Anda di halaman 1dari 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

CAMPUS CATALÃO

DEPARTAMENTO DE FÍSICA

ANALISE CRITICA DE UM ARTIGO CIENTIFICO

ALUNOS: JUNIOR CESAR DELFINO PEIXOTO, 080792.


CURSO: FÍSICA-LICENCIATURA
PROFESSOR: ANA RITA.

CATALÃO
2009
A importância da física nas quatro primeiras serie do ensino fundamental
(The importance of physics in the first four years of elementary school)

1. Título:

O titulo se mostra muito informativo, pertinente aos temas trabalhados. Tem muito
consistente e atrativo para o leitor na forma em como esta escrito, o titulo tem o cuidado de
não usar palavras desnecessária. E vale lembrar que um bom titula e aquele que descreve de
forma adequada o conteúdo do trabalho com o menor numera possível de palavras. Já di
inicio quanto se le nota-se o tipo de estudo que será tratado. Obedecendo as normas tem
também um titulo em inglês.

2. Nome do autor e afiliação:


Carlos Schroeder,
Escola Panamericana, Porto Alegre, RS, Brasil
Recebido em 15/5/2006; Revisado em 30/6/2006; Aceito em 15/1/2007
O texto traz o nome e a afiliação de forma uniforme e sistemática em todas as suas
publicações para que seus artigos possam ser citados de forma correta por outros autores.
3. Resumo:

No resumo contem os objetivos propostos, deixam de forma clara os métodos e os


procedimentos básicos utilizados os principais resultados.
No artigo sugere que a importância das aulas de física desde as primeiras serie do
ensino fundamental esta muito no auxílio ao desenvolvimento da auto-estima e da capacidade
de aprender-a-aprender das crianças do que em aspectos utilitários, tais como preparar os
estudos para os conteúdos do ensino médio.

4. Abstract:
O Abstract é a versão do Resumo em inglês. Por uma questão de coerência, ele deve
possuir tamanho e significado compatíveis com o resumo. Além disso, a versão em inglês não
deverá ser apenas uma tradução literal ou convencional do resumo, mas sim uma tradução
científica.
5. Palavras-chave:

Ensino de física, ensino fundamental.


Keywords: physics teaching, elementary school.
Por vezes, editores solicitam a inclusão de um conjunto de palavras-chave que
caracterizam o artigo. Estas palavras serão usadas posteriormente para permitir que o artigo
seja encontrado por sistemas eletrônicos de busca.

6. Introdução:

Por ser a introdução oprimeiro elemento do corpo textual este se apresenta de forma
clara, com fundamentação racional ao propósito do estudo fornecendo para o leitor elementos
necessários para a compreensão do trabalho. O texto se mostra bem elaborado de fácil
compreensão facilitando a leitura.

7. Corpo do artigo:

Definição do problema: Define o problema ou tópico estudado, e estabelece


claramente os objetivos e as hipóteses.
Formulação teórica, materiais e métodos. Apresente as formulações teóricas e
hipóteses. Lista de forma abrangente todos os materiais e a metodologia utilizada de forma
que os leitores sejam capazes de reproduzir o seu estudo.

EX: O que e aprender?


A natureza do aprendizado ainda e um tema sobre o qual restam muitos pontos a
serem explorados e discutidos. Porem, ha alguns aspectos sobre os quais já se pode afirmar
existir um relativo consenso.
O aprendizado e resultado de uma construção ao mesmo tempo individual e coletiva,
que se da a partir da interação de um indivıduo com outros e com o meio;
Inteligência, ou facilidade em aprender, e algo que se aprende e não a conseqüência de
características inatas;

EX: A natureza da atividade cientifica e da física

Fala da historia e reconhecimento da importância de Galileu como inspirador da


atividade hoje conhece como Ciência.
No artigo fica explicito que o ensino de Ciências é, portanto, uma ótima oportunidade
para que as crianças aprendam a se expressar de maneira clara, sem duvidas. Mais do que
aprender conteúdos, as aulas de Ciências podem servir para auxiliar na maturação dos valores
afetivos necessários para o aprendizado. Isso pode acontecer desde que as aulas de Ciências
reproduzam as características essenciais da atividade científica: observação e coleta
organizada de dados, expressão clara de procedimentos, resultados e conclusões, e discussão
crítica de todo o processo.
8. Método de trabalho e resultados

Observa-se que maioria das atividades são propostas para as crianças como desafios
sobre os quais o professor somente faz uma descrição oral superficial.
Na analise mostra que o tipo de atividades proposto foi um resultado de um trabalho
que começou em 1999; ao longo desses anos, uma série de atividades diferentes foi
experimentada e, aos poucos, as mais eficientes foram sendo preservadas, enquanto que as
demais foram alteradas e novamente testadas ou descartadas. A distribuição das atividades
entre as quatro séries foi baseada somente no grau de complexidade de cada desafio: os mais
simples ficaram para crianças de sete e oito anos e os mais complexos para as de nove e dez
anos.
a) Qual o ímã mais potente?
Observa-se que nesta atividade, cada grupo tem à disposição uma série de ímãs
diferentes, réguas, pregos, clipes de papel, porcas, parafusos, e deve criar testes experimentais
para apontar qual dos ímãs é mais potente, usando os materiais que têm à disposição. Os
testes criados pelas crianças envolvem, por exemplo, contar quantos pregos cada ímã
consegue suspender ou comparar a distância que cada ímã passa a atrair um clipe ou um
prego.
b) Jatos de água
E um aparato feito com garrafas plásticas e pedaços de mangueiras, além de água e
uma bandeja para gelos. A bandeja é colocada em frente ao aparato e este é enchido com
água. O desafio é fazer com que o esguicho de água que sai de um furo feito na garrafa menor
(presa ao suporte) encha cada um dos recipientes da bandeja seguindo uma ordem pré-
estabelecida pelo professor (por exemplo, pode-se pedir para as crianças que encham os
recipientes do mais longe ao mais próximo ou vice-versa).

9. Discussão:

A discussão realça os achados importantes do estudo, as conclusões pertinentes e as


suas implicações, confronta os resultados obtidos nos estudo, sugere explicações. Deixa dessa
forma contextualizado os resultados apresentados e dimensionar o interesse e a originalidade.
O texto relata que a maioria das atividades são propostas para as crianças como
desafios sobre os quais o professor somente faz uma descrição oral superficial. Como os
experimentos que prendem a curiosidade dos alunos facilitando a aprendizagem.
10. Conclusões:

A conclusão e fundamental nos resultados, contendo dessa forma deduções que


correspondem aos objetivos do tema proposto. Ela se mostra curto mais direto, tem o papel de
reafirmar a idéia principal a serem justificadas pelos resultados.

11. Referencias Bibliográficas:

A referencia trata-se de um listamento dos livros e outros elementos bibliográficos que


foram referenciado ao longo do texto. Sua utilização e importante, pois evita o uso de idéias e
conceitos de outros autores. Seu principal apoio, esclarecer e justificar ou completar as idéias.