradação metabólica
local.Como medicamentos injetáveis(E.V.) já caem na circulação sistêmica de
forma direta não há necessidade de se calcular a biodisponibilidade. Portanto
medicamentos E.V. com mesmo pricipio ativo e de mesma concentração e
volume podem ser considerados genéricos(bioequivalentes).

9-

10-As membranas celulares formam as barreiras entre os compartimentos do


corpo. A barreira hematoencefalica consiste em uma camada continua de
células endoteliais unidas por junções estreitas; conseqüentemente, o cérebro e
inacessível a muitas substancias, incluindo aquelas cuja a lipossolubilidade e
insuficiente para permitir a sua penetração; porem a ocorrência de uma
inflamação pode romper a integridade desta barreira.
A barreira placentária é rica em enzimas oxidativas que destroem as drogas
(barreira enzimática), no entanto essa barreira e de baixa eficiência assim deve
ser evitada a utilização de medicamentos.

11-O valor do volume de distribuição aparente é a proporção entre a


concentração da droga administrada pela concentração plasmática, ou seja um
valor elevado de Vd corresponde a boa distribuição nos tecidos.

12-Considerando que a principal função dos rins e a produção da urina


selecionando e eliminando substancias do organismo incluindo drogas, pode-
se concluir que um individuo com o funcionamento acelerado dos rins diminui
a meia vida plasmática da droga, já que a mesma será excretada do organismo
mais rapidamente do que se comparada a um funcionamento renal regular,
diminuindo seu tempo de ação.O contrario acontecera se o individuo tiver o
seu funcionamento renal deficiente.
13-A Fenilbutazona se liga em alta concentração com a albumina, que e uma
proteína plasmática, se o paciente encontra-se em estado de desnutrição a
presença de proteína plasmática será escassa, portanto o fármaco não se ligara
a proteína tendo um efeito maior, descontrolado e indesejado.

14- A inflamação causa uma acidificação do meio fazendo com que a


Lidocaina, medicamento anestésico básico, tenha seu equilíbrio deslocado
para forma iônica reduzindo sua absorção e conseguintemente seu efeito.

15-As enzimas do citocromo P-450 são proteínas do heme, que formam uma
grande família de enzimas relacionadas. Essas enzimas são extremamente
importantes pois catalizam inúmeras reações do metabolismo humano
(metaboliza medicamentos e substancias químicas exógenas ). As principais
reações catalizadas por este sistema são: reações do metabolismo de
substancia no fígado humano, propriedades redox peculiares que estão
relacionadas ao estado spin variável do ferro hêmico e ativação de
determinadas aminas eterociclicas dietéticas.

16-A biotransformaçao consiste em uma serie de reações que modificam o


formato inicial da substância administrada, na maioria das vezes esse processo
diminui a biodisponibilidade, fazendo com que a parte não disponível seja
rapidamente excretada e a parte aproveitada seja absorvida pelos tecidos.

17-As fases são primeiramente de modificação onde ocorre oxidação, redução


ou hidrolise do fármaco. A segunda fase é de conjugação onde a maioria dos
metabolitos formados são inativos, porem podem ocorrer a formação de
metabolitos ativos por isso não podemos considerar biotransformaçao como
sinônimo de desintoxicação.
18-A ausência de efeitos farmacológicos se deve ao uso do fármaco com efeito
indutor enzimático, considerando que uma maior função enzimática degrada e
elimina mais rapidamente a droga, não permitindo o efeito da substancia no
organismo, por isso a dor persistiu ao paciente.

19-As enzimas catalizam reações e degradam substancias no organismo,


incluindo drogas e fármacos, se for administrado ao individuo algum tipo de
inibidor juntamente com uso de algum fármaco a degradação do mesmo será
prejudicada, podendo ocorrer o acumulo da substancia no organismo, e
conseqüentemente um quadro de toxicidade.

20-Reações idiossincráticas diferentes respostas entre indivíduos geradas por


fatores genéticos trata-se de efeitos adversos raros e imprevisíveis. Alguns
exemplos são: anemia aplastica do cloronfenicol, anafilaxia em resposta a
penicilina e síndrome oculomucocutanea.

21-A desnutrição gera uma diminuição das proteínas plasmáticas a qual o


fármaco se ligua no sangue. Isto acarreta no aumento do efeito da droga
devido a alta concentração do fármaco livre na corrente sangüínea.

22-O bicarbonato de sódio altera o pH sanguíneo gerando um aumento da


forma iônica da aspirina conseguintemente aumentando sua eliminação renal e
diminuindo sua reabsorção tubular.

23-Medicamentos de caráter básico geralmente são altamente lipossolúveis,


devido grande quantidade de gordura do leite estes medicamentos tendem a se
depositar no leite e ser passados ao recém-nascido. Os fatores que intensificam
os efeitos de um medicamento no organismo de um bebe são: o volume
corpóreo, imaturidade do sistema imune e baixa atividade de enzimas
hepáticas e esterases plasmáticas.

24-Os fatores que podem afetar o tempo de meia vida dos medicamentos são:
o diabetes, hipertensão, infecções e uso de outros medicamentos.

25-resposta C

26-resposta B

27-O índice terapêutico pretende indicar a margem de segurança no uso de um


fármaco, chamando atenção para a relação entre a dose eficiente e a letal, mas
tem obvias limitações e e portanto, muito raramente citado como um guia útil
para segurança. E obvio através da formula: dose letal para 50% da população\
dose eficaz para 50% da população.

29- Todas alternativas são falsas.

30- Medicamento B

31-resposta E

32-O paciente passou a ter hemorragias pois após ser aumentada a dose do
anti-infalmatorio, que possui maior afinidade com as proteínas plasmáticas, o
anti-coagulante predominou na forma livre, ou seja, na forma biodisponivel,
fazendo um efeito farmacológico muito grande.

33-A fumaça é mais facilmente absorvida que o sal que se encontra na forma
iônica.

34-resposta E

35-resposta B
UMC-Universidade Mogi das Cruzes

Questionário de farmacologia

Nomes:
João Vitor Gregorio 40781
Bárbara Marangoni 40820
Gisele Yukihara 40942
Ronan Hoffmann 43539