Anda di halaman 1dari 5

LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL PARA CARREIRA JURÍDICA

Lei de Interceptação Telefônica
Guilherme Rocha

Crimes de Preconceito

Generalidades

(Lei n.º 7.716/89)

3.1.

Generalidades
1.
Convenção Internacional sobre a
Eliminação de
todas as Formas de
Discriminação Racial, Art. 1º,
n.º
1
(Promulgada pelo Decreto n.º 65.810/69):
“1. Nesta Convenção, a expressão
“discriminação
racial”
significará
qualquer distinção, exclusão
restrição
ou
preferência baseadas em raça, cor,
descendência ou origem nacional ou
étnica que
tem por objetivo ou efeito anular
ou restringir o reconhecimento,
gozo
ou
exercício num mesmo
plano
(em
igualdade de condição), de direitos humanos e
liberdades
fundamentais
no
domínio
político econômico, social, cultural ou
em qualquer outro domínio de vida pública.”

Generalidades
3.2.
3.3.

Generalidades
3.

Objeto da Lei (art. 1º):
“Art. 1º. Serão punidos, na forma
desta Lei, os crimes resultantes
de
discriminação ou preconceito
de
raça,
cor, etnia, religião ou procedência nacional.”

Cor: Expressão cromática da pele de
um indivíduo.
Etnia: População ou grupo social que
apresenta
relativa
homogeneidade
cultural e linguística, compartilhando
história e origem comuns.

Generalidades
3.4.

Generalidades
2.
Políticas Públicas de Ações Afirmativas
(Convenção Internacional sobre a Eliminação
de todas as Formas de Discriminação Racial,
Art. 1º, n.º 4):
“4.
Não
serão
consideradas
discriminação racial as
medidas especiais
tomadas com o único objetivo
de
assegurar progresso adequado de certos
grupos raciais ou étnicos ou de
indivíduos que
necessitem da proteção
que possa ser necessária para proporcionar
a tais grupos ou indivíduos igual gozo ou
exercício de direitos humanos e
liberdades
fundamentais, contando que, tais medidas
não
conduzam,
em
consequência,
à
manutenção de direitos separados
para diferentes
grupos raciais e não
prossigam após terem
sidos alcançados
os seus objetivos.”

Raça: Conjunto de indivíduos cujos
caracteres somáticos, tais como a cor
da pele, a conformação do crânio e do
rosto, o tipo de cabelo etc., são
semelhantes e se transmitem por
hereditariedade, embora variem de
indivíduo para indivíduo.

3.5.

Religião: Crença na existência de uma
força
ou
forças
sobrenaturais,
considerada(s) como criadora(s) do
Universo, e que como tal(is) deve(m)
ser adorada(s) e obedecida(s).
Procedência
Nacional:
Origem
nacional ou regional.

Generalidades
4.
5.
6.
7.
8.

Bens Jurídicos Tutelados;
Sujeitos Ativo & Passivo;
Elementos Subjetivos;
Condutas;
Consumação & Tentativa;

Generalidades
9.

Lei n.º 7.437/85: Inclui, entre as
contravenções penais, a prática de atos
resultantes de preconceito de sexo ou
de
estado civil, dando nova redação à Lei

1.390, de 3 de julho de 1951 - Lei
Afonso
Arinos.
Esta
última
Lei
originariamente
tipificava contravenções
penais
referentes a preconceito apenas
de raça e
de cor, e foi revogada, nesta
parte, pela
Lei n.º 7.716/89;
Generalidades

www.cers.com.br

1

Incorre na mesma pena quem. Ficará sujeito às penas de multa e de prestação de serviços à comunidade. em anúncios ou qualquer outra forma de recrutamento de trabalhadores. bares.) § 1º. 8º. de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.” Discriminação nos Estabelecimentos Comerciais (arts. Negar ou obstar emprego em empresa privada. 5º..cers. e 7º ao 10) “Art. (.. por motivo de discriminação de raça ou de cor ou práticas resultantes do preconceito de descendência ou origem nacional ou étnica: (. 4º.. por motivo de discriminação de raça ou de cor ou práticas resultantes do preconceito de descendência ou origem nacional ou étnica: (. Impedir ou obstar o acesso de alguém ao serviço em qualquer ramo das Forças Armadas: Pena — reclusão. www.” Discriminação na Iniciativa Privada (art.. 3º. de 1 (um) a 3 (três) anos.” Discriminação na Iniciativa Privada (art. de 1 (um) a 3 (três) anos. Incorre na mesma pena quem. 9º.br 2 . ou clubes sociais abertos ao público: Pena — reclusão.” Discriminação na Iniciativa Privada (art. 4º. 3º e 13) “Art. incluindo atividades de promoção da igualdade racial. Impedir o acesso ou recusar atendimento em estabelecimentos esportivos. 4º. confeitarias. (...) III – proporcionar ao empregado tratamento diferenciado no ambiente de trabalho.) § 2º..853/89: Tipifica crimes resultantes de discriminação à pessoa com deficiência física.) (. ou locais semelhantes abertos ao público: Pena — reclusão. (.” Discriminação na Iniciativa Privada (art. e 7º ao 10) “Art. estalagem. auditiva.. Incorre na mesma pena quem. pensão.) § 1º. 4º) “Art. 4º) “Art. 3º e 13) “Art. Lei n. de 1 (um) a 3 (três) anos.. 4º) “Art.. 4º. 13. quem. 4º) “Art. e 7º a 10) “Art. Impedir o acesso ou recusar atendimento em restaurantes. exigir aspectos de aparência próprios de raça ou etnia para emprego cujas atividades não justifiquem essas exigências.” Discriminação nos Estabelecimentos Comerciais (arts. Impedir o acesso ou recusar hospedagem em hotel. DIREITO PROCESSUAL PENAL.” Discriminação na Iniciativa Privada (art. por motivo de discriminação de raça ou de cor ou práticas resultantes do preconceito de descendência ou origem nacional ou étnica: I – deixar de conceder os equipamentos necessários ao empregado em igualdade de condições com os demais trabalhadores.” Discriminação nos Estabelecimentos Comerciais (arts. devidamente habilitado.LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL PARA CARREIRA JURÍDICA Lei de Interceptação Telefônica Guilherme Rocha 10. 5º.com. bem como das concessionárias de serviços públicos: Pena — reclusão.” Discriminação nos Estabelecimentos Comerciais (arts.. 8º). de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.) § 1º. Pena — reclusão. 5º. Lei n. atender ou receber cliente ou comprador: Pena — reclusão. 5º. de 2 (dois) a 4 (quatro) anos. 96. 7º. Recusar ou impedir acesso a estabelecimento comercial. 11.” Discriminação nos Estabelecimentos Comerciais (arts. negando-se a servir.” Discriminação na Administração Pública (arts. especialmente quanto ao salário.. 4º.741/2003 (Estatuto do Idoso): Tipifica crimes resultantes de discriminação à pessoa do idoso (arts. casas de diversões.º 7. de 3 (três) a 5 (cinco) anos. Discriminação na Administração Pública (arts. 5º. 100 e 105).) II – impedir a ascensão funcional do empregado ou obstar outra forma de benefício profissional. e 7º a 10) “Art. ou qualquer estabelecimento similar: Pena — reclusão. visual ou mental (art.. 5º. Impedir ou obstar o acesso de alguém.º 10. 4º) “Art.. (. a qualquer cargo da Administração Direta ou Indireta. e 7º ao 10) RECURSO ORDINÁRIO EM HABEAS CORPUS.

A denúncia que se mostra ajustada ao artigo 41 do Código de Processo Penal. dois comissários de bordo. (RHC n. de 1 (um) a 3 (três) anos. não deve. nem pode. canalha e miserável brasileiro’. e multa.] “O primeiro denunciado.cers. 10. 11. Parágrafo único.. 20 da Lei n.] Prática. 12. Impedir o acesso ou uso de transportes públicos. de maneira a subtraí-lo da incidência da lei.” Discriminação nas Convivências Social & Familiar (arts. em razão de preconceito de raça ou de cor.º 7. 11. num segundo incidente. A recusa de admissão no quadro associativo de clube social. induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça. 20. metrô ou qualquer outro meio de transporte concedido: Pena — reclusão. 2. que não usavam crachá.” Discriminação na Educação (art. de 2 (dois) a 4 (quatro) anos.] Prática. A vítima. a pena é agravada de 1/3 (um terço). em regra. 5. 14. orgulhoso. 20) & Incitação à “Trata-se de RHC em favor de denunciados pela suposta prática do delito tipificado no art.716/1989. ensejando o pleno exercício da garantia constitucional da ampla defesa. primeiro quanto ao assento em que estava posicionado e. 12 e 14) “Art. Induzimento Discriminação (art. trens. cor. mas o Tribunal a www.br 3 . incitado pelo segundo denunciado. 20) & Incitação à “Recebida a denúncia. bonito. Hamilton Carvalhido. de 1 (um) a 3 (três) anos. repulsivo. estatutariamente atribuída à diretoria.” Discriminação nas Convivências Social & Familiar (arts. enquanto modo da conduta impedir. Impedir ou obstar.” [CONTINUA. passageiro a bordo de aeronave de empresa americana com destino ao Rio de Janeiro.” Prática. Impedir o acesso ou recusar atendimento em salões de cabelereiros. barcos. 12 e 14) “Art.. o casamento ou convivência familiar e social: Pena — reclusão. julgamento em 22/05/2005) Discriminação nos Estabelecimentos Comerciais (arts. após o passageiro ter solicitado os nomes dos acusados. etnia.. desentendeu-se com os acusados. de 3 (três) a 5 (cinco) anos. e 7º ao 10) “Art. foi novamente desrespeitado (fato ocorrido em território nacional).. Relator: Min. Induzimento & Incitação à Discriminação (art. 20) [CONTINUA. 6º. caracteriza o tipo inserto no artigo 9º da Lei n. por qualquer meio ou forma. impetraram os recorrentes habeas corpus em que alegam a ilegitimidade ativa do MP. 11.809/MG. A faculdade. Se o crime for praticado contra menor de dezoito anos. 1. navios barcas. 12 e 14) “Art. nos autos. negar ou impedir a inscrição ou ingresso de aluno em estabelecimento de ensino público ou privado de qualquer grau: Pena — reclusão. Recurso improvido. A pretensão de exame de prova é estranha. AUSÊNCIA DE JUSTA CAUSA. extremamente irritado. concorreu material e moralmente para o ato do primeiro denunciado.. 11. Narra-se. que o segundo denunciado. barbearias. ser tida e havida como inepta. mas não atingiu o brasileiro por ter sido contido por outros passageiros.LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL PARA CARREIRA JURÍDICA Lei de Interceptação Telefônica Guilherme Rocha INÉPCIA DA DENÚNCIA.com. como aviões. Recusar. 3. 5º. ônibus. CRIME DE PRECONCEITO DE RAÇA OU DE COR. religião ou procedência nacional: Pena — reclusão de 1 (um) a 3 (três) anos. rico e sendo um poderoso americano e você vai acordar como safado.” [CONTINUA. Impedir o acesso às entradas sociais em edifícios públicos ou residenciais e elevadores ou escada de acesso aos mesmos: Pena — reclusão. não lhe atribui a natureza especial de fechado. de 1 (um) a 3 (três) anos. 20) “Art.716/89.º 12. 7. Induzimento & Incitação à Discriminação (art. INOCORRÊNCIA. 4.. termas ou casas de massagem ou estabelecimento com as mesmas finalidades: Pena — reclusão. e partiu para agressão física. depravado. ao âmbito angusto do habeas corpus.” Discriminação nas Convivências Social & Familiar (arts. de recusar propostas de admissão em clubes sociais. que lhe integra o núcleo. Praticar. sem declinação dos motivos.” Prática. Induzimento Discriminação (art. 6º) “Art. proferiu a seguinte ofensa: ‘amanhã vou acordar jovem.

) Prática. Pena — reclusão..) & Incitação à (. 20. 20) “Art. Pena de Reclusão. Felix Fischer. www.. a alegada ilegitimidade ad causam do MP não procede. (. 20. Se qualquer dos crimes previstos no caput é cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza: Pena — reclusão. Fabricar. ao ressaltar a pretensa superioridade advinda do fato de serem americanos em contraposição à condição de ser brasileiro. a conduta dos recorrentes não se limitou ao delito de injúria preconceituosa — ataque verbal em que se procura atingir a honra subjetiva da vítima por raça. § 1º) “Art.) § 3º. 140. televisivas.2. 1. 2. Perda do cargo ou função pública.o recolhimento imediato ou a busca e apreensão dos exemplares do material respectivo.. negou provimento ao recurso do segundo recorrente. Efeitos Não-Automáticos (arts..] Logo. Inafiançabilidade & Imprescritibilidade (CF/88. III .cers.. 20) “Art. Questões Especiais 1. comercializar. em um primeiro momento. II .” [CONTINUA. sendo precipitado o trancamento da ação penal. 20) Divulgação do Nazismo (art. ornamentos. após o trânsito em julgado da decisão.) § 2º. ainda antes do inquérito policial.) § 4º.” Efeitos Penais Condenatórios 1. 20. Na hipótese do § 2º. a Turma.. Com esse entendimento. e multa. cor. 20. 2.. Afirmou.a cessação das respectivas transmissões radiofônicas.a interdição das respectivas mensagens ou páginas de informação na rede mundial de computadores.. julgado em 24/10/2006.166/RJ.) § 1º. negou o recurso em habeas corpus em relação ao primeiro recorrente e.. sob pena de desobediência: I .com. houve o delito de preconceito de procedência nacional previsto no art. (. Induzimento Discriminação (art. § 4º): Destruição do Material Apreendido do Delito Cometido “por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza”. que a conduta do segundo acusado amolda-se. ouvido o Ministério Público ou a pedido deste. por votação unânime. (art. Rel. Após essas considerações. 7. para o servidor público. do CP). e multa.” (RHC n.” Prática. de 2 (dois) a 5 (cinco) anos.LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL PARA CARREIRA JURÍDICA Lei de Interceptação Telefônica Guilherme Rocha quo..) (.br 4 .1. a destruição do material apreendido.º 19.. emblemas. Em tese. Relator denegou a ordem.. em que a intenção dos denunciados foi contra toda a coletividade brasileira. 16 e 18): 1.716/1989. Suspensão do funcionamento do estabelecimento particular por prazo não superior a 3 (três) meses. para fins de divulgação do nazismo. 20.2. No caso do parágrafo anterior. ainda.1. o juiz poderá determinar. Min. 1.” Prática. de 2 (dois) a 5 (cinco) anos. o Min. no caso. por maioria. Relator explicou que. Induzimento & Incitação à Discriminação (art. 5º. Motivação Preconceito versus Crime com Preconceituosa.] (. distribuir ou veicular símbolos. reconhecendo que a denúncia vem respaldada em depoimentos de diversas testemunhas. Preconceito versus Injúria Preconceituosa.. Efeito Automático (art. etnia. art. por unanimidade. constitui efeito da condenação... eletrônicas ou da publicação por qualquer meio. ao da incitação para que ocorressem as agressões verbais descritas na denúncia. § 3º. origem etc. distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada.. Induzimento Discriminação (art..) & Incitação à “[CONTINUA. Isso posto. (. XLII. denegou a ordem. Conflitos Aparentes de Normas: 1. 20 da Lei n. (. o Min..

com. Ação Penal & Competência.452/RS. Habeas Corpus n.br 5 . em 07/02/2006). www.LEGISLAÇÃO PENAL ESPECIAL PARA CARREIRA JURÍDICA Lei de Interceptação Telefônica Guilherme Rocha STF.º 86.cers. 3.