Anda di halaman 1dari 2

ileitura [contos][currículo][cursos][fale conosco][filmes][links][loja][músicas][humor][poesias][receitas][serviços] Brechó Login

Você está em: ileitura.com >> contos >> a tecnologia a serviço do homem contemporâneo

DISSERTAÇÃO PREMIADA COM UM DIPLOMA PELA FUNDAÇÃO ASSIS CHATEAUBRIAND NUM CONCURSO DE REDAÇÃO

A TECNOLOGIA A SERVIÇO DO HOMEM CONTEMPORÂNEO


A necessidade de organizar muitas informações e realizar tarefas com maior rapidez e eficiência, num curto espaço de
tempo, levou o homem a criar, a partir do séc. XX, uma máquina eletrônica avançada, versátil e super potente que ficou
conhecida como computador. Ele recebeu este nome porque, através deste equipamento, o usuário será capaz de fazer
cômputos, ou melhor, cálculos e operações de forma muito veloz. O computador é um "cérebro", composto por circuitos
eletrônicos, que fornece ferramentas ao usuário, através dos softwares, capacitando-o para processar textos, analisar e
armazenar dados, resolver problemas aritméticos em segundos e fazer cálculos. Inclusive, caso ele seja equipado com um
provedor, um modem e uma linha telefônica, possibilitará ao usuário ou peopleware, quando este acessar a Internet, fazer
consultas e movimentar a sua conta bancária, fazer compras, visitar museus e bibliotecas, fazer pesquisas escolares e até
conversar com pessoas do mundo todo. Uma vez que o equipamento também possua uma secretária eletrônica e fax, o usuário
poderá agendar compromissos e telefones e enviar documentos á distância. Enfim, de uma forma ou de outra, o hardware pode
ser usado na administração de negócios, na educação, no governo, na saúde, na indústria e na ciência. E, ele vem adquirindo
cada vez mais espaço na vida das pessoas á medida que as empresas vão sendo informatizadas e seus equipamentos se
sofisticam. Por todas estas razões, atualmente, o computador tem proporcionado ao homem comodidade, facilidade e conforto,
tornando-se tão importante e essencial ao mundo moderno quanto o telefone, a máquina de lavar, o forno microondas, o livro e
o estetoscópio.

A modernidade e a tecnologia tem equipado os computadores com programas cada vez mais sofisticados. Assim que eles são
instalados oferecem ferramentas indispensáveis à realização de qualquer tarefa, trabalho ou projeto. Como, por exemplo,
convites, cartões de visita, cartas oficiais, trabalhos escolares e documentos em geral. Estes softwares possuem aplicativos ou
acessórios que auxiliam o usuário na redação de textos e documentos, na criação de logotipos, nas planilhas eletrônicas e nos
cálculos que exijam maior precisão. Existem muitos tipos de softwares. Alguns deles dedicados ao entretenimento como os jogos
e outros dedicados á educação.

Dentre os softwares, jogos e CD-ROM’s educativos, pode-se destacar aqueles utilizados como auxiliares no ensino e os
específicos para aplicações didáticas. Eles estimulam a aprendizagem, ajudando a aumentar o interesse pelas aulas e
consequentemente, a eficiência da escola. Por outro lado, eles também ajudam o professor na criação e organização de seu
material didático como, por exemplo, a impressão de testes e exercícios. Através dos programas e CD-ROM’s, os alunos ou
"micreiros" apresentam melhor os seus trabalhos escolares, permitindo a eles fazer simulações de experiências e obter um
número inesgotável de informações. Todavia, estes recursos de ensino não substituem os educadores, pois eles têm o papel de
orientar os seus alunos nesta infinidade de dados. Para isso, eles precisam elaborar um projeto pedagógico, adotar uma
metodologia e/ou aplicar uma teoria como, por exemplo, o construtivismo. O planejamento aliado ao uso de um recurso didático
como o computador pode elevar o nível de qualidade do ensino-aprendizagem. Para mostrar a eficiência do uso do computador
em sala de aula, a revista Nova Escola n0 110 cita o exemplo da professora Viki Akiwuni que trabalha numa escola localizada no
bairro nova-iorquino do Harlem conhecida como Frederick Douglass. Ela conseguiu bons resultados com os alunos da 7ª série que
concentram-se na faixa etária de 12 a 13 anos. Nesta mesma escola, da primeira turma que formou-se em 1997 noventa e seis
por cento dos estudantes que usaram o computador como recurso de ensino-aprendizagem entraram para a faculdade. A
informática voltada para o ensino entusiasmou até o famoso educador "Paulo Freire". Futuramente, talvez o Brasil também
consiga estes resultados, pois algumas escolas já possuem laboratórios de informática como, por exemplo, o Centro de Ensino 07
de Ceilândia-DF.

Infelizmente, a informática (informação automática) faz surgir um novo tipo de iletrado, o analfabeto digital. Por isso, a
necessidade de aprender a manipular o computador aumentou, de forma muito significativa, o número de escolas técnicas e
centros profissionalizantes oferecendo cursos de computação. Nesta escolas também aumentou a variedade de cursos. Estes
cursos abriram portas para novas carreiras e negócios, ou melhor, surgiram novas profissões como o Operador de
Microcomputador, Supervisor de CPD, Office 97, Digitador, Telemarketing, Vídeo Maker - que prepara vídeos para o computador e
muitas outras. Quanto às profissões de outras áreas, elas começaram a exigir, atualmente, conhecimento em informática. Isso
provocou o aumento da concorrência, contudo não diminuiu o índice de desemprego no pais, apesar das entidades filantrópicas,
os centros comunitários e as ONG’s - Organizações não governamentais - terem contribuído de forma relevante para diminuir a
criminalidade, o consumo de drogas e a pobreza nas comunidades mais carentes, oferecendo cursos de informática
gratuitamente.

Além das instituições beneficentes, os computadores são utilizados em todo o tipo de empresas, repartições públicas e órgãos
governamentais, mas principalmente em casa. Seja aonde for, o importante é que estas máquinas contribuam de maneira
relevante para à saúde, para a educação e para a ciência como os supercomputadores utilizados em grandes laboratórios e
centros de pesquisas aeroespaciais assim como a NASA e como os específicos para aplicações médicas como os robôs. E,
também, é importante acrescentar que o porte, a dimensão e a capacidade do equipamento vão determinar a velocidade e o
ambiente de processamento das informações, adequando-se à necessidade dos usuários.

Suprir a necessidade dos usuários tem sido o objetivo da criação da Rede mundial de computadores - Internet, que
proporciona a ele a oportunidade de resolver tudo o que precisa e entrar em contato com quem deseja, sem sair de casa ou do
escritório. Basta que o internauta digite o endereço eletrônico e logo estará navegando pelo "Cyberspace". Uma vez que ele
esteja procurando emprego, poderá manter o seu currículo na Web ou preencher algumas fichas virtuais à sua disposição em
diversos sites. Estes subterfúgios anexados a um e-mail (carta de apresentação) também podem ser enviados às empresas em
que o usuário gostaria de trabalhar ou iniciar um bom estágio. Desde que ele já esteja empregado e deseja acessar o site do seu
banco, receberá informações sobre todo tipo de movimentações bancárias relacionadas á sua conta e poderá também fazer outras
aplicações, investimentos e transferências. Por outro lado, se o internauta não quer aplicar o seu dinheiro e sim gastá-lo basta
que ele acesse a rede de compras. Todo tipo de mercadorias são comercializadas nesta rede, desde livros e CD’s até passagens
aéreas e reservas em hotéis. Dentre estas mercadorias são comercializadas, roupas, cosméticos e eletrodomésticos nos
conhecidos "shopping’s e bazares virtuais". O usuário também pode, se assim ele deseja, presentear alguém muito especial com
flores ou garrafas de vinho. Entretanto, se não é nada disso que ele quer e sim adquirir cultura ou fazer pesquisas escolares é só
acessar o site de qualquer museu ou biblioteca do mundo. Contudo, se o intenauta estiver precisando somente de bater um bom
papo, conhecer pessoas diferentes e fazer novas amizades, a Internet ou World Wide Web (WWW) é o lugar ideal para isso, seja
através de Chat ou de E-mail.

A Internet também está sendo muito útil tanto na área da educação quanto na área da saúde. Na educação, existe a Rede
Guri que pertence ao projeto escola do futuro da USP onde os alunos podem conectar-se com colegas do mundo todo via
newsgroups (grupos de discussão). Na saúde, existem os consultórios virtuais, as páginas de auto-ajuda e os sites científicos que
fornecem um leque inumerável de informações sobre doenças, tratamentos, remédios ou métodos anticoncepcionais.
Esta terapia virtual é mais uma opção para quem não tem coragem de expor pessoalmente seus problemas e frustrações,
embora não tenha sido comprovada cientificamente a eficácia deste tipo de tratamento. Apesar disso ele, já está a disposição de
quem necessita. As consultas ocorrem através de uma conversa em tempo real ou de correspondência, isto é, o paciente
conversa com o médio pelo Chat ou envia e-mail’s contendo perguntas. Elas serão respondidas através de outro e-mail remetido
pelo profissional. A escolha entre um e outro é do cliente. O importante é que esta terapia traga alento para ele.

A Web, os softwares e os CD-ROM’s põem a disposição do usuário uma quantidade inesgotável de informações diferentes. No
entanto, o mais importante é a forma com que estas informações são analisadas. Somente uma análise crítica pode condenar as
páginas pornográficas da Web que denigrem a moral e os bons costumes. Enfim, o computador, no mundo moderno, tomou-se
muito importante, pois facilita e agiliza o trabalho do usuário que pode fazê-lo em minutos com o auxilio dele o que manualmente
levaria anos.

(De ileitura)

voltar | home | avançar

Publicidade

Habilite a Linguagem Java do seu Navegador

LIVROS - Super Ofertas, clique aqui!

Bannerlandia

Bannerlandia

Última atualização deste site: 19/09/2007.


[15/11/2005] Powered by ileitura

©2007. Todos os direitos autorais desta obra são reservados e protegidos pelo disposto na Lei nº. 9610, de 19.02.1998, Lei de
Direito Autoral. Material de autoria de ileitura protegido por Lei de Direito Autoral. A reprodução direta ou indireta por qualquer
meio ou tecnologia constitui crime segundo o art. 186 do Código Penal. Plágio é crime. A fonte deve ser citada, Site anti-spam e
sem pop up. Pedofilia é crime. Contato: ileitura@ileitura.com.

Sobre ileitura | Termos de uso | Política de privacidade| Política anti-spam