Anda di halaman 1dari 37

FA C U L D A D E MD E S A AÚ D E E E I O M B I E N T E

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO

REGULAMENTO DO
TRABALHO DE CONCLUSÃO DOS
CURSOS DE GRADUAÇÃO

EQUIPE ELABORADORA:

Adelaide de F. S. da Costa
Denise Franzotti Togneri
Jairo Ferreira de Farias
Marilucia Silva Dalla
Sandra Marcello Valadão

Adaptado pelas
Coordenações e Direção da
Faculdade de Saúde e Meio
Ambiente.
VITÓRIA
MAIO DE 2005
SUMÁRIO
APRESENTAÇÃO........................................................................................................ 1
....
PARTE I DA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 2
TCC ............
PARTE II DA ORIENTAÇÃO ................................................................................... 3
PARTE III DAS SESSÕES DE 4
ORIENTAÇÃO ..............................................................
PARTE IV APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO À BANCA
EXAMINADORA ..................................................................................... 5
PARTE V DO PROCESSO DE 6
AVALIAÇÃO ................................................................
PARTE VI DAS 8
ATRIBUIÇÕES ..................................................................................
Capítulo 1- Do Coordenador e do Colegiado do 8
Curso ..........................
Capítulo 2- Dos Orientadores do Trabalho ........................................... 9
Capítulo 3- Dos alunos em fase de desenvolvimento do Trabalho de
Conclusão de Curso............................................................ 9
PARTE VII DAS DISPOSIÇÕES 10
FINAIS ........................................................................
ANEXO A1 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA E/OU
INTERVENÇÃO ...................................................................................... 11-12
.
ANEXO A2 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE REVISÃO 13
BIBLIOGRÁFICA
ANEXO B1 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE PESQUISA E/OU
INTERVENÇÃO ...................................................................................... 14-15
.
ANEXO B2 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO TRABALHO DE
REVISÃO BIBLIOGRÁFICA.................................................................... 16
ANEXO C CAPA DO PROJETO E DO RELATÓRIO.................................................. 17
ANEXO D FOLHA DE ROSTO DO PROJETO......................................................... 18
ANEXO E FOLHA DE ROSTO DO RELATÓRIO.................................................... 19
ANEXO F FOLHA DE APROVAÇÃO DO RELATÓRIO............................................ 20
ANEXO G REGISTRO DE RESULTADO DA AVALIAÇÃO DO PROJETO ..................... 21
ANEXO H ATA DE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE
CURSO ...... 22
ANEXO I INDICAÇÃO DE RESSALVAS FEITAS AO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE
CURSO PELA BANCA
EXAMINADORA ...................................................... 23
ANEXO J TERMO DE COMPROMISSO PARA ORIENTAÇÃO DE TRABALHO DE
CONCLUSÃO DE
CURSO ......................................................................... 24
ANEXO L CONTROLE MENSAL DAS SESSÕES DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHO
DE CONCLUSÃO DE
CURSO .......................................................................... 25
ANEXO M PARECER DO PROFESSOR ORIENTADOR SOBRE O TRABALHO DE
CONCLUSÃO DE CURSO ......................................................... 26
ANEXO N FOLHA DE ROSTO DO 27
PROJETO...............................................................
ANEXO O ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA DO PROJETO E DO
RELATÓRIO 28-29
1

APRESENTAÇÃO

A pesquisa é fundamental para a formação profissional do indivíduo, pois a


sociedade contemporânea requer profissionais com conhecimento em
método científico, razão pela qual o Trabalho de Conclusão de Curso da
FAESA tem como objetivo principal buscar respostas para questões que
existem em todos os ramos do conhecimento humano.

Este regulamento indica procedimentos para o planejamento, orientação e


apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso, que resulta num
documento de caráter científico, com características de objetividade,
clareza, precisão, imparcialidade, coerência e consistência, cujo enfoque é
específico da área de conhecimento do curso que o aluno está concluindo.
Abrange a correlação entre variáveis fundamentais para todas as disciplinas
e possibilita o desenvolvimento e a análise de fenômenos, que têm como
ponto de partida a pesquisa.

O Trabalho de Conclusão de Curso visa ao estudo de um tema delimitado,


objetivando o aprofundamento do conhecimento, como importante
contribuição para o segmento em que se insere. Sua estrutura compõe-se
de elementos obrigatórios, constantes deste regulamento.

Vitória, maio de 2005.


2

PARTE I - DA REALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO – TCC

Art. 1º. O Trabalho de Conclusão de Curso – TCC será desenvolvido por meio
de pesquisa ou relato de caso, individual ou em dupla, relatada na
forma de trabalho científico e terá como finalidade propiciar ao
aluno:
I. estímulo à produção científica;
II. aprofundamento temático numa área do curso de graduação;
III. desenvolvimento da capacidade crítico-reflexiva de interpretação
e aplicação de conhecimentos da formação profissional.

Art. 2º. O Trabalho de Conclusão de Curso – TCC compõe-se de:


I. projeto de pesquisa;
II. relatório da pesquisa;
III. apresentação perante Banca Examinadora.
§ 1º. De acordo com as especificidades de cada curso, o colegiado definirá
outros elementos que comporão o TCC.
§ 2º. O projeto de pesquisa e o relatório da pesquisa deverão seguir os
roteiros definidos neste regulamento (Anexos A e B).

Art. 3º. O projeto de pesquisa será elaborado até o penúltimo período letivo,
sob a orientação do professor responsável pela disciplina, estágio ou
orientador do projeto.
§ 1º: O projeto de pesquisa será aprovado pelo professor da disciplina ou do
estágio e pelo professor orientador do tema escolhido, por meio de
formulário próprio (Anexo G).
§ 2º: No caso de o professor orientador ser externo à instituição, o projeto de
pesquisa deverá ser aprovado também pelo coordenador do curso.

Art. 4º. Após a aprovação do projeto de pesquisa, a troca de tema só poderá


ocorrer mediante elaboração de novo projeto com aprovação do
professor orientador, por meio de formulário próprio (Anexo G).

Art. 5º. O projeto e o relatório deverão ser elaborados de acordo com as


normas da ABNT e do Regulamento do Trabalho de Conclusão do
Curso de Graduação – FAESA (Anexos A, B e O).
3

PARTE II - DA ORIENTAÇÃO

Art. 6º. A aprovação do projeto, na instituição FAESA, é pré-requisito para


prosseguimento do aluno no Trabalho de Conclusão de Curso, que
deverá ser acompanhado pelo professor orientador.
§ 1º. O professor orientador, pertencente ao Sistema FAESA, deverá estar
cadastrado como professor orientador de Trabalho de Conclusão de
Curso na Instituição e só poderá orientar temas dos quais:
a) Tenha desenvolvido trabalhos científicos relacionados com o
assunto do projeto (tese de doutorado, dissertação de mestrado,
monografia de especialização, publicação em revistas
especializadas e / ou apresentação em congressos) e / ou;
b) Possua experiência teórico-prática em atividades relacionadas
ao tema do Trabalho de Conclusão de Curso e/ou;
c) Seja pesquisador ou professor de curso superior do Sistema
FAESA, em área de conhecimento que tenha relação com o tema
escolhido.
§ 2º. No caso de alunos transferidos, o projeto de pesquisa deverá ser
aprovado na FAESA, pelo professor orientador.

Art.7º. O professor orientador vinculado ao sistema FAESA deverá assinar


termo de compromisso para a orientação referente a cada trabalho
(Anexo J).

Art. 8º. Esgotadas as possibilidades de professor orientador, no âmbito do


Sistema FAESA, o orientando poderá convidar para seu orientador,
profissional não vinculado ao Sistema.

Art. 9º. Quando o orientador for externo ao Sistema FAESA, deverá


preencher os seguintes requisitos:
I. Pós-graduação “stricto sensu” na área de conhecimento do tema;
II. Conhecimento do regulamento de Trabalho de Conclusão de
Curso desta instituição;
III. Apresentação de currículo vitae documentado;
IV. Preenchimento e assinatura do termo de compromisso para
4
orientação.

Art.10. A desistência por parte do orientador será por ele formalizada,


mediante documento dirigido ao coordenador do curso ,
especificando as razões e dependerá de:
I. Avaliação do mérito da questão pelo coordenador;
II. Aceitação da orientação por parte de outro professor da área
específica;
III. Solicitação no prazo máximo de 25% do período de
desenvolvimento do projeto.
Parágrafo único: Deverá ser preenchido um termo de compromisso (Anexo
J) pelo novo orientador, indicado pelo orientador desistente.

PARTE III – DAS SESSÕES DE ORIENTAÇÃO

Art.11. No decorrer do processo de orientação, o orientador preencherá o


formulário de controle mensal das sessões de orientação,
entregando-o ao coordenador do curso, ou ao professor por ele
designado, até o dia 5 do mês subseqüente
(Anexo L);

Art.12. As sessões de orientação deverão ocorrer semanalmente ou


quinzenalmente.

Art.13. Finalizado o processo de orientação, o orientador emitirá parecer


sobre o Trabalho de Conclusão de Curso do(s) seu(s) orientando(s),
em formulário próprio
(Anexo M) indicando uma das opções a seguir:
I. Apto para apresentação à Banca Examinadora;
II. Passível de correções que deverão ser efetuadas e entregue ao
professor orientador, em prazo determinado por ele, para
aprovação anteriormente à apresentação;
III.Reprovado por falta;
IV. Reprovado por desempenho com descrição dos motivos.
Parágrafo único: No caso da indicação do inciso II, se as alterações não
forem efetuadas e aprovadas dentro do prazo estipulado pelo
professor orientador, o aluno será reprovado e não
apresentará seu trabalho à Banca Examinadora. Neste caso, o
professor orientador emitirá novo parecer (Anexo M).

PARTE IV – APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO À


BANCA EXAMINADORA

Art.14.O orientando deverá entregar o relatório da pesquisa à coordenação


do curso ou ao professor por ele designado, em versão preliminar, em
três vias, encadernadas em espiral, no prazo estabelecido pela
coordenação de cada curso; acompanhada de encaminhamento do
orientador (ANEXO M).

Art.15. A Banca Examinadora será designada pelo coordenador do curso,


sendo composta por três membros, um deles o orientador, que a
presidirá.
§1º. Os membros titulares e suplentes da banca deverão ser propostos pelo
professor orientador.
§ 2º. Somente um dos membros da Banca Examinadora poderá ser externo
à instituição, desde que preencha os seguintes requisitos:
a) Pós-graduação na área de conhecimento do tema;
b) Conhecimento do regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso
desta instituição;
c) Apresentação da síntese de Currículo Vitae.

Art.16. O relatório da pesquisa será encaminhado aos membros da Banca


Examinadora, pelo coordenador do curso ou professor por ele
designado, com antecedência mínima de quinze dias corridos, a partir
da data de apresentação.

Art.17. O processo de apresentação será público e realizado de forma oral,


na FAESA, segundo calendário definido pelo coordenador do curso e
afixado nos murais da instituição, e o término deverá ocorrer até
trinta dias corridos, antes da data de colação de grau;
§ 1º. O processo de apresentação se dará da seguinte forma:
a) Trinta minutos para apresentação do trabalho pelo aluno ou dupla,
sem interrupções da Banca Examinadora ou do público,
prorrogáveis por mais dez minutos;
b) Vinte minutos para argüições pelos membros da Banca
Examinadora e respostas individuais, prorrogáveis por mais dez
minutos.

§ 2º. Quando o trabalho for desenvolvido em dupla, a apresentação deverá


ser efetuada por ambos os participantes. 6

Art. 18. No caso de impedimento de última hora devidamente justificado, o


presidente da Banca Examinadora, em comum acordo com a
Coordenação, fixará nova data para apresentação, observando o
prazo constante do Art. 18.

Art. 19. No caso de ocorrências excepcionais no decorrer da apresentação


do trabalho, o presidente da Banca Examinadora poderá suspender
a sessão, fixando, se necessário, nova data para apresentação,
observando o prazo constante do Art.18 e a disponibilidade de
espaço físico e recursos audiovisuais.

Art. 20. No decorrer da sessão de apresentação não será permitida a


manifestação do público.

Art. 21. A ordem de argüição será fixada pelo presidente da Banca


Examinadora.

PARTE V – DO PROCESSO DE AVALIAÇÃO

Art. 22. A avaliação será realizada em sessão reservada pela Banca


Examinadora, imediatamente após a apresentação do trabalho.

Art. 23. O processo de avaliação compor-se-á de análise dos seguintes


aspectos:
I. Título relacionado com o conteúdo do trabalho;
II. Delimitação do tema, formulação do problema, hipóteses e/ou
suposições e objetivos claramente definidos;
III. Termos importantes definidos;
IV. Revisão da literatura bem organizada e atualizada;
V. Metodologia utilizada para resolver o problema
adequadamente e corretamente aplicado;
VI. conclusão estabelecida de forma clara e coerente com a
apresentação dos dados;
VII. Relato descrito com clareza;
VIII.Apresentação oral do trabalho de forma clara e consistente;
IX. Bibliografia atualizada;
X. Respostas corretas e convenientes às argüições da Banca
Examinadora.
Parágrafo único: No caso do TCC ser composto de outros elementos
definidos pelo colegiado do curso, esses serão objetos de
avaliação. 7

Art. 24. O resultado será proclamado pelo presidente da Banca


Examinadora, ocasião em que será franqueada a palavra ao aluno e
membros da Banca Examinadora.

Art. 25. O presidente da Banca Examinadora preencherá Ata de


apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (Anexo H),
indicando o resultado, que será expresso das seguintes formas:
I. Aprovado: será considerado aprovado o Trabalho de Conclusão de
Curso que não apresente incorreções de conteúdo e /ou
formatação técnica;
II. Aceito com ressalvas: será considerado aceito com ressalvas o
trabalho que apresentar incorreções de conteúdo e/ou formatação
técnica, passíveis de ajustes no prazo máximo de dez dias
corridos, a partir da data da apresentação;
III. Reprovado: será considerado reprovado o trabalho que não for
passível de correção no prazo estabelecido.

§ 1º: No caso de aceitação com ressalvas, o aluno ou dupla deverá corrigir


o trabalho, de acordo com as determinações da Banca Examinadora,
descritas em formulário próprio (Anexo I), sendo que as alterações
serão submetidas à aprovação do orientador, sem que seja necessária
nova apresentação.

§ 2º: Caso o aluno ou dupla não cumpra as revisões recomendadas nas


ressalvas e/ou no prazo estabelecido, será considerado reprovado,
devendo repetir a atividade em uma mesma modalidade de oferta ou
em outra adotada pela Instituição para o curso.

Art. 26. A versão final do relatório deverá ser entregue ao coordenador do


curso, em duas vias, sendo uma em espiral e uma em CD-room, de
acordo com os padrões deste regulamento para posterior
encaminhamento à biblioteca. As informações para a capa do CD-
room deverão atender ao anexo N.

Art. 27. A entrega da versão final do relatório e demais elementos que


compõem o TCC, definidos pelo colegiado do curso, deverá ser
efetuada até sete dias corridos a partir da divulgação do resultado
final.
8

PARTE VI – DAS ATRIBUIÇÕES

CAPÍTULO 1 - DO COORDENADOR E DO COLEGIADO DO CURSO

Art. 28. Compete ao Coordenador do Curso:


I. divulgar os nomes dos professores que serão orientadores de
Trabalhos de Conclusão de Curso com as respectivas
disponibilidades de vagas, especificando as áreas de
conhecimento e temas de interesse;
II. divulgar, caso seja pertinente, outros elementos que
comporão o TCC;
III. proceder à formalização da escolha do orientador pelo aluno;
IV. elaborar o calendário para entrega de projetos, relatório final
e apresentação do trabalho, compatível com o calendário
acadêmico;
V. designar as Bancas Examinadoras;
VI. arquivar Atas de Apresentação dos Trabalhos de Conclusão
de Curso;
VII. analisar indicação e pertinência de ter orientador e/ou
membro da banca examinadora externo;
VIII.encaminhar à biblioteca cópias dos relatórios finais e demais
elementos dos Trabalhos de Conclusão de Curso aprovados;
IX. convocar, quando necessário, reunião dos professores
orientadores;
X. planejar a carga horária semanal do professor destinada à
atividade de orientação do Trabalho de Conclusão de Curso,
em consonância com o Colegiado, observando:

a) a disponibilidade de tempo dos orientadores;

b) limite máximo de cinco Trabalhos de Conclusão de Curso


por orientador.

Art. 29. Compete ao Colegiado do Curso de Graduação:


I. analisar recursos e resolver os casos omissos;
II. propor alterações neste Regulamento;
III. definir, caso seja pertinente, outros elementos que comporão o
TCC.
9

CAPÍTULO 2 - DOS ORIENTADORES DO TRABALHO:

Art. 30. São atribuições dos Orientadores do Trabalho de Conclusão de


Curso:
I. freqüentar as reuniões convocadas pelo Coordenador do curso;
II. preencher e entregar ao coordenador do curso o termo de
compromisso para Orientação de TCC (Anexo J) e o formulário
de Registro do Resultado da Avaliação do Projeto de Pesquisa
(Anexo G).
III. atender a seus orientandos em horário previamente fixado;
IV. preencher e entregar ao Coordenador do Curso os registros de
acompanhamento e avaliação relativos ao desenvolvimento do
trabalho (Anexo L e M);
V. participar das apresentações e defesas para as quais
estiverem designados;
VI. preencher, juntamente com os demais membros da Banca
Examinadora, a Ata de Apresentação dos Trabalhos de
Conclusão de Curso (Anexo H) e se necessário, preencher o
formulário para Indicação de Ressalvas feitas ao TCC pela
Banca Examinadora (Anexo I);
VII. conferir e entregar a Ata ao Coordenador do Curso ao final da
sessão de apresentação;
VIII.cumprir e fazer cumprir este Regulamento.

CAPÍTULO 3 – DOS ALUNOS EM FASE DE DESENVOLVIMENTO DO


TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Art. 31. O aluno em fase de desenvolvimento do Trabalho de Conclusão


de Curso terá as seguintes atribuições específicas:
I. comparecer a reuniões convocadas pelo Coordenador do
Curso;
II. comparecer às sessões de orientação nos dias e horários
estabelecidos e assinar o formulário de Controle Mensal das
sessões de Orientação de TCC ( Anexo L);
III. cumprir o calendário divulgado pela Coordenação do Curso
para entrega do projeto de pesquisa, do relatório e dos demais
elementos que compõem o TCC;
IV. elaborar o relatório na forma de trabalho científico e os demais
elementos que compõem o TCC, de acordo com o presente
Regulamento e as instruções de seu orientador; 10
V. assinar o parecer do professor orientador sobre o TCC (Anexo
M);
VI. comparecer em dia, hora e local determinados para
apresentar o seu Trabalho de Conclusão de Curso, assinar a
Ata de Apresentação do TCC (Anexo H) e, se necessário,
assinar o formulário para Indicação de Ressalvas feitas ao TCC
pela Banca Examinadora (Anexo I).

PARTE VII – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 32. Este Regulamento se aplica aos alunos dos Cursos regulares,
desta instituição, que tenham como exigência curricular a
elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso, sendo os casos
omissos analisados e decididos pelos Colegiados dos Cursos.
ANEXOS
11

ANEXO A1
ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA E/OU
INTERVENÇÃO

CAPA (Anexo C)

FOLHA DE ROSTO (Anexo D)

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO
Referencial Teórico.
A critério do professor orientador o referencial teórico (revisão bibliográfica)
pode ser desenvolvido em item à parte. Nesse caso, a introdução deverá
basicamente: situar o leitor na temática a ser pesquisada; mostrar a relevância
teórica e/ou prática da pesquisa que está sendo proposta e concluir com o
objetivo da pesquisa e/ou intervenção expresso de forma global.

2 JUSTIFICATIVA
Identificar a relevância social e científica do problema escolhido.
Esse item pode ser excluído se a justificativa (relevância do projeto) tiver sido
explicitada na introdução.

3 OBJETIVOS

4 METODOLOGIA
Descrição dos sujeitos ou participantes da pesquisa e/ou intervenção, objeto da
pesquisa, instrumentos e procedimentos.
- Sujeitos ou participantes da pesquisa e/ou intervenção: quando se tratar
de pessoas.
- Instrumentos(s): descrição dos instrumentos de coleta de dados caso
sejam utilizados no projeto de pesquisa.
- Objeto da pesquisa: quanto se tratar de animais.
- Procedimentos de coleta de dados: para projetos de pesquisa.
- Procedimentos para tratamento e análise dos dados para projetos de
pesquisa (se for o caso).
- Procedimentos de trabalhos de intervenção (se for o caso).

5 CRONOGRAMA
Distribuir cronologicamente as etapas de pesquisa.
12
6 REFERÊNCIAS
Listar todas as referências efetivamente citadas no Projeto.

ANEXOS
Instrumentos de coleta de dados.
13

ANEXO A2
ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE REVISÃO
BIBLIOGRÁFICA

CAPA (Anexo C)

FOLHA DE ROSTO (Anexo D)

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO
Referencial Teórico.
A critério do professor orientador o referencial teórico (revisão bibliográfica)
pode ser desenvolvido em item à parte. Nesse caso, a introdução deverá
basicamente: situar o leitor na temática a ser pesquisada; mostrar a
relevância teórica e/ou prática da pesquisa que está sendo proposta e
concluir com o objetivo da pesquisa expresso de forma global.

2 JUSTIFICATIVA
Identificar a relevância social e científica do problema escolhido.
Esse item pode ser excluído se a justificativa (relevância do projeto) tiver
sido explicitada na introdução.

3 OBJETIVOS
Devem expressar o enfoque que se pretende dar ao trabalho, que aspectos
serão discutidos e que novidades se pretende abordar. A critério do
professor orientador este item pode ser excluído desde que explicitado ao
final da introdução.

4 CRONOGRAMA
Distribuir cronologicamente as etapas de pesquisa.

5 REFERÊNCIAS
Listar todas as referências efetivamente citadas no Projeto.
14

ANEXO B1
ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE PESQUISA
E/OU INTERVENÇÃO

CAPA (Anexo C)

FOLHA DE ROSTO (Anexo E)

FOLHA DE APROVAÇÃO (Anexo F)

DEDICATÓRIA (*)

AGRADECIMENTOS (*)

EPÍGRAFE (*)

LISTA DE TABELAS (**)

LISTA DE FIGURAS (**)

LISTA DE SIGLAS (**)

SUMÁRIO

RESUMO
palavras chaves, ao final do resumo deve-se incluir termos ou expressões
utilizadas para identificação do conteúdo do relatório (2 ou 3 palavras).

1 INTRODUÇÃO
Referencial Teórico.
A critério do professor orientador o referencial teórico (revisão bibliográfica)
pode ser desenvolvido em item à parte. Nesse caso, a introdução deverá
basicamente: situar o leitor na temática a ser pesquisada; mostrar a
relevância teórica e/ou prática da pesquisa que está sendo proposta e
concluir com o objetivo da pesquisa expresso de forma global.

2 OBJETIVOS

3 METODOLOGIA

4 RESULTADOS

5 DISCUSSÃO
A critério do professor orientador a discussão pode ser desenvolvida em
conjunto com a apresentação dos resultados.
15

6 CONCLUSÃO OU CONCLUSÕES

Deve expressar, de forma objetiva e sucinta, as respostas encontradas pelo


pesquisador às questões de investigação/objetivos ou hipóteses, quando se
tratar de pesquisa de campo. Sugestões e recomendações, quando necessárias,
devem aparecer como um item à parte.

7 REFERÊNCIAS
Listar todas as obras efetivamente utilizadas na elaboração do Relatório.

ANEXOS
Instrumentos de coleta de dados.
Não é adequado anexar textos utilizados na revisão bibliográfica ou outros
materiais, além dos instrumentos. Excepcionalmente é anexada alguma
legislação (breve e indispensável para a compreensão do texto), tabelas ou
figuras complementares, relativas às atividades desenvolvidas como parte
da pesquisa.

(*) Opcional
(**) Quando necessário
16

ANEXO B2
ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DO TRABALHO DE
REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

CAPA (Anexo C)

FOLHA DE ROSTO (Anexo E)

FOLHA DE APROVAÇÃO (Anexo F)

DEDICATÓRIA (*)

AGRADECIMENTOS (*)

EPÍGRAFE (*)

LISTA DE TABELAS (**)

LISTA DE FIGURAS (**)

LISTA DE SIGLAS (**)

SUMÁRIO

RESUMO
palavras chaves, ao final do resumo deve-se incluir termos ou expressões
utilizadas para identificação do conteúdo do relatório (2 ou 3 palavras).

1 INTRODUÇÃO
Referencial Teórico.
A critério do professor orientador o referencial teórico (revisão bibliográfica)
pode ser desenvolvido em item à parte. Nesse caso, a introdução deverá
basicamente: situar o leitor na temática a ser pesquisada; mostrar a relevância
teórica e/ou prática da pesquisa que está sendo proposta e concluir com o
objetivo da pesquisa expresso de forma global.

2 OBJETIVOS

3 CONCLUSÃO OU CONCLUSÕES
Deve expressar, de forma objetiva e sucinta, as respostas encontradas pelo
pesquisador às questões de investigação/objetivos ou hipóteses, quando se
tratar de pesquisa de campo.

4 REFERÊNCIAS
Listar todas as obras efetivamente citadas no relatório.

ANEXOS
Normalmente não há anexos em trabalho de revisão bibliográfica. Esse item
pode ser incluído excepcionalmente.
17
ANEXO C
(modelo de capa para o projeto e para o relatório)

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO - FAESA


GRADUAÇÃO EM ...
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 12, CENTRALIZADO, EM NEGRITO)

FULANO DA SILVA E SOUZA


BELTRANO DE SOUZA
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 12, CENTRALIZADO, EM NEGRITO)

TÍTULO DO TRABALHO EM LETRAS MAIÚSCULAS,


ARIAL 16, CENTRALIZADO, EM NEGRITO

VITÓRIA
ANO
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 12, CENTRALIZADO, SEM NEGRITO)
ANEXO D 18
(modelo de folha de rosto para o
projeto)
FULANO DA SILVA E SOUZA
BELTRANO DE SOUZA
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 12, CENTRALIZADO, EM NEGRITO)

TÍTULO DO TRABALHO EM LETRAS MAIÚSCULAS,


ARIAL 16, CENTRALIZADO, EM NEGRITO

Projeto de Pesquisa do Trabalho de


Conclusão de Curso de Graduação
em
__________________________
____________________________
_
apresentado
às Faculdades Integradas São Pedro,
sob orientação do (a) prof.(a)
___________________
____________________________
_
(Arial 11, sem negrito)

VITÓRIA
ANO
(LETRA MAIÚSCULA, ARIAL 12, CENTRALIZADO, SEM NEGRITO)
19
ANEXO E
(modelo de folha de rosto para o
relatório)
FULANO DA SILVA E SOUZA
BELTRANO DE SOUZA
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 12, CENTRALIZADO, EM NEGRITO)

TÍTULO DO TRABALHO EM LETRAS MAIÚSCULAS,


ARIAL 16, CENTRALIZADO, EM NEGRITO

Trabalho de Conclusão de Curso de


Graduação em ________________
____________________________
_
apresentado à Faculdades
Integradas São PedrO, como
requisito parcial para obtenção do
título de
____________________________
___________ , sob orientação do
(a) prof.
(a)______________________
____________________________
(Arial 11, sem negrito)

VITÓRIA
ANO
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 12, CENTRALIZADO, SEM NEGRITO)
20
ANEXO F
(modelo de folha de aprovação e para o
relatório)
FULANO DA SILVA E SOUZA
BELTRANO DE SOUZA
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 12, CENTRALIZADO, EM NEGRITO)

TÍTULO DO TRABALHO EM LETRAS MAIÚSCULAS,


ARIAL 16, CENTRALIZADO, EM NEGRITO

BANCA EXAMINADORA
(LETRA MAIÚSCULA, ARIAL 12, EM NEGRITO)

Fulano dos Santos


Orientador

Fulano Pereira

Beltrano Junior

Trabalho de Conclusão de Curso


aprovado em ____ / ____/ ____.
21

ANEXO G

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO


REGISTRO DO RESULTADO DA AVALIAÇÃO DO PROJETO

CURSO DE _________________________________

ALUNO(S):

ORIENTADOR:

TÍTULO:

APROVADO SIM NÃO

1º - JUSTIFICATIVA (EM CASO DE NÃO APROVAÇÃO)

2º - NOVA DATA DE APRESENTAÇÃO (MÁXIMO DE 05


DIAS):_____/____/_____

DATA: ____/____/__
_______________________________
Nome da disciplina / estágio

___________________________________ _______________________________
Nome do Professor Orientador Assinatura do Professor
Orientador

RESULTADO FINAL

APROVADO SIM NÃO

DATA: ____/____/__
_______________________________
Nome da disciplina / estágio

__________________________________ _______________________________
Nome do Professor Orientador Assinatura do Professor Orientador
22

ANEXO H

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO


ATA DE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Aos _______ dias do mês de __________________de __________, às


________ horas, na sala número __________ do bloco _________ da
FAESA, Campus ___, na presença da Banca Examinadora, presidida
pelo(a) professor(a)_________________
____________________________________________ e composta pelos
seguintes membros: 1)
___________________________________________________________ e 2)
__________________________________________________________________,
o(s) aluno (s)
___________________________________________________________

apresentou(aram) o Trabalho de Conclusão do Curso de Graduação


em
__________________________________________________________________com
o elemento curricular indispensável à colação de grau, tendo como
título_________________________________________________________________
______________________________________________________________________
_. A Banca Examinadora reunida em sessão reservada, deliberou e
decidiu pelo resultado
__________________________________________________________ ora
formalmente divulgado ao(s) aluno(s) e aos demais participantes, e
eu professor(a)
__________________________________________________________ na
qualidade de presidente da banca lavrei a presente ata que será
assinada por mim, pelos demais membros e pelo(s) aluno(s)
apresentador(es) do trabalho.
Assinaturas:
1. Presidente da Banca Examinadora
______________________________________
2. Membro da Banca
___________________________________________________
Membro da Banca
___________________________________________________
3. Aluno (s)
___________________________________________________________
23

ANEXO I

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO


INDICAÇÃO DE RESSALVAS FEITAS AO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE
CURSO PELA BANCA EXAMINADORA

TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO


DE__________________________________

TÍTULO:______________________________________________________________
__

ORIENTANDO (S):
_______________________________________________________

RESSALVAS:

Data para devolução do trabalho corrigido:______ / ______ / ______

Vitória ,___________de ____________________ de __________.

Assinaturas:

1. Presidente da Banca

Examinadora_____________________________________________

2. Membro da

Banca__________________________________________________________
Membro da

Banca__________________________________________________________

3. Aluno

(s)__________________________________________________________________
ANEXO J

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO

TERMO DE COMPROMISSO PARA ORIENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

CURSO DE __________________________________________________________________________

ORIENTADOR:
__________________________________________________________________________________________________
N.º DE DATA INÍCIO
NOME ALUNO/DUPLA TÍTULO ASSINATURA DO ORIENTADOR
ORDEM ORIENTAÇÃO

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO

FORMULÁRIO DE CONTROLE MENSAL DAS SESSÕES DE ORIENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ANEXO L
TÍTULO DO TCC:
_________________________________________________________________________________________________________

24
ORIENTANDO(S):
_________________________________________________________________________________________________________

ASSINATURA
HORA PREVISTA HORA REALIZ. ASSINATURA DO
DATA RESUMO DA ORIENTAÇÃO DO(S)
ORIENTADOR
INÍCIO FIM INÍCIO FIM ORIENTANDO(S)

25
ANEXO M

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO

PARECER DO PROFESSOR ORIENTADOR SOBRE O TRABALHO DE


CONCLUSÃO DE CURSO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE


______________________________
Eu, _______________________________________________________, professor-
orientador

do Trabalho de Conclusão de Curso, cujo título é


_____________________________________________________________________________
_________________________________________________________, tendo como autor
(es) o(s) aluno(s)
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________,
encerrada a orientação, emito o seguinte parecer:

( ) Apto para a apresentação à Banca Examinadora


( ) Passível de correções descritas abaixo, que devem ser apresentadas ao
orientador até _____/______/______
( ) Reprovado por falta
( ) Reprovado por desempenho pelos motivos descritos abaixo.

Local e data:
_________________________________________________________________

_______________________________ _______________________________
Assinatura do Professor-orientador Assinatura do(s)
Orientado(s)
27
ANEXO N
(modelo para capa do CD)

FACULDADES INTEGRADAS SÃO PEDRO


GRADUAÇÃO...
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 10, CENTRALIZADO, EM NEGRITO)

TÍTULO DO TRABALHO EM LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 12,


CENTRALIZADO, EM NEGRITO

FULANO DA SILVA E SOUZA


BELTRANO DE SOUZA
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 10, CENTRALIZADO, EM NEGRITO)

Orientador: _____________________________
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 10, CENTRALIZADO, EM NEGRITO)

VITÓRIA
ANO 28
(LETRAS MAIÚSCULAS, ARIAL 10, CENTRALIZADO, SEM NEGRITO)
ANEXO O
ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO GRÁFICA DO PROJETO E DO
RELATÓRIO

1. Formato
Os trabalhos devem ser apresentados em papel branco, formato A-4
(210x297mm).

2. Espaçamento entrelinhas
O projeto e o relatório devem ser digitados em espaçamento de um e
meio centímetro, com exceção das citações diretas longas (com mais de
três linhas) e notas de rodapé, onde o espaçamento é simples.

3. Margens
Utilizam-se três centímetros em todas as margens (superior, inferior,
esquerda e direita)

4. Parágrafos
Devem ser iniciados rente à margem esquerda, sem recuo, em todo o
texto, sendo separados entre si por um espaçamento maior (12 pontos)

5. Letra / tamanho
No texto do trabalho deve ser usada a fonte Arial 12.

6. Numeração Progressiva
O trabalho deverá ser dividido em seções através da utilização de
numeração progressiva.
Ex.:
SEÇÃO PRIMÁRIA
Letras maiúsculas, com negrito, alinhado à esquerda, fonte Arial 16

SEÇÃO SECUNDÁRIA
Letras maiúsculas, sem negrito, fonte Arial 16

SEÇÃO TERCIÁRIA
Só primeira letra maiúscula, com negrito, fonte Arial 16

7. Paginação
29
A contagem das folhas começa a partir da folha de rosto, porém a
numeração só aparece a partir da primeira folha do texto (Introdução);
A numeração das folhas do texto é feita em algarismos arábicos,
colocando-se o número à direita da borda superior.

8. Resumo
Será contemplado no relatório e enfatizará os pontos mais importantes
do trabalho, os objetivos, a metodologia e as conclusões de maneira
sucinta. Deverá ser redigido em um único parágrafo, não deve ser
obrigatório o uso da terceira pessoa do singular.

9. Tabelas, Quadros e Figuras


As tabelas apresentam informações tratadas estatisticamente e os
quadros apresentam informações textuais agrupadas em colunas.
Devem ser apresentados da seguinte forma (NBR 6029/1993 – ABNT):
 Numeração independente e consecutiva, utilizando-se números
arábicos.
 O título das tabelas e quadros é colocado na parte superior e o das
figuras na parte inferior.
 O título deve indicar, de maneira clara, o conteúdo da tabela, quadro
ou figura.
 Quando retirados de outra obra, deve ser feita a indicação abaixo da
tabela, quadro ou figura, da mesma forma que as citações
bibliográficas inseridas no texto. A citação completa da fonte deve ser
inserida nas fereências.
 Não são usadas linhas horizontais ou verticais no corpo da tabela,
mas apenas no cabeçalho. As laterais são abertas.

10. Citações
As citações literais com mais de três linhas devem ser destacadas no
texto. Destacar no texto significa afastar o parágrafo em torno de 12
toques à direita e reduzir o espaço entre linhas, de 1,5 para espaço
simples. Pode-se também, mudar o tipo de letra (tamanho menor,
itálico). O texto não é colocado entre aspas. Em todos os casos, deve
ser indicada a fonte citando o autor e a data da publicação (ou usar o
número/índice) e a página de onde o texto foi extraído.

11. Notas de Rodapé


Deverão ser limitadas ao mínimo necessário, pois destinam-se a prestar
esclarecimentos, comprovar ou justificar uma informação que não deve
ser incluída no texto. Localizam-se na margem inferior da mesma
página, onde ocorre a chamada numérica, sendo separadas do texto por
uma linha de aproximadamente 1/3 de largura útil da página, a partir da
margem esquerda. Sua numeração deverá ser seqüencial. Serão
digitadas em espaço simples, em fonte Arial 11.