Anda di halaman 1dari 2

No vídeo '' o mundo de Rafinha '' deveria ter sido mais

bem esclarecido o fato de que procuramos a facilidade na


tecnologia desde antigamente com os primeiros inventos, mais
hoje com o modernismo as invenções estão sendo geradas mais
rapidamente por isso que nos adaptamos fácil a esse novo mundo
tecnológico e nem percebemos suas influencias consumistas.
Nós fomos criados nessa nova era, onde tudo é em função
do consumo e da facilidade, e hoje não conseguimos imaginar a
vida sem esses artefatos inovadores que possuímos, ainda mais
por habitar um espaço onde todos pus suem um mesmo pensamento
critico.
A forma abordada pelo vídeo, sobre novos meios de
comunicação, como a internet (outra tecnologia que surgiu não
mais que 20 anos), como elas participam nesse modo de vida de
consumo que aderimos sem perceber e as facilidades que obtemos
com elas (hoje as pessoas compram produtos como cd´s e vídeos
sem sair de casa, isso quando não fabricam seus próprios com
apenas alguns cliques) não esclarece a parte ruim desses meios
de comunicação, pois hoje as pessoas deixam de conviver uma
com as outra na vida real: saindo e se encontrando, para
conviver virtualmente por uma tela de computados onde acabam
se tornando individualistas.
Quando o vídeo mostra que hoje não é mais necessário
assistir telejornal para ficar atualizado nos acontecimentos
do mundo, pois as informações estão dispostas em milhares de
sites disponíveis na rede que se atualizam a todo instante ele
deveria argumentar também a questão dos sites não confiáveis
com informações inventadas que aumentar a cada dia.
A parte no vídeo em que é colocada a questão do mercado
mundial influenciar em nossas vidas nos fazendo consumir, pois
quanto mais consumidores existirem, mais a economia caminhará
e o lucro crescerá é importante, pois esclarece e mostra para
as pessoas o verdadeiro objetivo das grandes empresas e como
elas nos influenciam e isso não é mistério para mais ninguém
pois jornais e revistas empreendedoras abordam esse tema todos
os dias.
O vídeo nos mostra como a globalização está tão avançada
no sentido da interação, que os produtos/serviços não estão
sendo gerados por uma única empresa; hoje uns tênis, por
exemplo, começa a ser fabricado no México e termina sendo
vendido nos Estados Unidos para um europeu. A mão-de-obra hoje
está tão barata que os custos de um produto não valem todo o
esforço utilizado para fabricá-lo. A influencia do mercado
está tão forte no meio consumista que as pessoas estão cada
vez mais exigentes. Isso serve para nos conscientizar de como
o mundo está realmente se movimentando; e podemos usar como
exemplo a crise mundial que está acontecendo hoje, que ganhou
destaques em todos os meios de comunicação importantes e que
não está afetando somente as maiores potencias, mais o mundo
inteiro, pois o mercado está sistematizado.

Alessandra de Oliveira - Troia