Anda di halaman 1dari 12

.

PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR

Secretaria Municipal de Educação e Cultura – SMEC


Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico – CENAP

ATIVIDADES PEDAGÓGICAS NA PERSPECTIVA DO


ALFABETIZAR LETRANDO1

Angela Freire2

Tema Gerador: Aves.


Áreas envolvidas: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências.
Temas transversais: Meio ambiente.

Procedimentos didáticos:

EXPLORANDO A TIPOLOGIA TEXTUAL: POESIA


1) Anunciar que vai ler um texto para os alfabetizandos.
 Perguntar: Qual o tipo de texto que vamos ler? Irá falar de que? Para que serve? Onde pode ser
encontrado? Quem é o autor? Quem são as personagens? Registrar as suas respostas na lousa para
confrontar posteriormente com o texto real .
OBJETIVO: prever o que está por vir com base em informações ou inferências (estratégias de
antecipação).

 Perguntar: Quem sabe o que é uma poesia? Do que fala? Para que serve? Onde a encontramos?
Quem sabe recitar uma?

OBJETIVO: ativar os conhecimentos prévios (conceitos espontâneos) dos alfabetizandos,


deixando que eles manifestem suas idéias, suas experiências e criem suas hipóteses.

 A partir dos conhecimentos prévios (conceitos espontâneos) dos alfabetizandos, explicar o que é
uma poesia, sua função e suas características.

As poesias servem para divertir, emocionar, fazer pensar. Geralmente têm rimas e apresentam
diferentes diagramações. Possuem títulos, brincam com o som, a forma gráfica e o significado
das palavras. São textos com autoria, isto é, geralmente sabemos quem os fez.
OBJETIVO: transformar os conceitos espontâneos em conceitos científicos; reconhecer o tipo de
texto e suas características.

EXPLORANDO A LEITURA
3) Apresentar: numa cartolina o título do texto ou escrevê-lo na lousa, em letra de maiúscula.

1
O PATO

 Perguntar: O que vocês acham o que está escrito? Se eles não conseguirem, fazer a leitura do
título do texto.
 Qual será o assunto que vamos encontrar ou que podemos esperar de um texto com esse título?
 Terá personagens? Como eles serão? Quem será o autor?

OBJETIVO: com base no titulo, levar os alfabetizandos a fazer suposições sobre o texto
(estratégia de inferência).

4) Apresentar aos alfabetizando a poesia, que deverá ser escrito numa cartolina ou na lousa.
Caberá ao professor:
 Organizar grupos de no máximo cinco alfabetizandos, com diferentes hipóteses de escrita (pré-
silábica, silábica, silábico-alfabética e alfabética).
 Distribuir cópias da poesia O texto deverá está escrito em letras maiúsculas, para facilitar
aqueles alfabetizandos não-alfabéticos.
 Escrever o texto, em letras maiúsculas, na lousa ou numa cartolina. Exemplo:

TÍTULO: O PATO

AUTORES: VÍNICIUS DE MORAES


TOQUINHO

LÁ VEM O PATO
PATA AQUI, PATA ACOLÁ
LÁ VEM O PATO
PARA VER O QUE É QUE HÁ

O PATO PATETA
PINTOU O CANECO
SURROU A GALINHA
BATEU NO MARRECO
PULOU DO POLEIRO
NO PÉ DO CAVALO
LEVOU UM COICE
CRIOU UM GALO
COMEU UM PEDAÇO
DE GENIPAPO
FICOU ENGASGADO
COM DOR NO PAPO
CAIU NO POÇO
QUEBROU A TIGELA
TANTAS FEZ O MOÇO
QUE FOI PRA PANELA.

 Perguntar: Quem quer ler o texto? Se algum alfabetizando souber ler, permite que o faça,
respeitando o seu tempo e seu ritmo.

2
 Fazer a leitura do texto, pausadamente e com entonação adequada, apontando palavra por
palavra na lousa. Os alfabetizandos deverão acompanhar através dos seus textos ou da lousa.
 Realizar leitura compartilhada, professor e alfabetizandos, pausadamente e com entonação
adequada, apontando palavra por palavra.

EXPLORANDO A ORALIDADE
 Você gosta de aves? Diga o nome de aves que você conhece ou que você mais gosta.
 Você já viu um pato de pertinho? Como ele era?
 Quem sabe o que significa as palavras genipapo, marreco e poleiro?
 O que você achou da poesia?
 Promover a interpretação oral do texto, perguntando: Qual o título da poesia? De que fala o
texto? Qual o nome do personagem? Como ele é? O que aconteceu com ele?

EXPLORANDO OUTROS TEXTOS: BIOGRAFIA


 Qual o nome dos autores? Quem os conhece? Solicitar aos alfabetizandos que circulem no texto
o título e o nome dos autores. Em seguida, falar das suas biografias, explicando sobre este tipo de
texto.

OS TEXTOS BIOGRÁFICOS
Têm uma ampla utilização social e escolar. Socialmente são fontes importantes de informação
sobre personagens da história da humanidade, e na escola aparecem com freqüência para
apresentar a vida de personagens cuja ação é considerada relevante no acontecer histórico. São
narrativas sobre a vida de outra pessoa ou sobre a própria vida, articuladas em função de uma
linha temporal cronologia. Os fatos citados e os dados apresentados são fiéis ao que realmente
aconteceu na vida do biografado.

UM POUCO SOBRE OS AUTORES...


O poeta Marcus Vinícius da Cruz de Mello Morais nasceu a 19 de outubro de 1913, no Rio de
Janeiro. Formou-se em Direito e produziu muitos poemas para adultos e para crianças, dentre
eles: A Arca de Noé, a Porta, a Foca, o Elefantinho. Vinícius morreu aos 66 anos, no dia 9 de
julho de 1980, em sua casa, no Rio de Janeiro.

Toquinho nasceu em São Paulo, em 1946. era amigo de Vinícius. É dele o poema o Caderno.

EXPLORANDO E APROPRIANDO-SE DA ESCRITA


 Distribuir cópias do texto para os alfabetizandos.
 Fazer a leitura para eles, apontando palavra por palavra e os espaços existentes sobre elas, assim
como os sinais de pontuação. Em seguida, perguntar:

- A poesia foi escrita com desenhos, números, símbolos ou letras? Explicar que foi escrita com
letras: vogais e consoantes. OBJETIVO: compreender a diferença entre a escrita alfabética e outras
formas gráficas.

- Como a poesia foi escrita? Mostrar que foi escrita com letras (maiúsculas), de cima para baixo e
da direita para esquerda. OBJETIVO: compreender e dominar as convenções gráficas - orientação e
do alinhamento da escrita.

3
- As palavras estão grudadinhas uma nas outras ou separadas? Solicitar que pintem, em seus
textos, os espaços entre as palavras. Em seguida, explique a função dos espaços em branco.
OBJETIVO: compreender e dominar as convenções gráficas – espaços em branco no texto.

- Alem das letras, das palavras e dos espaços em brancos, o que mais encontramos? Falar dos
sinais de pontuação e suas funções no texto. Depois, pedir para encontrá-los no texto e circular.
OBJETIVO: compreender e dominar as convenções gráficas – sinais de pontuação.

- Quais as palavras que têm sons finais semelhantes (rima)? Solicitar que encontrem no texto as
palavras que rimam e circulem. OBJETIVO: reconhecer a unidade fonológica: rimas.
Os alfabetizandos alfabéticos podem trabalhar em parceria com não-alfabéticos, lendo as
palavras para que eles.

 Qual a palavra que mais se repete no texto? Quantas vezes se repetem? Solicitar que encontrem
e circulem as palavras repetidas no texto (PATO).
- Quem quer escrever a palavra na lousa?

PATO

 Fazer oralmente a análise lingüística da palavra, perguntando-lhes: quantas letras têm a


palavra? Qual a primeira? Qual a última? Quais são vogais? Quais são consoantes? Quantas
sílabas? Qual a primeira? Qual a última?
OBSERVAÇÃO: o alfabeto deve está exposto na sala, senda as consoantes de uma cor e as
vogais, de outra. Ou, um cartaz com todo o alfabeto, outro só com as vogais e outro com as
consoantes, para que os alfabetizandos consulte quando for necessário.

 Desenhe como você acha que é o pato pateta.

 Escreva, do seu jeito, sobre o pato.

 Invente um nome bem bonito para o pato que você desenhou. Escreva, do seu jeito, o nome dele.

 Agora, vamos mostrar os desenhos e o que vocês escreverem sobre ele?

 Quantas letras têm a palavra pato? Pinte:

1 2 3 4 5 6

4
 Leia com a ajuda de seu colega, depois pense e responda quantas palavras têm as frases abaixo.
Escreva o numeral nos quadrinhos:

O PATO PATETA FOI PARA A PANELA

PARA A PANELA FOI O PATO PATETA.

- Agora, pinte nas frases acima as palavras:


PATO DE VERMELHO

PANELA DE AZUL

- Escreva essas mesmas palavras nos quadros abaixo:

 Qual o significado da palavra panela na frase abaixo.

A PANELA É DE BARRO

 Vamos ler a palavra pato em voz alta bem devagar. Perceba quantas vezes você mexe os lábios e
a língua. Quantos pedacinhos formam a palavra pato:

PA - TO

 Procure em revistas as letras que formam a palavra pato. Em seguida, as sílabas (os pedacinhos)
que formam a palavra. Faça o mesmo com a palavra panela.

 Vamos pensar, contar e escrever as letras e as sílabas (os pedacinhos) das palavras abaixo:

PATO QUANTAS LETRAS?

QUANTAS SÍLABAS?

ESCREVA A PALAVRA PATO

PANELA QUANTAS LETRAS?

QUANTAS SÍLABAS?

5
ESCREVA A PALAVRA PANELA

 Pesquise palavras que tenham as sílabas PA - TO, recorte-as e cole-as:


PA TO
 Vamos falar e escrever palavras que têm as sílabas PA NE LA. Preste atenção nas colunas onde
ficam as sílabas iguais:

PA NE LA

 Complete o quadro juntando as letras. Escreva as sílabas.

A E I O U
P PA PE PU
T TI
N NO
L LE

- Copie nos quadros o que você formou:

PA
TA
NA
LA

- Agora, pense em uma letra que você já conhece e complete o quadro abaixo:

A E I O U

 Você já sabe escrever muitas palavras. Escreva-as e represente-as com desenhos:

EXPLORANDO O VOCABULÁRIO

a. Quais as palavras que vocês não conhecem no texto?


a. O que vocês acham que elas querem dizer?
b. Vamos procurar no dicionário? Mas antes vamos escrever no quadro o pensamos sobre elas.
Exemplo:

6
PALAVRAS QUE NÃO CONHEÇO
O QUE EU PENSO? O QUE DIZ O DICIONÁRIO?

EXPLORANDO O LÚDICO
 Vamos montar o jogo das caixinhas?
Para isto você vai precisar juntar três (3) caixinhas de fósforos vazias. Encape-as. Recorte, de jornais
ou revistas, as sílabas da palavra PANELA e cole-as nas caixinhas encapadas.
Agora, é só brincar, formando novas palavras juntando as caixinhas de várias maneiras. Escreva as
palavras que você conseguir formar.

EXPLORANDO MATEMÁTICA

1) SITUAÇÕES PROBLEMA ENVOLVENDO GRÁFICO E TABELAS.

A) NA CASA DE PAULA TEM MUITAS AVES. VEJA NO GRÁFICO.

COMPLETE A TABELA:

NOME DOS ANIMAIS QUANTIDADES DE


ANIMAIS

AGORA, RESPONDA:

- QUANTOS TÊM? ______ - QUANTAS? _____ - QUANTOS TÊM? ______

- QUAL AVE ELA TEM MAIS? ________________________________


- QUAL AVE ELA TEM MENOS?__________________________
- QUANTAS AVES TÊM AO TODO? ____________________________

7
CÁLCULO
C D U
_______

_________

________

________________________

B) REBECA TINHA 15 PÁSSAROS. DEU 7 PARA SUA IRMÃ. COM QUANTOS ELA FICOU?
DESENHO CÁLCULO RESPOSTA

EXPLORANDO CIÊNCIAS
1) Perguntar aos alfabetizandos: Alguém sabe onde os patos vivem? De que eles se alimentam? De
que forma eles são utilizados pelo homem? Que aves parecem com os patos? Quais as semelhanças
e as diferenças? Registrar na lousa as suas repostas.

OBJETIVO: ativar os conhecimentos prévios (conceitos espontâneos) dos alfabetizandos,


deixando que eles manifestem suas idéias, suas experiências e criem suas hipóteses
(desenvolvimento da oralidade).

2) A partir das respostas dos alfabetizandos, o professor deverá sistematizar o conhecimento falando
sobre as características dos patos, com o objetivo da transformar os conceitos espontâneos em
conceitos científicos.

Os patos são aves geralmente menores que os gansos e cisnes. Podem ser encontrados tanto em
água doce como salgada. Os partos se alimentam de vegetação aquática e de pequenos
invertebrados. Eles são utilizados pelo homem na alimentação, no vestuário (as penas) e
entretenimento (caça).

Perguntar: O que vocês acham que utilizar o pato no vestuário e no entretenimento está certo ou
errado? Por que? (desenvolvendo a oralidade, da criticidade e da autonomia)

3) Perguntar: Vamos fazer uma lista com o nome de aves que vocês conhecem? Caberá ao professor:
- Distribuir para os alfabetizandos ou pedir que copiem no caderno o seguinte modelo de lista:

LISTA DE AVES CONHECIDAS


HIPÓTESE DE ESCRITA HIPÓTESE DE ESCRITA CORREÇÃO COLETIVA
INDIVIDUAL COLETIVA (NORMA CULTA -
(PADRÃO ORAL) (PADRÃO ORAL) PROFESSOR)

8
- Solicitar
que escrevam em seus cadernos, na primeira coluna, do jeito que souberem, cinco nomes de aves
(hipóteses de escrita individual) que o professor ditar.
- Escolher cinco alfabetizandos e pedir que cada um diga como escreveu o nome da ave que o
professor perguntar. Em seguida, escrevê-lo na lousa, na primeira coluna do quadro.
- Solicitar que o resto da turma observe os nomes que os colegas ditaram e veja se eles estão
escritos corretamente. Caso não esteja, pedir que faça a devida correção (hipótese de escrita
coletiva). Escrever as respostas na lousa, na segunda coluna do quadro.
- Observar se as hipóteses de escrita coletiva estão corretas. Caso não esteja, promover a análise e
reflexão sobre a escrita da palavra, perguntando, por exemplo: está faltando ou sobrando letra na
palavra? Será que começa com esta letra? Na medida em que os alfabetizandos confrontarem as
hipóteses de escritas individual e coletiva (padrão oral – escreve como fala) com a escrita correta
das palavras (padrão da norma culta), se estabelecerá o conflito cognitivo e, conseqüentemente, a
aprendizagem.
OBJETIVO: as atividades de leitura e escrita de listas possibilitam que os alfabetizandos pensem
sobre o que e quantas letras usar, a formação de sílabas e palavras, bem como promove o conflito
cognitivo, quando os eles compararam as suas hipóteses conceituais de escrita com a grafia
convencional das palavras. Favorece o desenvolvimento da base alfabética e ortográfica,
principalmente por tratar-se de um texto de estrutura simples e de fácil compreensão.

4) Confecção de um quadro de referência sobre as aves. Caberá ao professor:


 Organizar grupos de no máximo cinco alfabetizandos, com diferentes hipóteses de escrita (pré-
silábica, silábica, silábico-alfabética e alfabética).
 Distribuir cópias de um pequeno texto falando sobre as aves. O texto deverá está escrito em
letras maiúsculas, para facilitar aqueles alfabetizandos não-alfabéticos. Exemplo:
AS AVES
AS AVES SÃO ANIMAIS OVÍPAROS, OU SEJA, BOTAM OVOS, TÊM O CORPO COBERTO POR
PENAS, QUE PROTEGEM DO CALOR E PERMITEM QUE ELAS VOEM. MAS NEM TODAS AS AVES
VOAM, ALGUMAS ESPÉCIES COMO A EMA E OS AVESTRUZ, CORREM COM MUITA VELOCIDADE.
JÁ O GANSO E O CISNE TÊM A CAPACIDADE DE NADAR. A MENOR AVE CONHECIDA É O
BESOURINHO DE CUBA, UM COLIBRI QUE PESA 1,6 GRAMAS E A MAIOR É O AVESTRUZ QUE
CHEGA A PESAR ATÉ 125 QUILOS.
CADA AVE GOSTA DE UM CERTO AMBIENTE OU HABITAT. ALGUMAS DELAS VIVEM NOS
RIOS, LAGOS E PÂNTANOS, NADANDO OU MERGULHANDO. OUTRAS VIVEM NAS ÁRVORES DAS
FLORESTAS E NOS BOSQUES. OS ALIMENTOS DAS AVES SÃO OS MAIS VARIADOS: FRUTOS,
SEMENTES, INSETOS, VERMES, PEIXES.

 Escrever o texto, em letras maiúsculas, na lousa ou numa cartolina.


 Perguntar: Quem quer ler o texto? Se algum alfabetizando souber ler, permite que o faça,
respeitando o seu tempo e seu ritmo.
 Fazer a leitura do texto, pausadamente e com entonação adequada, apontando palavra por
palavra na lousa. Os alfabetizandos deverão acompanhar através dos seus textos ou da lousa.
 Realizar leitura compartilhada, professor e alfabetizandos, pausadamente e com entonação
adequada, apontando palavra por palavra.
 Fazer a interpretação oral do texto, perguntando: de que fala o texto? De que animal? Porque as
aves são chamadas de ovíparos? De que é coberto o seu corpo? Para que servem as penas? Todas
as aves voam? Quais as que nadam e as que voam? Qual a menor e a maior ave do mundo? Onde
vivem? Como se alimentam?
 Distribuir para cada grupo um quadro contendo as características das aves. Solicitar aos
alfabetizando que preencham o quadro. Exemplo:

9
CARACTERÍSTICAS DAS AVES
DESENHO COMO É O SEU COMO SE ONDE MENOR MAIOR
CORPO? ALIMENTA? VIVEM? AVE DO AVE DO
MUNDO MUNDO

 Confeccionar, em papel metro ou cartolina, um painel com as características das aves. Cada
equipe ficará responsável por escrever a resposta de cada item, assim como pintar e colar no painel
um desenho de uma ave. Exemplo:

CARACTERÍSTICAS DAS AVES


DESENHO COMO É O SEU COMO SE ONDE MENOR MAIOR
CORPO? ALIMENTA? VIVEM? AVE DO AVE DO
(equipe 1) (equipe 2) (equipe 3) MUNDO MUNDO
(equipe 4) (equipe 5)

10
EXPLORANDO TEMA TRANSVERSAL: MEIO AMBIENTE
 Vocês sabem o que significa a palavra EXTINÇÃO? Extinção significa acabar. Então, o que
quer dizer a frase: as aves ameaçadas de extinção? Vocês conhecem alguma? Por que vocês acham
que elas estão sendo ameaçadas de extinção? Quem e por que estão acabando com as aves? A
partir dos conhecimentos prévios dos alfabetizandos, abordar o tema em questão.
 Vamos conhecer algumas delas? Se possível, mostrar figuras das aves e depois escrever os seus
nomes na lousa. Pedir que aos alfabetizandos que identifiquem os nomes das aves através das
figuras ou escrever os nomes na lousa e pedir que eles identifiquem onde estão escritos.

ARARAJUBA COCORUTA GALITO

COPERETE RABUDINHO SOLDADINHO

 Propor a construção de um painel com os nomes das aves que estão sendo ameaçadas de
extinção e com um pequeno texto (escrita coletiva) sobre o tema abordado.
- A escrita do texto deverá ser feita primeiramente na lousa pelo professor, que será o escriba.
Os alfabetizandos deverão transcrever no caderno o texto. Em seguida, transcrito para o painel por
um deles.

 Cruzadinha com os nomes das aves que estão em extinção.

11
Não-alfabéticos: Q R C O P E R E T E X T U Y R
M T R E A S D F G H J U G Ç A
COCORUTA C Ç L J H G F D S A Z X A B B
RABUDINHO O W S X E D C R F V T G L H U
SOLDADINHO C U J M I K O L P Ç T Y I L D
COPERETE O Y A R A R A J U B A K T I
GALITO R P Ç L O K M I U H J N O O N
ARARAJUBA U T Y U I O P S D F G H P F H
T I U T E R W A S D F J H J O
A F S O L D A D I N H O B C X

Q R C O P E R E T E X T U Y R
Alfabéticos: M T R E A S D F G H J U G Ç A
C Ç L J H G F D S A Z X A B B
________________ O W S X E D C R F V T G L H U
________________ C U J M I K O L P Ç T Y I L D
________________ O Y A R A R A J U B A K T I
________________ R P Ç L O K M I U H J N O O N
________________ U T Y U I O P S D F G H P F H
________________ T I U T E R W A S D F J H J O
A F S O L D A D I N H O B C X

CONCLUSÃO:
O conjunto de atividades que ora se apresenta, são sugestões que poderão auxiliar o/a professor/a na
prepararão das situações didáticas e de aprendizagem. É preciso, portanto, que ele/a escolha e
adapte-as conforme os diferentes contextos. As atividades deverão ser desenvolvidas em vários
dias, em diferentes situações, cuidadosamente, para que os/as alfabetizandos/as consigam realizar
uma aprendizagem significativa, sem distorções nem conceitos mal construídos.

NOTA
1
O presente texto tem o objetivo de subsidiar os/as professores/as alfabetizadores/as na compreensão dos processos que
estão envolvidos na aquisição do sistema de escrita alfabética, da leitura, da produção de texto e do desenvolvimento da
oralidade.
2
Atividades elaboradas por Angela Freire, Pedagoga graduada pela UCSAL, Psicopedagoga (UFBA) e Coordenadora
Pedagógica lotada na Coordenação de Ensino e Apoio Pedagógico (CENAP) / Núcleo de Tecnologia Educacional
(NET-17), na Fábrica do Saber.

12