Anda di halaman 1dari 3

Adolf Hitler

Líder político alemão nasceu a 20 de Abril de 1889, na cidade austríaca de


Braunnau, filho de Alois Hitler e Klara Pölzl. . Responsável por um dos maiores
genocídios da História, desencadeador da 2.ª Guerra Mundial (1939-1945) e
mandante do extermínio de cerca de 6 milhões de judeus. Sem concluir os estudos
de segundo grau em Linz, mudou-se para Viena (1908), onde o sonho de se tornar
pintor foi truncado quando não conseguiu ingressar na Academia de Belas-Artes.
Em 1913, muda-se para Munique, Alemanha, fugindo do alistamento no Exército de
seu país. Com o início da 1.ª Guerra Mundial , em 1914, alista-se no Exército alemão
como voluntário. Ferido em combate, recebe a condecoração da Cruz de Ferro. Em
1919, filia-se ao Partido Operário Alemão (DAP), rebatizado em 1920 como Partido
Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães (NSDAP) e apelidado de “nazi”. No
ano seguinte, passa a chefiar o partido. Preso em 1923, após uma tentativa de
golpe de Estado – o Putsch de Munique –, escreve o livro Mein Kampf , que me
português significa "Minha Luta". Suas idéias se baseiam no nacionalismo, no
anticomunismo, no anti-semitismo e na crença na superioridade da raça ariana. Seu
objetivo é construir um novo Estado (3º Reich) capaz de promover a autonomia
econômica da Alemanha, libertando-a do Tratado de Versalhes. Em 1930, torna-se
cidadão alemão. Assume o poder como chanceler em 1933. Bane partidos políticos,
prende opositores, reintroduz o serviço militar obrigatório e dá início à expansão
militarista alemã. Ordena a invasão da Polônia em 1939, provocando a 2.ª Guerra
Mundial. Manda judeus para campos de concentração e anexa vários países da
Europa. Derrotado, em abril de 1945, com as tropas soviéticas cercando Berlim,
suicida-se no bunker da chancelaria.

Princesa Diana (1961-1997)

[Diana de Gales - Diana Frances Spencer - Princesa de Gales] Nasceu em 1 de Julho


de 1961 em Sandringham, Norfolk (Grã-Bretanha).Filha de Edward Jon Spencer.
Oitavo conde Spencer e Frances Ruth Burke,filha do quarto barão de Fermy. Quando
seus pais se divorciaram, quando ela tinha sómente 8 anos. Estudou em Riddles
Worth Hall (Norfolk) e na escola West Heath de Kent e completou seus estudos na
Suiça. Depois trabalhou como professora de um Jardim de Infância. em 1979, com
apenas 18 anos, já começou a sair com o Principe Charles, ex noivo de uma de suas
irmãs. Detalhe pouco conhecido. Quando criança, teve vários contatos com a
familia real Britanica, quando ia jogar com os filhos menores da Rainha Elisabeth II
Edward e Charles o mesmo Principe que alguns anos depois, em 24 de Fevereiro de
1981 anunciaria o seu casamento com ela. No dia 29 de Julho de 1981, casaram-se
na Catedral de São Paulo (Londres), numa cerimônia digna de um casal Real.
Tiveram dois filhos. O primogênito nasceu e deram-lhe o nome de William (1982), o
segundo foi Harry (1984) Foi muito querida pelo povo inglês em geral.
Principalmente pelas obras de caridade que praticou pelo mundo afora e a sua
simpli- cidade e simpatía. Inclusive aparecia nos meios de comunicação de quase
todo o mundo, com a sua maneira meiga, elegante e cordial. No entanto, desde o
final da década de 80, começaram a surgir os primeiros rumores sobre uma possível
crise matrimo- nial. Isto veio a se confirmar algum tempo depois. Em Dezembro de
1992 acontece a separação do casal. Já no inicio do ano de 1996, foi aceita a
petição de divórcio, que fora feita em Dezembro de 1995, pelo Prícipe Charles; e
ambos tiveram definitivamente em 28 de Agosto de 1996 a sentença final do
mesmo. Com isto, Diana perdeu o tratamento de alteza real em tróca ao
equivalente a 180 milhões de Libras Esterlinas. Na noite de 30 de Agosto de
1997,quando viajava com o seu novo companheiro sentimental, Dodi Al Fayed,
sofreram um terrível acidente automobilístico, que arrebatou a vida de ambos. O
corpo da princesa, foi sepultado em uma ilha, no meio de um lago artificial,
denominado de o lago Oval, situado em uma região das terras de Altorp, conhecida
tambem, como "Os Jardins dos Prazeres. Este lugar foi eleito pelo irmão de Diana,
Charles Spencer, porque sómente assim, pode ser cuidado sem problemas pela
familia e permite assim, que seja visitado em particular, pelos filhos de Diana,
sempre que assim o desejarem.
Colaboração de Miguel Pellenz

Leonardo da Vinci
OLD

Pintor, escultor, arquiteto, engenheiro, cientista, inventor e escritor italiano (1452-


1519). É considerado o maior nome do Renascimento, ao lado de Michelangelo. Sua
arte influencia toda a história da pintura que se segue: supera o pensamento
medieval, dominado pelos valores religiosos, e coloca o homem no centro da
criação. Nasce em Vinci, perto de Florença, e, por volta de 1466, torna-se aprendiz
do pintor e escultor florentino Andrea del Verrocchio. Entre 1482 e 1499 vive em
Milão, onde pinta o afresco A Última Ceia (1495-1497) e faz um projeto urbanístico
para a cidade, com rede de canais e um sistema de abastecimento de água e
esgotos. Nesse período estuda perspectiva, óptica, proporções e anatomia. De volta
a Florença, pinta Mona Lisa (1503-1506), sua obra mais famosa. Vive em Roma
entre 1513 e 1517, onde se envolve em intrigas do Vaticano e decide se juntar à
Corte do rei francês Francisco I. Nos estudos científicos, antecipa muitas
descobertas modernas, como o helicóptero e o pára-quedas. Em Trattato della
Pittura, Leonardo defende a supremacia da pintura sobre todas as outras artes, por
ser a única indispensável à exploração científica da natureza.

Monteiro Lobato
OLD

Escritor, romancista e jornalista brasileiro, nasceu em Taubaté, São Paulo no dia 18


de abril de 1882, e faleceu na capital de São Paulo em 4 de julho de 1948. Seus
primeiros estudos foram feitos em Taubaté, transferiu-se para São Paulo
matriculando-se na Faculdade de Direito pela qual bacharelou-se em 1904. Tendo
anteriormente estudado no Instituto de Ciências e Letras de Sâo Paulo. Exerceu o
cargo de Promotor Público em Areias; deixando a promotoria, estabeleceu-se como
fazendeiro em Buquira. Nessa época começou a publicar os seus primeiros contos
no jornal “O Estado de São Paulo”. Seu livro “Urupês” foi publicado em 1918. Nesse
livro está o personagem de sua criação: O Jeca Tatu. Fundou a Editora “Monteiro
Lobato”, fracassando nesse empreendimento, o escritor passou a dedicar-se à
literatura infantil, podendo ser considerado o criador desse gênero no Brasil. Como
adido comercial viaja para os Estados Unidos da América do Norte, onde a
prosperidade industrial do petróleo e do ferro despertou-lhe grande entusiasmo.
Regressando ao Brasil em 1932, escreveu o livro “América” contendo suas
impressões. Entusiasmado com o progresso industrial Norte-Americano, inicia uma
campanha conscienciosa dos produtos de aço e petróleo brasileiro. Em virtude
dessa polêmica, esteve preso temporariamente. Pelo muito que fez a nossa
literatura, consagrou-se-lhe o “Dia do Livro”. Sua obra compreende 30 volumes,
sendo 13 de assuntos gerais e 17 de literatura infantil. Lobato conseguiu criar um
mundo novo, repleto de personagens, especialmente na literatura infantil,
simpáticos, que se tornam amigos da criança por toda a vida. Criou tipos que
tornaram célebres como D. Benta e Pedrinho. De sua grande obra, os mais
conhecidos são: “Urupês”, “A Barca de Gleyre”. “Caçadas de Pedrinho”, “Emília no
País da Gramática” “Geografia de Dona Benta”, “O Saci” e “Viagem ao “Céu”. Seu
nome completo é José Bento Monteiro Lobato.

Homero
OLD

Poeta grego (século IX a.C.?). Um dos maiores escritores da Antiguidade, a quem


são atribuídas a Ilíada e a Odisséia, obras-primas da literatura mundial. Sua origem
e mesmo sua existência são incertas. Com base em informações do historiador
Heródoto, os estudiosos de Homero situam por volta do século IX a.C. a época de
seu nascimento e consideram provável que sua cidade natal seja Esmirna ou a Ilha
de Quio, na Grécia. Em 1795, o alemão Friedrich August Wolff afirma, baseado em
estudos estilísticos, que a Ilíada e a Odisséia são de poetas diferentes. Outros
historiadores acreditam que elas possam ser obras coletivas, ou ainda que Homero
teria compilado poemas populares. As duas obras reconstituem a civilização grega
antiga, com riqueza de detalhes. Na Ilíada, a narrativa da Guerra de Tróia é
associada a reflexões sobre a vida do homem e sua relação com os deuses. A
Odisséia conta as aventuras do herói Ulisses, em sua volta para a ilha de Ítaca.