Anda di halaman 1dari 2

O HUMOR NO ENSINO DA MATEMTICA

O Humor no se explica mas a sua


presena pode favorecer muito a
comunicao e as relaes
interpessoais.

Tal como o jogo desempenha um papel


muito importante na construo do
pensamento matemtico, ao permitir
a manifestao do imaginrio infantil,
[Imagem retirada do site
https://pt.pinterest.com/pin/116952921547073571/, em 05- por meio de objetos simblicos
12-2016.]
dispostos intencionalmente, a funo
pedaggica subsidia o desenvolvimento integral da criana (Kishimoto, 2008)1,
tambm o humor pode fomentar a criatividade, ao estimular o imaginrio dos
alunos, necessrio no raciocnio matemtico.

No desenvolvimento infantil, o ldico torna-se importante na medida em que


permite fazer com que as crianas gostem
da matemtica, despertando-lhes
interesses, sendo o jogo e/ou o humor um
recurso para a aprendizagem.

O brincar estimula o sentido de humor na


criana e, alm de favorecer a comunicao, [Imagem retirada do site
https://pt.pinterest.com/pin/12384967698129995/ ,
melhora a aquisio da linguagem. em 05-12-2016].

Para Piaget, o brinquedo ou jogo deve ser


utilizado com concluses pedaggicas e em situaes matemtica-cognitivo, para
oferecer criana o desenvolvimento da capacidade de raciocnio lgico e a noo
de nmero. O desenvolvimento da criana antes dos 6 anos de idade pode ser
estimulado atravs de jogos/brincadeiras, pois ao jogar a criana est a construir
conhecimentos e a crescer cognitivamente. Ainda relativamente importncia do
jogo, Ponte e Sousa (2010) referem que percebvel que as brincadeiras e jogos
matemticos no constituem a aprendizagem em si, mas um excelente meio que

1
In https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/4717/1/AnaSilva.pdf, consultado em 05-12-2016.
permite o diagnstico, a interveno e at mesmo a transmisso de contedos
conceptuais, procedimentos e atitudes sem que o educando perceba tal inferncia.

importante educar as crianas para que sejam capazes de criticar e autocriticar,


capazes de pensamentos criativos e que defendam o seu ponto de vista, garantindo
o desenvolvimento das estruturas lgico-matemticas.

Tanto a matemtica como o humor so


formas de jogo intelectual, sendo a nfase
na matemtica mais sobre o intelectual e
no humor mais sobre o jogo.

O Humor na matemtica torna-a mais


motivante, permite estabelecer relaes
lgicas sobre a realidade que interage e
garante a memorizao de conceitos e
regras.
Imagem retirada do site

Vale a pena experimentar. https://pt.pinterest.com/pin/204280533072172493/,


em 05-12-2016.

Conceio Duro, 07-12-2016.