Anda di halaman 1dari 1
Se do amor ninguém foge, da politica todos fogem. “A politica tem alguma coisa a ver como amor?” Raquel Abecasis, _jornalista, langa a conversa. A especialista em politica internacional, Livia Franco, responde: “Somos todos iguais, € somos todos dignos, e somos todos merecedores do amor”, Pedro P. Braz, politico, também nao foge a0 repto: “o amor nao é daqueles sentimentos que nos sio vendidos: 0 amoréoservigo.ao outroeéracional. ‘Amar mesmo quando nao apetece. A politica também é isso, um amor € um servigo & comunidade. Se nao 6 pelo servico a comunidade, e: deixa de ser politica Para Filipe A. Correia, deputado, este painel é um paradoxo: “Se do amor ninguém foge, da politica toda a gente foge. Se olhamos para ‘© mundo e no temos medo entao & porque estamos distraidos’. E relembra que os grandes desafios colocados hoje em dia sdo “dilemas éticos, como a questo das migragdes, pessoas _pobres que temos de ajudar, mas que por outro lado podem representar wma ameaga & nossa seguranga, & nossa vida,eanossafé.O populismotorna- se atrativo porque parece tomar uma posicao perante os dilemas’. Hélder Silva, presidente da Camara Municipal de Mafra, comeca por dizer que “se dos politicos todos fogem, do autarca ninguém foge’. governo local "é uma experiéncia que 0 preenche, pois permite resolver casos sociais dramaticos”. A beira de eleigdes autérquicas conta que “ha disponibilidade por parte de muita gente para servir. E uma bondade e uma beleza enorme. Continuo a achar que as eleigdes so sempre uma oportunidade”’ E acrescenta: “o fim ihtimo do politico é tornar as pessoas felizes” Segue-se um debate onde se ouviram frases como “a liberdade € © amor obrigam a que se tomem escolhas’, num “sistema a democracia — de pessoas para pessoas, e portanto sempre imperfeito”, Ou ainda, "ha muitos problemas para enfrentar; ninguém foge do sew tempo. £ muito importante os cristios estarem envolvidos nos partidos.” E termina Raquel Abecasis: “as eleigdes sio uma oportunidade” para a nossa responsabilidad. “Este & sempre 0 desafio: a responsabilidade pessoal de cada um, Na politica, como em tudo na vida, hé um desejo do coragao a procura de resposta’. Francisca Sampaio Madalena Lage Patriarca de Lisboa no MLx 2017: “Nao podia deixar de vir” Foi com enorme alegria que © Meeting recebeu a visita do Patriarca de Lisboa: “o Meeting jé tem lugar cativo na minha agenda”. Com a jé habitual simplicidade - 0 ano pasado disse 20 Imprevisto {que era “mais um entre amigos” -, fa presenga discreta de D, Manuel Clemente 6 sinal da paternidade ‘com que acompanha a experiéncia do Meeting, Obrigado, Senhor Patriarcal