Anda di halaman 1dari 2

AULA 9 - CONCORDÂNCIA VERBAL (PARTE 1

)
O verbo concorda com o sujeito em pessoas e número.
CASOS:
1. Sujeito simples posposto ao verbo – ou seja, quando o sujeito aparece depois do
verbo precisa concordar com ele. EX: Compareceu reuni!o todos os diretores para
"alar sobre o contrato – E##A$O. Compareceram reuni!o todos os diretores para
"alar sobre o contrato O%&
O "ato do sujeito estas posposto n!o muda a re'ra, a qual o verbo concorda com
sujeito.
(. Sujeito oracional – quando o sujeito ) "ormado por uma ora*!o, que corresponde a
uma "rase com verbo, a concord+ncia se "a, no sin'ular.
-. Sujeito simples anteposto ao verbo – o verbo concorda, obri'atoriamente, com o
núcleo do sujeito.
.$ica para identi"icar o núcleo – quando /ouver a preposi*!o $E em 'eral, o núcleo do
sujeito ser0 o substantivo ou o pronome que "ica antes da preposi*!o. EX: 1oa parte
dos candidatos j0 desistiu – o suj. simples ) boa parte, o núcleo parte e o verbo
desistiu, por causa do núcleo que ) 2A#3E o verbo "ica no sin'ular concordando com
o núcleo do sujeito – desistiu.
4. 2A#35356OS – 7uando ) "ormado pelas e8press9es – parte de, a maior parte de,
a maioria de, a concord+ncia 'ramatical pede que o verbo "ique no sin'ular.
A maioria dos brasileiros reprova a administra*!o municipal.
:. Coletivos – coletivos transmitem a no*!o de plural, embora sejam 'ra"ados no
sin'ular, nomeiam um a'rupamento de seres da mesma esp)cie.
7uando o núcleo ) um coletivo, a concord+ncia 'ramatical pede que o verbo "ique no
sin'ular.
;. CERCA DE, PERTO DE, POR VOLTA DE, EM TORNO DE <usamos essas
e8press9es quando n!o temos um número de"inido= – o verbo concordar0
obri'atoriamente com o núcleo plural.
>este caso, n!o se aplica a re'ra que o núcleo do sujeito "ica antes da preposi*!o.
O verbo tem que concordar com o núcleo do sujeito, que no caso, ) o substantivo
plural que sempre aparece ap?s o numeral. E8: Cerca de mil pessoas j0 assistiram o
espet0culo – assistiram no plural concorda com pessoas que ) o núcleo do sujeito.
2or volta de trinta pessoas j0 passaram pelos port9es – passaram ) o verbo que
concorda com pessoas que ) núcleo do sujeito.
@. 2ronomes relativos 7AE e 7AEB – com o pronome 7AE, o verbo concorda com o
antecedente. Com o pronome 7AEB, o mais recomend0vel ) que a concord+ncia seja
"eita na terceira pessoa do sin'ular. E8: Cui eu 7AE "i, o relat?rio, Comos n?s 7AE
resolvemos o problema.
D. C#AEFES – quando o núcleo do sujeito ) "ormado por "ra*!o, o verbo deve
concordar com o numerador. E8: Am ter*o dos alunos j0 saiu.
G. B5HIJO, 15HIJO, 3#5HIJO K o verbo pode "icar no sin'ular para concordar com
B5HIJO, 15HIJO, 3#5HIJO que s!o substantivos masculinos no sin'ularL ou no
plural, para concordar atrativamente com o especi"icador. I0 concord+ncia "acultativa.
1M. 2orcenta'em – /0 concord+ncia "acultativa.
11. 2ronomes de tratamento –
1(. 2artNcula apassivadora SE –
1-. 2artNcula de indetermina*!o do sujeito SE – trans"orma um sujeito determinado em
um indeterminado, neste caso "ica no sin'ular. .prestar aten*!o se tiver preposi*!o
$E, pois essa indica que o sujeito ) indeterminado.
14. 6erbos indicadores de "enOmenos da nature,a, o verbo vai na terceira pessoa do
sin'ular. E8: C/oveu por muitas noites de ver!o.
S? vai para o plural, se estiver com sentido "i'urado. E8: C/oviam indiretas.
. 2ara entender de concord+ncia verbal ) necess0rio entender o sujeito, pois ele ) que
manda na concord+ncia.