Anda di halaman 1dari 5

Terapeutas - O Negócio de Guru e a Escola de

Mistérios
A terapia não tem basicamente nada a ver com a
espiritualidade

Pergunta 1
AMADO OSHO, PARECE-ME MUITO PERIGOSO, A
MANEIRA QUE SEUS TERAPEUTAS ESTÃO
TRABALHANDO NESTE MOMENTO: REIVINDICANDO
ESTAR NO MESMO NÍVEL QUE VOCÊ ESTÁ, E FAZENDO O
MESMO TRABALHO. O QUE ELES DIZEM QUE TÊM A
OFERECER -- ESCOLAS DE VÔO E "LIBERDADE" -- SOA
MUITO ATRAENTE AO EGO, MAS NÃO PARECEM TER
NENHUMA CONEXÃO COM O SEU TRABALHO. EU ESTOU
APREENSIVO QUE AS PESSOAS INOCENTES, QUERENDO
ESTAR MAIS PERTO DE VOCÊ E QUERENDO A
ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL, PORÃO SUA CONFIANÇA
NESTAS PESSOAS QUE TÊM A “AUTORIDADE” COMO
SEUS TERAPEUTAS ESCOLHIDOS. NÓS VIMOS COM A
SHEELA O QUE ACONTECE COM O EMPREGO ERRADO DO
PODER MUNDANO. O EMPREGO ERRADO DO PODER
ESPIRITUAL PARECE UMA AMEAÇA MUITO MAIOR
PORQUE ELE TRABALHA COM OS SERES INTERNOS DAS
PESSOAS. VOCÊ SEMPRE DISSE QUE ISTO É O QUE
ACONTECE QUANDO UM MESTRE SAI DO SEU CORPO. HÁ
ALGUM CONSELHO QUE VOCÊ PODE NOS DAR AGORA DE
MODO QUE A HISTÓRIA NÃO SE REPITA ESTA VEZ?

A mente humana inconsciente é a causa de todo o problema.


Havia pessoas em torno de mim que faziam todos os tipos de
coisas -- havia doutores, havia dentistas, havia encanadores,
havia carpinteiros -- mas nenhuma delas desenvolveu um ego
como as pessoas que trabalhavam como terapeutas.

A terapia não tem basicamente nada a ver com a


espiritualidade. Eu a usava apenas para limpar o lixo que a
mente recolheu em muitas eras. O trabalho do terapeuta
comigo era exatamente aquele dos faxineiros, nada superior a
eles de forma alguma.

Mas a terapia ocidental tem uma conotação de espiritualidade


porque não há nada em nome da espiritualidade. Há um
vácuo, e os terapeutas parecem preenchê-lo. E isto é somente
aparente. Não preenchem o vácuo, eles não podem; eles
mesmos não têm nenhuma experiência espiritual. Tudo o que
eles sabem são determinadas técnicas com as quais a sua
mente pode ser limpa.

Mas mesmo essa limpeza da mente faz você se sentir


refrescado, somente por alguns dias, porque não muda a
base, a fundação de seu ser; limpa simplesmente a superfície.
Você permanece a mesma pessoa. Você, outra vez, coletará o
mesmo lixo, assim sendo, a terapia será necessária repetidas
vezes: de novo, de novo e de novo. O mesmo é verdadeiro
sobre cada outro tipo de psicoterapia, psicanálise, psicologia
analítica -- elas têm apenas nomes diferentes.
Não há uma única pessoa no mundo inteiro que os psicólogos
podem reivindicar que esteja purificada -- agora não há
nenhuma necessidade para ela fazer análise, terapia, ou
nenhum tipo de processo. Mesmo os psico-terapeutas, psico-
analistas têm que fazer terapia, análise, estar sob algum
psico-terapeuta de vez em quando, porque eles, também,
estão coletando lixo. O fato é que eles estão coletando mais
porque tantas pessoas vão se descarregar em suas sessões de
terapia, e o terapeuta são fadados a se afetar. As pessoas se
tornarão um pouco mais leves, mas o terapeuta se tornará um
pouco mais pesado – ele mesmo irá necessitar da terapia. Este
é um círculo vicioso.

Meu esforço era trazer o ocidente mais perto do oriente. O


oriente desenvolveu técnicas espirituais, mas quando aquelas
técnicas foram desenvolvidas, o ser humano não era assim tão
carregado com conhecimento, diplomas, e todos os tipos do
lixo sem sentido. Aquelas técnicas foram desenvolvidas para
pessoas inocentes. Agora a situação é diferente: se você der
aquelas técnicas diretamente às pessoas, elas estão tão
carregadas com seu lixo, que aquelas técnicas serão perdidas.
Minha compreensão era, e ainda é, que a terapia pode ser um
começo bom, mas não é o fim, ela não é a resposta. Pode
limpar a mente somente por um período curto, mas neste
curto período uma técnica espiritual pode lhe ser introduzida
antes que a mente comece ser carregada outra vez. Se a
técnica espiritual lhe for introduzida, então esse lixo não irá
perturbá-lo; ela não pode criar confusão, e você não necessita
mais de nenhuma terapia. Você está no caminho – agora este
lixo comum não pode impedi-lo.

Mas se você já estiver carregado, introduzi-lo a uma técnica


espiritual é fútil; é como jogar uma semente em pedras. A
semente não vai viver para transformar-se em uma planta,
para transformar-se em uma árvore, para florescer. Assim eu
usava estas terapias apenas para o momento limpar terra e
deixar-me pôr a semente.

Nós não estamos preocupados com o lixo que você estará


coletando. A semente tem bastante força; uma vez que ela
encontra o seu solo, não há nenhum problema. Ela trará seus
galhos e folhagens, suas frutas e suas flores, apesar de todo o
lixo ao redor -- não importa.

Mas eu estava ciente do perigo – eu sabia que estes


terapeutas não têm nenhuma espiritualidade, e eles
começarão a se sentir como se fossem guias, guias espirituais;
como se eles pudessem assim, ajudar a muitas pessoas no
trajeto. É muito fácil inflar o seu ego mais e mais. Estes
terapêutas vieram do ocidente a mim porque a terapia
ocidental estava saindo de moda. As pessoas estavam
cansadas, porque qual é o ponto? --por alguns dias você se
sente muito bem e vêm então as quedas. Você se sente pior
do que antes. Então você volta ao terapeuta e isto se torna um
tipo de vício.. E não há nenhum fim nisso. As pessoas se
movem de uma terapia para uma outra terapia sua vida
inteira, sempre sentindo, "isto agora vai funcionar”. E isto
parece funcionar por um certo tempo, mas não muda a coisa
básica, dá apenas toques superficiais, então você está
novamente de volta ao ponto inicial.

Todos estes terapeutas tinham falhado no ocidente; ninguém


estava mais indo a eles. Quando vieram a mim não tiveram
mais nenhuma necessidade de procurar por clientes: os
milhares de sannyasins estavam vindo, e eu quis fazer uma
determinada síntese entre métodos ocidentais de terapia com
o crescimento espiritual, assim eu os aloquei neste trabalho.
Mas estes terapeutas esqueceram-se completamente de que
as pessoas não tinham vindo aqui para suas terapias. De fato
as pessoas estavam muito pouco dispostas a fazer suas
terapias; Eu tive que persuadi-las. Então, as pessoas,
lentamente, começaram a compreender o fato de que uma
pequena limpeza ajuda a se dar um grande e longo salto para
a meditação. Sendo assim, as pessoas que passaram pelas
terapias foram mais fundo na meditação do que os próprios
terapeutas. Os terapeutas estavam indo mais fundo em seus
próprios egos. Os terapeutas não estavam meditando. Eles
não faziam perguntas, porque fazer uma pergunta significa
que você é ignorante, você não sabe a resposta; eles não
eram mesmo humildes o bastante para fazer uma pergunta. E
estavam felizes, felizes que agora não havia nenhum trabalho
para que encontrassem pessoas. Elas estavam vindo por si, e
eu os enviava a suas terapias.

Eu os transformei em grandes terapeutas. Eu tentei refinar


seus métodos para fazer com que eles fossem os melhores
terapeutas possíveis. Eu me encontrava com cada grupo de
terapia e perguntava às pessoas que tinham participado como
estavam se sentindo, o que tinha acontecido. E indiretamente
-- e o terapeuta estava presente -- eu sugeria o que mais
poderia ser feito, o que deveria ter sido feito. Eu pedia
também ao terapeuta que dificuldades ele encontrara, que
problemas estavam surgindo nas pessoas -- de uma forma
indireta, porque eu não quero ferir qualquer um, mesmo
dando uma orientação.

Através dos anos eu trabalhei nestes terapeutas e em suas


terapias, então eles começaram a sentir que tinham se
tornado uns gurus, mestres. E, no fundo, havia uma grande
competição entre eles: Somendra saiu por causa de sua
competição com o Teertha sobre quem era o melhor – apenas
briga de egos. No seu íntimo, profundamente,
inconscientemente, devem pensar que mais cedo ou mais
tarde eu terei que morrer. Teertha assumiu este fato, sem
ninguém ter dito isto a ele, de que ele seria meu sucessor.
Talvez ele estivesse espalhando a idéia que ele seria meu
sucessor. O dia que eu anunciei no comuna que ninguém iria
ser meu sucessor, apenas duas pessoas estavam infelizes -- e
eu olhei para ambas: uma era Sheela e a outra era Teertha.
Todos estavam felizes, regozijando-se, mas estes dois estavam
tristes. Aquele era seu objetivo -- talvez não conscientemente,
mas inconscientemente. Aquele era o começo de Sheela tentar
destruir a comuna de formas diferentes.
E quando o governo americano... Agora todos os governos do
mundo estão juntos em uma conspiração contra um único
homem; eles me transformaram em uma pessoa tão
importante, tão poderosa. Eles estão apenas se comportando
idioticamente. Eles têm todos os poderes; Eu não tenho
nenhum poder, e estão todos conspirando contra mim. Todo
seu esforço é parar-me, bloquear meu trabalho, não deixar me
estabelecer em qualquer lugar, para não permitir que uma
outra comuna venha existir.

Nossos terapeutas estão imensamente felizes, vendo a


oportunidade de agora eu não ter uma comuna, e cada
governo está contra mim; talvez eu não encontre nenhum
lugar em qualquer parte do mundo. Esta é uma grande chance
para eles. E todos os sannyasins estão em um vácuo, assim,
estes terapeutas estão tentando explorar esse vácuo. Agora
estão dizendo às pessoas que lhes ensinarão a liberdade, eles
ensina-los-ão a espiritualidade, eles ensinarão isto e aquilo;
todo seu esforço é não perder esta oportunidade.

As pessoas têm uma necessidade porque de repente...


Estavam trabalhando, crescendo, e o trabalho parou. Eu estou
sendo impedido em cada direção, para que eu não possa
trabalhar. E os terapeutas estão imensamente felizes: eles se
tornaram de repente mestres espirituais. Eles não sabem nada
sobre a espiritualidade, nem mesmo o ABC.

Mas não há nada a se preocupar. Eles só podem falar sobre


liberdade, e isto só pode ser uma repetição do que me
ouviram dizer. Eles não têm nenhuma coisa original para dizer,
qualquer coisa que venha de sua própria experiência, então
eles só podem falar. Deixe-os falar -- esta conversa não irá
mudar às pessoas. E logo as pessoas sentirão que estes
terapeutas estão apenas explorando a situação.

Entrementes, em algum lugar nós iremos criar a escola de


mistérios. A existência não pode ser assim tão sem compaixão
para o homem que está trabalhando simplesmente para a
verdade, simplesmente para a existência. Minha confiança é
absoluta. Estes governos e igrejas não importam. Podem
tentar fazer o melhor, mas a escola de mistérios será
estabelecida, embora possa levar um pouco de tempo, com
alguns problemas. E as coisas desta vez serão feitas de uma
maneira totalmente diferente de forma que ninguém possa
começar de novo esta idéia de “gurudom” (negócio de guru).

A história não será repetida, porque eu ainda estou aqui. Eu


conheço todos estes terapeutas, e eu conheço os seus
problemas. Eu sei que eles estão no mesmo barco que seus
clientes; eles não estão de nenhuma forma em uma
consciência superior. Eles podem dar consultas, eles podem
ajudar a pessoas a terem alguma claridade, mas isto é do seu
conhecimento emprestado. Na mesma situação eles não têm
essa claridade como experiência.

A todo mundo eles podem mostrar o caminho da claridade: é


muito fácil quando você não está envolvido no problema. Você
pode simplesmente aconselhar a qualquer um, "é simples.
Faça-o desta maneira”. A coisa real é quando você está na
mesma situação, se você tem a claridade, se você é capaz de
seguir seu próprio conselho – e estes terapeutas não são
capazes disto. Desta forma não há nenhum dano. Deixe-os
apreciar alguns dias do glória. Eles nem mesmo estão
mencionando o meu nome. Esta é prova suficiente de que eles
sabem que o que quer que estejam dizendo e fazendo é
relacionado a mim, e se mencionarem meu nome tornar-se-ão
imediatamente secundários. E pela primeira vez eles têm a
possibilidade de estar no topo. Comigo, era impossível.

Desta forma, eu não vejo que haja algum problema. É bom --


deixe-os apreciar por alguns dias. Sua apreciação não vai
muito longe. Logo eles perderão as pessoas.

Uma vez que a escola de mistérios começar a funcionar,


ninguém irá se incomodar com eles. Eles mesmos terão que
vir para a escola de mistérios e, desta vez, não como
terapeutas, mas simplesmente como discípulos. Não haverá
nenhuma terapia. Agora a escola funcionará de uma maneira
totalmente diferente.

Osho, Além da Psicologia Capítulo 37

Copyright © 2009 Osho International Foundation