Anda di halaman 1dari 12

AS FUNES DA LINGUAGEM

No ato de comunicao percebemos a existncia de alguns elementos

EMISSOR

aquele que envia a mensagem (pode ser uma nica pessoa ou um grupo de pessoas).

RECEPTOR

aquele a quem a mensagem endereada (um indivduo ou um grupo), tambm conhecido como destinatrio.

CANAL DE COMUNICAO

o meio pelo qual a mensagem transmitida.

CDIGO o conjunto de signos e de regras de combinao desses signos utilizado para elaborar a mensagem: o emissor codifica aquilo que o receptor ir decodificar.

CONTEXTO

o objeto ou a situao a que a mensagem se refere.


Partindo desses seis elementos Roman Jakobson, lingista russo, elaborou estudos acerca das funes da linguagem, os quais so muito teis para a anlise e produo de textos.

FUNO REFERENCIAL
referente o objeto ou situao de que a mensagem trata. A funo referencial privilegia justamente o referente da mensagem, buscando transmitir informaes objetivas sobre ele. Essa funo predomina nos textos de carter cientfico e privilegiado nos textos jornalsticos.

FUNO EMOTIVA Atravs dessa funo, o emissor imprime no texto as marcas de sua atitude pessoal: emoes, avaliaes, opinies. O leitor sente no texto a presena do emissor.

FUNO CONATIVA
Essa funo procura organizar o texto de forma a que se imponha sobre o receptor da mensagem, persuadindo-o, seduzindo-o. Nas mensagens em que predomina essa funo, busca-se envolver o leitor com o contedo transmitido, levando-o a adotar este ou aquele comportamento.

FUNO FTICA
A palavra ftico significa rudo, rumor. Foi utilizada inicialmente para designar certas formas que se usam para chamar a ateno (rudos como psiu, ahn, ei). Essa funo ocorre quando a mensagem se orienta sobre o canal de comunicao ou contato, buscando verificar e fortalecer sua eficincia.

FUNO METALINGSTICA
Quando a linguagem se volta sobre si mesma, transformando-se em seu prprio referente, ocorre a funo metalingstica.

Como exemplos desse tipo de funo so os dicionrios, as gramticas, os textos que analisam textos, poemas que abordam o assunto da poesia, quadros que retratam o pintor exercendo sua prpria profisso.

FUNO POTICA
Quando a mensagem elaborada de forma inovadora e imprevista, utilizando combinaes sonoras ou rtmicas, jogos de imagem ou de idias, temos a manifestao da funo potica da linguagem. Essa funo capaz de despertar no leitor prazer esttico e surpresa. explorado na poesia e em textos publicitrios.