Anda di halaman 1dari 2

9o Ano

Gabarito – Era Vargas

1–E

2–E

3-B

4-D

5–B

O pós-guerra e a Guerra Fria

1 - Os EUA vão ser completamente vitoriosos com a guerra. Perderam


relativamente poucos homens e enriqueceram-se muito com a guerra,
tendo a economia do país se beneficiado bastante com a ampla produção
de armamentos, recuperando-se de fato da depressão dos anos 30.

2 – Durante a II Guerra Mundial ocorre uma aliança entre a Inglaterra, EUA e


a URSS, porém essa aliança dizia respeito apenas à luta contra o nazismo.
Durante os encontros da ficaram claros os atritos entre os EUA e a União
Soviética que levariam à guerra fria e o medo de uma outra guerra mundial.

3 – Guerra Fria é o nome dado ao medo de uma suposta guerra nuclear


entre os EUA e a URSSS e à disputa desses países pela hegemonia mundial.

4 – Foi a ajuda financeira dada pelos EUA, para que os países da Europa
Ocidental se reerguessem depois da II Guerra Mundial.

5 – Pode-se citar como características a divisão da Europa, após a Segunda


Guerra, em duas partes, uma sob a influência norte-americana, outra sob a
influência soviética; a disputa ideológica e as perseguições internas; uma
intensa corrida armamentista entre os dois países; as duas superpotências
tinham gastos estrondosos com armamentos, atrapalhando o
desenvolvimento econômico de ambos; e tanto EUA quanto a URSS dão
apoio aos movimentos de libertação nacional para grupos opostos nas
colônias dos antigos Impérios coloniais que estavam se desfazendo o que
levou a uma série de guerras no Terceiro mundo.

6 - Guerra da Coréia: De 1950 a 53, coreanos do Sul e do Norte, apoiados


por EUA e URSS, respectivamente, entraram em guerra pelo controle da
península. A guerra acabou empatada.

- Cuba e a crise dos mísseis: Em 1959, ocorre uma revolução na semi-


colônia americana Cuba contra seu ditador, liderada por Fidel Castro e
Guevara. A revolução de libertação nacional resiste a uma emboscada da
CIA e, para sobreviver, declara-se socialista e alia-se à URSS em 1961. No
ano seguinte, os soviéticos põem mísseis com ogivas atômicas na ilha. Cria-
se um ponto de confronto entre EUA e URSS resolvido diplomaticamente.

- Guerra do Vietnã: A colônia francesa da Indochina declara independência


em 1945, sofrendo a invasão das tropas francesas. Os vietnamitas vencem
parcialmente a guerra e em 1954 divide-se o país em Vietnã do Norte,
comunista e do Sul, apoiado pelos EUA. Os EUA entram com suas tropas na
região nos anos 60, reacendendo a guerra. Os vietnamitas do Norte vencem
mesmo assim a guerra e os americanos fogem do país em 1972. Em 1975, o
país se unifica sob controle do antigo Vietnã do Norte.

- Afeganistão: A União Soviética também perde uma guerra. Invade o


Afeganistão nos anos 80, mas é impelido pelas tropas locais, a milícia
Talibã, que contava com armamentos norte-americanos.

7 – É a política de investimentos em armamentos, construção de bases


norte-americanas pelo mundo e muitos recursos são investidos na produção
de armas atômicas. Aliada na década de 1950 grandes perseguições
políticas no país.

8 - Apesar de ter sido um governo curto, a gestão John Kennedy teve


momentos e efeitos muito importantes. Ele acabou com o regime de
apartheid no Sul do país, fez uma política de confronto com a URSS, levando
o mundo à crise dos mísseis e planejou golpes militares na América Latina,
temendo a expansão do comunismo na região após a Revolução Cubana.

9 – É o projeto de Ronald Reagan segundo o qual criar-se- ia um escudo


anti-mísseis para defender os EUA de ataques atômicos soviéticos.

10 – Houve ondas de perseguições políticas com várias vítimas. Os anos


pós-guerra também são caracterizados pelo aumento estupendo do poder
geopolítico e do imenso gasto militar da URSS, obcecada em conseguir
produzir a bomba atômica. Porém, com o socialismo não é investido em
outros setores da economia, o que leva, dentre outros fatores, a quebra da
URSS em 1991.

Mundo Contemporâneo

1–D

2–E

3–C

4–A

5–E

6-E

7–D

8–B

9–C