Anda di halaman 1dari 30

Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel

Ricardo Dornelles
Departamento de Combustíveis Renováveis

Rio de Janeiro, 18 de maio de 2006.


Matriz de Combustíveis Veiculares - 2005
Óleo diesel
54,5%
Biodiesel 55,7% (2004)
B2: 1,1%
B5: 2,7%

Gasolina A
25,6% GNV
26,5% (2004) 2,9%
2,4% (2004)
Álcool Anidro Álcool
8,5% Hidratado
8,8% (2004) 8,4%
6,6% (2004)

Gasolina C Álcool Total


25,6 + 8,5 = 34,1% 8,5 + 8,4 = 16,9%
35,3% (2004) 15,4% (2004)
Produção de Combustíveis e Dependência Externa - 2005

Importação Exportação Importação Exportação


Produção
Líquida Líquida Líquida Líquida
Combustível
% da % da
mil m3 mil m3 mil m3
demanda produção

GASOLINA A 19.978 - 2.760 14%

DIESEL 38.396 2.070 - 5%

ÁLCOOL 16.030 - 2.592 16%

GÁS NATURAL
48,5 24,4 - 33%
(milhões m³/d)

Dependência

Auto-suficiência

Fonte: ANP, MAPA e MDIC (elaboração MME)


Potencial do Biodiesel no Brasil

Área Estimada
(milhões de ha)
Mercado Potencial Atual
(bilhões de litros) Culturas
Novas Culturas:
Tradicionais:
5000 litros óleo/ha
600 litros óleo/ha
B2 0,8 1,4 0,2
B5 2,1 3,5 0,4
B20 8,4 14 1,7
B50 21 35 4,2
B100 42 70 8,4
Disponibilidade de novas áreas agricultáveis:
≈ 100 milhões de hectares
Marco Regulatório: Lei do Biodiesel

Ø Lei 11.097/05: Estabelece percentuais mínimos de


mistura de biodiesel ao diesel e o monitoramento da
inserção do novo combustível no mercado.

2005 2008
2013
a a
em diante
2007 2012

2% 2% 5%
Autorizativo Obrigatório Obrigatório

Mercado Potencial: Mercado Firme: Mercado Firme:


840 milhões de 1 bilhão de 2,4 bilhões de
Litros/ano Litros/ano Litros/ano

Regulamentação: Decreto n° 5.448/05.


Tributação Federal sobre Biodiesel

Alíquotas de PIS/COFINS
(em R$/litro)
R$ 0,151 / R$
litro0,0 / litro Regra Geral 0,218
Agronegócio + N/NE +
100% de benefício Semi-Árido + 0,151
mamona/palma
Agricultura Familiar em
qualquer região 0,070
R$ 0,218 / litro Agricultura Familiar +
N/NE + Semi-Árido +
mamona/palma
0
R$ 0,070 / litro
68% de benefício Incidência monofásica no
produtor industrial de
biodiesel, proporcional à
aquisição de matéria-prima.
Tributação do Diesel:
R$ 0,218 / litro
Tributação Estadual sobre Biodiesel
Tributação Estadual sobre Biodiesel
ALÍQUOTA PADRÃO
ALÍQUOTA DO DIESEL
(BIODIESEL)

17%
17%
15%
18%
13%

12%

Fonte: Sindicom (out/05)


Situação do Uso do Biodiesel

§ Atualmente, apenas a mistura B2 está regulamentada


e validada tecnicamente, inclusive com garantia
assegurada pelos fabricantes de veículos.

§ Ação em desenvolvimento (Coordenação MCT):


Validação do uso da mistura B5, em conjunto com a
Anfavea e Sindipeças, mediante ensaios de bancada e
testes de campo.
Participantes: MCT, MME, MDIC, ANP, Petrobras/Cenpes, ANFAVEA, SINDIPEÇAS,
Centros de Pesquisa (INT, Tecpar etc), Distribuidoras, Frotistas etc.
Situação do Biodiesel no Regime Autorizativo: Dez/04 a Dez/05

§ Operação das usinas instaladas aquém de suas capacidades


§ Falta de atratividade econômica para a comercialização do
biodiesel em competição com o diesel
§ Falta de atratividade para novos investimentos
§ Risco de inexistir capacidade produtiva suficiente para cumprir
a Lei n° 11.097/05

Medida Adotada para o Desenvolvimento do Mercado


Antecipação condicional da obrigatoriedade da mistura
de 2% de biodiesel ao diesel para janeiro/2006, com
compra em leilões públicos por produtores e
importadores de diesel
A Antecipação da Obrigatoriedade via Leilões
OBJETIVOS DA ANTECIPAÇÃO:
• Incrementar a participação do biodiesel na matriz energética nacional,
segundo as políticas econômica, social e ambiental do Governo
Federal.
• Estimular investimentos na cadeia de produção e comercialização do
biodiesel.
• Possibilitar a participação combinada da agricultura familiar e do
agronegócio no fornecimento de matérias-primas.

ATOS NORMATIVOS:
• Resolução CNPE n° 03/05 (28/09/05) (Base Legal: Lei n° 11.097/05)
• Portaria MME nº 483/05: diretrizes para os leilões (04/10/05)
• Resolução ANP nº 31/05: definição de bases e regras dos leilões(07/11/05)
• Edital do 1º Leilão (10/11/05) / Edital do 2º Leilão (10/03/06)
Características dos Leilões
§ Fase 1: Leilão
• Vendedores: produtores de biodiesel com Selo Combustível Social.
• Compradores: produtores e importadores de diesel, proporcional à participação
no mercado de diesel
• Características principais:
• O volume a ser adquirido é inferior ao total das ofertas.
• A ANP estipula um preço máximo de abertura e as ofertas de venda são
apresentadas pelos produtores de biodiesel.
• A ANP seleciona as melhores ofertas, por critério de preço.
• As ofertas selecionadas deverão ser compulsoriamente adquiridas
pelos produtores e produtores de diesel.

§ Fase 2: Pós-Leilão
• Vendedores: produtores e importadores de diesel.
• Compradores: distribuidoras e grandes consumidores de diesel.
• Característica principal: relação negocial em mercado livre.
Dois Leilões Já Realizados
§ Leilão 01 (23/11/05):
§ 70 milhões de litros arrematados (oferta total = 92,5)
§ 8 usinas ofertantes (PA, 2 PI, MT, SP, RJ, MG e PR)
§ Preço médio de fechamento = R$ 1,90 / litro (c/ PIS/COFINS, s/ ICMS)
§ Adquirentes: Petrobras (93,3%) e Refap (6,7%)

§ Leilão 02 (30/03/06):
§ 170 milhões de litros arrematados (oferta total = 315)
§ 13 usinas ofertantes (TO, PI, CE, BA, 2 GO, MT, 3 SP, RJ, MG)
§ Preço médio de fechamento = R$ 1,86 / litro (c/ PIS/COFINS, s/ ICMS)

Os dois leilões foram direcionados a produtores em


operação ou em fase final de instalação
1º Leilão de Biodiesel

Volume Preço Médio


(milhões de litros) Arrematado(R$/litro)
Participantes Estimativa
Ofertado Arrematado % Sem ICMS com ICMS
17%
Soyminas (MG) 8,7 8,7 100% 1,90 2,29
Agropalma (PA) 5,0 5,0 100% 1,86 2,25
Brasil Biodiesel Matriz (PI) 38,0 38,0 100% 1,91 2,30
Brasil Biodiesel Filial (PI) 0,6 0,0 0% - -
Renobrás (MT) 7,2 0,0 0% - -
Granol / Ceralit (SP) 20,0 18,3 92% 1,91 2,30
Ponte di Ferro (RJ) 10,0 0,0 0% - -
Biolix (PR) 3,0 0,0 0% - -
TOTAL 92,5 70,0 76% 1,90 2,29
2º Leilão de Biodiesel

Volume Preço Médio


Participante Qualificação do
Localização (milhões de litros) Arrematado
(em ordem alfabética) Participante
Ofertado Arrematado % (R$/litro)
Binatural Formosa-GO Classificada 1,32 1,32 100% 1,895
Biocapital Charqueada-SP Classificada 60,0 60,0 100% 1,852
Inabilitada
Biolix Rolândia-PR
(sem Selo MDA) 3,0 0,0 0% -
Brasil Biodiesel Crateús-CE Classificada 30,0 1,78 6% 1,905
Desclassificada
Brasil Biodiesel Porto Nacional-TO
(preço) 40,0 0,0 0% -
Brasil Biodiesel Morro do Chapéu-BA Classificada 30,0 20,0 67% 1,905
Inabilitada
Daffer Mairiporã/SP
(sem Selo MDA) 7,0 0,0 0% -
Desclassificada
Fertibom Catanduva-SP
(preço) 1,2 0,0 0% -
Granol Anápolis-GO Classificada 90,0 36,0 40% 1,905
Ponte di Ferro Rio de Janeiro-RJ Classificada 31,0 31,0 100% 1,816
Ponte di Ferro Taubaté-SP Classificada 19,0 19,0 100% 1,813
Renobrás Dom Aquino-MT Classificada 3,0 0,9 30% 1,905
TOTAL 315,5 170,0 54% 1,860
Novo Leilão de Biodiesel
Ø Atração de novos investidores:
Realização de leilão de compra de produção futura de biodiesel.

üLeilão 02/06: Previsão – junho de 2006


• Leilão de compra futura, para incorporar novas usinas
• Entrega de jan/07 a dez/07
• Estimativa de volume: 460 milhões de litros

• Critério de participação:
Comprovar posse do Selo Combustível Social (de projeto ou definitivo),
como forma de induzir a estruturação da usina com a participação
combinada entre agricultura familiar e agronegócio.
Perspectivas para o Biodiesel em 2006 e 2007

§ Aumento significativo da capacidade produtiva


§ Novos projetos (grande escala e produção contínua)
§ Volumes crescentes de biodiesel arrematado em
leilões públicos por produtores e importadores de
diesel
§ Necessidade de adequação dos segmentos de
distribuição e revenda

Os leilões contribuíram para o desenvolvimento da capacidade


produtiva, mas ressaltou a necessidade da estruturação dos segmentos
de comercialização para operar com o novo combustível
Adequação da Distribuição e Revenda

§ Criação de GT pela ANP (Portaria nº 38/2006)

§ Estudo sobre armazenamento, logística de


distribuição, transporte e revenda de biodiesel

§ Proposição de medidas para a efetiva implementação


do programa de biodiesel no âmbito do mercado
consumidor.
Carteira do BNDES de Projetos de Biodiesel

Fonte: BNDES (mar/06)


Perspectivas para o Biodiesel após 2008

2005 a 2007 2008 em diante


B2 autorizativo B2: Mistura Obrigatória
Leilões Públicos

§ Possibilidade de antecipar obrigatoriedade de


B3, B4, B5 e Bx

§ Fim de leilões públicos

§ Relação negocial direta entre produtor e


distribuidora (semelhante ao álcool hoje)
Capacidade de Produção de Biodiesel - 2006

Milhões de Litros

2006
Centro-Oeste 197
Nordeste 120
Norte 8
Sudeste 356
Sul 167
TOTAL 848 75 milhões de litros

(*) Quadro elaborado com base em informações obtidas de potenciais produtores e investidores. Posição de 31/03/06.
Capacidade de Produção de Biodiesel - 2007

Milhões de Litros

2007
Centro-Oeste 426
Nordeste 248
Norte 8
Sudeste 718
Sul 477
TOTAL 1.877 75 milhões de litros

(*) Quadro elaborado com base em informações obtidas de potenciais produtores e investidores. Posição de 31/03/06.
Balanço: Capacidade x Demanda Regional

Capacidade de Produção Estimativa da Demanda


de B100 p/ B2 (*)
2006 2007
Centro-Oeste 197 426 80
Nordeste 120 248 123
Norte 8 8 97
Sudeste 356 718 372
Sul 167 477 168
TOTAL 848 1.877 840
(*) Considerando consumo anual de diesel de 42 bilhões de litros.

Desproporção entre oferta e demanda regional


Produtores de Biodiesel: Norte

Milhões de litros/ano
Capacidade
Produtor Localização
2006 2007
Agropalma Belem PA 8 8
SUB-TOTAL 8 8
Produtores de Biodiesel: Nordeste

Milhões de litros/ano
Capacidade
Produtor Localização
2006 2007
Petrobras Candeias BA 44
Brasil Biodiesel Morro do Chapeu BA 40 40
Nutec Fortaleza CE 1 1
Petrobras Quixada CE 44
Brasil Biodiesel Crateus CE 40 40
Bioteo Campina G PB 40
Brasil Biodiesel Floriano PI 38 38
Brasil Biodiesel Teresina PI 1 1
Petrobras Guamare RN 1 1
SUB-TOTAL 120 248
Produtores de Biodiesel: Centro-Oeste

Milhões de litros/ano
Capacidade
Produtor Localização
2006 2007
Binatural Formosa GO 14 14
Granol Anapolis GO 120 120
Caramuru Sao Simao GO 100
Renobras Dom Aquino MT 6 6
Ecomat Cuiaba MT 17 17
Barralcool Barra dos Bugres MT 57
Agrosoja Sorriso MT 15
Biograo Lucas do Rio Verde MT 57
Brasil Biodiesel Porto Nacional TO 40 40
SUB-TOTAL 197 426
Produtores de Biodiesel: Sudeste
Milhões de litros/ano
Capacidade
Produtor Localização
2006 2007
Soyminas Cassia MG 12 12
Fusermann Barbacena MG 6 6
Agrodiesel Iguatama MG 3 3
Petrobras Montes Cl MG 44
Biominas Itauna MG 12
Brasil Biodiesel - MG 40
Ponte di Ferro Rio de Janeiro RJ 40 40
Fertibom Catanduva SP 6 6
Biocapital Charqueada SP 150 150
Granol-Ceralit Campinas SP 35 35
Granol Tupa SP 60 60
Granol Aracatuba SP 100
Bertin Lins SP 110
Bioeste Estrela do Oeste SP 56
Ponte di Ferro Taubate SP 20 20
Daffer Mairipora SP 2 2
Exacta Guarulhos SP 15 15
IQT Taubate SP -
Frigol Lencois Paulista SP 8 8
SUB-TOTAL 356 718
Produtores de Biodiesel: Sul
Milhões de litros/ano
Capacidade
Produtor Localização
2006 2007
Biolix Rolandia PR 6 6
Cocamar - PR 10
LAR Medianeira PR 100
Granol Cachoeira do Sul RS 60 60
BSBio Passo Fun RS 100 100
Brasil Biodiesel - RS 40
Cotrimaio - RS 100
Olfar Erexim RS 60
Biodiesel Sul Icara SC 1 1
SUB-TOTAL 167 477

8 Plantas no país com mais de 100 mil litros/ano:


2 no Centro-Oeste
880 milhões de litros
3 no Sudeste
(suficiente p/ atender B2)
3 no Sul
Expectativa de capacidade...

Os projetos apresentados anteriormente indicam tão


somente a expectativa atual de capacidade futura.

Há possibilidade de alguns desses não se efetivarem,


assim como novos empreendimentos podem surgir.
Muito Obrigado!

Ricardo Dornelles
rdornelles@mme.gov.br
(61) 3319-5509 / 3319-5511