Anda di halaman 1dari 8

w 1) (Provão de Economia/1999) - Na evolução

recente da economia brasileira destaca-se o


ECONOMIA BRASILEIRA período conhecido por “Milagre Econômico”,
quando as taxas de crescimento do PIB
superaram seus parâmetros históricos de
™PARTE 3 – EXERCÍCIOS comportamento. Os resultados econômicos
obtidos nesse período têm como base
‰ Governos
G Militares
Mili reformas e políticas econômicas
implementadas pelo Regime Militar instaurado
‰ Planos Heterodoxos em 1964. NÃO se inclui entre as reformas e
políticas adotadas no período a:

PROF. ANTONIO CARLOS ASSUMPÇÃO

w (A) Reforma Tributária que foi consolidada pela w 2) - (Provão de Economia/2002) –


Constituição de 1967. O Programa de Ação Econômica do Governo
w (B) Reforma do Sistema Financeiro e Monetário, (Paeg), elaborado sob a coordenação de
incluindo a criação do Banco Central. Roberto Campos, foi divulgado no final de
w (C) política de incentivo às exportações, 1964 e incluía como objetivos principais “a
aproveitando a capacidade ociosa derivada da crise retomada do crescimento econômico, a
econômica. contenção progressiva da inflação, a redução
w (D) política de melhoria da distribuição de renda das dos desníveis setoriais e regionais de renda, a
classes menos favorecidas, objetivando ampliar o expansão da oferta de empregos e o
mercado de bens de consumo não duráveis. equilíbrio do balanço de pagamentos”.
w (E) criação de segmento específico para w Com relação ao Paeg, é correto afirmar que
financiamento habitacional com vistas a aumentar a
oferta de emprego na indústria de construção civil.

1
w (A) aboliu a correção monetária e reduziu a carga w 3) – (ANPEC 2003) - Contam-se entre os
tributária da economia. objetivos do PAEG (Governo Castello Branco):
w (B) recomendou a privatização dos bancos estatais,
atendendo, assim, aos desejos dos grupos
econômicos identificados com o novo regime. w (0) a aceleração do ritmo de crescimento
w (C) constituiu tentativa de estabilização heterodoxa, econômico interrompido no biênio 1962/63; (V)
tendo como um dos pilares o congelamento das w (1) o controle do processo inflacionário
tarifas públicas. di
mediante d ã do
a redução d déficit
défi i público;
úbli (V)
w (D) identificou como principais causas para a w (2) o aumento do crédito ao setor privado, uma
inflação o déficit público e o aumento dos salários vez que a nova equipe considerava ser a
acima da produtividade. restrição deste crédito um dos principais
w (E) fracassou como política de estabilização, haja problemas macroeconômicos brasileiros; (F)
vista a disparada da inflação em 1965.

w (3) a correção da tendência a déficits w 4) – (ANPEC 2003) - Sobre o desempenho da


elevados das transações correntes, que economia brasileira e a política econômica do
ameaçavam a continuidade do processo de Governo Castello Branco (1964-67), é correto
desenvolvimento pelo estrangulamento afirmar que
periódico da capacidade para importar; (V) w (0)a política de estabilização de preços
w (4) a liberalização das barreiras tarifárias, implicou taxas negativas de crescimento do
para aumentart a competitividade
titi id d d da iindústria
dú t i PIB
PIB. (F)
brasileira e controlar o aumento dos preços. w (1)o ingresso de capitais privados externos de
(F) risco e de empréstimo foi estimulado. (V)
w (2)a redução do déficit público contou com a
privatização de empresas estatais deficitárias.
(F)

2
w 5) – (ANPEC 2003) - Alguns aspectos da
economia internacional contribuíram para o
w (3)a reforma financeira visou, dentre outros
rápido crescimento da economia brasileira no
objetivos, ao fortalecimento da poupança
período do “milagre” (1968-73). Entre esses
privada nacional. (V)
estão:
w (4)a política salarial constituiu um dos
w (0)a rápida expansão do mercado de
componentes centrais da política de
eurodólar; (V)
estabilização. (V)
w (1)a elevada liquidez em dólar e a crescente
facilidade de obtenção de empréstimos e
financiamentos nos centros financeiros
internacionais; (V)

w 6) – (ANPEC 2003) - Os períodos de 1957-61


w (2)a ausência de preocupações quanto à
e 1968-73 foram de elevadas taxas de
capacidade dos EUA de garantir a paridade do
crescimento do produto. São características
dólar com o ouro dentro das regras acordadas
comuns aos dois períodos:
em Bretton Woods; (F)
w (0)o aumento do coeficiente de importações;
w (3)o rápido crescimento do comércio
internacional e da economia mundial; (V) (F)
w ê
(4)a relativa ausência ú
de distúrbios í
políticos (no segundo período elas aumentaram 238% atingindo
nas áreas de influência norte-americana e $6,1 bi- no primeiro ficaram constantes - Aprox. $1,2 bi)
soviética e o arrefecimento da guerra-fria.
(F)

3
w (1)a implementação de política monetário-
creditícia expansionista; (V) w 7) - (AFCE-CE/TCU/2000) - O chamado
w (2)a liderança do crescimento exercida pelo “milagre brasileiro”, período que vai de 1968
setor industrial, com destaque para bens a 1973, não pode ser caracterizado por:
duráveis de consumo e bens de capital; (V) w a)altas taxas de crescimento econômico
w (3)a ampla liquidez internacional, que sustentadas por setores como o de bens de
possibilitou saldos positivos no balanço de consumo duráveis e construçãoç civil
pagamentos; (F) (falso no primeiro período) w b)um crescimento elevado apesar da
w (4)o uso de política industrial ativa visando a manutenção do controle de demanda
alterar a composição setorial do produto agregada por parte do governo como forma
industrial. (F) (isso ocorreu durante o plano de metas e de combater a inflação
o segundo PND)

w c)aproveitar-se inicialmente de capacidade w 8) - (Provão de Economia/2000) –No período


ociosa existente na economia brasileira compreendido entre as duas crises do Petróleo
(1974 e 1979), o crescimento do PIB no Brasil
w d)um crescimento do endividamento
foi superior ao dos países desenvolvidos. Que
brasileiro feito principalmente por empresas
ação do Governo explica o comportamento da
privadas (Setor público - dívida total aumentou de $3,7
para $12,5 bi)
economia brasileira no período considerado?
w (A) Implementação do I PND PND, baseada nas
w e)uma diversificação da pauta de exportações orientações do FMI, priorizando os ajustes
brasileiras macroeconômicos.
w (B) Implantação do II PND, baseada em linhas
de crédito externo para financiar a substituição
de importações de bens de produção.

4
w (C) Adoção do programa oficial de w 9) - (Provão de Economia/1999) - A “Crise
financiamento às exportações de produtos do Petróleo”, iniciada em fins de 1973, é
primários, gerando as reservas necessárias às considerada como o fator “detonador” da
importações de bens de capital. crise econômica mundial que perpassa toda a
década de 80. Em sua primeira fase, a crise
w (D) Adoção de política de incentivo aos
afetou significativamente as condições do
investimentos diretos estrangeiros na
mercado internacional, em especial o
economiai b il i
brasileira, lt d
voltados t
para os setores
conjunto das economias dos países
de bens de consumo não duráveis.
subdesenvolvidos não exportadores de
w (E) Utilização sistemática das reservas petróleo. Os fatores que influenciaram
internacionais acumuladas anteriormente negativamente essas economias são:
para financiar importações de bens de
consumo duráveis.

w (A) redução do preço internacional das w (D) financiamento privado externo a taxas de
matérias-primas (exceto o petróleo); ação do juros menores por se tratar de países
fenômeno conhecido por “inflação subdesenvolvidos; estabilização das taxas de
importada”; e aumento do endividamento crescimento do PIB; e deficts públicos
externo. crescentes.
w (B) elevação do deficit do Balanço de w (E) ação do fenômeno da “inflação
Pagamentos; aumento do preço internacional iimportada”;
t d ” d ã
redução d id d
da capacidade d
de
das matérias-primas; e aumento do exportação; e estabilização dos índices de
desemprego. preços.
w (C) diminuição da capacidade de importação;
recessão econômica; e superavit na Balança
de Serviços.

5
w 10) – (CESPE-UnB/Economista Júnior – w 11) - (CESPE-UnB/Analista Legislativo –
Petrobrás/2001) – A análise da economia e Economia/Câmara dos Deputados/2002) – A
do orçamento público brasileiros ajuda a respeito dos diferentes planos de
compreender os fenômenos econômicos que desenvolvimento adotados no Brasil, julgue o
caracterizaram o Brasil. Com base nessa seguinte iten.
análise, julgue o iten abaixo. w - Diferentemente do que ocorreu na época do
w - O crescimento
i t d da economiai b il i
brasileira ffoi,
i “milagre
milagre econômico”
econômico , em que o centro
até 1973/1974, liderado pela indústria de dinâmico da economia era a indústria de bens
bens de consumo duráveis, destinados, de consumo duráveis, no II Plano Nacional de
majoritariamente, às camadas de poder Desenvolvimento (PND), a base de
aquisitivo médio e alto. (V) crescimento econômico passou a ser a
expansão da produção de bens de capital e
de insumos básicos. (V)

w 12) – (ESAF/AFC-CGU/2004) - É de w b) As empresas estatais, no período do II Plano


conhecimento geral que, por várias razões Nacional de Desenvolvimento (II PND),
históricas, o Estado assumiu em vários países conforme determinação governamental, só
de industrialização tardia ou podiam ter acesso ao crédito interno.
subdesenvolvidos uma função central na w c) O Estado brasileiro atuou no desenvolvimento
promoção do desenvolvimento econômico, do setor siderúrgico, da exploração de petróleo,
inclusive no Brasil. Identifique a opção falsa. do setor petroquímico
petroquímico, entre outros
outros.
w a) No Brasil, o Estado, para viabilizar o
processo de industrialização, assumiu a
incumbência de desenvolver o setor de bens
intermediários e gerar a infra-estrutura.

6
w d) Além do grande esforço na tentativa de w 13) – (ANPEC 2004) - Houve, no Governo
redirecionamento da poupança interna para Costa e Silva (1967/69), uma mudança na
os projetos do II PND, houve uma grande política de combate à inflação em relação
participação de empréstimos externos no àquela praticada no período do PAEG. É
financiamento dos programas de correto afirmar que a nova política:
investimentos. a) manteve inalterada a expansão do crédito ao
w e)) Ob
Observou-se, ao llongo d do processo d de setor privado praticada no período anterior;
desenvolvimento nacional brasileiro, a (F)
constituição de um setor produtivo que b) introduziu mecanismos de controle direto de
ocupava os espaços que não estavam ao preços dos grandes setores industriais; (V)
alcance do setor privado propriamente dito. c) acelerou a correção dos preços relativos
dando origem à inflação corretiva; (F)

w 14) - (AFCE-CE/TCU-2002) - Quanto à


d) baseou-se no diagnóstico de inflação de chamada crise da dívida externa brasileira da
custos; (V) primeira metade da década de 80 é correto
afirmar que
e) introduziu uma nova política salarial que
repôs parte das perdas acumuladas ao longo w a) se enfrentou a crise com a geração de
do primeiro governo militar. (F) superávits comerciais e, para tanto, a adoção
de um regime de câmbio nominal fixo foi
fundamental.
w b) apesar da elevação da taxa de juros norte-
americana em 1979 não houve dificuldade
nos anos 80 em se obter recursos no sistema
financeiro internacional, uma vez que o
problema era o pagamento dos juros da
dívida já existente.

7
w c) a redução das taxas de crescimento w 15) – (ANPEC 2003) - A economia brasileira
econômico e a desvalorização da taxa de gerou saldos positivos na balança comercial
câmbio permitiram a geração de superávits durante toda a década de 1980. É correto
comerciais necessários para pagar os afirmar que tais saldos:
encargos da dívida externa. w (0)garantiram a solvência do país frente aos
w d) a recessão ocorrida no Brasil dificultou credores privados internacionais, na segunda
i d
ainda i o enfrentamento
mais f t t d i
da crise d
da metade da década; (F)
dívida dado o efeito que esta recessão tinha w (1)foram favorecidos pelas baixas taxas de
de diminuir as exportações brasileiras. crescimento do produto no mesmo período; (V)
w e) houve uma diminuição da inflação na
primeira metade da década em função da
recessão.