Anda di halaman 1dari 19

FÓRUM PERMANENTE DE

DESENVOLVIMENTO
ESTRATÉGICO DO ESTADO
DO RIO DE JANEIRO

ALERJ

Rio de Janeiro, 30 de junho de 2008


TRANSPORTE COLETIVO NO
BRASIL
Viagens (dia) %
A Pé 65.620.000 38,5%
Não Motorizado Bicicleta 4.590.000 2,7%
Subtotal não motorizado 70.210.000 41,2%
Ônibus municipal 36.550.000 21,5%
Ônibus metropolitano 7.820.000 4,6%
Coletivo
Metro-ferroviário 5.270.000 3,1%
Subtotal coletivo 49.640.000 29,2%
Automóvel 46.410.000 27,3%
Individual Moto 3.910.000 2,3%
Subtotal individual 50.320.000 29,6%
Total 170.170.000 100,00%
Fonte: ANTP – Relatório Geral
Municípios acima de 60 de Mobilidade Urbana
mil habitantes
APRESENTAÇÃO DO SETOR

CNT

Sest Senat

NTU

Fetranspor

Rio Ônibus Setranpani Setransduc Setrerj Sinfrej Sinterj

Sindpass Setranspas Setranspetro Setransol


FETRANSPOR EM DADOS
Empresas Rio de Janeiro Total Municipal Intermunicipal
Dentro da Região Metropolitana do RJ 121 89 60
Fora da Região Metropolitana do RJ 71 48 43
Fretamento 19
TOTAL 211 137 103

Frota Total Municipal Intermunicipal


Dentro da Região Metropolitana do RJ 14.445 9.245 5.200
Fora da Região Metropolitana do RJ 2.935 1.941 994
Fretamento 748
TOTAL 18.128 11.186 6.194

Empregos no sistema Passageiros transportados


Diretos 95.000 Pagantes 5,2 milhões/dia
≈ 4,0
Não Pagantes milhões/dia
O SETOR DE TRANSPORTE

IMPACTOS DA PROPOSTA DE
CRIAÇÃO DO FUNTEP
MISSÃO

A missão do SEST/SENAT é desenvolver e disseminar a cultura do


transporte, promovendo a melhoria da qualidade de vida e do desempenho
profissional do trabalhador, bem como a formação/qualificação de novos
profissionais para eficiência e eficácia dos serviços a serem prestados à
sociedade.

VISÃO
Atingir um patamar superior de desempenho apresentando as seguintes
características:
Foco no mercado;
Utilização intensiva de tecnologia da informação e comunicação de massa;
Geração de inteligência corporativa;
Transparência institucional.
A GESTÃO DO SEST SENAT

 CRIADOS EM SETEMBRO DE 1993, SEU MODELO ADMINISTRATIVO É BASEADO NO


CONCEITO DE UNICIDADE NO ATENDIMENTO AO TRABALHADOR, CENTRADO NA
ATIVIDADE FIM E NO ATENDIMENTO DO PÚBLICO-ALVO;

 O SEST/SENAT FOI CONSTRUÍDO DE ACORDO COM AS ESPECIFICIDADES DE SEU


PÚBLICO, A ESTRUTURA FÍSICA FOI MONTADA PARA A SE ADAPTAR A ESSE PÚBLICO E É
INTEGRADA NAS UNIDADES OPERACIONAIS DE GRANDE PORTE (CAPIT) E NOS POSTOS
DE ATENDIMENTO NAS RODOVIAS (PATE);

 AS FUNÇÕES DE CARÁTER ADMINISTRATIVO, ORÇAMENTÁRIO, FINANCEIRO, DE


SUPORTE TÉCNICO E APOIO ÀS UNIDADES OPERACIONAIS SÃO CENTRALIZADAS NO
DEPARTAMENTO EXECUTIVO EM BRASÍLIA, ONDE EXISTE APENAS UM DIRETOR GERAL;

 INSTÂNCIAS DELIBERATIVAS COMPOSTAS POR UM ÚNICO CONSELHO NACIONAL PARA


AS DUAS INSTITUIÇÕES E 14 CONSELHOS REGIONAIS, QUE NÃO POSSUEM ESTRUTURA
FÍSICA NEM ATRIBUIÇÕES EXECUTIVAS;

 ATUALMENTE POSSUI 126 UNIDADES OPERACIONAIS EM FUNCIONAMENTO EM TODO O


BRASIL SENDO 69 CAPITS E 57 PATES ( NO ERJ: 4 CAPITS E 4 PATES);

 EXISTE PREVISÃO DE CONSTRUÇÃO DE MAIS 174 NOVAS UNIDADES ATÉ 2010, SENDO
MAIS 4 CAPITS NO ERJ;
A FORMAÇÃO PROFISSIONAL NO SEST SENAT

 ATUA NAS MODALIDADES PRESENCIAL E A DISTÂNCIA;

 ATENDE AS EXIGÊNCIAS DO MERCADO E DO SETOR;

 ATUA NO PROCESSO DE ELEVAÇÃO DA ESCOLARIDADE;

 OFERECE CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA COMO FORMA DE ATENDER AS

NECESSIDADES IMEDIATAS DO SETOR;

 OFERECE CURSOS TÉCNICOS ESPECÍFICOS PARA AS OCUPAÇÕES QUE DEMANDAM TAL NÍVEL DE

ESCOLARIDADE;

 CURSOS PRESENCIAIS E A DISTÂNCIA, GRATUITOS PARA TAXISTAS E CAMINHONEIROS AUTÔNOMOS;

 OFERTA DE BOLSAS DE ESTUDO PARA AS PESSOAS VULNERÁVEIS ECONÔMICA E/OU SOCIALMENTE


IMPACTOS DO FUNTEP NA ADMINISTRAÇÃO E NAS FINANÇAS DO
SEST SENAT
SITUAÇÃO IMPACTOS PROPOSTA IMPACTOS
ATUAL FUNTEP
.Representa 40% dos recursos .Representa 60% dos recursos
arrecadados pelo sistema; arrecadados pelo sistema;
. Recebido e gerido pelo Conselho . Recebido e gerido pelo FUNTEP;
Nacional;
. Flexibilidade para atendimento . Não há flexibilidade para
às demandas específicas do setor atendimento às demandas
RECURSOS de transporte; RECURSOS específicas do setor de transporte;
SENAT . Correção de desequilíbrio SENAT . Mecanismo de correção do
regional (25%) conforme as desequilíbrio regional inferior ao
demandas do setor de transporte; proposto (20%)
. Recursos destinados à .Não há possibilidade de
implantação de novas unidades implantação de novas unidades
(Capit e Pate); (Capit e Pate);
. Recursos destinados à . Não há recursos para ampliação e
manutenção e ampliação de manutenção das unidades;
unidades já existentes;
.Recursos destinados à .Previsibilidade de recursos
treinamentos e capacitação destinados à capacitação;
profissional garantidos;
.Recursos acompanhados junto . Não há acompanhamento dos
aos contribuintes e órgão de recursos junto aos órgãos
arrecadação; contribuintes e de arrecadação
IMPACTOS DO FUNTEP NA ADMINISTRAÇÃO E NAS FINANÇAS DO
SEST SENAT
SITUAÇÃO IMPACTOS PROPOSTA IMPACTOS
ATUAL FUNTEP
. Representa 60% dos recursos .Representa 40% dos recursos
arrecadados pelo sistema; arrecadados pelo sistema;
. Redução de receitas para saúde,
. Recebido e gerido pelo
lazer e cultura na ordem de
Conselho Nacional;
33,33%;
RECURSOS . Assume parcela maior nos RECURSOS . Extinção da gratuidade;
SEST investimentos em novas SEST
unidades; . Preços dos serviços de saúde e
lazer maiores para a comunidade;
. Estrutura Administrativa enxuta . Assumiria parcela total das
e eficiente; despesas administrativas;

. Oferta atendimentos em saúde . Redução dos investimentos em


e lazer gratuitos para o novas unidades;
trabalhador em transporte;
. Extinção da estrutura integrada
entre SEST SENAT;
. Oferta serviços desaúde e lazer
às comunidades a preços muito . Redução de recursos para
abaixo do mercado; desenvolvimento de sistemas e
ações para integração nacional;
. Redução da atuação social
FLUXO FINANCEIRO ATUAL DO SENAT

INSS arrecada e
repassa ao SENAT

CN SENAT recebe e
redistribui os recursos
conforme estatuto
social

Administração Desequilíbrios Repasse para


superior regionais manutenção unidades
operacionais
FLUXO FINANCEIRO PROPOSTO PELO FUNTEP

INSS arrecada e
repassa ao
FUNTEP/SENAT

FUNTEP recebe e
poderá distribuir

Administração 80% (previsão) se os 20% de acordo com a


superior Cons. Reg. atenderem população
os critérios de liberação economicamente ativa
(não definido)
Relatório de Produção Total das Unidades que Compõem o CRRJ
Valores acumulados desde a Inauguração da unidade até Abril / 08

1 - Programas SEST
SEST
Data de Odontológico Médico Esporte,
Data de Inauguração Inaugura Palestras de
Lazer &
ção Saúde
Atendi Atendi Cultura
(usuários)
Horas mentos Horas mentos (usuários)
CAPIT - 07 DEODORO jan/95 80.988 247.132 96.839 302.801 536.990 118.280
CAPIT - 25 CAMPOS DOS GOYTACAZES nov/02 7.533 22.600 14.434 28.868 47.306 131.738
CAPIT - 53 BARRA MANSA fev/03 6.498 19.495 6.485 12.970 19.766 136.268
CAPIT - 54 SÃO GONÇALO set/04 11.998 27.377 11.041 25.416 19.512 85.435
PATE - 04 BARRA MANSA mar/96 13.543 26.645 2.111 5.935 43.164
PATE - 28 RESENDE mai/98 11.356 32.440 1.526 3.270 46.374
PATE - 58 TRÊS RIOS mai/05 5.359 10.475 371 995 9.960
PATE - 59 NOVA FRIBURGO jul/06 1.921 3.157 974 1.664 2.255

TOTAL GERAL CRRJ 139.097 389.320 133.782 381.919 725.328 471.722


Relatório de Produção Total das Unidades que Compõem o CRRJ
Valores acumulados desde a Inauguração da unidade até Abril / 08

2 - Programas SENAT
SENAT

Data de Educação Presencial Educação


Palestras
Data de Inauguração Inaugura Para
Educação a Profis
ção Jovens e
Distância sionais
Adultos
(Matriculas) (Matriculas)
(Matriculas)
Horas Matrículas

CAPIT - 07 DEODORO jan/95 5.648.945 313.904 69.544 143.267 31.392

CAPIT - 25 CAMPOS DOS GOYTACAZES nov/02 408.835 14.328 17.507 5.836 240

CAPIT - 53 BARRA MANSA fev/03 485.184 20.060 10.689 23.696 263

CAPIT - 54 SÃO GONÇALO set/04 1.296.983 21.914 9.047 7.366 544

PATE - 04 BARRA MANSA mar/96 106.973 3.431 10.327

PATE - 28 RESENDE mai/98 136.679 5.820 4.172

PATE - 58 TRÊS RIOS mai/05 76.999 1.675 12.866

PATE - 59 NOVA FRIBURGO jul/06 49.256 766 1.196

TOTAL GERAL CRRJ 8.209.854 381.899 106.787 208.727 32.438


Relatório de Produção do SEST SENAT Nacional
Valores acumulados - Inauguração da unidade à Abril/08
1 - Programas SEST

SEST

Odontológico Médico
Data de Inauguração Palestras de Saúde Esporte, Lazer &
(usuários) Cultura (usuários)
Horas Atendimentos Horas Atendimentos

PRODUÇÃO NACIONAL 2.116.518 6.227.781 1.777.180 3.581.590 5.338.379 18.450.597


139.19 389.320 133.782 381.919 725.328 471.722
PRODUÇÃO DO CRRJ (6,17%) (5,88%) (7%) (9,63%) (12%) (2,5%)

TOTAL GERAL 2.255.715 6.617.101 1.910.962 3.963.509 6.063.707 18.922.319

2 - Programas SENAT
SENAT

Data de Inauguração Educação Presencial Educação a Palestras


Educação Para Jovens
Distância Profissionais
e Adultos (Matriculas)
Horas Matriculas (Matriculas) (Matriculas)
PRODUÇÃO NACIONAL 59.559.381 2.836.161 2.257.025 2.240.726 64.971
8.209.854 381.899 106.787 208.727 32.438
PRODUÇÃO DO CRRJ (12%) (12%) (4,51%) (8,52%) (50%)
TOTAL GERAL 67.769.235 3.218.060 2.363.812 2.449.453 97.409
ASPECTOS JURÍDICOS DO FUNTEP
Diz o Art. 214 da Constituição Federal que o ensino, em seus diversos níveis, abrange a formação para
o trabalho e recomenda ação integrada dos órgãos do Poder Público;

A Lei 9.394, estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional e em seu título V, capítulo III,
disciplina a chamada Educação Profissional.

Pelos diversos motivos expostos anteriormente, conclui-se que não adentra no rol de atribuições do
SENAT, ou de entidades de mesma natureza, a prestação de assistência social ampla, que envolva o
estudo formal, tanto mais quando estranhos às relações de trabalho do setor de transporte;

O Ministro da Educação, Fernando Haddad, apontou supostos “problemas” na legislação que criou o
Sistema S:

1)Inexistência de critérios para o atendimento; 2) a falta de gratuidade; 3) a elitização do público-alvo; 4)


concentração de cursos de curta duração, que tem menos impacto na vida do trabalhador; 5) falta de
transparência na destinação dos recursos; 6) preservação das desigualdades regionais

Segundo Haddad a “reforma” ora proposta ao Sistema S visa corrigir estas “distorções” inserindo os
jovens do ensino público e os trabalhadores desempregados por falta de qualificação, no mercado de
trabalho (Publicado no Jornal “A tarde on line”em 27/03/08)
Responsabilidade Social Corporativa
Todas as atividades desenvolvidas pelo SEST e pelo SENAT estão inseridas no contexto da
responsabilidade social. Isto é comprovado pelos resultados alcançados em seus 14 anos de atuação,
onde foram capacitadas7.309.029 pessoas nos diversos programas desenvolvidos pelo SENAT e
atendidas 32.425.751 pessoas no SEST, entre consultas médicas, odontológicas e outras atividades de
promoção social.

Estes números demonstram o engajamento do SEST/SENAT em contribuir para o desenvolvimento do


País e para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos brasileiros, em especial dos trabalhadores em
transporte, dos transportadores autônomos e seus dependentes. Por esta razão, busca aliar a excelência
de seus serviços e gestão ao desenvolvimento de projetos sociais, além de estimular as empresas do
Setor de Transporte a unirem-se a esta concepção de co-responsabilidade com o crescimento sustentável
nacional e a melhoria de nossos indicadores econômicos e sociais.

Assim, o SEST/SENAT participa e desenvolve, dentre outras atividades, os seguintes programas:

Brasil Acessível
Inclusão Digital
Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Qualidade de Vida na Melhor Idade
Valorização da Mulher
Voluntários do Transporte
CONCLUSÃO:

DIANTE DO EXPOSTO PERCEBE-SE QUE O SEST SENAT SÃO


INDISSOLÚVEIS E INTERDEPENDENTES, EM SE DESESTRUTURANDO UM SE
AFETA DE MODO IRREVERSÍVEL O OUTRO INVIABILIZANDO UM TRABALHO,
QUE AO LONGO DOS 14 ANOS DE EXISTÊNCIA COMPROVOU-SE QUE ESTA
INTEGRAÇAO ELIMINA DUPLICIDADE DE ESFORÇOS, A SUPERPOSIÇÃO DE
INICIATIVAS E A DISPERSÃO DE RECURSOS ;