Anda di halaman 1dari 21

Termodinâmica

Termodinâmica

Prof. Felipe Raúl Ponce Arrieta

Prof. Felipe Raúl Ponce Arrieta

Energia cinética ee potencial Energia cinética
Energia cinética ee potencial
Energia cinética

Sistema em movimento

potencial -- Resumo

Resumo

  • Aplicando 2 da Lei de Newton, tem-se:

Energia cinética ee potencial Energia cinética Sistema em movimento potencial -- Resumo Resumo  Aplicando 2
Energia cinética ee potencial Energia cinética Sistema em movimento potencial -- Resumo Resumo  Aplicando 2
  • Rearranjando e integrando, tem-se:

Energia cinética ee potencial Energia cinética Sistema em movimento potencial -- Resumo Resumo  Aplicando 2
  • Para o lado esquerdo da integral:

Energia cinética ee potencial Energia cinética Sistema em movimento potencial -- Resumo Resumo  Aplicando 2
  • Variação de Energia Cinética do sistema:

1  2 2  EC   m V V 2 1 2
1
2
2
EC   m V V
2
1
2

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia cinética ee potencial Energia cinética
Energia cinética ee potencial
Energia cinética

Sistema em movimento

potencial -- Resumo

Resumo

  • Aplicando 2 da Lei de Newton, tem-se:

Energia cinética ee potencial Energia cinética Sistema em movimento potencial -- Resumo Resumo  Aplicando 2
Energia cinética ee potencial Energia cinética Sistema em movimento potencial -- Resumo Resumo  Aplicando 2
  • Com gravidade constante, tem-se:

Energia cinética ee potencial Energia cinética Sistema em movimento potencial -- Resumo Resumo  Aplicando 2
  • Rearranjando considerando g = cte:

Energia cinética ee potencial Energia cinética Sistema em movimento potencial -- Resumo Resumo  Aplicando 2
  • Variação de Energia Potencial Gravitacional do sistema:

EP m g z z

2

1

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia cinética ee potencial Energia cinética potencial -- Resumo Resumo Energia cinética:  2 m 
Energia cinética ee potencial
Energia cinética
potencial -- Resumo
Resumo
Energia cinética:
2
m  V
EC 
2
Energia potencial:
EP  m  g  z
Para um corpo em movimento onde a única
força atuante seja a gravidade, tem-se:
1
2
2
 m  V V  m  g  z  z 
0
Ou
2
1
2
1
2
1
1
2
2
 m V  m  g  z   m V  m  g  z
2
2
1
1
2
2

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Trabalho Trabalho -- Resumo Resumo
Trabalho
Trabalho -- Resumo
Resumo
  • Trabalho [N.m] = [J]:

Trabalho Trabalho -- Resumo Resumo  Trabalho [N.m] = [J]:  Potência [N.m/s] = [J/s] =
Trabalho Trabalho -- Resumo Resumo  Trabalho [N.m] = [J]:  Potência [N.m/s] = [J/s] =
  • Potência [N.m/s] = [J/s] = [W]:

Trabalho Trabalho -- Resumo Resumo  Trabalho [N.m] = [J]:  Potência [N.m/s] = [J/s] =
Trabalho Trabalho -- Resumo Resumo  Trabalho [N.m] = [J]:  Potência [N.m/s] = [J/s] =

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Trabalho dede expansão Trabalho
Trabalho dede expansão
Trabalho
  • Processo real

Trabalho dede expansão Trabalho  Processo real Nota: W produzido pelo sistema tem sinal positivo. expansão
Trabalho dede expansão Trabalho  Processo real Nota: W produzido pelo sistema tem sinal positivo. expansão
Trabalho dede expansão Trabalho  Processo real Nota: W produzido pelo sistema tem sinal positivo. expansão

Nota: W produzido pelo sistema tem sinal positivo.

Trabalho dede expansão Trabalho  Processo real Nota: W produzido pelo sistema tem sinal positivo. expansão
Trabalho dede expansão Trabalho  Processo real Nota: W produzido pelo sistema tem sinal positivo. expansão

expansão ouou compressão

compressão

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Trabalho dede expansão Trabalho
Trabalho dede expansão
Trabalho
  • Processo quase estático

Trabalho dede expansão Trabalho  Processo quase estático expansão ouou compressão compressão W não é propriedade!

expansão ouou compressão

compressão

Trabalho dede expansão Trabalho  Processo quase estático expansão ouou compressão compressão W não é propriedade!
Trabalho dede expansão Trabalho  Processo quase estático expansão ouou compressão compressão W não é propriedade!

W não é propriedade!

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

11 rara Lei Lei dada Termodinâmica Termodinâmica -- Energia Energia E  E  W Para
11 rara Lei
Lei dada Termodinâmica
Termodinâmica -- Energia
Energia
E  E  W
Para um processo adiabático:
2
1
ad
  • Energia interna é considerada a forma macroscópica de energia não associada a EC e EP, desta forma:

E E EC EC EP EP U U

2

1

2

1

2

1

2

1

(

)

(

)

(

)

E  EC  EP  U

  • Para um processo não adiabático:

W W

ad

  • Então existe outra forma de transferência de energia envolvida, que é o calor, desta forma:

(E E ) Q W

2

1

ou

Q (E E ) W

2

1

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Calor Calor –– Mecanismos
Calor
Calor –– Mecanismos

Mecanismos dede Transferência

Transferência

Calor Calor –– Mecanismos Mecanismos dede Transferência Transferência Prof. Felipe R. P. Arrieta Prof. Felipe R.

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Convenção dede sinais Trabalho ee Calor Convenção sinais Trabalho Calor
Convenção dede sinais Trabalho ee Calor
Convenção
sinais Trabalho
Calor
Convenção dede sinais Trabalho ee Calor Convenção sinais Trabalho Calor Prof. Felipe R. P. Arrieta Prof.

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Balanço dede energia Balanço
Balanço dede energia
Balanço
Balanço dede energia Balanço energia –– Sistema Fechado Sistema Fechado Prof. Felipe R. P. Arrieta Prof.

energia –– Sistema Fechado

Sistema Fechado

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Balanço dede energia para umum ciclo Balanço energia para ciclo
Balanço dede energia para umum ciclo
Balanço
energia para
ciclo
Balanço dede energia para umum ciclo Balanço energia para ciclo in Prof. Felipe R. P. Arrieta
Balanço dede energia para umum ciclo Balanço energia para ciclo in Prof. Felipe R. P. Arrieta

in

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Ciclo dede potência Ciclo potência –– Eficiência térmica Eficiência térmica
Ciclo dede potência
Ciclo
potência –– Eficiência térmica
Eficiência térmica
Ciclo dede potência Ciclo potência –– Eficiência térmica Eficiência térmica  Primeira lei:  Eficiência térmica:
  • Primeira lei:

Ciclo dede potência Ciclo potência –– Eficiência térmica Eficiência térmica  Primeira lei:  Eficiência térmica:
  • Eficiência térmica:

Ciclo dede potência Ciclo potência –– Eficiência térmica Eficiência térmica  Primeira lei:  Eficiência térmica:
Ciclo dede potência Ciclo potência –– Eficiência térmica Eficiência térmica  Primeira lei:  Eficiência térmica:

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Ciclo dede Refrigeração Ciclo Refrigeração ouou Bomba Bomba dede calor calor Coeficiente dede Performance Coeficiente Performance
Ciclo dede Refrigeração
Ciclo
Refrigeração ouou Bomba
Bomba dede calor
calor
Coeficiente dede Performance
Coeficiente
Performance
Ciclo dede Refrigeração Ciclo Refrigeração ouou Bomba Bomba dede calor calor Coeficiente dede Performance Coeficiente Performance
  • Primeira lei:

Ciclo dede Refrigeração Ciclo Refrigeração ouou Bomba Bomba dede calor calor Coeficiente dede Performance Coeficiente Performance
  • COP (Ciclo Refrigeração):

Ciclo dede Refrigeração Ciclo Refrigeração ouou Bomba Bomba dede calor calor Coeficiente dede Performance Coeficiente Performance
Ciclo dede Refrigeração Ciclo Refrigeração ouou Bomba Bomba dede calor calor Coeficiente dede Performance Coeficiente Performance
  • COP (Ciclo Bomba de Calor):

Ciclo dede Refrigeração Ciclo Refrigeração ouou Bomba Bomba dede calor calor Coeficiente dede Performance Coeficiente Performance
Ciclo dede Refrigeração Ciclo Refrigeração ouou Bomba Bomba dede calor calor Coeficiente dede Performance Coeficiente Performance

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– ECEC (2.1)
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica
Energia
primeira lei
Termodinâmica
Problema
Problema –– ECEC (2.1)
(2.1) ee EPEP (2.2)
(2.2)
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– ECEC (2.1)

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Trabalho (2.29
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica
Energia
primeira lei
Termodinâmica
Problema
Problema –– Trabalho (2.29 ee 2.32)
Trabalho (2.29
2.32)
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Trabalho (2.29

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Transf. Calor (2.46, 2.48
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica
Energia
primeira lei
Termodinâmica
Problema
Transf. Calor (2.46, 2.48

Problema –– Transf. Calor (2.46, 2.48 ee 2.50)

2.50)

Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Transf. Calor (2.46, 2.48

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Balanço Energia
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica
Energia
primeira lei
Termodinâmica
Problema
Problema –– Balanço Energia (2.54
Balanço Energia (2.54 ee 2.55)
2.55)
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Balanço Energia

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Balanço Energia
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica
Energia
primeira lei
Termodinâmica
Problema
Problema –– Balanço Energia (2.56
Balanço Energia (2.56 ee 2.57)
2.57)
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Balanço Energia

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Ciclos Termod.
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica
Energia
primeira lei
Termodinâmica
Problema
Problema –– Ciclos Termod. (2.72
Ciclos Termod. (2.72 ee 2.74)
2.74)
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Ciclos Termod.

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Ciclos Termod.
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica
Energia
primeira lei
Termodinâmica
Problema
Problema –– Ciclos Termod. (2.80
Ciclos Termod. (2.80 ee 2.81)
2.81)
Energia ee aa primeira lei dada Termodinâmica Energia primeira lei Termodinâmica Problema Problema –– Ciclos Termod.

Prof. Felipe R. P. Arrieta

Prof. Felipe R. P. Arrieta