Anda di halaman 1dari 1

CONFLITO APARENTE DE NORMAS

1. CONSIDERAES GERAIS
2. ELEMENTOS

Unidade de fato;

Pluralidade de normas;

Aparente aplicao de todas as normas;

Efetiva aplicao de somente uma das normas.

3. PRINCPIO DA ESPECIALIDADE (Lex specialis derogar generali). Norma em abstrato. A


norma especial pode descrever tanto o crime mais grave como o mais leve.
4. PRINCPIO DA SUBSIDIARIEDADE (Lex primaria derogat subsidiariae). Caso concreto.
Ausncia de elementos especializantes. Descrio tpica de fato mais abrangente e mais
grave. COMPARAO ENTRE NORMAS.
4.1 Implcita ou Tcita
4.2. Explcita ou Expressa
5. PRINCPIO DA CONSUNO OU ABSORO (Lex consumens derogat consumptae).
COMPARAO ENTRE FATOS. Destaque: Fase do crimes (iter criminis)
5.1. Progresso criminosa. Trs subespcies.
A) Progresso criminosa em sentido estrito (Pluralidade de fatos; Pluralidade de
desgnios e Progressividade na leso ao bem jurdico)
B) Fato anterior no punvel (ante factum no punvel).Equivoco da Sum. 17, STJ.
C) Fato posterior no punvel (post factum no punvel)
5.2. Crime progressivo (nico elemento subjetivo; Unidade de fato; Pluralidade de
atos e Progressividade na leso ao bem jurdico). Crime plurissubsistente.
5.3. Crime complexo (fuso de dois ou mais crimes autnomos).
6. PRINCPIO DA ALTERNATIVIDADE (uma s norma e vrias condutas). Crtica.
1