Anda di halaman 1dari 17

PROJETO DE MÁQUINAS I

INTRODUÇÃO AO PROJETO DE MÁQUINAS

Escopo

Definições Ciclo Biológico de um Produto Estudo de Viabilidade Necessidade e Reconhecimento Identificação e Fomulação do Problema Exequibilidade Física, Econômica e Financeira Projeto de Engenharia Projeto Básico ou Anteprojeto Projeto Executivo

Definição

O projeto ( da palavra “design” ) é o conjunto

de atividades de quem desenvolve produtos.

Fatores Humanos

Exemplos de produtos:

Um estação de tratamento de água Um produto industrial de consumo Um novo meio de transporte Um processo de fabricação alternativo Um programa de computador

É portanto, influenciado por fatores econômicos, tecnológicos, humanos e ambientais

Fatores

Projeto

Ambientais

Fatores

Econômicos

Fatores Tecnológicos
Fatores
Tecnológicos

Sociedade

Classificação

Quanto a evolução:

Projeto evolutivo: adaptado a produtos que tem poucas modificações, desenvolvido com conhecimentos empíricos

Projeto inovador: utilizam soluções que utilizam o estado da arte

Quanto a abordagem:

Projeto por normas: Utilizam-se requisitos de projeto, métodos de cálculos já estabelecidos

Projeto racional: abordagem específica por problema, gerando modelos com

base técnico-científica

Espiral de projeto

Ciclo Biológico de um Produto

Estudo de Viabilidade

Constitui a fase inicial de qualquer projeto, em que pretende chegar a

um conjunto de soluções viáveis para um determinado problema

O detalhamento deve ser suficiente apenas para verificar a viabilidade técnica e econômica da solução

Determinam-se as especificações técnicas do produto a ser

desenvolvido com base na necessidade

Elaboram-se então alternativas de solução (concepções) que atendam as especificações

Esboços, esquemas e diagramas

Soluções viáveis devem ser geradas

Necessidade e

Reconhecimento

Início do projeto

Asserção originada pela observação de um indivíduo Resultado de uma pesquisa de mercado

Podem ser:

Declaradas Reais

Concreta ou percebidas: Detectável por uma pesquisa de mercado

Tipo de automóvel para o público de meia idade, classe A/B

Latente ou implícitas: Não é tecnicamente ou economicamente viável

Tele-transporte

Provocadas: internet, “iphone” ou “Walkman”

Identificação e Formulação

Formulação das Características: entradas e saídas

Estabelece as especificações técnicas que visam atender às necessidades

Consiste em definir requisitos precisos:

Funcionais Operacionais Construtivos

Exemplo:

Funcionais: desempenho, conforto, segurança, transporte Operacionais: faixa de operação, confiabilidade, durabilidade Construtivas: peso, material, dimensões, volume

Exequibilidade

Física: factível do ponto de vista de sua obtenção (produto e processo)

Econômica: O produto deve ter para o cliente uma utilidade igual ou superior ao preço de venda, além de compensar o fabricante ou executor, público ou privado

Financeira: Os custos do projeto, produção e distribuição devem ser

financeiramente suportáveis pela instituição executora

Exemplo

Monta Carga (Guincho)

Entradas:

Desejáveis: comandos do operador, energia

Não desejáveis: comando inadequados, sobre-carga, impactos

Saídas:

Desejáveis: movimento de subida e

descida

Não desejáveis: ruído, vibrações, travamentos

Exemplo Monta – Carga (Guincho) ◦ Entradas: ◦ Desejáveis: comandos do operador, energia ◦ Não desejáveis:

Exemplo

Especificações técnicas

Funcionais:

Carga de 3 ton

Elevar 30 m em 10 s

Operacionais

Acionamento elétrico trifásico 10 anos com uso diário

Construtivas

Altura máxima 35 m Permitir montagem e desmontagem

Exemplo Especificações técnicas ◦ Funcionais: ◦ Carga de 3 ton ◦ Elevar 30 m em 10

Projeto Básico ou Ante-projeto

O objetivo é estabelecer uma concepção geral para o produto a ser

desenvolvido e servirá de base para o projeto executivo.

Principais etapas:

Seleção da Melhor Alternativa Formulação de modelos físicos e matemáticos Análise de Sensibilidade Análise de Compatibilidade Análise de Estabilidade

Otimização Projeções para o Futuro Previsão do Comportamento do Sistema Ensaios experimentais

Etapas Principais

Seleção da Melhor Alternativa ou Seleção da Concepção para o Projeto

Matriz de decisão: comparar os atributos de projeto entre as diversas alternativas existentes

Formulação de modelos físicos e matemáticos

Descritivos ou preditivos

Estáticos ou dinâmicos: variação no tempo ou não

Icônicos: Esquemas, fluxogramas e maquetes (Diagrama de corpo livre) Analógicos: Modelos em escala reduzida (fórmula 1)

Simbólicos: Relações matemáticas que representem leis físicas (suspensão de um veículo)

Etapas Principais

Análise de Sensibilidade

Relação entradas e saídas, de forma a se saber quão sensível é o desempenho do sistema a variação dos parâmetros

Exemplo: Coeficiente de amortecimento x deslocamento

Análise de Compatibilidade

Consiste na análise da interação entre os diversos conjuntos que compõe o produto

Geométrica: Tolerâncias e ajustes

Física: interferências ou peso

Química: estabilidade

Análise de Estabilidade

Estudar o comportamento do sistema quanto a possibilidade de instabilidades

Velocidade crítica do eixo, flambagem, propagação de trincas, acionamento (freio)

Etapas Principais

Otimização

Obtenção do conjunto de parâmetros que gera uma uma solução otimizada

Critério de otimização função objetivo

Projeções para o Futuro

Condições sócio econômicas na época da utilização Obsolescência

Previsão do Comportamento do Sistema

Vida, desgaste

Ensaios experimentais:

Testes acelerados Modelos em escala Virtual mock-up

Projeto Executivo ou

Detalhado

O objetivo é chegar a especificação completa de um produto testado e

que pode ser produzido

Até estas etapa as modificações podem ser introduzidas sem grandes prejuízos.

Preparação é necessária: orçamentos, cronogramas e recursos

(humanos e financeiros) O projeto detalhado contempla:

Desenhos: conjunto, detalhes, montagem Listas de peças Especificação do projeto aprovado Testes Avaliações

Aplicação

Ventilador doméstico

Entradas e saídas Formulação técnica Modelos aplicáveis

Aplicação Ventilador doméstico ◦ Entradas e saídas ◦ Formulação técnica ◦ Modelos aplicáveis