Anda di halaman 1dari 1
Expertisk Riscos da variacao de precos », das mais diffevis, de sos finane cisw possivel, devido as caracterist deirreversihilidade do empreendimen- to e das conseqiiéneias futuras. Uma decisio ton la com base em um esta do—de o 10, fluxo de eaixa, fon- de financiamento ~ mal-elaborado € fracasso quase certo, Em geral, os cestudos de viabilidade econdmiea de tum empreendimento si desenvolvidos com suporte em projecies elabor sla constante, on seja. 6 pressupos- ma data-base ou co custos de uma obra fo projeto; empresa deca previstonas jeto, de acordo com as aderno de encargos; mento contratual que 2 0 faturamento da larecimento de divi- > equipamentos e, de “recursos financeiros com 0 objetivo de 10 as capacidades, itvidade comercial; Bo bésica para atua- com a previso de ynamento e areas para iis. PER natureza simpli seqiiéneia, pode acar resultados. Dessa for- a incorporagiio da inflay rtante © demand: . Embora essas < melhores proje woracao do estudo, pela qual os eri ‘4 a elaboracio dos ore ss. Nao se pode dei medida que 0 plane jamento é melhor controlade s. perdas. baixa produ- sos siio. de fat mento, A prime uiilizagao do custo por Seer ecg ogra) Canny reas eet oa DLL ae TE ae Ta ona aa Cone Ca Cy eae ca os para a elabor cio desse tipo de orcamento prek ‘esto padronizados por determinacio le wo NB 140, é composta pelo or do. ba als istos que deve compr as as despesas da obra. tos de produgio ¢ adm Para que o orga objetivos pr se evite a inchisfio das ¢ elabo deve ser feito com suporte sigdes de dos & necessirio q) tos, uma Ver. de planejamento que se seg dem desse procedimento, Os dados ob- tidos nessa etapa serv » base lculo importante para decisdes futu ras, Sése pode julgar o mais convenien io de te para a contrata ‘ros empreit quanto 0 fosce realizado por conta propri Nota-s que o ore talhado nao tem apenas por objetivo conhecer 0 Ja obra, mas també servir de controle para a mesma, O orgamento é um instrumento disei plinador do pla ANB 140 apres classificagio © a discriminagio dos ser- 1s — quando se conhece se determinado se de uma edifieagao, visando a sist zacio do roteiro a ser seguide durante a orcamento, de modo que dos nenhu dos servi ‘cos em com cada caso pod rescidos outros servicos, Antonio Carlos Simoes Azevedo Engen, deter a empress OAC -Croaizcto ‘alco © Corton © ator doo tedcao Se voce quisertornar-se aticulsta da secao Expertse,escreva um arti de até 2 mil paavras sobre um tema rlacionado com custo, ercamento ou suprimento © envie pare construcaopini.com.br. publicacdo dependeré da afnidade do assunto com o perf da evista e atuaiéade do tema