Anda di halaman 1dari 7

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA

PROFESSORES DO 1º CICLO – ESE DE CASTELO BRANCO


http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/

ACTIVIDADES COM O TANGRAM

É um jogo chinês, muito antigo, constituído por


7 peças (2 triângulos grandes geometricamente
iguais, 2 triângulos pequenos geometricamente
iguais, um triângulo médio, um quadrado e um
paralelogramo obliquângulo) que permitem
construir mais de 1000 figuras diferentes.
Este material é propício à execução de tarefas
de investigação que proporcionam o desenvolvimento de competências de
elevado nível, como sejam: conjecturar, intuir, argumentar, prever, entre outras.
As actividades a desenvolver com o tangram poderão ter maior sucesso
quanto maior for o conhecimento acerca deste material, nomeadamente a sua
constituição e a relação existente entre as suas peças.
A exploração feita em torno deste material poderá ter maior ou menor
profundidade, de acordo com o nível de conhecimentos que os alunos têm ou
os objectivos que se propõem alcançar.
De qualquer modo, é importante que se conheça o número de peças deste
puzzle e os atributos que as relacionam. Assim, uma das primeiras actividades
a realizar com o tangram deverá ter como objectivo a classificação das suas
peças. O número de lados, o seu comprimento, as peças semelhantes, as
equivalentes, a relação entre as suas áreas, e a amplitude dos seus ângulos,
são exemplos de itens que poderão ser explorados numa primeira abordagem
sobre este material.

1
PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA
PROFESSORES DO 1º CICLO – ESE DE CASTELO BRANCO
http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/

1 – Com as peças do Tangram, constrói as seguintes figuras:

2
PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA
PROFESSORES DO 1º CICLO – ESE DE CASTELO BRANCO
http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/

2 – Utilizando todas as peças do tangram, constrói:


a) um triângulo.
b) um rectângulo.
c) um quadrado.
d) um paralelogramo.
e) um trapézio não paralelogramo.
f) um pentágono.
g) um hexágono.
h) dois triângulos geometricamente iguais.
i) dois quadrados geometricamente iguais.

3 – Separa o quadrilátero não quadrado.


a) Constrói uma figura simétrica ao lado.
b) Constrói outros quadriláteros não quadrados.

4 – Com as peças deste jogo podemos construir de modo diferente, nove quadrados.
a) Tenta descobri-los e anota cada modo de construção.
b) Quantos quadrados de diferente medida é possível construir?

5 – O número possível de triângulos a construir é superior ao dos quadrados.


a) Quantos triângulos de diferentes áreas é possível construir? (regista as soluções)
b) Tomando como unidade de medida a peça triangular pequena, qual a área de cada
um dos triângulos obtidos?

6 – Considerando como unidade de área o triângulo mais pequeno, determina:


a) a área do triângulo médio;
b) a área do quadrado;
c) a área do paralelogramo.
O que se pode concluir acerca das três figuras anteriores?

7 – Considerando como unidade de área o triângulo médio, determina:


a) a área do quadrado;
b) a área do paralelogramo;
c) a área do triângulo grande;
d) a área do triângulo pequeno.

8 – Com as peças do tangram, constrói:


a) um quadrado de área igual à de dois triângulos pequenos;
b) um quadrado de área igual à de quatro triângulos pequenos;
c) um quadrado de área igual à de oito triângulos pequenos.
Regista as figuras que construíste.

9 – Com o triângulo médio e os quadriláteros quantas figuras diferentes podes construir,


sabendo que as figuras têm que ter pelo menos um lado justaposto.

10 – Conclui:
a) em relação ao número de figuras geometricamente iguais que constituem o tangram.
b) em relação às figuras equivalentes.
c) quanto às áreas, a relação que existe entre o triângulo grande, médio e pequeno.
d) quanto às áreas, a relação que existe entre a peça quadrada e o quadrado formado
por todas as peças.
e) em relação à amplitude dos ângulos internos das figuras com a amplitude dos
ângulos internos da peça quadrada.
f) quanto à soma dos ângulos internos das figuras que compõem o tangram
g) quanto aos comprimentos dos lados das peças do tangram.

3
PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA
PROFESSORES DO 1º CICLO – ESE DE CASTELO BRANCO
http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/

OUTROS TANGRANS

Tangram de 9 peças Tangram coração

Tangram oval Tangram de Pitágoras

Tangram Circular Tangram Rectangular

4
PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA
PROFESSORES DO 1º CICLO – ESE DE CASTELO BRANCO
http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/

SOLUÇÕES:

1.

2 a) b) c) d)

e) f)
ou

g) ou h) h)

3 a) b)

4 a)

4 b) 4

5
PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA
PROFESSORES DO 1º CICLO – ESE DE CASTELO BRANCO
http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/

5 a)

b) 16 s 8 s 4 s 2s 1

6 a) Triângulo médio: 2 s
Quadrado: 2s
Paralelogramo: 2s
Todas estas figuras são equivalentes.

7 a) a área do quadrado: 1 
a área do paralelogramo: 1 
a área do triângulo grande: 2 s
a área do triângulo pequeno: 0,5

8 a) b) c)

9.

10.
a) Os dois triângulos maiores são geometricamente iguais; o mesmo sucede em relação aos
dois triângulos mais pequenos.

b) O paralelogramo, o quadrado e o triângulo médio são figuras equivalentes pois podem obter-
se através dos dois triângulos pequenos.

c) A área do triângulo maior é o dobro da área do médio e o quádruplo da área do mais


pequeno.

d) A área do quadrado é um dezasseis avos do tangram.

e) Todos os triângulos têm um ângulo com a mesma amplitude de um dos ângulos do


quadrado. O paralelogramo tem dois ângulos com amplitude maior e outros dois com amplitude
menor relativamente a qualquer ângulo do quadrado.

f) A soma dos ângulos internos dos triângulos é sempre 180º e soma dos ângulos internos dos
quadriláteros é sempre 360º.

g)
1. O lado maior do triângulo pequeno tem o mesmo comprimento que o lado maior
do paralelogramo.

2. O lado menor do triângulo pequeno tem o mesmo comprimento que o menor


lado do paralelogramo.

6
PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTÍNUA EM MATEMÁTICA PARA
PROFESSORES DO 1º CICLO – ESE DE CASTELO BRANCO
http://educamat.ese.ipcb.pt/0607/

3. O menor lado do triângulo pequeno tem o mesmo comprimento que o lado


do quadrado.

4. O maior lado do triângulo pequeno tem o mesmo comprimento que o


menor lado do triângulo médio.

5. O comprimento do maior lado do triângulo médio é igual à soma dos


comprimentos do menor lado do triângulo pequeno e do lado do quadrado.

6. O comprimento do maior lado do triângulo médio é igual à soma dos


comprimentos do menor lado do triângulo pequeno e do menor lado do
paralelogramo.

7. O comprimento do menor lado do triângulo médio é igual ao comprimento


do maior lado do paralelogramo.

8. O comprimento do maior lado do triângulo maior é igual ao dobro do


comprimento do maior lado do triângulo menor.

9. O comprimento do menor lado do triângulo maior é igual ao comprimento do


maior lado do triângulo médio.