Anda di halaman 1dari 3

ILUSTRSSIMO(A) SENHOR(A) PRESIDENTE DA JARI DA SEMOB

SUPERINTENDNCIA EXECUTIVA DE MOBILIDADE URBANA DE BELM/PA.

BELM PA

1 INSTNCIA

GRAZIELLA DE ASSIS MALERBA, brasileira, casada, mdica, portadora


da carteira profissional n XXXXX CRM/PA e inscrita CPF/MF sob o n
XXX.XXX.XXX-XX, CNH n XXXXXXXX sob Registro n XXXXXXXXXX/MA,
residente e domiciliada Rua XXXXXX, n XXXX, Bairro XXXX, CEP: 66.XXXXXX, nesta capital, tendo sido autuada atravs do auto de infrao n.
RA00980450 vem mui respeitosamente atravs do presente at V. Sa., em
conformidade com o art. 285 do CTB, para interpor o presente RECURSO, contra
referida autuao, com o objetivo de proporcionar a oportunidade de exercitar seu
legtimo direito de ampla defesa e do exerccio pleno do contraditrio.
DO VECULO:
VW / GOL 1.0; Cor: PRETA; Placa: NNF 0342 - PA; RENAVAM:
XXXXXXXXXX; Ano: XXXX; Modelo: XXXX; Proprietria: GRAZIELLA DE
ASSIS MALERBA.
DA INFRAO:
Auto de Infrao: RA00980450, Data: 28/08/2016, Hora: 21h:41min:48seg,
Infrao: Avanar o sinal vermelho do semforo Fiscalizao Eletrnica.
Local: Avenida 16 de Novembro x Rua Joo Diogo, Belm/PA.

DAS ALEGAES:
De acordo com mencionada notificao, o veculo de minha propriedade,
conforme supracitado, avanou o sinal vermelho do semforo.
Em vista disso apontou-se violao ao Artigo 208 do Cdigo de Trnsito
Brasileiro. Entretanto, cumpre esclarecer que o local deserto e perigoso e, dada
a avanada hora, eu teria minha segurana ameaada caso permanecesse
parada no semforo. Alm disso, a manobra podia ser realizada com grande
margem de segurana.
Ressalto ainda, que j sofri uma tentativa de assalto pelas mediaes, onde
os meliantes bateram fortemente no vidro do carro com uma arma, foi quando
fiquei em estado de choque/paralisada, percebendo isso e, somado ao fato da
aproximao de pessoas, os meliantes desistiram e fugiram, Graas a Deus!
Assim sendo, ao perceber uma atitude suspeita de um motoqueiro e
garupa, conscientemente, aps verificar o fluxo de carros das vias, acabei
avanando o sinal com medo/receio de ser assaltada.
Ante o exposto, requer o cancelamento da penalidade imposta com a
consequente revogao dos pontos de meu pronturio, protestando ainda pela
produo de provas por todos os meios admitidos em direito e cabveis espcie,
em especial depoimento pessoal e testemunhal.
Termos em que,
Pede deferimento.
Belm/PA, 28 de setembro de 2016.

____________________________________
Graziella de Assis Malerba