Anda di halaman 1dari 1

1 - INTRODUO

O Brasil apresenta um grande problema em relao ao conhecimento geolgico do seu


territrio, principalmente quando envolvemos reas na escala de maior detalhe como 1:50.000
e 1:25.000. A poro centro-sul do Estado de Minas Gerais tambm pode ser citada neste
contexto, principalmente aquela que envolve a parte meridional do crton do So Francisco,
onde o conhecimento mais detalhado do cinturo Mineiro vem sendo realizado nas duas
ltimas dcadas. Nesta regio afloram diversos corpos plutnicos paleoproterozoicos, os quais
eram muitas vezes englobados em uma mesma unidade litolgica (Qumneur & Baraud,
1982 e 1983; Pires & Porto Jnior, 1986; Trouw et al., 1986; Pires et al., 1990). Nos ltimos
anos, diversos estudos tm sido realizados nessa rea, o que tem possibilitando a
individualizao dessas rochas, assim como um posicionamento estratigrfico preliminar das
mesmas, desenvolvendo assim um maior entendimento da evoluo geolgica - tectnica do
cinturo Mineiro.
Nesse contexto, a presente monografia faz parte das atividades desenvolvidas pelo
grupo de pesquisa coordenado pelo professor Ciro Alexandre vila, do Departamento de
Geologia e Paleontologia do Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro
(UFRJ), que tem trabalhado desde a dcada de 90 nesta regio, desenvolvendo um trabalho de
mapeamento geolgico de detalhe dos corpos plutnicos (escala 1:25.000), assim como das
rochas circunvizinhas, em conjunto com a caracterizao das mesmas por meio de estudos
petrogrficos, geoqumicos, isotpicos e geocronolgicos.
Dentre os diversos corpos plutnicos aflorantes entre as cidades de Resende Costa e
Coronel Xavier Chaves, destaca-se o ortognaisse granodiortico Ribeiro dos Mosquitos, um
corpo ortognissico, at ento desconhecido, que foi o principal alvo de estudo da presente
monografia. Neste sentido, o presente trabalho visa propor a separao do ortognaisse
granodiortico Ribeiro dos Mosquitos dos demais corpos plutnicos presentes e descritos na
regio, bem como apresentar suas principais feies de campo, petrogrficas, geoqumicas e
isotpicas, favorecendo a insero do mesmo no contexto evolutivo do cinturo Mineiro.