Anda di halaman 1dari 4

Licenciatura em Matemática Física Fundamental

1

Transmissão: 12/12/07 (quarta-feira)

Aula 10.2

P2 / Eliane

Tempo: 19:20 / 20:25 (1h05’)

1. Arte

Revisão

2. Arte Campo Elétrico Definição

Na Mecânica, ao falarmos sobre campo gravitacional dizemos que a região do espaço que envolve cada planeta sofre uma alteração

A evidência mais comum do campo gravitacional é a força peso.

O campo é uniforme em todos os pontos e ele existe independentemente de haver ou não corpos ocupando um determinado espaço.

em Eletrostática, o espaço que envolve uma carga elétrica também está modificado, pois surge nele um campo de forças elétrico.

Dependendo dos sinais das cargas em questão o campo será de atração ou repulsão

Estas, não são forças de contato, mas forças que atuam a distância.

As pesquisas com diferentes situações permitiram a configuração do campo elétrico e a sua descrição.

3. Arte Magnetismo Algumas ações magnéticas

São capazes de atrair algumas substâncias (níquel, aço e outras).

Dependendo de como aproximá-los a força de interação entre os ímãs pode ser de atração ou repulsão.

Os ímãs não agem sobre cargas elétricas em repouso, que por sua vez, não exercem força sobre os ímãs.

Um ímã em forma de barra suspenso pelo seu centro de gravidade de modo que possa girar livremente, orienta-se sempre da mesma maneira num determinado local, em relação à direção Norte-Sul geográficos: Região polar Norte magnética do ímã(N) – voltada para o Norte geográfico e Região polar Sul magnética do ímã (S) – voltada para o Sul geográfico.

Os pólos magnéticos são inseparáveis, isto é, se cortarmos um ímã ao meio, obteremos dois novos ímãs, cada qual com N e S magnéticos.

4. Arte

Magnetismo

Representação

novos ímãs, cada qual com N e S magnéticos. 4. Arte Magnetismo Representação Física Fundamental Aula

Física Fundamental

Aula 10

2

Eliane

2

O campo magnético, da mesma forma que o campo elétrico pode ser representado através de linhas de força ou linhas de campo.

Podemos facilmente ver essas linhas de campo ao espalhar em torno de um ímã, limalha de ferro.

5. Arte Campo magnético Definição

O campo magnético é determinado a partir da força magnética que atua sobre uma carga de prova, eletricamente carregada, em movimento.

Para representar a direção do campo magnético em um ponto, colocamos nesse ponto uma bússola (onde seu eixo de giro será colocado sobre o ponto).

6. Arte Fenômenos luminosos

7. Arte Reflexão da luz Reflexão especular Permite a formação de imagens. ANIMAÇÃO:

8. Arte Reflexão da luz Reflexão difusa ANIMAÇÃO:

9. Arte Leis da reflexão Raio incidente, normal e raio refletido pertencem a um mesmo plano. ANIMAÇÃO

10. Arte Leis da reflexão O ângulo de incidência é igual ao ângulo de reflexão. ANIMAÇÃO

11. Arte Ótica Geométrica Princípios

Propagação retilínea da luz

Princípio da independência dos raios de luz

Principio da reversibilidade da luz

12. Arte Refração da luz Lei de Snell-Descartes ANIMAÇÃO:

13. Arte Lei de Gauss Definição Essa lei foi formulada em termos do conceito de fluxo do campo elétrico através de uma superfície fechada.

14. Arte Lei de Gauss

Física Fundamental

Aula 10

2

Eliane

3

15. Arte Lei de Gauss Para determinar o fluxo do campo elétrico através de uma superfície precisamos dividi-la em pedacinhos de área S i , calcular o fluxo através de cada pedacinho e por fim, somar

as contribuições de todos os pedacinhos.

16. Arte Lei de Gauss

A expressão

Φ

total

=

Q , representa a lei de Gauss e podemos descrevê-la assim:

ε

0

“O fluxo total do campo elétrico através de uma superfície fechada é proporcional às cargas

elétricas situadas no interior dessa superfície dividida por ε

0 ”.

17. Arte Campo elétrico Esfera oca e maciça No caso de uma distribuição de cargas com simetria esférica, convém distinguir algumas situações. Em primeiro lugar, o material:

Material condutor

Material dielétrico

18. Arte Campo elétrico Esfera oca e maciça Campo de uma esfera condutora carregada:

No equilíbrio eletrostático, o campo elétrico no interior de uma esfera condutora sólida é zero.

Fora da esfera o campo cai com 1/r², como se todo excesso de carga estivesse concentrado em seu centro.

19. Arte Blindagem eletrostática Princípio

Num condutor em equilíbrio eletrostático, seja ele oco ou maciço,as cargas em excesso ficam distribuídas na superfície externa;no seu interior não há traço de eletricidade.

No equilíbrio elétrico a força elétrica no interior dos condutores completamente fechados e desprovidos de corpos eletrizados é nula.

A esse experimento chama-se Gaiola de Faraday.

20. Arte Gaiola de Faraday

Na parte interna de um condutor o campo elétrico é nulo;

Em qualquer ponto da superfície e do interior de um condutor o potencial é constante, portanto, a ddp é nula

21. Arte Gaiola de Faraday Aplicação

Os cabos coaxiais das antenas de televisão;

Antenas automotivas

Cobertura metálica de componentes eletrônicos;

Capa de alguns equipamentos eletrônicos.

22. Arte

Física Fundamental

Aula 10

2

Eliane

4

Indução magnética Definição Quando um fluxo magnético varia através de um circuito elétrico induz a produção de uma força eletromotriz (fem) é a fem induzida, e também uma corrente elétrica através do circuito é a corrente elétrica de indução.

23. Arte Indução magnética

24. Arte Indução magnética Lei de Faraday A voltagem induzida em uma bobina é proporcional ao produto do número de espiras pela taxa com a qual o campo magnético varia no interior das espiras de uma bobina.

25. Arte Aplicação Na figura, S e S’ são superfícies de separação de meios transparentes. A trajetória do raio de luz apresentado representa que a luz:

S’

S

do raio de luz apresentado representa que a luz: S’ S a) se reflete em S
do raio de luz apresentado representa que a luz: S’ S a) se reflete em S
do raio de luz apresentado representa que a luz: S’ S a) se reflete em S

a) se reflete em S e em S’,

b) se refrata em S e em S’,

c) sofre apenas uma refração em S’,

d) se reflete em S e se refrata em S’,

e) se refrata em S e se reflete em S’.

Intervalo

P2

Tempo: 20:25 / 20:45 (20’)

Física Fundamental

Aula 10

2

Eliane