Anda di halaman 1dari 44

Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná

BRASÍLIA

Profª: Msc. Profª: Msc. Nadine Lessa F. Campos

• Normalmente, o local de nascimento de uma cidade é escolhido por seus primeiros habitantes que se instalaram ali por que ficava perto de um rio ou um lago, ou por ter várias vantagens relacionadas à topografia, geografia, clima, etc. • No caso de Brasília, o local foi escolhido, no meio de uma região de savana semi desértica (Cerrado brasileiro) e só então foi construído o lago, o clima, e outras conveniências adequados para sustentar a vida humana.

• As capitais do Brasil sempre tiveram problemas quanto à sua localização, a primeira em "Salvador da Bahia" 1536 1763 e, em seguida, Rio de Janeiro 1763 1960, ambas localizadas em locais estrategicamente vulneráveis. • Brasília começou a existir na primeira Constituinte no Império Brasileiro, em 1823, numa proposta colocada por José Bonifácio, argumentando quanto à necessidade da mudança da Capital para um ponto mais central do interior do país e sugerindo ainda para a cidade o nome. • A ideia de mover sua capital para o interior maior foi criada na Constituição Brasileira de 1891.

• Por inspiração e iniciativa do Presidente Juscelino Kubitschek, em 1956, foi criada a NOVACAP Companhia Urbanizadora na Nova Capital, empresa pública à qual foi confiada a responsabilidade e competência para planejar e executar a construção da nova capital, na região do cerrado goiano.

• O Lago Paranoá foi criado com o propósito de aumentar a umidade na sua vizinhança. profundidade máxima de 38m e cerca de 50Km de circunferência. • As águas represadas do Rio Paranoá formaram um lago com 48Km². . com algumas praias artificiais. Trata se de um lago artificial projetado em 1894 pela Missão Cruls e materializado com a construção da cidade durante a administração do presidente Kubitschek. tais como "Prainha" e "Piscinão do Lago Norte".

• Um concurso foi criado para dar a oportunidade de um urbanista brasileiro a conceber Brasília. Oscar Niemeyer. foi o arquiteto chefe da maioria dos edifícios públicos e Roberto Burle Marx foi o paisagista. 5. • Lúcio Costa venceu o concurso.550 pessoas se inscreveram. . um amigo próximo.

de 1956 a 21 de abril de 1960. .• Brasília foi construída no incrível prazo de 41 meses. quando foi oficialmente inaugurada.

eliminou cruzamentos através da intersecção de avenidas em passagens de nível. Na extremidade do eixo longitudinal. destacava se a Praça dos Três Poderes. . • Para minimizar problemas de circulação.• Lúcio Costa estruturou o desenho urbano em torno de dois eixos monumentais dispostos em cruz.

• As primeiras ideias de Costa desenharam o Plano Piloto em forma de uma cruz ortogonal. resultando uma forma semelhante à de um avião. de modo que o eixo transversal foi curvado. mas a topografia do terreno e necessidades de circulação impuseram uma adaptação. .

. sem interrupção. tornou febril o ritmo de construção da cidade. mas a exiguidade dos prazos. • Multidões de operários foram atraídos para lá. e foram usados os mais modernos recursos técnicos de construção.• Foram construídos milhares de Km de rodovias e ferrovias para garantir o deslocamento de pessoas e materiais. impondo a conclusão das obras em 21 de abril de 1960. trabalhando num cronograma diuturno.

. Tudo o mais tinha de vir de longe. o principal ponto de transbordo de carga era Anápolis. a 139 km da capital. • Apesar da abertura de vias de transporte.• Não existiam materiais no local salvo a pedra. incluindo máquinas pesadas. tijolos e areia. na fase final da construção. e o asfalto só chegou em Brasília em 1960. e boa parte do transporte era via aérea. o que elevava os custos.

erguidas pelas empreiteiras para acolher os trabalhadores migrantes. mas a concentração principal era na Cidade Livre. o que acabou não acontecendo. com um comércio mais ativo que Goiânia na mesma época. deveria ser desmantelada ao final da construção da capital. depois chamada Núcleo Bandeirante. • Consistindo de um grande conjunto de casas muito simples de madeira. .• A quantidade de operários afluindo às obras fez nascer vários povoados em torno do Plano Piloto. • Chegou a ter cinco mil moradias e cerca de trinta mil habitantes.

considerando que Brasília propriamente dita foi planejada para 500 mil pessoas até o ano de 2000. e foi registrado um alto índice de acidentes de trabalho. Candangolândia e Planaltina. • Os salários eram baixos. • As condições gerais eram muito precárias. como Brazlândia. . além de haver o problema de frequentes abusos da polícia sobre os trabalhadores em nome da manutenção da ordem e para a repressão de protestos. Paranoá.• O Plano Piloto previa a criação de cidades satélite para a acomodação da população excedente. as empreiteiras muitas vezes forneciam rações de má qualidade. o pagamento de horas extras era irregular. mas vários acampamentos irregulares no entorno se tornaram cidades permanentes.

• Tampouco se fez um controle de custos eficiente. nem qualquer avaliação de viabilidade. três vezes. blocos inteiros de edifícios não saíam do papel mas eram pagos. . • Não houve um planejamento financeiro nem mesmo em estudos preliminares.• O custo da obra monumental nunca foi determinado. • Não havia licitações sistematizadas. nem bancos para pagamento dos operários. e se verificaram vários outros tipos de distorções. dificilmente seriam aprovados numa estrutura administrativa convencional. carregamentos rodoviários eram pagos duas. dentro do cronograma exigido. que. que recebiam em dinheiro diretamente da Novacap. Muito material foi transportado via aérea.

5 bilhão de dólares. Com juros de 3% ao ano. um inimigo político de JK e unanimidade intelectual. aplicando se apenas a correção monetária americana. perda de tempo". padrão médio de taxação.• Eugênio Gudin. fez uma estimativa de 1. dobradinhas. . • Levou em conta apenas os gastos públicos. escreveu o economista. • Em valores de hoje. a cifra seria equivalente a 19. ministro da Fazenda Café Filho de agosto de 1954 a abril de 1955. viagens para cá e para lá. chega se a um valor atual de 83 bilhões de dólares. sem falar "no tremendo desperdício indireto com transportes.5 bilhões de dólares.

• O “The World Islands” um arquipélago artificial de várias pequenas ilhas construídas de forma a representar o mapa do mundo. localizadas a 4. em cinco anos. o sacrifício de apenas 2 cruzeiros. ao explicar por que emitira 134 milhões de cruzeiros em cinco anos de governo: "Isso quer dizer que toda aquela pletora de desenvolvimento representou. . custará algo como 14 bilhões de dólares. na realidade. para cada brasileiro".• O presidente Kubitschek defendeu se de modo populista.0 km ao largo da costa de Dubai.

Mas não estava pronta.• No dia 21 de abril de 1960 Brasília foi inaugurada. • Na prática. Nem todas as terras haviam sido desapropriadas e a regularização fundiária não havia sido concluída. • Grande número de edifícios importantes ainda era um esqueleto vazio. • As obras continuaram pelo menos até a década de 1970. . e a carência de habitações finalizadas obrigou a muitos órgãos administrativos instalados no Rio retardarem sua transferência. por algum tempo o Brasil teve duas capitais. outros sequer haviam saído do projeto. em vista da impossibilidade de acomodar seus funcionários.

. • Mas a elite se apossou dos melhores locais e expulsou a classe baixa para as periferias. na prática. A segregação era ainda mais enfatizada pela existência de um cinturão verde em torno do Plano Piloto. "brasilienses" eram apenas os que viviam no Plano Piloto. • A própria organização do traçado urbano era prevista para favorecer ao máximo a integração de todos e possibilitar a todos um desfrute igualitário do espaço social. isolando a área das periferias. • Cerca de 90% dos pioneiros pertenciam ao estrato social mais baixo e. todos os futuros habitantes de Brasília viveriam em moradias do mesmo tipo nas superquadras.• Segundo o plano original. seriam expressas em variações discretas nas dimensões dos domicílios e na qualidade dos materiais e acabamentos. Gradações na hierarquia social.

traduzida. . por quadro escalas distintas: a monumental. é uma concepção de cidade. nas palavras de Lúcio Costa. a residencial.• O plano de Brasília não é apenas um desenho. a gregária e a bucólica.

Escala Monumental • Está configurada pelo Eixo Monumental. a escala monumental. • Lá encontra se o supra sumo da expressão arquitetônica moderna brasileira. É o ‘cartão de visitas’ da Cidade e configura. por isso. . • O Eixo Monumental congrega os edifícios político administrativos do país e do governo local. desde a Praça dos Três Poderes até a Praça do Buriti.

com uma população de 2.Escala Residencial • Simboliza a nova maneira de viver. • A superquadra. no dizer de Lucio Costa “é um conjunto de edifícios residenciais sobre pilotis ligados entre si pelo fato de terem acesso comum e de ocuparem uma área delimitada.500 a 3. está representada pelas superquadras das Asas Sul e Norte.000 pessoas. . própria de Brasília.

esporte.Escala Residencial • O chão é público e é esta a grande diferença entre superquadra e condomínio. • Na proposta residencial estão incluídos os comércios locais e as entrequadras. . que comportam as atividades de ensino. recreação e cultura de vizinhança.

Escala Gregária (de convívio) • Está representada por todos os setores de convergência da população (comercial. traço de união da metrópole com as demais cidades do Distrito Federal e do entorno. hoteleiro. médico-hospitalar. de diversões e de cultura. .) e tem como foco central a Plataforma Rodoviária. bancário. de rádio e TV etc.

.

é representada pelos gramados. por todos os espaços destinados ao deleite e ao descanso. sua preservação é tão importante quanto a dos monumentos e das demais edificações. que dão o caráter de cidade-parque a Brasília e são responsáveis pelos índices de qualidade de vida da Capital. extensas áreas arborizadas. espaços de lazer. praças. orla do Lago Paranoá. .Escala Bucólica • Permeia as outras três. Logo. jardins.

Brasília foi o primeiro núcleo urbano.• Brasília é uma cidade totalmente construída com ideias modernistas. construído no século XX. a receber o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. Assim. em 1987. pela UNESCO. O valor do seu plano urbanístico e de seus monumentos faz com que seja um marco mundial da arquitetura e urbanismo modernos. .

O grande diferencial desses monumentos e de outros espaços de Brasília é a integração da arte à arquitetura. . Oscar Niemeyer projetou monumentos marcantes.Oscar Niemeyer • Para compor o plano urbanístico. considerados o melhor da expressão arquitetônica moderna brasileira.

que esses prédios constituíssem qualquer coisa de novo e diferente.. Com essa intenção organizamos.desejava estabelecer uma disciplina que preservasse a unidade dos conjuntos. de modo a proporcionar aos futuros visitantes da Nova Capital uma sensação de surpresa e emoção que a engrandecesse e caracterizasse. Com relação aos outros prédios . as tendências formalistas. mais tarde. fundamentalmente. entre outros inconvenientes. normas e princípios com o objetivo de evitar. mantivemos esse critério... fixando. para os mesmos.." .prédios urbanos ..Oscar Niemeyer • "Preocupava-me. um serviço especial de aprovação de plantas onde. intransigentemente.. fora da rotina .

.Palácio da Alvorada Congresso Nacional Asa Sul Plataforma da Rodoviária (com o Teatro Nacional em construção).

.

Supremo Tribunal Federal (1960 2010) .

Fachada do Palácio da Alvorada (Final da década de 1960 2010) .

Congresso Nacional (1960 2010) .

Congresso Nacional (1960 2010) .

Cúpula do Senado (1958 2010) .

Torres do Congresso Nacional (1959 2010) .

Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida (1959 2010) .

Ministérios (Final dos anos 60 2010) .

Esplanada dos Ministérios (1958 2010) .

Área que abrigava a vila Amauri. em 1958. e atualmente .

Supremo Tribunal Federal (1959 2010) .

Supremo Tribunal Federal (1960 2010) .

Cruzamento dos eixos Monumental e Rodoviário (1950 2010) .

1.php?option=com_content&view=article&id=330:hi storia-de-brasilia&catid=99:informacoes-sobre-brasilia • http://blemya.com.mec. Lúcio. p. Rio de Janeiro.blogspot. 2000. Luis Roberto. 1910. Valério Augusto Soares de. 1956. Disponível em Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. p.br/alfa/historia de brasilia/historia de brasilia 6.html . Relatório do Plano Piloto de Brasília.com. Graciete Guerra da & Medeiros.com.br/ultimas-noticias/especial/2010/brasilia-50anos/2010/04/20/veja-imagens-de-pontos-historicos-de-brasilia-na-decada-de1950-e-nos-dias-atuais. tomo LXXIII. Universidade de Brasília. IN Anais do III Simpósio Luso Brasileiro de Cartografia Histórica. Antônio Martins de Azevedo. • http://noticias.uol. Ouro Preto: Universidade Federal de Minas Gerais.Referências • Pimentel. Nobel. 74 • Costa.br/2012/04/brasilia-uma-capital-enormeconstruida. 3 • Clauset.portalsaofrancisco. Guiarquitetura Brasília. 10 a 13 de novembro de 2009. IN Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.php • http://conae. p. 280 • Costa. p. A Cartografia do Distrito Federal.br/index. parte 1.gov.jhtm • http://www. Histórico da mudança da capital federal.

Minat Terkait