Anda di halaman 1dari 3

Escola Secundária de Bocage

Curso de Técnicos de Apoio à Infância


Turma I do 10º ano
Disciplina: Sociologia
Professor/a: Elisa Castro

Título do trabalho
“O Racismo”

15 De Setembro de 2008
Ano lectivo 2008/2009
O que é o racismo?
O racismo é uma crença em que muitas
pessoas acreditam que as capacidades humanas são
determinadas pela raça ou pelo grupo étnico como é
o caso do povo cigano. É expressado sobre a forma
de uma afirmação de superioridade de um grupo
social sobre outro. Pode manifestar-se de várias
maneiras, sendo as mais comuns a discriminação, a
violencia e o abuso verbal.

Como surgiu o racismo ?


O racismo tem origem na cultura ocidental e
está ligado às concepções que as pessoas
elaboravam sobre a natureza humana. Este facto
dava origem à descriminação dos seres humanos,
tendo em vista a sua exploração.
Existem vários periodos da história que nos
apontam para o fenómeno do racismo.
Na idade média a descriminação era feita com base
na cultura e na condição social, logo quem fosse
menos sábio ou tivesse menos riqueza era
completamente descriminado. Já os gregos por
exemplo, sentiam-se mais cultos que os outros
povos. Os nobres Romanos tinham previlégios
herdados ou atribuidos por reis, o que fazia com que houvesse uma ideia de
superioridade em relação ao povo romano
Costuma-se ligar o racismo à escravatura, mas este facto é muito
relativo porque na antiguidade tanto uma pessoa branca como negra podia ser
vendida como escrava.
Numa perspectiva mais avançada o racismo começa a intensificar-se. A
raça negra começa a ser considerada a mais inferior enquanto a branca é
assumida como superior. Depois surge a ideia de uma raça perfeita. A raça
ariana. Adolf Hitler, o temivel ditador alemão, escravizou, descriminou e
exterminou as raças que segundo ele eram fracas. Desde Judeus, Arabes,
negros, ciganos, deficientes ou homossexuais foram completamente arrasados
pelo diplomata alemão.
O racismo e os direitos humanos
A declaração do direito do homem, consagra a
idéia de igualdade de todos os seres
humanosindependentemente da sua raça. Religião,
nacionalidade, idade ou sexo. Muitos países já obedecem
a estes principios, o que não quer dizer que todos o
respeitem. Hoje em dia o ser humano, ainda é muito
discriminado. Porque? As razões são dificeis de explicar
mas fundamentam-se na ideia de pessoas terem hábitos
de vida diferentes e uma cultura diferente uns dos outros.
O melhor exemplo desta situação é dado pelos Estados Unidos da America,
onde apenas nos anos 60 do século XX, acabaram as diferenças sociais e
legais de direitos entre negros e brancos, o que não impediu que as
desigualdades continuassem. Recentemente Barack Obama foi eleito o novo
presidente do país. Um Afro – Americano a conduzir o “Sonho americano”! Será
que o racismo vai conhecer novas perspectivas? Veremos no futuro.