Anda di halaman 1dari 12

BOLETIM TRIMESTRAL

Encontro Nº 106

Nacional Janeiro/Março
2010

15 e 16 de Maio (pág 6 e 7)

Lançamento do livro
NUNO DE SANTA MARIA
fragmentos de memória
persistente
Projecto de apadrinhamento da ARM
Página 9

Página 12

O programa ―Encontros com o Património‖, de Manuel


Vilas-Boas, da TSF
arrebatou o Prémio Autores
2010, na categoria “Rádio –
Melhor Programa‖.
promovido pela Sociedade
Portuguesa de Autores
(SPA), no dia 8 de
Fevereiro, no Centro
Cultural de Belém, em
Lisboa.
Ao Vilas-Boas, vindos dos
4 cantos de Portugal, os

1
Página 2

Propriedade:
C O R R E I O A R M I S TA
ARM Associação Regina
Ilustríssimos amigos ARMISTAS, estamos a ensaiar a Paixão de
Mundi Como vós sabeis, sou membro Cristo, para apresentarmos no dia 2
Sede: temporário da SMBN, estou de Abril, Sexta-feira Santa. A
Rua da Bempostinha, 30 fazendo meu Estágio Inermédio de apresentação vai ser em macua,
1150-066 Lisboa Formação Missionária aqui em lingua mãe. O nosso objectivo é
Tel. 218 851 546 Malema-Moçambique. Como familia chamar os jovens para o grupo de
Fax: 218 850 258 Boa Nova que sois gostaria de teatro, evangelizá-los, filmar as
partilhar convosco um pouco de peças, no caso peças bíblicas e
NIPC n°. 503 268 372 minha caminhada em terras de educativas na língua materna e
Missão: depois montar pequenos vídeos
NIB da conta da ARM: 1 - Caminhada: dizer que a minha para passar nas reuniões de
003501210000130053098 caminhada em terras formação para coordenadores de
moçambicanas está a correr pastorais e comunidades. O acto do
bem. Estou gostando muito. Esta jovem fazer a peça é formativo e
Presidente da Direcção: ocasião está sendo um momento de evangelizador, no segundo
José Domingues dos Santos crescimento pessoal, compreensão momento pode-se evangelizara
Ponciano da realidade do campo de outras pessoas usando os vídeos.
missão, da dimensão missionária e Sou optimista. Vai dá certo…
Direcção, Redacção e sua importância... Pude constatar,
Administração: na minha vida, que Cristo Espera 5 - Animação Missionária: ajudo
Rua da Bempostinha, 30 por mim. O contacto com a na reunião dos vocacionados, uma
1150-066 Lisboa realidade missionária (campo de vez por mês em conjunto com uma
Telemóvel: 927 651 624
missão/povo de Deus, exemplo de equipa envolvendo casais e irmãs;
Missionários) está a ajudar-me a
Tel. 218 851 546 /
ver, compreender e concretizar o
Fax: 218 850 258
que aprendi no meu ANO DE 6 - Formação: colaboro na
Site: www.arm.org.pt FORMAÇÃO, "Meu Ano da formação dos Catequistas e
Graça". Quero ser padre Animadores de Comunidades,
E-mail:
Missionário da Boa Nova. Cada dia sendo um momento de formação
regina.mundi@hotmail.com
que se passa sinto-me não só para eles, mas também para
entusiasmado pela vida missionária. mim;
Fotocomposição e Impressão:
Escola Tipográfica das Missões 2 - Estado de Vida: sinto-me
Cucujães contente com os meus Irmãos mais 7 - Lingua: A lingua macua não é
Sábios, exemplos vivos, fácil. Estou estudando aos poucos;
Tiragem desta Edição: onde juntos formamos a EQUIPA 10 meses de estágio é pouco para
750 exemplares MISSIONÁRIA DA MISSÃO DE se aprender o macuar, uma vez que
MALEMA: PP. Baltar, Jerónimo, os trabalhos pastorais exigem muito
Colaboradores deste número: Alexandre e Eu, Irmão mais novo. do estagiário. Alguma coisa já falo.
Que a bondade e amor de Deus
Albino dos Anjos nosso Pai e a Força do Espírito Gostaria de parabenizar a ARM pelo
Anselmo Borges Santo estejam sempre connosco esforço e trabalho que está a
Santos Ponciano para nos animar nós daqui e vós desenvolver para com os que
José Campinho do outro lado do Atlântico. necessitam. Que Deus vos
António Correia 3 - Escola: assumi as aulas de abençoe.
Óscar Rodrigues informática e a contabilidade;
António Emílio Pires
Ronaldo Viana Contai com minhas frágeis orações.
4 - Juventude: estamos a formar
um grupo de teatro. O teatro é algo Saudações a todos,

2
Nº 106 Página 3

A subversão da religião por Anselmo Borges

No meio da vertigem que narram a história de Jesus a partir para Deus é a humanidade. O
das compras e das da fé e convocando à fé. Deus de Jesus encontra-se, antes
prendas, do Na vida de Jesus, há um paradoxo. de mais, no secular, não no
consumismo, não sei Por um lado, viveu num recanto religioso. "O 'sagrado', o 'religioso'
quantas pessoas se obscuro do Império Romano, a sua e o 'espiritual' são autênticos,
lembrarão ainda de vida pública pode não ter chegado aceitáveis e meios para encontrar
que a festa do Natal sequer a dois anos, morreu Deus, na medida, e só na medida,
está referida ao crucificado - a pena de morte mais em que nos humanizarem, nos
nascimento de Jesus Cristo. Seja-se ignominiosa, aplicada aos escravos. tornarem mais profundamente
cristão ou não, crente ou ateu, impõe Por outro lado, a sua influência humanos". Para Jesus, o
-se reconhecer que se trata de uma decisiva atravessa a História e mais "sagrado" indubitável neste mundo
figura determinante da História. Sem de dois mil milhões de homens e é o ser humano.
ele, a nossa autocompreensão não mulheres reclamam-se ainda hoje do Leia-se os Evangelhos e
seria a mesma. seu nome e confiam nele na vida e na concretamente aquele passo de
Nos últimos tempos, a atenção morte. São Mateus, referente à verdade
voltou--se para o que não é de modo Qual foi o núcleo da sua mensagem? última, ao chamado Juízo Final.
nenhum central, quando se pensa no A sua revolução consistiu em primeiro Nada há aí de religioso, pois tudo
que ele é e no seu significado: como lugar numa nova ideia de Deus. Deus é secular: "Destes-me de comer,
e quando nasceu, se a mãe era não é o Deus longínquo e tenebroso, de beber, de vestir, fostes ver-me
virgem, se teve irmãos e irmãs... que quer adoração e submissão, que ao hospício e à cadeia."
Compreende-se a curiosidade das exclui, que explora e humilha os seres Jesus, que não era sacerdote, mas
pessoas, mas estas perguntas não humanos. Pelo contrário, Jesus fez a leigo, teve de enfrentar a religião e
vão ao essencial. experiência de Deus como Abbá, os seus dirigentes, num conflito
Hoje sabemos que Jesus nasceu paizinho. Embora as crianças se mortal, porque a religião e os seus
alguns anos antes da era cristã dirigissem com esta palavra ao pai, dirigentes estavam mais
(entre 6 e 4) - o erro deveu-se a em Jesus, não se trata, com esta interessados na religião do que na
Dionísio o Pequeno, quando no invocação, nem de infantilismo nem vida e porque "a religião pode ser
século VI calculou a data do seu de machismo, pois este Deus-Pai tem e costuma ser uma ameaça, um
nascimento. Provavelmente nasceu traços de Mãe. perigo muito sério, para a vida e
em Nazaré da Galileia, onde se A partir desta experiência radical, para a felicidade dos seres
criou. Os relatos dos Evangelhos deriva toda a mensagem de Jesus, humanos". Condenaram-no à
referentes ao nascimento e à para quem o decisivo não era a morte os dirigentes da religião
infância servem-se de linguagem religião, mas a humanidade. Como oficial do seu tempo. Mas Jesus foi
simbólica para significar o que mais mostrou recentemente o teólogo José tão profundamente humano que
interessa. Assim, a data de 25 de M. Castillo, o centro do interesse de "se pôs do lado da vida e deu vida,
Dezembro foi adoptada mais tarde Jesus não foi a religião, mas a saúde, vencendo as forças da morte".
pelos cristãos de Roma, para a comida, as relações humanas boas, In Diário de Notícias
significar que ele é o Sol verdadeiro
que a todos ilumina. A presença dos
pastores e dos magos anuncia o
núcleo da sua mensagem: que Deus
se interessa em primeiro lugar pelos
mais pobres e que não exclui
ninguém.
Hoje ninguém intelectualmente
responsável põe em dúvida que
Jesus existiu. A sua existência é
atestada não apenas por fontes
cristãs, pois há também textos de
Flávio Josefo, Tácito, Suetónio,
Plínio, entre outros. O que é preciso
compreender é que os textos
cristãos, concretamente os
Evangelhos, são textos de crentes,

3
Página 4

Alô! Alô! Ano 1955 e alguns de 1954...


Quem consegue legendar a fotografia? saúde não estar muito famosa,
também estará presente
conforme prometeu. Para os
contactos temos para já:
P. Luís Marques Ribeiro:
917237071 e
Óscar: 969014398.

Um abraço e até breve em


Cucujães nos dias 15/16 de
Maio 2010.

Óscar Rodrigues

*************************
Cernache
10 de Junho
É sempre bom ver esta
Valente Pereira e o José Maria da vivacidade na ARM. Parabéns pela
Caros Colegas,
Costa Moreira. iniciativa.
Um abraço a todos e vamos O nosso ano, quase tenho a Rapaziada de 1955 e 1954, vamos lá
às notícias. certeza, foi o que mais sacerdotes tocar a reunir para o dia 10 de Junho.
Já que não comemorámos o deu à Sociedade Missionaria. É feriado e Cernache tem aquela
cinquentenário da nossa Foram nove, ao todo. Portanto, mística que todos bem conhecemos.
entrada no Seminário, vamos mais do que justo, comemorarmos Organizem-se, levem as famílias e
fazê-lo de outra forma, ou este grande acontecimento. vão ver que a experiência vale por
seja, comemorarmos o Deveremos ter entre nós o nosso todos os incómodos ou mesmo
cinquentenário da saída de Padre João Baltar da Silva, que pequeno sacrifício que sejam
Cernache do Bonjardim. está actualmente em necessários fazer para estar presente.
Será no dia 10 de Junho Moçambique, pois em conversa Há muita gente que não se vê desde
próximo, pelas 10 horas, de surpresa, pelo telefone, ficou que saiu do seminário e estes
com a concentração no muito radiante e entusiasmado reencontros são extremamente
seminário e o resto virá por com a ideia e que estava com interessantes e com grande carga
acréscimo... muitas saudades e
Esta lembrança foi-me dada ansioso por nos
pelo nosso colega Padre Luís abraçar a todos.
Marques Ribeiro, que está Fez-me uma meia
em Castelo de Vide, aquando promessa que iria
da sua passagem por Rio estar presente, mas
Meão e depois de fazer uma tem de ser promessa
visita ao nosso Padre Amado, inteira. O Padre
juntamente com o Pe.António Amado, apesar da
4
Nº 106 Página 5

HISTÓRIAS… E UM PEDIDO PARECER


DO
Demonstração de Resultados 1/04/2009 a 31/03/2010
CONSELHO FISCAL

CAROS CONSÓCIOS
No cumprimento das disposições
Saldo ano anterior 4.612,67 € legais e estatutárias, e nos termos
Receitas: Despesas: do mandato que nos foi conferido
Quotas 1.551,49 € CTT 225,06 € pela AG, vimos apresentar-vos o
nosso parecer sobre os
Publicidade 375,00 € Livro CB-Terra Sto Condestável 752,03 € documentos de prestação de
Donativos 589,80 € Aloj Valadares 1.849,00 € contas da Direcção relativos ao
Receitas encontros 183,50 € Serigrafias e moldura 1.485,00 € ano findo.
Vendas livros/outros 6.771,00 € Livro Seminário Cernache 1.890,00 € Analisados esses documentos,
constatou o Conselho Fiscal que
Inscrições Valadares 1.715,00 € Edit. Missões - boletins 789,00 € os mesmos reflectem a actividade
Inscrições Valadares 110,00 € Edit. Missões - boletins 976,89 € desenvolvida pela ARM bem
Capa livro 60,00 € como a sua situação patrimonial.
Nihimo-2ª. Ed 2.379,05 € O saldo positivo apresentado nas
Office 32,90 € contas gerais da ARM foi
apreciado positivamente pelo
CTT 166,78 € Conselho Fiscal. Não temos
Ramo flores 60,00 € dúvidas, por isso, em dar o nosso
CTT 229,36 € parecer favorável às contas
apresentadas e propomos que na
Rq cheques 8,77 € AG seja deliberado:
Office 70,80 € a) Aprovação do relatório da
CTT 19,77 € Direcção e das contas
lançamento livro-Porto honra 190,00 € apresentadas;
Total 15.908,46 € 11.184,41 € b) Aprovação da proposta da
aplicação de resultados
Saldo ano seguinte 4.724,05 € apresentada pela Direcção;
O ano de 2009, foi um ano de grandes investimentos para a ARM, com a edição de c) Um voto de pesar por todos os
2 livros, 1 serigrafia do Seminário de Cernache e a 2ª. edição do Nihimo. associados falecidos.
Continuaremos a investir na cultura e na divulgação das obras de todos os Lisboa, 31 de Março de 2010
Armistas. No ano de 2010 já está nas bancas um novo livro, conforme noticia pág. O Presidente do Conselho Fiscal
9, que contou com o apoio da Câmara Municipal da Sertã, a quem agradecemos.
Armindo A. Henriques

Sociedade de Advogados

António Emílio Pires


O Francisco Domingues, apresentou, durante Advogado
o mês de Março, de norte a sul do país, o seu
último livro: ―Um mundo liderado por Av. Conselheiro Fernando de Sousa, nº 19 – 18º
Mulheres”. Os nossos parabéns. 1070-072 Lisboa – Portugal
Ofereceu à ARM 10 exemplares, que estarão Tel.: 351.21 384 63 00 Fax 351.21 387 01 67
à venda no Encontro Nacional. Obrigado Email: epires@pmbgr.pt

5
Página 6

NIHIMO ENCONTRO NACIONAL


Cucujães, 15 e 16 de Maio de 2010

Programa
ARM Dia 15 de Maio de 2010
Associação
Rainha do Mundo
Antigos Alunos
da
A República e as Missões
Sociedade Missionária
Portuguesa
14, 00h Chegada e Acolhimento
2009 - 2ª EDIÇÃO 15,00h Início dos trabalhos

Foi apresentado no Encontro 15,10h “O Estado e a Igreja” /


Nacional a 2ª. Edição do Miguel Ramalho
Nihimo.
15,30h “As Missões Laicas” /
Corrigimos os erros da
primeira, com um trabalho Amadeu Araújo
exaustivo e exemplar do 15,50h “O Convento Beneditino de Cucujães na República”/
Armindo Henriques, que para Candeias da Silva
levar a cabo a sua tarefa, teve
que se deslocar várias vezes a 16,20h Debate
todas as nossas Casas. 17,00h Lanche
Esta 2ª. Edição é composta por
2 volumes, o 1º. base de dados 17,30h Projecto “Um sorriso para Ti” /
e 2º. endereços. Pe. Albino dos Anjos
Foi impresso na Editorial
Missões, e como tal, teve 18,30h Informações sobre o projecto/
custos, pelo é vendido a 5€ os Santos Ponciano
2 volumes em conjunto.
19,00h Debate
19,30h Romagem à Gruta
20,00h Jantar
21,00h Ensaio coral preparação missa dominical /
coordenação José Quina, Pisco Cruz, Adelino Serafim
21,30h Sarau /Com a espontaneidade de cada um.
23,00h Luz de silêncio
Alojamento e Refeições no Seminário:
Quarto duplo (pensão completa) 30,00€ / pessoa
Camarata de 6 camas c/ 2 WC’s (pensão completa) 27,50€ / pessoa
Só refeição: por refeição 8,50€ / pessoa
Apenas temos 5 quartos e 4 camaratas, mas há outras soluções (pág. seguinte)

6
Nº 106 Página 7

“Seminário de Cernache do
ENCONTRO NACIONAL Bonjardim - Figuras e
Memórias‖, coordenado
Cucujães, 15 e 16 de Maio de 2010 pelo senhor Dr. João
Gamboa. As receitas da
venda de todos os livros,
destinam-se aos projectos de
Programa solidariedade que estamos a
Dia 16 de Maio de 2010 levar a efeito.

Assembleia Geral
15,00€
9,00h Chegada e Acolhimento
9,15h Ensaio
10,00h Início da A.G. / Dr. Ribeiro Novo
10,10h Relatório de actividades / Santos Ponciano
10,30h Delegações
11,00h Debate
11,20h Votação propostas
11,50h Encerramento AG
12,00h Missa 10,00 €
13,00h Almoço
13,30h Convívio
17,00h Regresso a casa
Na Missa:
Coordenação coral – José Quina, Pisco Cruz, Adelino Serafim
1ª. Leitura – Azucena Villarreal
Salmista – Pisco da Cruz
2ª. Leitura – José Fernandes
Oração dos Fiéis – Emílio Pires

Alojamento fora do seminário:


Albergaria do Campo—S. Tiago de Riba Ul

Quarto casal s/ pequeno almoço 45,00€


Quarto individual s/ pequeno almoço 40,00€
S. João da Madeira Hotel (4 estrelas)

Quarto casal c/ pequeno almoço 55,00€


Quarto individual c/ pequeno almoço 50,00€
7
Página 8

Encontro Regional de Cernache

No passado dia 21, no Cumprindo o Regulamento


seminário de Leiria, reuniram das Delegações Regionais
as Associações dos antigos da ARM, decorreu no
alunos dos Institutos Católicos passado dia 15 de
Portugueses, com o objectivo Novembro, em terras de S.
Nuno, o tradicional e
de discutir o projecto de
esperado encontro de
estatutos da UASP—União
Armistas, tendo o programa
das Associações dos Antigos
sido escrupulosamente
Alunos dos Seminários cumprido. Felizmente
Portugueses. Já tinham sido apesar do S. Pedro não ter
feitas outras reuniões de colaborado o nº de
preparação. Armistas presentes
A ARM fez-se representar aumentou substancialmente, tendo obrigatória pelos Paços do
pelo Presidente da Direcção, estado presentes 20 Armistas, 19 Bonjardim, berço de S. Nuno. Após
Santos Ponciano, e pelo familiares de Armistas, os Srs. P. um agradável almoço, servido no
Secretário da Mesa da Paulo Jorge, P. Mamede e P. antigo refeitório do Seminário,
Assembleia Geral, Victor fomos pelo presidente
Borges. Santos Ponciano postos
Demos o nosso contributo, e ao corrente dos
na Assembleia Geral de 17 de audaciosos projectos da
Maio próximo, entregaremos ARM e do
aos presentes cópia dos empenhamento que para
mesmos para apreciação e a concretização dos
votação. Será ainda votado a
mesmos espera de todos
nós. Para concluir seguiu
nossa integração, ou não,
-se o tradicional magusto
naquela União.
regado com boa água-pé,
tendo as despedidas sido
feitas pelos resistentes já
perto das 20 horas.
O sacrifício valeu a pena pois
Ambrósio e o executivo da ficamos mais unidos e enriquecidos.
Freguesia de
Cernache do
Bonjardim.
Após a eucaristia,
fomos visitar a Gruta,
onde recordamos
5,00 € tempos passados
tendo rezado e
cantado, seguindo-se
uma passagem
8
Nº 106 Página 9

SERTÃ – Livro sobre S. Nuno esclarece data e local de nascimento Os nossos


02-Abr-2010
S. Nuno de Santa Maria nasceu em
de S. Nuno, referindo que na ocasião do
nascimento ―Flor da Rosa ainda não
Doentes
Cernache do Bonjardim no dia 25 de estava completa e não consta que tivesse Na nossa vida,
Junho de 1360, como atestou Aires instalações para ter as famílias, muito freneticamente vivida ao
Nascimento autor da obra apresentada no menos a família dos naturais‖, e ainda que ritmo que a sociedade nos
dia que assinalou o falecimento deste novo Álvaro Gonçalves Pereira, o pai, nunca
impõe, por vezes
santo português. iria querer que a mãe de S. Nuno, por ser
Se dúvidas existiam, foram ontem ―uma senhora de grande dignidade, ficasse esquecemo-nos dos que
dissipadas na apresentação do livro ―Nuno perante olhares menos honrosos dos estão doentes. Temos
de Santa Maria – Fragmentos de Memória membros dos Hospitalários‖. Aires lembrado os que
Persistente‖. Assim, S. Nuno de Santa Nascimento atesta assim que o Crato não repentinamente são
Maria nasceu em Cernache do Bonjardim tem argumentos a seu favor e que ―alguém
internados, e nos dão a
no dia 25 de Junho de 1360, como atestou anda a mexer os cordelinhos com
Aires Nascimento autor da obra determinados interesses‖. saber, mas temos
apresentada no dia que assinalou o Outra certeza deixada foi a de que Nuno esquecido os que sofrem
falecimento deste novo santo português, 1 Álvares Pereira nasceu a 25 de Junho e de doença prolongada.
de Abril. não no dia 24 como até aqui se pensava
José Farinha Nunes, presidente da Câmara isto porque ―o Cronista Fernão Lopes O Catarino, acamado nos
Municipal da Sertã, começou por enaltecer disse que Nuno Álvares Pereira, no dia 6 Olivais, o Tomás, que não
o gesto de lançar esta obra na Sertã e que de Abril de 1385 tinha 24 anos, 9 meses e pode sair de sua casa na
serve para ―catapultar tão nobre figura 12 dias”. Outro argumento recai no facto Parede, o Figueiredo com
para outros patamares da história‖, disse de quando o pai pede a Mestre Tomás para
classificando a atitude deste autor como lhe fazer o horóscopo ―não o associa ao
os seus problemas do
―um exemplo a seguir, ou seja contribuir dia 24‖. coração a necessitar de
para que Nuno de Santa Maria atinja ―Nuno de Santa Maria – Fragmentos de vigilância continua, o
definitivamente um lugar único no Memória Persistente‖ vai ainda ser Adelino Tomé (ex-irmão
consciente colectivo de Portugal‖. apresentado no próximo dia 26 de Abril auxiliar) que esteve
Este é o ano em que se assinalam os 650 em Lisboa, data do primeiro aniversário da
anos do nascimento de S. Nuno e o autarca canonização de S. Nuno de Santa Maria.
internado mais de 3 meses.
sertaginense elogiou a vida de ―princípios Refira-se ainda que todos os lucros deste Para eles as nossas
e humanismo quer perante o próximo, livro servirão para ajudar os Missionários desculpas e as nossas
quer perante a pátria‖, enaltecendo da Boa Nova na sua missão em orações.
também o facto de, 600 anos depois,
ter acontecido a sua canonização.
Numa altura em que tanto se fala de
ausência de valores, o autarca
sertaginense desejou ainda que o acto
de canonização seja ―um sinal de
esperança, de que existem valore arquitectura e mobiliário
intemporais e de que se deve lutar por
boas causas, justa e nobres sem esperar Escritórios. - Divisão e Tratamento do Espaço, Móveis.
nada em troca‖. Escolas. - Mobiliário e RR Audiovisuais;
Auditórios, Salas de Cinema e Teatro. Bibliotecas. Colectividades.
José Farinha Nunes classificou ainda Centros de Arquivo e Documentação.(Solução fixa e Dinâmica)
esta obra como ―um instrumento de Lares de 3ª idade. - Mobiliário Geriátrico e Hospitalar,
estudo e um contributo que muito Armazenamento. – Estanteria: carga leve, média, pesada, paletização
honra o concelho‖. Este livro retrata
alguns meses de pesquisa e reflexão
sobre a personalidade de Nuno Álvares
Pereira e é logo aqui que Aires
Nascimento refere que "o Condestável
do Reino nasceu em terras da Sertã‖.
Mais à frente o autor desmistifica a
confusão existente, e na sua opinião
fabricada por questões turísticas, Ergotempus – Móveis de Escritório e Decoração, Lda
relativamente ao local de nascimento Av. Maria Helena Vieira da Silva, Nº 4 – 1750-179 Lisboa
Telf: 21 755 05 85 Fax: 21 755 05 87 ergotempus@mail.telepac.pt

9
Página 10

NOTÍCIAS BREVES DA SMBN

1º A Direcção Geral nomeou a 18 4º O Superior Geral viajará no dia 14 de 9º A DG entendeu retomar os


de Dezembro a nova direcção da Fevereiro para o Japão. Esta viagem terá ―Colóquios‖ como amplo espaço de
OMAS ficando assim constituída: como motivo marcar oficialmente o início formação para todos os membros. Está
da nova fase da presença da SMBN no calendarizado o próximo para 9 e 10 de
DIRECÇÃO
Japão. A partir de agora o grupo da SMBN Outubro de 2010. A organização está a
Presidente: P. Zacarias Lima Pinho ficará separado do IEME. Será celebrado cargo do P. Anselmo Borges.
Secretária: Diana Campos Salgado um acordo com a arquidiocese de Osaka. 10º A DG nomeou o P. Francisco de
Tesoureiro: P. Amadeu Oliveira No regresso passará por Roma para visitar Jesus Leitão Pereira assistente dos
CONSELHO FISCAL o P. Luís Castro e P. Nuno. Leigos Boa Nova. A nível da DG ficou
5º Informamos que a ARM realizará seu responsável por atender e acompanhar
Presidente: Dr. Carlos Sá Correia
encontro nacional em Cucujães nos dias 15 oficialmente os Leigos Boa Nova o P.
Vogais: Dr. Joaquim Valente Silva e 16 de Maio. Na medida do possível, pede Zacarias de Lima Pinho
Dionísio Ferreira Correia -se a presença e colaboração dos membros 11º Na linha de preparação da XI
2º Depois de terem sido neste encontro nacional. Como já foi Assembleia Geral, a DG irá enviar até ao
ultrapassadas as dificuldades informado pela ARM, neste momento a final do mês de Fevereiro um conjunto
burocráticas relacionadas com ARM apoia 100 crianças no regime de de textos que poderão ser usados na
obtenção dos vistos, o Ano de apadrinhamento provindas das missões de reflexão. O objectivo desta reflexão é
Formação terá início oficial a 28 Moçambique e Angola. projectar um plano de acção da SMBN
de Fevereiro de 2010 pelas 16.30. 6º Recordamos que a Festa Missionária se para os tempos mais próximos.
Os alunos chegarão entre os dias realizará a 6 de Junho. Este ano vamos
23 e 24 de Fevereiro. Pedimos a 12º Partiram para as missões, a 15 de
incluir a celebração que tradicionalmente Dezembro de 2009, P. Jerónimo Nunes
todos os membros para fazemos com os familiares dos nossos
manifestarem a sua comunhão e, (que se encontra em Malema) e
membros no mesmo dia. A celebração será P. Samuel (que se encontra no
se possível, a sua presença. presidida por D. Ximenes Belo. A
Teremos este ano 4 alunos (2 de Seminário / Maputo). No dia 29 do
peregrinação missionária a Fátima mesmo mês regressou a Moçambique o
Angola e 2 de Moçambique). decorrerá nos dias 19 e 20 de Junho. Será Ir. António Lopes. No mesmo dia viajou
3º Já se encontra na África do Sul presidida por D. António Marto. Na para Moçambique o membro temporário
o nosso colega P. Fernando José medida do possível, peço que as Ronaldo Caldas para realizar o seu
Matapalo. Encontra-se neste actividades pastorais desenvolvidas pelos Estágio Intermédio de Formação
momento a estudar inglês. Depois departamentos e individualmente tenham Missionária em Malema. No dia 21 de
deste tempo irá para a Zâmbia. em conta a importância de marcarmos a Janeiro de 2010 partiu o Ir. Eduardo para
Reside com pároco da Sé de nossa presença em Fátima. Pemba.
Johannesburg e ao fim de semana 7º Cumprindo o estipulado no artigo 103
colabora com o P. Carlos Gabriel. 13º O seminário de Contagem tem 5
das Constituições, foi eleito pelos Irmãos alunos.
para participar na XI Assembleia Geral o
Ir. Alberto Luís da Silva. 14º O Seminário da Matola tem este ano
14 alunos: 4 de filosofia e 10 do
8º A DG nomeou o P. Adelino Ascenso propedêutio.
director da Igreja e Missão. Prevê-se
alteração da redacção a curto prazo. 15º Encontra-se de férias em Portugal o
P. Aníbal João. Ficará mais algum
tempo em tratamento em Portugal o P.
Manuel Ferreira de Sá.
16º Recordamos os aniversariantes deste
ano:
50 anos de Sacerdócio
31.07.1960 P. Manuel de Castro Afonso
Artº. 24 dos Estatutos da ARM:
São deveres dos associados
e) Assinar a revista Boa Nova aproveitada como
veículo noticioso da ARM Pe. Albino dos Anjos
10
Nº 106 Página 11

A Sustentabilidade da ARM
Numa época em poderíamos por certo evitar.
que tanto se fala de susten- Foi feito um esforço, por parte desta Direcção para
tabilidade das empresas, através da publicidade no boletim, se procurar
das pessoas singulares e financiar o seu custo de produção e de distribuição,
colectivas, das entidades com bons resultados é certo, mas insuficiente,
públicas e privadas, das podendo esta ser uma via ao dispor dos armistas que
finanças locais, regionais e a julguem útil, para contribuir para a
até da sustentabilidade das sustentabilidade da ARM.
economias dos países,
fortemente abaladas nos Porém, a medida concreta e imediata que se impõe, é
últimos meses, em a de cada um de nós, na medida das reais
consequência de erros possibilidades, passar a proceder ao pagamento de
acumulados, pela ganância uma quota, cujo valor mínimo penso poderia
dos homens ou pura irresponsabilidade daqueles que ascender a € 10,00 anuais (podendo o armista
tendo especiais deveres de gerir, seguem os caminhos preencher o valor com a importância que entender),
do imediatismo e da irresponsabilidade, hipotecando a fazer por transferência bancária, conforme ordem
irremediavelmente as gerações vindouras, fui de pagamento que vai em anexo ao presente boletim e
confrontado numa reunião de direcção da ARM com devolvê-la à Direcção que a encaminhará para cada
uma questão simples, mas que a todos nos deve por a banco.
pensar: O que poderá cada um de nós fazer desde já,
para financiar os custos fixos da ARM?
Evidentemente que o não pagamento desta quota,
Sendo eu um dos recém chegados a esta humilde, não é motivo nem de exclusão nem de afastamento de
calorosa e muito digna família, não sou do tempo, qualquer armista, porque mais importante que obter
daqueles que me dizem que há já muitos anos… receitas é trazer até nós novos armistas, mas se
parece que nos anos 80, teria sido instituído pelos merecer o acordo e concordância de todos, permitirá
armistas o pagamento de uma quota de Cem Escudos uma sustentabilidade no tempo, que neste momento a
mensais, que se destinaria a cobrir as despesas fixas ARM não tem, vivendo apenas da boa vontade e do
da ARM. empenho daqueles, que reconhecendo o que a
Acontece porém que os tempos foram passando, uns Sociedade Missionária fez por eles, aproveitam cada
certamente por falta de informação outros por momento de convívio e prazer para manifestar a esta
ignorância ou desleixo, deixaram de cumprir esse Instituição a sua profunda gratidão.
dever e muitos, onde eu me incluo, sendo novos Bem haja a todos.
armistas nunca tomaram conhecimento desta
António Emílio Pires. (1976/1983)
realidade e da necessidade de com um pequeno
contributo de cada um de nós, podermos assegurar a
sustentabilidade da ARM.
Bem sei que a grande maioria dos armistas
aproveita os nossos almoços convívio, para Já chegou a nova geração
contribuindo com mais alguma coisa, de certa forma TELECOMUNICAÇÕES de telefones digitais!
financiar as despesas que a ARM tem de suportar Com som e vídeo
para fazer chegar até nós o boletim trimestral,
de qualidade.
custear a sua impressão e colmatar outras pequenas
despesas, mas a verdade é que não tendo estas
receitas carácter de obrigação e de regularidade, a Carlos Amílcar Dias
falta de receitas fixas criam à Direcção, por vezes tm. 91 600 30 39
momentos de alguma aflição financeira, que julgo
com um pequeno gesto de cada um de nós

11
Assembleia UM SORRISO PARA TI
Geral
Convocatória

Nos termos do Artº. 6º


dos Estatutos da ARM - Em 20 de Janeiro, foi assinado em Lisboa, na Casa Central da SMBN e
Associação dos Antigos sede social da ARM, o protocolo de cooperação no âmbito do projecto
Alunos da Sociedade "Um sorriso para Ti". Com as "fotos" acima, pretendemos apenas
Missionária, convoco registar e testemunhar o momento solene da vossa generosidade. Em
simultâneo foi entregue à SMBN um cheque de 8.000,00 Euros,
todos os Armistas, no
correspondente ao ano de 2010.
pleno gozo dos seus
direitos, para a Escolas a apoiar e responsáveis pela implementação do
ASSEMBLEIA GERAL projecto, conforme decisão do Senhor Pe. Albino dos Anjos:
ORDINÁRIA a realizar-
se no Seminário de ANGOLA: Escola N. S. Boa Nova – Pe. João Cavalcante
Cucujães, no próximo MOÇAMBIQUE: Malema - Pe. José Alexandre
dia 16 de Maio, Nametil - Pe. Francisco Godinho
Chibuto - Pe. Amaro e Pe. Firmino
Domingo, pelas 9,30h,
Pemba - Pe. Luís Figueiredo
com a seguinte ordem
de trabalhos:
1. Ap rese nta ção do Foi também reiterado o pedido e a urgência de uma foto de cada grupo
e seu responsável, para podermos divulgar pelos "Padrinhos".
relatório de
actividades. a) Santos Ponciano
2. Apreciação, discussão *************************
e aprovação das
contas de 2009. Após a assinatura do protocolo as inscrições continuaram a chegar.
Nesta data contabilizamos 110 inscrições. Estamos todos de parabéns.
3. Apreciação, discussão O objectivo inicial foi superado. Este ano vamos prosseguir com o
e aprovação dos projecto. Ou com o apoio a novas escolas, ou com a alargamento do
projectos para 2010. números de crianças por escola. A Assembleia Geral assim o
determinará.
4. Outros assuntos.
Lisboa, 31 de Março de 2010 ENCONTRO NACIONAL
O Presidente da Mesa da
Assembleia Geral
Marca a tua presença quanto antes.
Ajuda-nos a organizar-nos e providenciar os meios
atempadamente
BOLETIM Nº. 106
Janeiro/Março de 2010 Só com a colaboração de todos o sucesso será
garantido.
ARM – Associação Regina Todos estamos interessados no sucesso.
Mundi dos Antigos Alunos
da Sociedade Missionária da Contamos contigo e família.
Boa Nova
Traz outro contigo
12